jobmobile.org logo
Android app on Google Play

Jobmobile News - Notícias do mundo do trabalho



 

Voltar para a Página de Notícias




 

A função do Odontopediatra no diagnóstico e no tratamento da displasia ectodérmica

30-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A displasia ectodérmica é um complexo grupo de doenças cujas manifestações clínicas provem de uma falha no desenvolvimento de estruturas derivadas do ectoderma, como: cabelos, pelos, unhas, pele, glândulas e dentes. O papel do odontopediatra é fundamental para o diagnóstico das alterações orais e muitas vezes da doença. Tendo em conta ser procurado precocemente pelos pais pelo atraso da erupção dentária, o odontopediatra visa o restabelecimento físico, funcional, pisicológico e estético do paciente, Este trabalho tem como objetivo realizar uma revisão bibliografica a respeito da displasia ectodérmica e enfatizar a atuação do odontopediatra no diagnóstico e no tratamento das alterações orais em pacientes pediatricos com esta sindrome. Foi realizada uma pesquisa bibliografica de artigos científicos publicados em bases de dados eletónicas: Pubmed, Scielo, B.On, tendo sido relacionados trinta e sete artigos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6380







Perceção da utilização de scanners intra-orais, por uma população de médicos dentistas de Marselha

30-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Objetivo: Avaliação da perceção da utilização de scanners intra-orais vs materiais de impressão convencionais, por uma população de Médicos Dentistas, na prática clínica da confeção de próteses fixas. Materiais e métodos: Um inquérito foi enviado a uma amostra de Médicos Dentistas a exercer a sua profissão em Marselha, França, questionando-os sobre a sua perceção na utilização dos scanners intra-orais na execução de reabilitações com prótese fixa. Resultados: As desvantagens são partilhadas entre os participantes de dois grupos de Médicos Dentistas de idades diferentes. Custos associados ao material regista-se como a resposta mais frequente. As vantagens são referidas de acordo com a idade dos profissionais, mostrando-se portanto associadas. Conclusões: Depois da análise dos resultados, verificou-se que de acordo com a idade, a perceção sobre a utilização de scanners intra-orais é diferente relativamente às vantagens deste sistema. As desvantagens são enumeradas de igual forma pelos dois grupos, e o número de respostas sobre a precisão não foram suficientes para diferenciar os dois grupos de Médicos Dentistas considerados. Um esforço deve ser feito para que as marcas/empresas que comercializam estes dispositivos modifiquem os preços de mercado. Os Médicos Dentistas devem frequentar formação contínua com o objetivo de uma constante atualização e melhoria no manuseamento destes dispositivos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6379







As relações creche- família. um estudo numa instituição de educação infantil no município de Camacan-Ba

30-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O objetivo deste trabalho é analisar as relações Creche – família, de modo a promover a comunicação e a participação entre pais e profissionais. Este estudo foi realizado numa creche do município de Camacan- BA, tendo como sujeitos participantes as professoras,as monitoras e os encarregados de educação. Através de entrevistas estruturadas foi possível registar e analisar descritivamente as percepções dos envolvidos na pesquisa, tendo em vista descortinar as suas opiniões sobre a parceria da creche com a família, para o desenvolvimento da criança. Como resultado, destacamos a responsabilização de todos os sujeitos, num trabalho concertado que envolve reuniões com os encarregados de educação, planificação de atividades e de projetos, a motivação das crianças no sentido da aprendizagem e da autonomia, em relação a habilidades do dia a dia. Progressivamente, é notória uma maior preocupação dos pais com a aprendizagem e o seu apreço com a “culminância do Projeto”, em contraste com as necessidades primárias de alimentação, saúde e segurança. Por isso, é essencial continuar o trabalho de parceria creche-família, para uma maior consciencialização e envolvimento parental.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8380







A interação entre os docentes de educação especial e os docentes titulares de turma nas perspetivas de atores educativos de escolas do Funchal

30-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A diferenciação do ensino e aprendizagem nas escolas do 1º ciclo, tem registado uma evolução significativa, no que se refere às crianças com necessidades educativas especiais (NEE). As mudanças, focalizadas na sala de aula e na gestão democrática das escolas, visam sobretudo mais inclusão e mais qualidade. Em conformidade, o objetivo geral deste estudo incide em analisar a interação entre os docentes de Educação Especial e os docentes titulares de turma, de escolas de 1º ciclo, do concelho do Funchal. A abordagem metodológica, de natureza qualitativa, recorreu a fontes e instrumentos de recolha de dados qualitativos e quantitativos, no contexto de escolas do 1º ciclo selecionadas no Funchal. Assim, foram realizadas 15 entrevistas a diretores de escola e ao coordenador do Centro de Apoio Psicopedagógico (CAP). Paralelamente, foram aplicados inquéritos por questionário a 82 docentes titulares de turma e a 41 docentes especializados em educação especial. Os resultados destacaram os efeitos positivos na inclusão de alunos com NEE, com relevo para a motivação, a interação e o trabalho cooperativo entre os docentes especializados em educação especial e os docentes titulares de turma. Além disso, segundo as perceções analisadas, o trabalho desenvolvido entre estes profissionais potenciou o envolvimento da comunidade educativa. Constatou-se ainda que, a liderança do/a Diretor/a de escola, que dinamiza e motiva a sua equipa para um trabalho cooperativo de qualidade, com aplicação de estratégias diferenciadas que promovam uma escola inclusiva favorecendo efetivamente a inclusão dos alunos com NEE.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8381







Silvicultura Aplicada

30-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Esta publicação tem como objetivo principal o apoio ao ensino da silvicultura, quer ao nível do primeiro ciclo quer para de cursos de pós graduação e/ou formação avançada. Destina-se também à atualização de Engenheiros Florestais. O texto foi organizado de modo a abranger as correntes clássicas e modernas da silvicultura, dos povoamentos puros regulares aos mistos irregulares, as alterações de regime, estrutura e composição, a floresta de coberto contínuo e a gestão de povoamentos florestais.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10174/21644







As Tecnologias de Informação e Comunicação: um recurso na promoção das aprendizagens

30-Dezembro-2017 - rcaap.pt



É cada vez mais consensual que existe uma necessidade de adequar a prática docente no processo de ensino-aprendizagem face às novas expectativas impostas pela sociedade. No entanto, os processos educativos utilizados nas escolas, muitas vezes, não são os mais adequados face às condições de aprendizagem exigidas pela sociedade. As Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) são ferramentas chave da sociedade em que vivemos, pois, estão presentes em todos os contextos quer laborais, educativos ou lúdicos. Neste sentido, é importante criar condições onde adequem os recursos tecnológicos a este processo educacional, levando a uma aprendizagem diferenciada e significativa. Este trabalho teve como objeto de intervenção a realidade escolar dos 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico, em duas escolas do Agrupamento António Alves Amorim, no concelho de Santa Maria da Feira. Tentou-se identificar, não só as metodologias utilizadas pelos docentes, e se essas contemplavam a integração das TIC, em sala de aula, mas também as competências tecnológicas que os(as) alunos(as) desenvolviam. Foi aplicada uma metodologia de investigação-ação, seguindo-se a análise de dados através de um conjunto de técnicas e instrumentos adequados. Ao longo das práticas pedagógico-didáticas recorreu-se às TIC, constatando-se que a sua utilização é importante nas diferentes áreas curriculares como forma de desenvolver as aprendizagens. Foi, também, possível observar que, quanto à inclusão das TIC no ensino, ainda há muitas lacunas por colmatar, quer no que diz respeito à formação dos docentes nesta área, quer ao nível dos recursos (in)disponíveis



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19869







Estudo da legislação nacional referente à classificação de substâncias psicoactivas e análise da sua adequação face ao fenómeno emergente das smartshops

30-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Trabalho Final de Mestrado Integrado, Ciências Farmacêuticas, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2013



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10451/30229







Infertilidade feminina : diagnóstico e terapêutica

30-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Trabalho Final de Mestrado Integrado, Ciências Farmacêuticas, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2013



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10451/30230







Intervenção psicomotora com alunos com perturbações do espetro do autismo do Agrupamento de Escolas Dr. Azevedo Neves

30-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório tem como principal objetivo a descrição do trabalho desenvolvido no estágio realizado no âmbito da Unidade Curricular de Ramo de Aprofundamento de Competências Profissionais descrevendo a intervenção psicomotora realizada com os alunos do Agrupamento de Escolas Dr. Azevedo Neves no ano letivo 2015/2016. Esta englobou o apoio a 24 alunos com idades entre os 6 e os 18 anos sinalizados com Necessidades Educativas Especiais, integrados nas Unidades de Ensino Estruturado deste Agrupamento direcionadas para o apoio de alunos com Perturbações do Espetro do Autismo. Neste documento apresenta-se uma revisão de literatura sobre a população apoiada, modelos de intervenção psicomotora, o enquadramento legal e institucional, descrição geral dos casos acompanhados e descrição detalhada de dois estudos de caso acompanhados em apoio individual e um estudo de caso de apoio em grupo. Neste âmbito descreve-se a intervenção psicomotora em ginásio, de cariz individual e grupal, bem como as avaliações iniciais e finais com os respetivos planos de intervenção. Através dos resultados obtidos concluiu-se que a intervenção psicomotora individual conduziu a melhorias no equilíbrio, na praxia global e no comportamento, ao passo que a intervenção psicomotora grupal apresentou benefícios nas relações emocionais.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.5/14563







Aplicação de um programa de exercício a pessoas idosas com defeito cognitivo vascular

30-Dezembro-2017 - rcaap.pt



No âmbito do Ramo de Aprofundamento de Competências Profissionais do Mestrado de Exercício e Saúde da Faculdade de Motricidade Humana – Universidade de Lisboa, o presente relatório tem como principal objetivo retratar os aspetos mais importantes decorrentes no estágio curricular realizado no Hospital Santa Maria. Com este documento pretende-se dar a conhecer ao leitor o efeito protetor do exercício nas demências, sobretudo, na progressão do defeito cognitivo vascular para a demência. Para isso foram abordados alguns conceitos para que o leitor possa compreender melhor todo o trabalho de um fisiologista do exercício realizado durante o estágio. Será apresentada uma síntese do trabalho desenvolvido durante o estágio, o conhecimento adquirido, os desafios propostos, o trabalho realizado e ainda o contributo pessoal deixado na entidade acolhedora de estágio. Com o final de mais uma etapa, a finalização do estágio e a elaboração do relatório, o balanço final é bastante positivo, tendo sido alcançados os objetivos propostos e contornadas todas as adversidades.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.5/14560







Campanhas eleitorais no séc. XXI: novidade ou repetição?: o caso português

30-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Desde cedo a Internet, enquanto ferramenta de campanha eleitoral, foi um objeto de estudo por parte da comunidade científica. Porém, foi após a eleição de Barack Obama nos Estados Unidos da América, em 2008, que ganhou ainda mais destaque. A forma como a campanha de Obama utilizou a Internet, e em particular as redes sociais, criou um novo paradigma naquilo que é o estudo das campanhas eleitorais, e, com isso, deu uma nova força ao estudo desta temática. É neste sentido que a presente investigação vem explorar a utilização da Internet em Portugal, mais especificamente nas campanhas eleitorais para as eleições legislativas portuguesas. Para tal, recorreu-se à análise de dados secundários, de forma a ser possível ter um melhor conhecimento dos meios utilizados nas campanhas eleitorais, aliado à realização de entrevistas a alguns deputados, para, assim, aprofundar outras questões como o uso das redes sociais por parte dos partidos. Em resultado do anterior, foi possível verificar que a Internet, apesar de ser utilizada pelos partidos, e num menor grau pelos candidatos a deputados individualmente, continua a ser um instrumento de segundo plano, uma vez que existe uma clara preferência pelos meios mais tradicionais, em que existe contacto direto com os eleitores. Todavia, também existem alguns pormenores positivos no que diz respeito ao uso das redes sociais para fins eleitorais.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10071/14828







Associações mutualistas em Portugal: aspetos históricos e prospetivos

30-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O Homem, ao longo das épocas, sempre procurou proteger-se daquilo a que hoje chamamos de riscos sociais. Sempre existiram formas, mais ou menos elaboradas, de entreajuda assentes em princípios solidários e recíprocos, culminando em organizações de proteção social de cariz associativo, designadamente, as associações de socorros mútuos, atualmente denominadas, mutualidades. Num cenário de crise, a proteção social assume-se como uma das prioridades dos cidadãos. Essa proteção, desde o surgimento da Previdência Social, até aos finais do século passado, era assegurada, essencialmente, pela ação do Estado, reservando-se para as mutualidades um papel complementar. Todavia, desde o último quartel do passado século, o Estado deixou, gradualmente, de reunir condições para assegurar aquilo que os cidadãos almejavam. As mutualidades reúnem reconhecidas condições para se assumirem de forma irrevogável, como parceiros privilegiados e de eleição, tanto do Estado, como dos cidadãos. Importa, assim, compreender o posicionamento destas organizações, analisando dados do seu passado recente e sua evolução, perspetivando desafios futuros. Para desenvolver esta reflexão revisitámos fontes históricas, aprofundámos conceitos chave de enquadramento e recolhemos dados sobre três mutualidades que tinham na sua origem a defesa duma classe socioprofissional e cujas organizações atuam nas áreas da saúde, e da previdência social complementar. Da análise da opinião abalizada dos responsáveis de cada mutualidade vislumbram-se algumas trajetórias face ao futuro das mutualidades. A estratégia passa, a nosso ver, por gestão profissional, capacitação, comunicação adequada, dialogo, cooperação, trabalho em rede partilhado e usufruição de benefícios através de parcerias.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10071/14825







Música eletrónica de dança: ambiguidades discursiva

30-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este artigo reflete sobre as ambiguidades que constituem os discursos em torno da música eletrónica de dança, pondo em evidência o carácter socialmente construído dos mesmos. Sob o ponto de vista dos Estudos Culturais, incidiremos particularmente no house e no techno. A sua estreita ligação com a tecnologia constituiu uma mudança paradigmática na forma como se faz e entende música no século XXI. Pretendemos posicionar o nosso olhar para a importância que este género pode representar na formação dos estudantes de música em Portugal, designadamente no ensino superior.



Link para o texto completo:
 
http://www.rlec.pt/index.php/rlec/article/view/257







É funcionário público? Vêm aí boas notícias

29-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



Carreiras descongeladas, horas extraordinárias pagas por inteiro e regularização dos precários beneficiam trabalhadores do Estado em 2018.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/FI4f2yvniCo/e-funcionario-publico-vem-ai-boas-noticias-9014416.html







Autarcas satisfeitos com lançamento de concursos para ferrovia entre Évora e Elvas

29-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/iUYo0c5pQHQ/323238-autarcas-satisfeitos-com-lancamento-de-concursos-para-ferrovia-entre-evora-e-elvas







Trabalhadores da operadora marítima açoriana em greve de 04 a 18 de janeiro

29-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/Cv1vvQMtcNY/323245-trabalhadores-da-operadora-maritima-acoriana-em-greve-de-04-a-18-de-janeiro







Governo vai lançar concursos para troço ferroviário entre Évora e Elvas no início de 2018

29-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/MFlrkXawZAg/323233-governo-vai-lancar-concursos-para-troco-ferroviario-entre-evora-e-elvas-no-inicio-de-2018







Propostas do G15 aprovadas em assembleia geral da Liga

29-Dezembro-2017 - sapo.pt



As alterações aos regulamentos da Liga Portuguesa de Futebol Profissional propostas pelo G15, grupo de clubes do primeiro escalão sem incluir os três 'grandes', foram hoje aprovadas em Assembleia Geral (AG).



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/propostas-do-g15-aprovadas-em-assembleia-geral-da-liga_23462770.html







António Salvador critica Sporting e FC Porto e elogia Benfica

29-Dezembro-2017 - sapo.pt



O presidente do Sporting de Braga, António Salvador, criticou hoje Sporting e FC Porto, que abandonaram a Assembleia Geral (AG) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, e negou que tenham sido recusadas propostas de ambos os clubes.



Link para o texto completo:
 
http://24.sapo.pt/desporto/artigos/antonio-salvador-critica-sporting-e-fc-porto-e-elogia-benfica







Dicas para encontrar o primeiro emprego em 2018

29-Dezembro-2017 - universia.net



Há dicas que podem ajudar acelerar o processo para conseguir uma oportunidade de emprego na sua área. REGISTE GRATUITAMENTE O SEU CV REGISTE AQUI Sem experiência profissional torna-se mais difícil conseguir uma boa oportunidade de emprego na sua área de formação. É por isso mesmo que é importante aproveitar bem os anos que está na universidade para apostar também em estágios curriculares ou profissionais. Não é fácil sair da faculdade e procurar o primeiro emprego apenas com o currículo. Por mais que um candidato recém-licenciado tenha feito estágios, e até tenha conseguido acumular experiência na área, para ser selecionado para a vaga precisa ainda de passar com distinção na entrevista e nas dinâmicas apresentadas ao longo do processo de recrutamento. Passar estas últimas fases torna-se mais fácil com algum foco e trabalho e para isso deixamos aqui algumas dicas: Use a entrevista para demonstrar que cumpre todos com todos os requisitos mínimos exigidos A grande maioria dos recrutadores pondera fatores como o desempenho académico, as atividades extracurriculares e a vida social. Os candidatos que se destacam, são aqueles que demonstram interesse em construir carreira e que esperam subir de posto rapidamente, pois são por norma aqueles que estão dispostos a trabalhar mais arduamente. Tente comprovar todas as suas competências apresentadas no currículo nas  entrevistas iniciais sejam elas presenciais ou por telefone . Lembre-se que os candidatos que se destacam nas entrevistas são aqueles que sabem apresentar exemplos reais de trabalho em equipa em vez de recorrerem a cenários hipotéticos. Conheça bem a empresa à qual se candidata Antes da entrevista não se esqueça de fazer o trabalho de casa e de estudar cuidadosamente os sites oficiais e as redes sociais das empresas às quais se candidata. Pode, por exemplo, perguntar em grupos fechados de emprego associados à área de emprego. Ainda que o tipo de informação disponível varie de empresa para empresa, é possível analisar questões importantes, como os valores ou a área de atuação e mercados. Porque é que se está a candidatar a esta vaga?   Algumas empresas estão a dar preferência a recém-licenciados, muitas estão a apostar mais em colaboradores qualificados, mas é preciso que tenha vontade de vestir a camisola. Aceitar um posto de trabalho para o qual não se sente motivado ou capaz de assumir pode ser um risco, pois a maioria das empresas consegue detetar a motivação , ou a falta dela, dos seus colaboradores. Saia fora da Caixa Os empregadores valorizam candidatos sociáveis e dispostos a arriscar, saindo fora da caixa para se destacar dos restantes candidatos. Os candidatos mais ousados conseguem atingir mais facilmente os seus objetivos e metas. No mercado de trabalho, não há espaço para timidez e atitudes inseguras . Informe-se também sobre as novas regras para os estágios profissionais . Se está à procura de emprego registe-se também nos  portais da rede Trabalhando . E se tem algum tempo disponível e gostava de abraçar uma causa e enriquecer o seu currículo, também tem agora disponível o  AJUDAMOS.PT . Clique e informe-se de que forma pode ajudar ou ser ajudado:



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/12/29/1156228/dicas-encontrar-primeiro-emprego-2018.html







A lei laboral vai mudar?

29-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Combate à precariedade e limitações aos contratos a termo estão entre as prioridades do Governo.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/emprego/detalhe/a-lei-laboral-vai-mudar







Câmara de Lisboa disponibiliza 100 fogos para travar saída de moradores do centro histórico

29-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



A Câmara Municipal de Lisboa vai disponibilizar 100 fogos municipais no centro histórico da cidade, através de um concurso extraordinário destinado a famílias em situação vulnerável e de perda de habitação, para evitar que tenham de sair daquela zona.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/autarquias/detalhe/camara-de-lisboa-disponibiliza-100-fogos-para-travar-saida-de-moradores-do-centro-historico







Escolas públicas profissionais sem acesso a financiamento, alerta Fenprof

29-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



As escolas públicas com cursos profissionais foram excluídas de se candidatarem a financiamento, alertou em conferência de imprensa a Federação Nacional dos Professores (Fenprof), que exige esclarecimentos ao Ministério da Educação.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/FsWwHE3hRYU/escolas-publicas-profissionais-sem-acesso-a-financiamento-alerta-fenprof-9015252.html







Lisboa tenta travar saída de moradores do centro histórico

29-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



A autarquia está a preparar um concurso extraordinário destinado a famílias em situação vulnerável e de perda de habitação, para evitar que tenham de sair daquela zona. Há cem fogos disponíveis.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/VGCgfYRe1pM/lisboa-tenta-travar-saida-de-moradores-do-centro-historico-9015090.html







Fim da recessão, queda de juros e da inflação marcaram a economia em 2017

29-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Em um ano marcado pelo fim da recessão, a economia brasileira ainda registrou reflexos da crise, com sucessivos cortes de gastos, interrupção de serviços públicos por falta de recursos, aumento de tributos e situação crítica nas contas públicas de alguns estados. Com o início da retomada a partir do segundo semestre, a inflação e a taxa básica de juros registraram quedas sucessivas, e a criação de emprego chegou a registrar sete altas consecutivas. Veja os fatos que marcaram a economia brasileira em 2017: PIB A economia brasileira saiu da recessão em 2017, após dois anos seguidos de retração. Os últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o ano mostram que nos nove meses de 2017, o Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país) registrou crescimento acumulado de 0,6% em relação a igual período de 2016. Com isso, a projeção de crescimento do Ministério da Fazenda para 2017 subiu de 0,5% para 1,1% . A revisão se deve, entre outros fatores, ao ajuste para reduzir endividamento, que favorece o crescimento. e à inflação mais baixa, que possibilita a recuperação do consumo. Orçamento e meta fiscal Apesar da perspectiva positiva de crescimento, a demora na recuperação econômica acarretou dificuldades na administração do Orçamento em 2017, chegando a comprometer o funcionamento de serviços públicos. No fim de março, a equipe econômica indicou que faltavam R$ 58,2 bilhões para cumprir a meta de déficit primário (resultado negativo sem o pagamento dos juros da dívida pública) de R$ 139 bilhões. Uma semana mais tarde, o governo anunciou o corte de R$ 42,1 bilhões de despesas discricionárias (não obrigatórias). Em julho, o bloqueio foi ampliado para R$ 44,9 bilhões . Depois de constatar a incapacidade de cumprimento da meta fiscal, em meados de agosto, a equipe econômica aumentou tributos , especialmente o PIS/Cofins dos combustíveis e elevou para R$ 159 bilhões a meta de déficit primário para 2018 do Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central). A partir daí, a recuperação da economia, a alta de impostos e algumas receitas extraordinárias melhoraram o caixa do governo. Em setembro, a equipe econômica liberou R$ 12,8 bilhões do Orçamento. Mais R$ 7,5 bilhões foram desbloqueados em novembro e mais R$ 5 bilhões em dezembro, reduzindo para R$ 19,6 bilhões as verbas contingenciadas do Orçamento de 2017. Segundo o Ministério do Planejamento, o governo deve cumprir , com pequena folga, a meta de déficit primário de 2017. Em novembro, o Governo Central registrou o primeiro superávit primário para o mês em quatro anos. Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, em entrevista para balanço das ações da equipe econômica em 2017 José Cruz/Agência Brasil Refis e repatriação Parte da demora na retomada se deveu a dificuldades de relacionamento do governo com o Congresso Nacional, que acabaram adiando medidas propostas pela equipe econômica para reforçar o caixa da União. Uma delas foi a medida provisória (MP) que criou o Programa de Regularização Tributária (PRT), editada em janeiro , que previa o parcelamento de débitos de contribuintes com a União, sem perdão de multas nem de juros. Sem acordo no Congresso, a MP perdeu a validade no fim de maio, e o Executivo teve de editar outra medida, criando o Programa Especial de Regularização Tributária (Pert), também chamado de Novo Refis, dessa vez com desconto nas multas e nos juros. Durante a tramitação, o Congresso introduziu ainda mais benefícios no Novo Refis, que diminuíram a estimativa de arrecadação com o programa. O prazo de adesão, previsto inicialmente para o fim de agosto, foi prorrogado duas vezes: para 31 de outubro e 14 de novembro . Até o fim de novembro, o PRT e o Pert tinham arrecadado R$ 20,25 bilhões. Isso porque os contribuintes pagaram a entrada neste ano e só desfrutarão dos benefícios fiscais nas parcelas a partir de janeiro. Outra medida para reforçar o caixa terminou com baixa adesão. A segunda etapa do programa de regularização de ativos no exterior, conhecida como repatriação, só arrecadou R$ 1,6 bilhão , contra estimativa inicial de R$ 13 bilhões. Arrecadação com leilões Além dos programas de parcelamento especial de dívidas com a União, os leilões de concessões de aeroportos , de petróleo e gás na camada pré-sal e nas outras áreas e a renovação da concessão de quatro usinas hidrelétricas da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) reforçaram os cofres federais ao longo do ano. Em julho, o Tribunal de Contas da União (TCU) chegou a emitir um alerta sobre o risco de o governo não conseguir arrecadar R$ 19,3 bilhões para cumprir a meta fiscal ainda este ano. O leilão das usinas da Cemig chegou a ser suspenso pela Justiça Federal, mas a liminar foi cassada, e a venda arrecadou R$ 12,1 bilhões. No fim do ano, o Tesouro conseguiu garantir R$ 65 bilhões em receitas extraordinárias , dos quais R$ 31,4 bilhões apenas por meio dos leilões de concessões. Cortes em serviços públicos Por causa dos ajustes para cumprir a meta fiscal, os cortes feitos pelo governo ao longo do ano afetaram alguns serviços públicos. Por falta de dinheiro, a emissão de passaportes pela Polícia Federal ficou suspensa por um mês. A Polícia Rodoviária Federal reduziu o patrulhamento e suspendeu alguns serviços, como resgate aéreo e escoltas. Diversas universidades federais anunciaram insuficiência de recursos para o segundo semestre. O remanejamento emergencial de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e a melhoria da arrecadação no segundo semestre amenizaram a situação de alguns órgãos públicos, que tiveram parte das verbas retidas liberadas. No caso das universidades federais, somente no fim de novembro todos os recursos de custeio (despesas de manutenção) foram desbloqueados. Emissão de passaportes ficou suspensa por um mês por falta de dinheiro Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil Crise nos estados Nas contas dos estados, os reflexos da crise e da recessão foram ainda mais visíveis em 2017, apesar da recuperação econômica no segundo semestre, e levaram a atraso de pagamentos a fornecedores, a credores e a servidores locais. Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Sergipe não conseguiram pagar o décimo terceiro do funcionalismo em dia. Em fevereiro, o Palácio do Planalto enviou ao Congresso o projeto de lei complementar que criou o Programa de Recuperação Fiscal para unidades da Federação com alto endividamento e problemas de liquidez. A lei só foi sancionada em maio . O programa prevê a suspensão do pagamento da dívida dos estados com a União e uma linha especial de crédito de bancos privados a estados que se comprometerem com um programa de ajuste fiscal que inclui aumento de tributos, corte de gastos e privatizações. No começo de junho, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro aprovou o acordo de recuperação fiscal, que só foi homologado em setembro. O governo fluminense terá de fazer um ajuste de R$ 63 bilhões até 2020. O leilão para definir o empréstimo de R$ 2,9 bilhões para regularizar os salários do funcionalismo no estado ocorreu em novembro, mas a operação de crédito só foi autorizada pelo Palácio do Planalto no último dia 15 e os salários atrasados começaram a ser pagos a partir do dia 20. Depois do Rio de Janeiro, o Ministério da Fazenda reiniciou as negociações com o Rio Grande do Sul . A principal dificuldade consiste em harmonizar as estatísticas de pagamento aos servidores gaúchos às normas do Tesouro Nacional e da Lei de Responsabilidade Fiscal. Com greve de servidores públicos, policiais e bombeiros, o Rio Grande do Norte teve um socorro de R$ 600 milhões negado pelo Ministério da Fazenda e recorreu ao TCU para tentar reverter a medida. O Tesouro Nacional descarta ajuda com recursos do Orçamento e promete uma linha de crédito atrelada a um programa de modernização da gestão pública acompanhado pelo Banco Mundial, num projeto-piloto que poderá ser expandido a outros estados. Emprego O início da recuperação da economia levou a uma reação nos dados do emprego em 2017. Nos 11 meses do ano, o saldo de empregos chegou a 299.635 novas vagas , com expansão de 0,78% em relação ao mesmo período de 2016, segundo os dados Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Apesar do saldo acumulado, novembro teve resultado negativo, com 12.292 vagas fechadas, já consideradas as novas regras de contratação estabelecidas pela reforma trabalhista. A queda de novembro reverteu uma série de sete resultados positivos consecutivos na geração de empregos. Em 12 meses (dezembro de 2016 a novembro de 2017), o saldo também é negativo, com redução de 178.528 postos de trabalho, uma retração de 0,46%. Inflação O ano de 2017 foi marcado por um forte processo de desinflação, que surpreendeu agentes econômicos. A recessão dos últimos anos contribuiu para conter os preços. A inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deve ficar abaixo de 3% , que é o piso da meta. O IPCA do ano será divulgado pelo IBGE em janeiro de 2018. No acumulado de 11 meses, a inflação chegou a 2,5%, o menor resultado acumulado para de janeiro a novembro desde 1998, quando a taxa ficou em 1,32%. É também um resultado bem abaixo dos 5,97% em igual período do ano passado. Com a contribuição da safra agrícola, os preços dos produtos alimentícios, que respondem por 25% das despesas das famílias, foram decisivos para as seguidas quedas nas taxas de inflação ao longo do ano e encerraram novembro com os custos menores pelo sétimo mês consecutivo. Por outro lado, os preços de gás, gasolina e energia subiram ao longo de 2017, mas têm peso menor ao serem comparados com a queda dos alimentos. Taxa básica de juros Com os preços mais baixos e expectativas para uma inflação menor, a taxa básica de juros, a Selic, passou por um ciclo de cortes, chegando ao menor nível histórico . Nas oito reuniões de 2017, Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central reduziu a Selic sucessivamente, com queda acumulada de 6,75 pontos percentuais, passando de 13,75% ao ano para 7% ao ano. Em dezembro, o Copom sinalizou que pode haver nova redução da Selic em fevereiro de 2018. Segundo o comitê, a continuidade da redução da taxa depende da evolução da atividade econômica e das expectativas de inflação. Comitê de Política Econômica do Banco Central reduziu a taxa básica de juros oito vezes seguidas até chegar a 7% ao ano Arquivo/Agência Brasil Crédito O crédito no país deve registrar o segundo ano seguido de queda em 2017, com expectativa de retomada em 2018. A expectativa do Banco Central é que o crédito ofertado pelos bancos deve apresentar retração de 1% neste ano e crescimento de 3% em 2018. Nos 11 meses de 2017, o crédito caiu 1,4%, ficando em R$ 3,063 trilhões. Desse total, o crescimento dos empréstimos para as famílias (5,1%) não foi suficiente para compensar a queda do crédito para as empresas (7,9%), influenciada pela redução dos empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Uma parte da redução do crédito para as empresas se deve à substituição do financiamento do sistema financeiro pelo mercado de capitais. Em 2017, houve redução do custo dos empréstimos para empresas e famílias, mas as taxas ainda são altas. Os recuos foram influenciados pela redução da taxa básica de juros, a Selic, e da inadimplência. Em novembro, a taxa média anual do crédito com recursos livres para as famílias ficou em 58,1%, com recuo de 14,3%, no ano. A taxa das empresas ficou em 22,9% ao ano, com redução de 5,2%. Em abril de 2017, começou a valer regra do Conselho Monetário Nacional (CMN) que limitou a 30 dias o tempo para permanecer no rotativo do cartão de crédito. As instituições financeiras foram obrigadas a transferir a dívida para o crédito parcelado, que tem taxas menores. Em novembro, a taxa do rotativo do cartão de crédito para quem paga pelo menos o valor mínimo da fatura chegou a 218,3% ao ano . A taxa cobrada dos consumidores que não pagaram ou atrasaram o pagamento mínimo ficou em 410,4% ao ano, com redução de 109,3 pontos percentuais. Liberação de saques de contas inativas do FGTS levou milhões de brasileiros a agências da Caixa, que abriram inclusive aos sábados José Cruz/Arquivo/Agência Brasil Liberação do FGTS e do PIS/Pasep Em meio à queda da inflação e dos juros, o consumo em 2017 também foi incentivado pela liberação de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS/Pasep. Segundo a Caixa Econômica Federal, foram pagos mais de R$ 44 bilhões relativos às contas inativas do FGTS, 88% do valor atualizado disponível para os benefícios sem movimentação até 31 de dezembro de 2015. Segundo o banco, a medida beneficiou mais de 25,9 milhões de trabalhadores. Os saques foram feitos entre 10 de março e 31 de julho. O governo também liberou R$ 7,2 bilhões de lucro do FGTS a cerca de 88 milhões de trabalhadores. O valor liberado equivale a 50% do lucro líquido do fundo no ano anterior. Em agosto, o saque de contas do PIS/Pasep foi liberado para homens a partir de 65 anos e mulheres a partir de 62 anos. Pelos cálculos do governo, a liberação injetou cerca de R$ 16 bilhões na economia, o que representa 0,25% do PIB. A medida atingiu 8 milhões de pessoas, sendo que a maioria tem saldo na conta do PIS/Pasep em torno de R$ 750. Na última semana do ano, o governo reduziu para 60 anos a idade mínima para saque do PIS/Pasep, tanto para homens quanto para mulheres.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/retrospectiva-2017-economia







Receita diz que 360 empresas de médio porte anteciparam adesão ao eSocial

29-Dezembro-2017 - ebc.com.br



eSocial criará um banco de dados nacional com informações sobre empregadores e trabalhadores Marcelo Camargo/Agência Brasil Em dezembro, 360 empresas de médio porte anteciparam a adesão ao eSocial, de acordo com a Receita Federal. No dia 8 de janeiro começa oficialmente a implantação do sistema e a adesão passa a ser obrigatória para 14 mil empresas na primeira etapa. Segundo a Receita, todas as empresas que pediram antecipação , feita entre 4 e 20 de dezembro, integram grupos econômicos maiores, incluídos na primeira etapa do programa, ou seja, obrigados a adotar o eSocial até janeiro. O principal objetivo da antecipação é possibilitar um mesmo sistema de controle dos eventos trabalhistas para todas as empresas do conglomerado, informou a Receita. No total, as 14 mil empresas com adesão obrigatória ao eSocial em janeiro têm15 milhões de trabalhadores, um terço do total do país. Prazos No fim de novembro, a Receita Federal anunciou o cronograma de implantação do eSocial. A partir de janeiro de 2018 , o sistema é obrigatório para entidades empresariais com faturamento no ano de 2016 acima de R$ 78 milhões. A segunda etapa terá início em 16 de julho de 2018 e abrangerá os demais empregadores, incluindo micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais (MEIs). No caso dos entes públicos, o sistema será implantado a partir de 14 de janeiro de 2019. As empresas que descumprirem o prazo estarão sujeitas a penalidades e multa. De acordo com a assessoria especial para o eSocial, o sistema está pronto para implantação. A adoção da adesão por fases é apenas uma forma de facilitar a adaptação das empresas. Segundo a Receita, a expectativa é que o prazo seja cumprido. É importante salientar que as empresas não precisam começar a transmitir seus eventos trabalhistas, dados cadastrais e tabelas no primeiro dia. O prazo para que os cadastros do empregador e as tabelas de rubricas estejam no eSocial só vence no final de fevereiro, ou seja, a empresa pode ir ajustando seus sistemas e transmitindo para a Base Nacional quando estiver com tudo ajustado, informou o Fisco. eSocial O Sistema de Escrituração Digital das Operações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, batizado de eSocial, foi criado para desburocratizar e facilitar a administração de informações relativas aos trabalhadores, de forma a simplificar a prestação das informações referentes às obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas. Com o sistema, o governo pretende reduzir custos e tempo da área contábil das empresas na hora de executar 15 obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas. Com as informações coletadas por cerca de 8 milhões de empresas, será criado um banco de dados único, administrado pelo governo, abrangendo 18 milhões de empregadores e 44 milhões de trabalhadores.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/receita-diz-que-360-empresas-anteciparam-adesao-no-esocial







Temer assina MP que libera R$ 2 bilhões para municípios

29-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O presidente Michel Temer assinou, nesta sexta-feira (29), medida provisória (MP) que libera R$ 2 bilhões da União para municípios que recebem recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e estão com dificuldades financeiras emergenciais. A MP ainda precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional para ser validada como lei. De acordo com a MP, o valor repassado a cada município será calculado conforme as regras do FPM, que considera o número de habitantes para a distribuição dos recursos. O dinheiro será entregue após a readequação do Orçamento, que deverá ser aprovada pelo Congresso Nacional. O repasse deverá ser aplicado prioritariamente nas áreas de saúde e educação. O texto foi alterado às 15h36 para esclarecimento de informação



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/temer-assina-mp-que-libera-2-bilhoes-para-municipios







Desemprego cai para 12% no trimestre encerrado em novembro, mostra IBGE

29-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, quando a taxa foi estimada em 11,9%, o quadro foi de estabilidade Marcello Casal Jr/Agência Brasil A taxa de desemprego no país fechou o trimestre encerrado em novembro em 12%, uma retração de 0,6 ponto percentual em relação ao trimestre anterior, quando a taxa estava em 12,6%. Na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, quando a taxa foi estimada em 11,9%, o quadro foi de estabilidade. Os dados fazem parte da Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgada hoje (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a publicação, no trimestre encerrado em novembro a população desocupada do país era de 12,6 milhões, registrando queda de 4,1% em relação ao trimestre anterior - menos 543 mil pessoas desocupadas. Em comparação com igual trimestre do ano passado, quando havia 12,1 milhões de desocupados, houve alta no desemprego de 3,6% (mais 439 mil de pessoas). A Pnad Contínua mostra que, no trimestre encerrado em novembro, a população ocupada era de 91,9 milhões, tendo crescido 1% em relação ao trimestre anterior o equivalente a mais 887 mil pessoas empregadas. Em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, quando a população ocupada era de 90,2 milhões de pessoas, o crescimento foi de 1,9% - o equivalente a mais 1,7 milhão de pessoas. Informalidade e comércio O trabalho informal continuou contribuindo para a manutenção da tendência de alta do emprego que vem sendo registrada nos últimos meses e, ao lado do número de postos de trabalho gerados pela sazonalidade do comércio decorrente das festas de final de ano voltou a contribuir para a queda no desemprego no trimestre encerrado em novembro. Em consequência, o número de trabalhadores com carteira assinada caiu 2,5% no trimestre encerrado em novembro, comparativamente ao mesmo trimestre do ano passado (menos 857 mil pessoas com carteira assinada), embora tenha ficado estável em comparação ao trimestre imediatamente anterior (julho, agosto e setembro). O número de empregados no setor privado sem carteira assinada cresceu 6,9% do trimestre encerrado em setembro para novembro mais 718 mil pessoas. Já os que trabalhavam por conta própria também tiveram alta (5%), enquanto os trabalhadores domésticos cresceram 4,1% em relação ao ano passado. A variação positiva de 0,1 ponto percentual (p.p.) do desemprego em relação ao mesmo trimestre do ano passado indica que há, por enquanto, apenas uma queda no ritmo de crescimento verificado nos meses anteriores. A desaceleração da taxa pode ser percebida pela evolução entre os trimestres fechados em novembro de 2016 (11,9%) e 2015 (9%), quando a diferença entre os resultados foi de 2,9 ponto percentual. Desemprego Os números indicam que, embora com número de desempregados superior ao mesmo período do ano passado, o desemprego deixou de crescer. Para o coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo, a desocupação ainda está maior que a do ano passado, mas esse crescimento desacelerou visivelmente na comparação anual. Não estamos com um número menor de desocupados [em relação ao ano passado], mas ele desacelerou. O IBGE também ressaltou que os números, quando comparados com o mesmo período de 2016, evidenciam o aumento no nível de ocupação, que é o percentual de pessoas maiores de 14 anos que estão ocupadas. No ano passado, esse índice de ocupação foi de 54,1%, enquanto que neste ano a taxa alcançou 54,4%. "O nível de ocupação cresceu porque o número de pessoas ocupadas subiu mais do que a população em idade para trabalhar, disse. Carteira assinada O país fechou o trimestre encerrado em novembro último com 33,2 milhões de empregados com carteira de trabalho assinada, número que indica estabilidade frente ao trimestre anterior (junho-julho-agosto de 2017), mas no confronto com o mesmo trimestre do ano passado, significa uma queda de -2,5% - menos 857 mil trabalhadores com carteira assinada. Por outro lado, o número de empregados sem carteira de trabalho assinada cresceu 3,8%, entre o trimestre encerrado em setembro e o encerrado em novembro deste ano mais 411 mil pessoas na informalidade. Em relação ao mesmo trimestre do ano passado este crescimento chegou a 6,9% - mais 718 mil pessoas. Os trabalhadores por conta própria fechou novembro em 23 milhões de pessoas, ficando estável na comparação com o trimestre junho-julho-agosto, mas crescendo 5% em relação ao mesmo período do ano passado - mais 1,1 milhão de pessoas. Rendimento médio Os dados indicam que o rendimento médio real habitual do trabalhador brasileiro ficou praticamente estável, em R$ 2.142. No trimestre anterior era de R$ 2.122. Em relação ao trimestre de junho a agosto de 2017, o rendimento médio real habitual cresceu apenas na categoria de informação, comunicação e Atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas, mais 4% - o equivalente a R$ 121. Os demais grupamentos não apresentaram variação significativa. Na comparação com o trimestre de setembro a novembro do ano passado houve aumento apenas na categoria de Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, mais 4,8% - o equivalente a R$ 56). Amassa de rendimento real habitual cresceu 2%, atingindo R$ 191,9 bilhões no trimestre encerrado em novembro - mais R$ 3,7 bilhões em relação ao trimestre de junho a agosto. Frente ao mesmo trimestre de 2016, houve aumento de 4,5% (R$ 8,2 bilhões). *Matéria atualizada às 10h29 para acréscimo de informações



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/desemprego-volta-cair-e-taxa-chega-12-em-novembro-diz-ibge







Profissionais excluídos de microempreendedores individuais fazem abaixo-assinado

29-Dezembro-2017 - ebc.com.br



A partir do ano que vem, personal trainers , arquivistas de documentos, contadores e técnicos contábeis não poderão mais ser microempreendedores individuais (MEI). Contra a retirada, as categorias fazem abaixo-assinados na internet e tentam reverter a medida. Segundo dados do Portal do Empreendedor, mais de 100 mil empreendedores estão nessa situação e terão que migrar para outras modalidades até 2019. A mudança está na Resolução 137 do Comitê Gestor do Simples Nacional, publicada no início do mês. Para a Sociedade Brasileira de Personal Trainers (SBPT), a notícia foi uma grande supresa. A categoria havia sido incluída no MEI em 2013, também por meio de resolução do próprio Comitê Gestor (111/2013). Entre os excluídos, é a que acumula mais microempreendedores, 35.690. O MEI tinha formalizado a atividade, esteve crescendo bastante entre os profissionais. Agora para formalizar, as opções ficam mais custosas. A maioria vai voltar para a informalidade, diz o diretor da SBPT, Marcos Tadeu. Segundo ele, a estimativa é que haja cerca de 90 mil personal trainers atuando no país. A maioria formal é MEI. Tanto a SBPT quanto outras organizações ligadas aos profissionais pretendem reverter a medida. Abaixo-assinado na internet, até as 8h de hoje (29), reunia 2.611 assinaturas. Entre os contadores e técnicos também há mobilização. Até o mesmo horário, eram 4.766 assinaturas online contra a medida. O contador Daniel DAjuda é MEI e será um dos afetados . O impacto do MEI é grande para quem está começando o negócio como contador, diz e defende que as taxas são mais vantajosas que as demais modalidades. A retirada do MEI vai burocratizar muito e, alguns casos, inviabilizando quem quer começar um negócio, ressalta. No total, são 34.860 contadores e técnicos no MEI. Os microempreendedores individuais são enquadrados no Simples Nacional e ficam isentos dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL). A partir de 1º de janeiro de 2018, o novo teto de enquadramento passa de R$ 60 mil para R$ 81 mil anuais, ou seja, uma média mensal de R$ 6.750. No total, o Brasil tem 7,7 milhões de MEI. Desses, 103.567 são das três categorias que serão excluídas no ano que vem. Os dados disponíveis no Portal do Empreendedor são do dia 25 de dezembro. Além das duas categorias citadas, 33.017 são arquivistas de documentos. Exclusão Segundo o secretário executivo do Comitê Gestor do Simples Nacional, o auditor fiscal Silas Santiago, as ocupações foram excluídas para adequar as normas do MEI ao Código Civil. Não podem ser empresários pelo Código Civil, por exercer atividade intelectual. Eles têm que ter [ensino] técnico ou superior para exercer as atividades. A exclusão dessas ocupações decorreu de entendimento legal. Pelo Código Civil, não se considera empresário quem exerce profissão intelectual, de natureza científica, literária ou artística, ainda que com o concurso de auxiliares ou colaboradores, salvo se o exercício da profissão constituir elemento de empresa. Além da exclusão dessas ocupações, outras passam a ser autorizadas como MEI: apicultores, cerqueiros, locadores de bicicleta, locadores de material e equipamento esportivo, locadores de motocicleta, locadores de videogames, viveiristas, prestadores de serviços de colheita, prestadores de serviços de poda, prestadores de serviços de preparação de terrenos, prestadores de serviços de semeadura e de roçagem, destocamento, lavração, gradagem e sulcamento. Todos devem ser independentes. De acordo com Santiago, a Lei Complementar nº 155/2016, estabelece que em 2018 sejam incluídas atividades do meio rural. Vimos que algumas ocupações já estavam na lista, principalmente na área de comércio, indústria, mas faltava área de serviços. Vimos as opções e colocamos novas ocupações. O secretário executivo diz que não há estimativa de quantas pessoas devem ser incluídas nessas modalidades.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/profissionais-excluidos-de-microempreendedores-individuais-fazem-abaixo







Madeira avança com concurso público para ligações marítimas regulares com o continente

29-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Governo Regional da Madeira autorizou a abertura do concurso público para a concessão de serviços de transporte marítimo regular de passageiros e carga através de navio ferry entre a Madeira e o continente português.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/detalhe/madeira-avanca-com-concurso-publico-para-ligacoes-maritimas-regulares-com-o-continente







A terapia psicomotora nas dificuldades intelectuais e desenvolvimentais: CAO - C.E.C.D. MIRA SINTRA

29-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório foi realizado no âmbito do Mestrado em Reabilitação Psicomotora, da Faculdade de Motricidade Humana. Este objetiva apresentar o percurso e trabalho desenvolvidos pela estagiária no Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) do Centro de Educação para o Cidadão com Deficiência (C.E.C.D.), tendo como população-alvo adultos com Dificuldades Intelectuais e Desenvolvimentais (DID). O estágio, com a duração de oito meses, providenciou à estagiária a oportunidade de participar em diversas vivências institucionais e realizar Terapia Psicomotora em âmbitos como contexto de ginásio, Atividade Motora Adaptada, Meio Aquático e Equitação Terapêutica. A intervenção teve como objetivo primordial o promover de experiências enriquecedoras para a manutenção de competências psicomotoras, tendo em vista a melhoria da qualidade de vida destas pessoas. Assim, apresenta-se inicialmente um enquadramento da prática profissional, caracterizando-se a instituição, população-alvo e aspetos inerentes à envolvência do estágio, com a posterior descrição das etapas vividas pela estagiária, descrição dos grupos de intervenção e respetivos processos, planos, resultados e dificuldades sentidas. Por fim, apresenta-se uma reflexão final da estagiária sobre as aprendizagens feitas neste percurso.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.5/14552







Mycobacterium tuberculosis e resistência a fármacos

29-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Trabalho Final de Mestrado Integrado, Ciências Farmacêuticas, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2013



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10451/30205







Células estaminais e regeneração do tecido ósseo

29-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Trabalho Final de Mestrado Integrado, Ciências Farmacêuticas, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2013



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10451/30204







Integração da análise dos custos do ciclo de vida na aplicação PRONIC : estruturação de informação para edifícios de betão armado

29-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Genericamente, o conceito Custo do Ciclo de Vida (CCV), na designação anglo saxónica Life Cycle Cost (LCC), consiste na análise de todos os custos de um produto, processo ou atividade ao longo da sua vida, tendo como propósito a otimização dos seus custos totais. A presente dissertação visa promover a aplicação do conceito CCV, como ferramenta de gestão de ativos no setor da Arquitetura, Engenharia, Construção e Operação (AECO), incluindo uma pesquisa bibliográfica alargada, tendo como assuntos base os conceitos de CCV e Análise de Custos do Ciclo de Vida (ACCV) na designação anglo saxónica Life Cycle Cost Analysis (LCCA). A ACCV e´ uma abordagem útil, embora necessite de mais estudo e desenvolvimento, uma vez que ainda apresenta muitos problemas, principalmente relacionados com a falta de quantidade e fiabilidade de informação relativa a todos os seus aspetos. Para a resolução desses aspetos, deixam-se algumas recomendações a considerar para desenvolvimentos futuros. O ProNIC – Protocolo para a Normalização da Informação Técnica da Construção, permite fazer a gestão de parte do ciclo de vida do empreendimento, desde o projeto de execução até ao final da obra, contendo ainda alguma informação sobre manutenção. No entanto, não apresenta custos de manutenção e existem lacunas de informação técnica que necessitam de ser preenchidas ao nível de toda a etapa da Operação (manutenção, reabilitação e exploração). Neste sentido, a presente dissertação apresenta uma proposta de metodologia de ACCV, com o objetivo de incorporar os custos e toda a informação acerca dos trabalhos de ciclo de vida no ProNIC, permitindo assim efetuar uma análise de um empreendimento ao longo do seu ciclo de vida. A metodologia proposta contempla uma intervenção no ProNIC ao nível dos Artigos, Fichas de Materiais (FMAT), Fichas de Execução de Trabalhos (FET) e Fichas de Custos. O caso de estudo corresponde a um edifício hospitalar com estrutura de betão armado, para o qual foram analisadas as suas necessidades de operação ao longo do ciclo de vida nos elementos estruturais de betão construídos (vigas, pilares, lajes, fundações), assim como os acabamentos, tendo como finalidade a estruturação de informação normalizada do ciclo de vida no ProNIC, para estas duas componentes.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8370







Curadoria de arquitectura : curadoria como processo de reabilitação urbana

29-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A ideia que aqui se defende é que a Curadoria de Arquitectura não se esgota em programas expositivos, em conferências, no debate disciplinar, nas bienais ou trienais; na verdade, atento o sentido etimológico das palavras Curadoria, Curador e Cura, esta actividade deve contemplar outras perspectivas e deve, também e dentro da disciplina que é a arquitectura, ser um meio, uma ferramenta para curar a cidade. “Com Henry Cole aprendi que a curadoria pode ser uma forma de urbanismo, que pode tratar das mutações das cidades.” (Obrist, 2014) Perante esta ideia, de que a Curadoria pode ser um meio de curar a cidade, surge-nos a questão, o ponto de partida desta dissertação: Pode a Curadoria ser um processo de reabilitação urbana? Um instrumento para a cura da cidade? “Penso que a curadoria está relacionada com o urbanismo.” (Obrist, 2011) O estudo de caso é apresentado com o objectivo de complementar e aprofundar a reflexão teórica, analisando a singularidade de dois projectos desenvolvidos pelo Atelier Artéria. Considerando que o interesse desta dissertação é compreender melhor o papel da curadoria na arquitectura e se podemos considerar a curadoria uma ferramenta da própria disciplina de forma a curar a cidade, então encontramos neste atelier, na linguagem e no discurso arquitectónico utilizado nestes dois trabalhos, os alicerces que consideramos sustentar o nosso pensamento.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8371







Crowdfunding como modelo de financiamento alternativo para o jornalismo de investigação: o case study Português do I Fund News

29-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A crise que se abateu desde há vários anos sobre o jornalismo de investigação, cujas origens se devem, principalmente, a razões financeiras, conduziu a uma diminuição drástica de recursos humanos nas redações, levando a uma consequente quebra do jornalismo de investigação, que implicou além do desemprego de muitos jornalistas experientes, uma diminuição da qualidade da informação e consequente empobrecimento e redução do jornalismo de investigação. O crowdfunding com as suas dinâmicas muito próprias pode revelar-se uma alternativa aos modelos tradicionais de financiamento jornalístico, gerando até uma nova dinâmica, como acontece já em alguns países. Assim, o presente trabalho tem como principais objetivos analisar o crowdfunding de forma a inferir as suas potencialidades no financiamento do jornalismo de investigação. Para esse efeito analisa-se o case study de uma plataforma portuguesa dedicada a acolher projetos jornalísticos, de forma a inferir sobre as futuras potencialidades de desenvolvimento e limitações.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.21/7811







El desenvolvimiento de la autonomía en estudiantes de la licenciatura de Educación Social

29-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Los desafíos del mundo contemporáneo, en particular el aumento de los fenómenos de vulnerabilidad y la exclusión social, refuerzan la emergencia del Educador Social (ES) como un mediador de excelencia de los procesos de socialización e inclusión de las personas, grupos y comunidades en sus contextos de vida. Esta línea de análisis suscita la necesidad de reflexionar sobre su perfil de competencias, la línea referida por la AIEJI(2005), que considera las capacidades relacionales y las personas de ES, como herramientas fundamentales en el trabajo socioeducativo para la implementación de respuestas y estrategias que potencien el desenvolvimiento humano. Este abordaje del ES como profesional de relación implica el desenvolvimiento de unas competencias comunicacionales (Rosa, Navarro-Segura, López, 2014) asociada a un trabajo reflexivo sobre su visión del ser humano y del mundo, de sus normas, creencias y valores (Carvalho Baptista, 2004). En este contexto, es necesario percibir los cambios y los procesos implicados en el desenvolvimiento psicosocial del estudiante del curso de Educación Social como resultado de sus experiencias en la enseñanza superior y de este modo adecuar los procedimientos educacionales con vista a la optimización del desenvolvimiento del estudiante. Es función nuclear de la enseñanza superior, una perspectiva de valorización de competencias, en el cuadro de un perfil profesional específico, preparar para una ciudadanía activa, fomentar la construcción personal y social y desenvuelver una sólida y avanzada base de conocimiento (Calvo, 2014. Zabalza, 2011). La literatura científica recalca la influencia positiva de la enseñanza superior en el desenvolvimiento psicosocial del estudiante, en particular el efecto de las prácticas educativas desafiadoras y ambientes de aprendizaje estimulantes (Webber,2012), la frecuencia de actividades extracurriculares, el envolvimiento en las actividades académicas , la relación con los colegas (Kuh, 2009. Pascarella, 2006. Pascarella, Terenzini, 2005).El presente estudio se integra en una línea de investigación más amplia sobre los procesos de madurez de los estudiantes con el propósito de promover alteraciones en el plano de estudios y los métodos pedagógicos. En este contexto, definimos como objetivos: i) percibir si existen diferencias significativas en los niveles deautonomía ( y dimensiones) entre los estudiantes de los diferentes cursos. ii) analizar los niveles de autonomía en función de la percepción de los estudiantes sobre su participación en las actividades extracurriculares. iii) percibir los niveles de autonomía en función de la percepción de los estudiantes sobre su investimento en las actividades académicas. iv) analizar los niveles de autonomía en función de la percepción de los estudiantes en las relaciones interpersonales en la institución. v) delinear estrategias de acción promotoras del desenvolvimiento de la autonomía de los estudiantes, prestando atención en los resultados de las dimensiones de autonomía.Se trata de un estudio no experimental y transversal, con una muestra no probabilística y de conveniencia de 127 estudiantes de los tres años del curso de Licenciatura en Educación Social, de una institución de la enseñanza superior de la Región del Centro de Portugal. Participarán 55 estudiantes (43.3%) do 1.º ano. 45 (35.4) do 2.º ano. 26 (20.5%) do 3.º ano. com uma média de idades de 21.58 (DP= 4.99). Para la recogida de datos fue utilizada la versión portuguesa de Iowa Developing Autonomy Inventory (Hood Jacckson, 1983), que es un instrumento de 90 itens (con formato de respuesta de Likert de 5 puntos), distribuidos por 6 subescalas (dimensiones de autonomía): Interdependencia; Independencia Emocional de los padres; Independencia Emocional de los Colegas; Administración del Tiempo; Administración del Dinero; Mobilidad. Fue todavía utilizado un cuestionario sociodemográfico (con cuestiones relativas a datos personales, sociales y contextuales) elaborado específicamente para esta búsqueda. Fueron utilizadas técnicas paramétricas del paquete estadístico IBM-24, asumiendo un nivel de confianza del 95%. Los resultados evidencian diferencias significativas en los valores globales de autonomía, bien como las subescalas de Mobilidad, Gestión de tiempo y Gestión del Dinero, entre los alumnos de 1º y los alumnos de 2º y 3º año, evidenciando mejorías en la autonomía a lo largo del curso. También se encuentran diferencias significativas en los valores globales de la autonomía y en la mayoría de las subescalas, en función de la percepción del investimento en las actividades académicas y de la percepción en la participación en las actividades extracurriculares. Estos resultados van en la línea de la literatura del dominio especialmente en el papel de investimento en el contexto académico (Kuh, 2009) y la participación en las actividades extracurriculares en los resultados de autonomía (Pascarella, 2006; Webber, 2012). Así en el contexto de las dinámicas de formación, Ribeiro (2013) defiende que es importante salvaguardar que el aprendizaje de la profesión ocurra en los contextos de praxis socioeducativa, valorizándose su dimensión crítica y reflexiva, dicho de otro modo que deben ser favorecidas competencias autonomizantes, en el diálogo con los referenciales teóricos, la observación y la experimentación. Esto es particularmente importante en las profesiones de mediación personal, como es el caso del Educador Social, el cual necesita desenvolver competencias personales y sociales para el ejercicio de la profesión en los contextos más complejos de las sociedades más actuales. Los resultados remiten todavía, para un conjunto de estrategias de acción promotoras en el desenvolvimiento de la madurez y de la autonomía de los estudiantes de la licenciatura de Educación Social.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.19/4763







O projeto curricular de turma no enquadramento escolar: comparação das perceções dos professores e dos diretores de turma de uma escola secundária

29-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este artigo apresenta um trabalho realizado no âmbito da autoavaliação da Escola Secundária de Faro (ESF), onde tinha sido desenvolvido um projeto educativo, que se esperava fosse adaptado à especificidade de cada turma através do Projeto Curricular de Turma (PCT), cabendo ao diretor de turma um papel de particular importância. Porque as pessoas com funções de chefia têm responsabilidades que podem dar lugar a perceções diferentes da realidade, em relação à dos colegas, interessava saber se os professores diretores de turma se diferenciavam dos restantes, quando se referiam ao projeto curricular de turma (PCT) e ao processo de autoavaliação. Desta forma se construiu a finalidade deste artigo, isto é, saber até que ponto os diretores de turma atribuíam mais importância que os colegas a estes documentos e suas implicações. Como instrumento de investigação foi elaborado um questionário para conhecer as perceções dos professores face a esses projetos (autoavaliação e PCT). Os resultados dos inquéritos por questionário mostraram a inexistência de diferenças significativas na perceção entre os diretores de turma e os restantes professores, tendo as entrevistas explicitado esses resultados. Apesar de ser um estudo exploratório, esta investigação permitiu mostrar alguns problemas associados à implementação de processos que procuram transformar a Escola. Quer o PCT quer a autoavaliação da escola podem constituir instrumentos efetivos de mudança e desenvolvimento organizacional, se aplicados por forma a não desperdiçar recursos e energias.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.1/10270







Avaliação e prescrição de exercício na Clínica Fisiogaspar

29-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório foi realizado para adquirir o título de Mestre em Exercício e Saúde da Faculdade de Motricidade Humana e decorreu na clínica Fisiogaspar, onde foi desempenhada a função de Fisiologista do Exercício. O principal objetivo deste documento é transmitir ao leitor a importância da realização de exercício físico em populações com diversos tipos de limitações, ao mesmo tempo que é descrito todo o enquadramento do desempenho de funções por parte de um fisiologista do exercício na Fisiogaspar. Este documento reflete todo o trabalho realizado durante um ano letivo na instituição Fisiogaspar, abordando não só as tarefas desempenhadas, pesquisas realizadas e conhecimentos adquiridos, mas também ideias de melhoria de serviços da clínica e contributos do estagiário para a mesma. Verificando os objetivos iniciais estabelecidos para este estágio e após a análise cuidada deste documento, é possível concluir que os mesmos foram cumpridos, o que resultou num novo conhecimento adquirido, aumento da experiência enquanto profissional e crescimento pessoal pelas relações que estabeleceu não só com novos utentes, mas também com os seus colegas de trabalho.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.5/14553







Ortodontia

29-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Os dentes são um componente extremamente importante na cavidade oral. Ter órgãos dentários belos e saudáveis é sinónimo de uma boa higiene oral e a garantia de um sorriso invejável e sem complexos. A genética por vezes falha, podendo surgir anomalias dentárias e síndromes que afetam estes órgãos. Foi por esta razão que este trabalho despertou grande interesse, tendo como objetivo discutir algumas destas alterações, o que “correu mal” na formação, quais as características dessas alterações e como resolver o problema ortodonticamente. Sabe-se que a hipodontia, hiperdontia, microdontia e síndrome de Williams são algumas das condições evidenciando alterações dentárias passíveis de serem mais observadas em consultório. Apesar de a hipodontia (sindrómica ou não) ser uma condição de redução do número de dentes e a microdontia (não sindrómica ou sindrómica) ser caracterizada por uma redução do tamanho do dente, ambas necessitam de um processo ortodôntico para o encerramento dos diastemas. Em alguns casos da microdontia é indispensável recorrer à dentisteria ou à reabilitação, já na hiperdontia (sindrómica ou não sindrómica) há uma necessidade de se proceder primeiramente às extrações e posteriormente iniciar um tratamento ortodôntico que visa o correto reposicionamento dentário.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6378







Reabilitação oral cirúrgica

29-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Introdução: Frequentemente após extrações ou pneumatização do seio maxilar, é frequente a perda de rebordo alveolar devido à sua reabsorção ficando assim impossibilitados de realizar uma correta reabilitação (Monje et al. 2013). Materiais e métodos: Foi realizada uma pesquisa bibliográfica na base de dados b-on (biblioteca do conhecimento), no repositório institucional da Universidade Fernando Pessoa e biblioteca Ricardo Reis. Das 57 referências bibliográficas pesquisadas, incluindo livros, artigos, revistas cuja recolha foi feita entre Janeiro 2017 e Maio 2017, tiveram como limite temporal 2005-2017 no idioma inglês. Destas foram selecionadas 12 sendo que foram aplicados como critérios de exclusão o limite temporal e a pertinência/enquadramento da informação recolhida. Discussão: Nos casos de atrofia severa da maxila o osso autólogo é o que proporciona maior capacidade osteoindutiva e osteogénica (Schmitt et al., 2012). Da pesquisa realizada, os enxertos ósseos inlay demonstraram ser a opção de maior sucesso; quando utilizados conjuntamente com a colocação de implantes. Conclusões: Existem as mais diversas opções de tratamento para os aumentos ósseos verticais e horizontais, destacando as técnicas de enxerto: Onlay, Inlay (sinus lift). O gold standard a nível de materiais, preconizado por toda a literatura trata-se de enxerto autólogo, idealmente osso intramembranoso. Em todos os casos a escolha do material deve ser feita pelos doentes e a escolha da técnica deve ser feita pelo profissional atendendo às características físicas do caso clínico e dos diversos materiais a usar (Park et al., 2009 e Wauf, 2002).



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6377







Contratos dos hospitais da região Centro para 2018 aumentam 4,1% para 924 MEuro

28-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/6HB1Vw0wclI/323127-contratos-dos-hospitais-da-regiao-centro-para-2018-aumentam-41-para-924-meuro







Financiamento partidário: vale quase tudo nos grupos de trabalho

28-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Os grupos de trabalho como aquele onde os deputados discutiram as alterações ao financiamento partidário são constituídos para agilizar o processo legislativo. Em teoria deviam seguir as regras das comissões onde são constituídos, mas na prática seguem um registo de informalidade que adapta casuisticamente o seu funcionamento.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/politica/detalhe/financiamento-partidario-vale-quase-tudo-nos-grupos-de-trabalho







Hospitais da região Centro assinaram contratos programa para 2018

28-Dezembro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



A Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC) e todos os hospitais EPE da região Centro assinaram hoje, em Lisboa, os contratos programa para 2018 numa cerimónia presidida pelo Ministro[...] O post Hospitais da região Centro assinaram contratos programa para 2018 aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/hospitais-da-regiao-centro-assinaram-contratos-programa-2018/







Como repensar a lista de resoluções de ano novo

28-Dezembro-2017 - universia.net



Com o ano a terminar chega a altura de fazer uma breve introspeção e de ponderar o que deverá mudar na sua vida no novo ano que se avizinha. REGISTE GRATUITAMENTE O SEU CURRÍCULO ENTRE AQUI A época convida a uma breve análise sobre o que foi feito e correu bem, o que poderia ter corrido melhor e o que deverá ser corrigido ou completamente alterado. Ao rever os seus objetivos para 2018 não deixe de fora estes pontos, que deverá tentar seguir para chegar ao final do próximo ano com o sentimento de dever cumprido. A saber: Parar de procrastinar e melhorar a capacidade de concentração As duas estão interligadas. Se tem por hábito adiar ad eternum as tarefas que lhe chegam, quer na universidade, quer no emprego ou na sua vida pessoal, mude de atitude. Às vezes basta um pouco de força de vontade e de organização, para conseguir manter as suas obrigações em dia e para isso também é fundamental fazer um esforço para conseguir manter o foco. Faça ainda pequenas pausas pois ajudam na concentração . Estando mais focado e concentrado, torna-se mais produtivo e motivado e como tal estará mais recetivo a combater a procrastinação. Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje! Conhecer novas pessoas e sociabilizar mais Fuja da rotina e conviva mais com os seus amigos. Viaje e saia da sua zona de conforto. Conheça novos lugares e novas pessoas, novas culturas. Amplie os seus horizontes e torne-se numa pessoa mais aberta para o mundo. Ser mais ativo e proativo O exercício físico traz-lhe mais saúde, liberta-o do stresse do dia a dia e como tal, contribui para uma melhor qualidade de vida. Tenha também mais iniciativa, agarre os desafios e encare a vida com mais confiança. Aprender a poupar mais Comece o ano a poupar para os seus objetivos de 2018. Para fazer aquela viagem, aquela formação ou adquirir o carro dos seus sonhos vai precisar de fundos. Comece a organizar melhor os seus gastos e a ponderar melhor as despesas extra. Estabeleça objetivos e tente cumpri-los. No final ver que se vai sentir mais realizado, sobretudo porque destes objetivos dependem tantos outros. Organize melhor os seus gastos. Poupe mais! Agradecer mais e reduzir os níveis de stresse O stresse destrói vidas, incapacita por isso não se deixe dominar por ele e combata-o. Como já referimos, fugir à rotina ou a prática de exercício físico e o convívio são bons remédios. Se necessário, procure ajuda especializada. Seja ainda grato pela vida e por tudo o que o rodeia. Aprenda a encontrar alegria nos momentos mais simples e não se deixe derrubar pelos problemas que possam surgir. A gratidão vai conduzi-lo a uma paz de espírito que vai certamente garantir mais tranquilidade ao seu dia a dia. Trocar a televisão por um livro Experimente trocar o tempo que passa frente à televisão por outras atividades que promovam o seu bem-estar. Ao reduzir o tempo que passa frente á televisão verá que afinal o seu dia a dia pode ser ainda mais produtivo. Aproveite também para, por exemplo, ler mais livros e ampliar os seus conhecimentos sobre determinado assunto e ao mesmo tempo exercitar o seu cérebro. Passar mais tempo com as pessoas que verdadeiramente importam Dedique mais tempo às pessoas que verdadeiramente contribuem para a sua felicidade e realização pessoal. Partilhem bons momentos e verá que terá uma vida mais verdadeira, alegre e feliz! Fazer voluntariado Dedique mais tempo e energia a ajudar aqueles que precisam de si e veja o quão gratificante podem ser as iniciativas de voluntariado. Ao ser voluntário conhece novas pessoas e adquire novas competências , além disso vai sentir-se mais realizado ao dar o seu contributo fazendo o bem ao próximo. Já conhece o Ajudando , o novo portal de voluntariado? Aprender um novo idioma Para além de melhorar as suas competências de comunicação, dominar uma nova língua pode fazer toda a diferença na hora de se candidatar a uma vaga de emprego. Analise o mercado, tenha em conta os seus gostos pessoais e facilidades e comece já hoje a estudar. Amar-se mais a si mesmo e fazer algo que realmente gosta Use também o seu tempo livre para praticar atividades com as quais se identifica. Antes de dedicar tempo aos outros precisa de dedicar tempo a si próprio, pois só assim será feliz e terá a tranquilidade necessária para se dedicar a outros projetos pessoais e profissionais. Viajar mais Viajar é um dos maiores investimentos que se pode fazer na vida. Conhecer novas culturas permite-nos ampliar os horizontes e a renovar energias . Se souber organizar-se não será necessário alocar muito dinheiro para conhecer novos locais, seja em Portugal, seja no estrangeiro. Cultive também o lema ir para fora cá dentro e verá o quão gratificante pode ser. Aprender a cozinhar Ao cozinhar as suas próprias refeições poupa mais dinheiro na alimentação e ainda come melhor e de forma mais saudável. Cozinhar os próprios pratos contribui ainda para o combate à obesidade. Cozinhar é ainda uma forma de combater o stresse do dia a dia e de treinar a capacidade de concentração.  Comece por pratos mais simples, como estes , e à medida qua vai ganhando mais confiança comece a arriscar mais e a fazer pratos mais elaborados.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/12/28/1156989/repensar-lista-resoluces-ano-novo.html







Trabalhador tem até hoje para sacar abono salarial ano-base 2015

28-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Termina nesta quinta-feira (28) o prazo para saque do abono salarial ano-base 2015. Até o fim de novembro, 1,4 milhão de brasileiros com direito ao benefício ainda não tinham sacado o dinheiro. De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego, não haverá prorrogação do prazo. Quem trabalhou na iniciativa privada em 2015 pode retirar o dinheiro em qualquer agência da Caixa Econômica Federal ou em uma casa lotérica. Servidores públicos devem procurar o Banco do Brasil. Cada trabalhador recebe valor proporcional ao número de meses trabalhados formalmente naquele ano. Se a pessoa trabalhou o ano todo, recebe o valor na íntegra. Quem trabalhou por seis meses, por exemplo, recebe metade do valor. Os pagamentos variam de R$ 79 a R$ 937. Quem tem direito Para ter direito ao abono salarial ano-base 2015, é preciso ter trabalhado formalmente em 2015 e atender a alguns requisitos, como estar vinculado formalmente a uma empresa ou a um órgão público por pelo menos 30 dias naquele ano, ter remuneração média de até dois salários mínimos no período, estar inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos e ter os dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais). Para saber se tem direito ao benefício, é possível fazer uma consulta ao site do Ministério do Trabalho com o número do PIS ou do CPF e a data de nascimento. Também é possível obter informações nas agências bancárias ou ligando para o Alô Trabalho, 158. As ligações são gratuitas de telefone fixo em todo o país. A Caixa Econômica Federal fornece a informação aos beneficiários do PIS também pelo telefone 0800-726 02 07. O Banco do Brasil atende os beneficiários do Pasep no número 0800-729 00 01.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/trabalhador-tem-ate-hoje-para-sacar-abono-salarial-ano-base-2015







Ministro do Trabalho do Brasil pede demissão para se candidatar a deputado

28-Dezembro-2017 - sapo.pt



O Ministro do Trabalho do Brasil, Ronaldo Nogueira, pediu hoje a demissão ao presidente Michel Temer para se dedicar à campanha eleitoral para o Congresso, onde pretende regressar em 2018 como deputado.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/internacional/artigo/ministro-do-trabalho-do-brasil-pede-demissao-para-se-candidatar-a-deputado_23456458.html







Liga aguarda desenrolar do processo que envolve jogadores do Rio Ave

27-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse hoje que requereu a sua intervenção como assistente no processo judicial em que, segundo a televisão SIC, foram constituídos arguidos quatro jogadores do Rio Ave por suspeitas de viciação de resultados.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/desporto/detalhe/liga-aguarda-desenrolar-do-processo-que-envolve-jogadores-do-rio-ave







Rui Rio quer avançar com a reforma do regime com o PSD ´a fazer de motor´

27-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



Moção de estratégia apresentada em Leiria defende um novo contrato social, nem liberal nem anti-Estado, com um partido mais ao centro.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/1FoXAGW6JLk/rui-rio-quer-avancar-com-a-reforma-do-regime-com-o-psd-a-fazer-de-motor-9011735.html







Corpo do trabalhador soterrado em Fafe já foi encontrado

27-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/eRIq1gkVIfE/323027-corpo-do-trabalhador-soterrado-em-fafe-ja-foi-encontrado







Trabalhador levado por enxurrada em Fafe, buscas decorrem há quase 3 horas

27-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/ywQh3PvMMyE/323021-trabalhador-levado-por-enxurrada-em-fafe-buscas-decorrem-ha-quase-3-horas







Liga aguarda desenrolar do processo que envolve jogadores do Rio Ave

27-Dezembro-2017 - sapo.pt



A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse hoje que requereu a sua intervenção como assistente no processo judicial em que, segundo a televisão SIC, foram constituídos arguidos quatro jogadores do Rio Ave por suspeitas de viciação de resultados.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/liga-aguarda-desenrolar-do-processo-que-envolve-jogadores-do-rio-ave_23456267.html







Vantagens de se trabalhar em equipa

27-Dezembro-2017 - universia.net



Trabalhar em equipa acarreta muitas vantagens quer para cada um dos profissionais envolvidos quer para a empresa. Experimente estas dicas durante 2 semanas apenas e constate as diferenças: mais empenho, convicção e harmonia no local de trabalho. REGISTE GRATUITAMENTE O SEU CURRÍCULO ENTRE AQUI Saber  trabalhar bem em equipa é uma mais-valia para os candidatos a uma vaga de emprego. Um bom trabalho de  equipa optimiza recursos e aumenta a produtividade e o bom ambiente nas empresas. Trabalhar bem em equipa implica humildade para se aceitar que juntos somos mais fortes e que o contributo do que cada um tem de melhor pode resultar numa união de esforços que permita a obtenção mais eficaz de objetivos individuais e corporativos. Trabalhar em equipa não deve ser uma necessidade, mas um dever, uma lógica natural e fluída que contribui para o desenvolvimento das empresas e dos indivíduos. A cooperação torna tudo mais fácil, suportável e transponível. Para se conseguir trabalhar bem é equipa é fundamental que cada um saiba exatamente o que se espera de si : quais os seus objetivos, quais as suas principais tarefas e de que forma se entrecruzam com as tarefas dos restantes companheiros de equipa. Todos precisam de saber o que estão a fazer e para quê, para que se sintam motivados e parte integrante da equipa. Conheça ainda outros benefícios claros do trabalho em equipa: Criatividade Todos nós temos diferentes competências , conhecimentos e atributos pessoais. Ao utilizar todos estes aspectos diversificados numa equipa, mais ideias vão ser geradas. Como mais ideias são geradas, soluções mais criativas também podem ser geradas, o que conduz inevitavelmente a melhores resultados atingidos. Eficiência e eficácia Com o trabalho em equipa vem também um aumento da eficiência. A última coisa que queremos é ter dois funcionários a trabalhar no mesmo projeto, quando a tarefa pode ser facilmente levada a cabo por apenas um. Certifique-se de que os funcionários comunicam entre si sobre atribuições de tarefas e competências, de forma a maximizar a eficiência. Outro dos benefícios do trabalho em equipa é que este também ajuda a desenvolver a responsabilidade pessoal. Mesmo que o foco principal seja o objetivo que a equipa como um todo tem de atingir, cada pessoa sabe que pode ser responsabilizada e que é responsável por cumprir com a sua parte ou função. Motivação Uma equipa que alcance bons resultados é sempre uma fonte de  motivação para colaboradores individuais. Ser responsável por um pequeno grupo também fomenta a criatividade e a produtividade desses mesmos trabalhadores. Os empregados muitas vezes sentem um maior sentido de responsabilidade para realizar as suas tarefas individuais e sentem-se mais motivados para atingir os objetivos da sua equipa, do que para um diretor ou uma empresa de maiores dimensões. Satisfação no trabalho e  felicidade Trabalho em equipa ajuda os trabalhadores a aumentar a sua auto-estima, fazendo-os sentir-se mais importantes e necessários ao sucesso da empresa. Assim que um trabalhador sente que faz parte integrante da equipa e que o seu trabalho contribui ativamente para o desenvolvimento de determinado projeto, ele ganha um sentimento de pertença e vai fazer uso de todas as suas competências e criatividade para dar o seu melhor. Ter uma equipa por detrás dos nossos esforços faz-nos querer dar sempre mais e melhor, devido a uma concorrência saudável, cujo objetivo não é ser melhor que o nosso colega, mas sim contribuir com a melhor ideia para a tarefa em mãos. Colegas de equipa sentem-se mais à vontade para oferecer ou até mesmo pedir ajuda, pois a responsabilidade é partilhada por todos e é do interesse geral que os objetivos sejam alcançados.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/12/27/1156668/vantagens-trabalhar-equipa.html







?Liga tem ´total confiança´ na justiça e no Rio Ave

27-Dezembro-2017 - sapo.pt



A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) manifesta confiança na justiça e no Rio Ave, em reacção ao caso em que jogadores do clube são suspeitos de receber dinheiro para perder um jogo.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/101659/liga-tem-total-confianca-na-justica-e-no-rio-ave?utm_source=sapo







Presidente da República lamenta a morte de Margarida Almeida Santos

27-Dezembro-2017 - sapo.pt



O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou hoje a morte de Margarida Areias de Almeida Santos, lembrando o seu trabalho como uma "qualificada jurista" em Moçambique e em Portugal.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/presidente-da-republica-lamenta-a-morte-de-margarida-almeida-santos_23456131.html







Em Faro abriu um SPA em formato de livro, dirigido a pessoas especiais

27-Dezembro-2017 - publico.pt



Almoçar neste restaurante, servido com toda a etiqueta, custa apenas quatro euros. Os empregados, apesar do profissionalismo, não encontram facilmente oportunidade de trabalho porque são diferentes. E a inclusão é ainda um sonho distante.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/27/local/noticia/em-faro-abriu-um-spa-em-formato-de-livro-dirigido-a-pessoas-especiais-1797311







Wizink não vê sinais de alarme no crédito

27-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Inês Medina, do Wizink, elogia o trabalho do regulador no crédito ao consumo e admite que há uma "implantação grande para fazer" em 2018.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/banca---financas/detalhe/wizink-nao-vejo-sinais-de-alarme-no-credito







Câmara de Coimbra dá 7 mil euros à Cozinha Económica

27-Dezembro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



O presidente da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Manuel Machado, assinou hoje um contrato-programa de desenvolvimento social que atribui um apoio financeiro de 7100 euros à Associação das Cozinhas Económicas[...] O post Câmara de Coimbra dá 7 mil euros à Cozinha Económica aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/camara-atribui-subsidio-7-mil-euros-associacao-das-cozinhas-economicas/







Mercado Municipal de Tábua recebe Concurso de Couves e Abóboras de Natal

27-Dezembro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



  O Mercado Municipal foi palco, na manhã de 24 de dezembro, da terceira edição do Concurso de Couves de Natal, que este ano englobou também as Áboboras de Natal.[...] O post Mercado Municipal de Tábua recebe Concurso de Couves e Abóboras de Natal aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/mercado-municipal-recebe-concurso-couves-aboboras-natal/







Rui Rio critica isenção total de IVA para os partidos políticos

27-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



O candidato à liderança do PSD defende isenção do IVA apenas "na difusão da mensagem e no trabalho político".



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/unZsUcRLU7s/rui-rio-critica-isencao-total-de-iva-para-os-partidos-politicos-9011561.html







Temer sanciona lei que cria a Agência Nacional de Mineração

27-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O presidente Michel Temer sancionou hoje (27) a lei que cria a Agência Nacional de Mineração (ANM). A nova agência substitui o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) na regulação e fiscalização do setor de mineração. Vinculada ao Ministério de Minas e Energia, a ANM tem, entre suas atribuições, a fiscalização da atividade de mineração e a responsabilidade por vistorias, notificações, autuação de infratores e adoção de medidas como interdição e aplicação de sanções. Pela Constituição, a atividade de mineração é autorizada sob o regime de concessão pública. Como contrapartida, as empresas exploradoras têm de pagar compensação aos entes da União. A nova agência contará com uma diretoria colegiada, composta por cinco diretores, para dirigir seus trabalhos. Os diretores serão brasileiros indicados pelo Palácio do Planalto, nomeados após aprovação pelo Senado. Eles exercerão mandato de quatro anos, permitida somente uma recondução ao cargo. Em julho, o governo editou três medidas provisórias alterando as regras do setor. Entre elas, estão a criação da ANM e alterações na cobrança da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), espécie de royalties do setor. Em 2016, a arrecadação da CFEM totalizou R$ 1,6 bilhão. Atualmente, o cálculo do valor devido é feito com base no faturamento líquido da empresa. Com a mudança, a cobrança terá como base a receita bruta da venda do minério, agregando os custos com transporte e seguro. A medida gerou a expectativa de ampliar a arrecadação do governo em cerca de 80%. O objetivo é conseguir, nos próximos sete anos, elevar de 4% para 6% a participação do setor de mineração no Produto Interno Bruto (PIB, spma de todos os bens e serviços produzidos no país).



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/temer-sanciona-lei-que-cria-agencia-nacional-de-mineracao







Estudantes que não fizeram o Enade podem regularizar situação até 31 de janeiro

27-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Enade é aplicado em ciclos de cursos a cada três anos Arquivo/Agência Brasil Os estudantes inscritos no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) deste ano que não compareceram à prova podem solicitar a dispensa até o dia 31 de janeiro de 2018. Entre os critérios para a liberação do exame estão acidentes, assalto, casamento, luto, acompanhamento de cônjuge, problemas de saúde, licença maternidade e paternidade ou exercício de atividade profissional no dia da prova, que foi aplicada em 26 de novembro para 451.517 estudantes. O pedido de dispensa deve ser feito no Sistema Enade, com login e senha. Os estudantes devem apresentar, por meio eletrônico, documento comprobatório digitalizado referente ao impedimento de participação no exame. A análise das solicitações das dispensas será feita pelos coordenadores de curso das instituições de ensino superior. Quem tiver o pedido indeferido poderá apresentar recurso ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), eletronicamente, de 5 a 23 de fevereiro de 2018, na mesma plataforma. O Enade é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação e avalia o rendimento dos concluintes dos cursos em relação aos conteúdos, habilidades e competências adquiridas. O estudante habilitado para o Enade que faltar à aplicação da prova e não justificar a ausência pode ser impedido de receber o diploma. Cursos avaliados A cada ano, o Enade avalia um grupo diferente de cursos superiores, ciclo que se repete a cada três anos. Em 2017, a prova foi aplicada aos concluintes dos cursos de bacharelado nas áreas de arquitetura e urbanismo, engenharia ambiental, engenharia civil, engenharia de alimentos, engenharia de computação, engenharia de controle e automação, engenharia de produção, engenharia elétrica, engenharia florestal, engenharia mecânica, engenharia química, engenharia, sistema de informação. de bacharelado ou licenciatura nas áreas de ciência da computação, ciências biológicas, ciências sociais, filosofia, física, geografia, história, letras português, matemática e química. Também foram avaliados este ano os concluintes dos cursos de licenciatura nas áreas de artes visuais, educação física, letras - português e espanhol, letras - português e inglês, letras inglês, música, pedagogia. e de tecnologia nas áreas de análise e desenvolvimento de sistemas, gestão da produção industrial, redes de computadores e gestão da tecnologia da informação.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/estudantes-que-nao-fizeram-enade-podem-regularizar-situacao-ate-31-de







Em novembro, mais de 3 mil foram contratados para trabalho intermitente no país

27-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Em novembro, foram registrados 3.120 contratos de trabalho intermitente, segundo informou hoje (27) o Ministério do Trabalho. O número de desligamentos foi de 53, o que gerou um saldo positivo de 3.067 contratos. A modalidade foi criada com a reforma trabalhista, que entrou em vigor no mês passado, e passou a fazer parte dos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). A maioria das contratações (92%) de trabalho intermitente ocorreu no comércio, o equivalente a 2.822. Entre as ocupações, o de assistente de vendas representa a maior parte (90%). De acordo com o coordenador de estatísticas do Ministério do Trabalho, Mário Magalhães, o resultado foi influenciado pelas contratações para as vendas da Black Friday. Magalhães disse que não é possível saber pelos dados do Caged quanto o trabalhador efetivamente recebeu por esse tipo de trabalho. Trata efetivamente dos contratos firmados e contratos rescindidos, respondeu, ao ser questionado se algum trabalhador pode ter contratos de trabalho intermitente, mas não ter trabalhado nenhuma hora em um mês. Segundo ele, as informações sobre remuneração poderão ser consultadas na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) . Ele, entretanto, considera que seja pouco provável um trabalhador ter sido admitido e não ter executado nenhuma atividade em um mês. Por essa modalidade, o trabalhador recebe por período trabalhado - em horas ou diária. Tem direito a férias, FGTS, previdência e décimo terceiro salário proporcionais. No contrato, deverá estar definido o valor da hora de trabalho, que não pode ser inferior ao salário mínimo por hora ou à remuneração dos demais empregados que exerçam a mesma função. O empregado deverá ser convocado com, no mínimo, três dias corridos de antecedência. No período de inatividade, pode prestar serviços a outros contratantes. Desligamento de comum acordo e trabalho parcial O ministério também registrou 805 desligamentos de comum acordo, modalidade que também entrou em vigor com a reforma trabalhista. Esses desligamentos foram informados por 654 estabelecimentos. Com a nova legislação, o contrato de trabalho poderá ser encerrado de comum acordo entre patrão e empregado, com pagamento de metade do aviso-prévio e metade da multa de 40% sobre o saldo do FGTS. O empregado poderá ainda movimentar até 80% do valor depositado pela empresa na conta do FGTS, mas não terá direito ao seguro-desemprego. O trabalho parcial registrou 744 admissões por 502 estabelecimentos. Antes da reforma, o trabalho parcial era limitado a 24 horas por semana. Com a reforma, deixou de existir essa limitação. Desse total, 321 contratos são de trabalho acima de 24 horas semanais. No trabalho parcial, a jornada poderá durar até 30 horas semanais, sem possibilidade de horas extras semanais ou de 26 horas semanais ou menos, com até 6 horas extras, pagas com acréscimo de 50%. Um terço do período de férias pode ser pago em dinheiro.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/em-novembro-mais-de-3-mil-foram-contratados-para-trabalho-intermitente-no







Com novas regras, Receita estima que 52 mil empresas migrem para modalidade MEI

27-Dezembro-2017 - ebc.com.br



A Receita Federal estima que cerca de 30% das empresas aptas a integrarem a modalidade de Microempreendedor Individual (MEI) farão a migração em 2018. A partir do dia 1º de janeiro, entram em vigor as novas regras do MEI, entre elas, o aumento do limite do faturamento anual, que passará dos atuais R$ 60 mil para R$ 81 mil. Segundo a Receita, com o novo limite, 172 mil empresas que integram outras modalidades estarão aptas a integrar o MEI, mas apenas 52 mil devem de fato migrar para a modalidade. Os microempreendedores individuais são enquadrados no Simples Nacional e ficam isentos dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL). A modalidade, no entanto, também impõe restrições. Além do limite de faturamento, o microempreendedor não pode participar como sócio, administrador ou titular em outra empresa. não pode contratar mais de um empregado e deve exercer alguma das atividades previstas para a modalidade. A partir de 2018, serão incluídas 13 ocupações e excluídas três: personal trainer, arquivista de documentos e contador/técnico contábil. Para o contador e advogado Antônio Gomes, da Liberal Contabilidade, o novo limite trará mais conforto especialmente para os microempreendimentos que têm tendência a crescer. Com o aumento do valor de enquadramento, acredita-se que para algumas atividades será de muita valia, por exemplo para quem faz reformas, tipo pinturas, parte elétrica e hidráulica. Antes ficavam de olho no faturamento e até mesmo deixavam de pegar serviço ou postergavam a emissão de nota fiscal para nao ser desenquadrados da condição de MEI. Com o aumento, para quem tem tendência a crescer, com certeza ficou melhor, disse Gomes. Segundo o contador, o MEI é ideal para regularizar empreendimentos. Nesta modalidade são abarcadas atividades que antes ficavam a mercê de benefícios por parte do governo, como o previdenciário. O MEI tem direito a aposentadoria por idade, além de auxílio a doença, disse ao acrescentar: O MEI é uma modalidade simplificadíssima para abarcar aquelas atividades ditas como de fundo de quintal tipo pipoqueiro, churrasqueiro, são aqueles empreendedores que estão em seguimento embrionário. São, digamos, atividades que com o tempo podem se tornar grandes empresários. Queda na arrecadação A entrada de novas empresas na modalidade, no entanto, acarretará também em uma queda na arrecadação, devido às concessões de incentivos fiscais. A Receita Federal estima uma renúncia de R$ 150 milhões por ano. Como administração tributária, não vemos com bons olhos, porque estende uma faixa de faturamento muito alta, sem pagar praticamente nada, diz o secretário-executivo do Comitê Gestor do Simples Nacional, auditor-fiscal Silas Santiago. Na avaliação da administração tributária, não era necessário ter esse aumento. Mesmo com a queda na arrecadação, a expectativa é de que as mudanças estimulem a economia do país. Elas fazem parte do programa anunciado pelo governo no ano passado, Crescer sem Medo. Microempreendedores Atualmente, de acordo com dados do Portal do Empreendedor, o Brasil tem 7,7 milhões de MEI. De acordo com dados divulgados este mês pela Serasa Experian, das 1,9 milhões de novas empresas instaladas no país entre janeiro e outubro deste ano, 1,5 milhão são microempreendimentos individuais, o que equivalente a 78,6% do total. Os números são os maiores já apurados pelo Indicador Serasa Experian de Nascimentos de Empresas para os dez primeiros meses do ano. A quantidade de novos MEIs também é 11,7% superior ao registrado entre janeiro e outubro de 2016, quando 1,3 milhão de novas empresas desse segmento nasceram. De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) os micro e pequenos empreendimentos representam 27% do Produto Interno Bruto do país (soma dos bens e serviços produzidos no país) e são responsáveis por cerca de 52% dos empregos formais no Brasil.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/com-novas-regras-receita-estima-que-52-mil-empresas-migrem-para-modalidade







PIS-Pasep: saque do abono salarial ano-base 2015 só pode ser feito até amanhã

27-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Termina nesta quinta-feira (28) o prazo para saque do abono salarial ano-base 2015 pelos trabalhadores. Até o fim de novembro, 1,4 milhão de brasileiros com direito ao benefício ainda não tinham sacado o dinheiro. De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), não haverá prorrogação do prazo. Quem trabalhou na iniciativa privada em 2015 pode retirar o dinheiro em qualquer agência da Caixa Econômica Federal ou em uma casa lotérica. Servidores públicos devem procurar o Banco do Brasil. Cada trabalhador recebe valor proporcional ao número de meses trabalhados formalmente naquele ano. Se a pessoa trabalhou o ano todo, recebe o valor na íntegra. Quem trabalhou por seis meses, por exemplo, recebe metade do valor. Os pagamentos variam de R$ 79 a R$ 937. Quem tem direito Para ter direito ao abono salarial ano-base 2015, é preciso ter trabalhado formalmente em 2015 e atender a alguns requisitos, como estar vinculado formalmente a uma empresa ou a um órgão público por pelo menos 30 dias naquele ano, ter remuneração média de até dois salários mínimos no período, estar inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos e ter os dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais). Para saber se tem direito ao benefício, é possível fazer uma consulta ao site do Ministério do Trabalho com o número do PIS ou do CPF e a data de nascimento. Também é possível obter informações nas agências bancárias ou ligando para o Alô Trabalho, 158. As ligações são gratuitas de telefone fixo em todo o país. A Caixa Econômica Federal fornece a informação aos beneficiários do PIS também pelo telefone 0800-726 02 07. O Banco do Brasil atende os beneficiários do Pasep no número 0800-729 00 01.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/pis-pasep-saque-do-abono-salarial-ano-base-2015-so-pode-ser-feito-ate







Confiança do comércio avança e atinge maior nível desde julho de 2014

27-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Para a edição de dezembro da Sondagem do Comércio, a FGV coletou informações com 1.179 empresas - Tânia Rego/Arquivo Agência Brasil Depois de ligeira estabilização em novembro, o Índice de Confiança do Comércio (Icom) avançou 2,4 pontos em dezembro, para 94,8 pontos, atingindo o maior nível desde julho de 2014 (95,8 pontos), na série dessazonalizada. Em médias móveis trimestrais, o índice subiu 1,8 ponto pelo quarto mês consecutivo. As informações fazem parte da Sondagem do Comércio e foram divulgadas hoje (27) pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV). Os dados indicam que a alta do Icom de novembro para dezembro ocorreu em 8 dos 13 segmentos pesquisados. Para o resultado, no entanto, foi determinante a melhora no Índice de Expectativas (IE-COM), que chegou a avançar 4,9 pontos, atingindo 104,8 pontos, o primeiro valor acima dos 100 pontos desde março de 2014 (102 pontos). Já o Índice de Situação Atual (ISA-COM) caiu 0,4 ponto no mês, para 85 pontos. Na avaliação do coordenador da Sondagem do Comércio da FGV, Rodolpho Tobler, a queda desse índice, que ocorre pelo segundo mês consecutivo, mostra que a recuperação das vendas continua sendo um processo gradual. Ele ressalta o fato de que, após a acomodação verificada em novembro, o Índice de Confiança do Comércio voltou a subir em dezembro, sustentado pela melhora das expectativas. A alta do Índice de Expectativa sugere que o setor está otimista em relação à sustentação da fase de recuperação das vendas ao longo do primeiro semestre de 2018. Para Tobler, entre os fatores que vêm impulsionando o otimismo do setor estão a inflação baixa, o ciclo da redução da taxa de juros, as perspectivas de recuperação do mercado de trabalho e a evolução recente da confiança dos consumidores. Crescimento anual O Índice de Confiança do Comércio (Icom) cresceu, ao longo dos 12 meses deste ano, 15,9 pontos, ao passar de 78,9 pontos, em janeiro, para 94,8 pontos agora em dezembro. O crescimento de janeiro a dezembro reflete resultados positivos em todos os segmentos que definem o comportamento do Icom, com o Índice de Expectativa chegando a subir 14,9 pontos nos 12 meses do ano. O crescimento ao longo do ano é ainda maior quando se analisa o comportamento do Índice de Situação Atual, que fechou dezembro em 85 pontos, depois de ter iniciado 2017 com 68,8 pontos - uma expansão de 16,2 pontos no fechamento do ano. Para a edição de dezembro da Sondagem do Comércio, a FGV coletou informações com 1.179 empresas, entre os dias 1º e 22 de dezembro.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/confianca-do-comercio-avanca-e-atinge-maior-nivel-desde-julho-de-2014







Cálculo de encargos dos fundos constitucionais levará em conta desigualdades

27-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Foi publicada hoje (27) a Medida Provisória nº 812 que moderniza o cálculo dos encargos financeiros não rurais dos Fundos Constitucionais. Segundo nota do Banco Central (BC), a medida estabelece critério objetivo para o cálculo que leva em consideração as desigualdades regionais. "Dessa forma, contribui para a previsibilidade das taxas, para a promoção de investimentos em regiões relativamente menos desenvolvidas e para a consequente eficiência do fomento de programas de financiamento aos setores produtivos, em consonância com os planos regionais de desenvolvimento", diz o BC. Os encargos serão baseados no cálculo da Taxa de Longo Prazo (TLP), ou seja, serão compostos pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e por taxa de juros real prefixada, mensalmente, de acordo com o equivalente ao rendimento real das Notas do Tesouro Nacional Série B (NTN-B) no prazo de cinco anos. Além disso, serão ainda consideradas as diferenças regionais através do Coeficiente de Desenvolvimento Regional (CDR), de fatores de ponderação por tipo de operação e de um benefício de adimplência. O banco destacou que o estoque existente de contratos não sofrerá alteração e continuará sendo remunerado pelas taxas contratadas anteriormente à medida provisória. Segundo a instituição, a media amplia a previsibilidade do investimento. "A definição da metodologia estabelece o cálculo das taxas sem fatores discricionários em sua composição e sua divulgação aumentará a previsibilidade dos tomadores de recursos na tomada de decisão de investimento". O BC também considera que a medida aumenta a transparência na concessão de subsídios e garante que as regiões contempladas tenham acesso a taxas mais baixas. "Como esses encargos são definidos através de um abatimento previamente definido sobre a parte real pré-fixada da TLP, há a garantia que os Fundos Constitucionais ofereçam taxas mais baixas em quaisquer condições de mercado, mesmo as mais adversas", explicou. O Banco Central considera ainda o benefício de contribuir para a queda sustentada da taxa de juros estrutural da economia. "O cálculo dos encargos financeiros não-rurais, baseados na TLP e calculado como parâmetro de mercado, ampliará a potência da política monetária, contribuindo para o controle da inflação ao menor custo para a sociedade", acrescentou. O banco avalia que as novas regras também contribuem para o equilíbrio fiscal. Sem impacto fiscal negativo, favorece a previsibilidade das contas públicas, ao associar os custos desses encargos ao custo de oportunidade do Tesouro Nacional e Operações de Crédito do Sistema Financeiro com os dados atualizados até novembro de 2017. A Lei nº 7.827 de 1989, ao regulamentar artigo da Constituição, criou os Fundos Constitucionais de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), do Nordeste (FNE) e do Norte (FNO), com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento econômico e social dessas regiões por meio de financiamentos aos setores produtivos.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/calculo-de-encargos-dos-fundos-constitucionais-levara-em-conta







País perde 12 mil vagas de emprego em novembro e cria 299 mil no ano

27-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Dados do Caged já consideram as novas formas de contratação estabelecidas na reforma trabalhista - Marcello Casal Jr/Arquivo Agência Brasil O saldo de empregos formais no Brasil em novembro ficou negativo, com redução de 12.292 vagas. Em relação a outubro, houve redução de 0,03%, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado hoje (27) pelo Ministério do Trabalho. Os dados já consideram as novas formas de contratação estabelecidas na reforma trabalhista. Segundo o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, em novembro há uma tendência de saldo negativo do emprego. Ele argumentou, entretanto, que esse resultado não indica interrupção no processo de retomada do crescimento econômico, com criação de postos de trabalho. Nos 11 meses do ano, oito foram positivos [com geração de emprego], disse Nogueira. O resultado de novembro considera 1.111.798 de admissões contra 1.124.090 de desligamentos. No acumulado do ano, o saldo é de 299.635 empregos, com expansão de 0,78% em relação a dezembro de 2016. Nos últimos 12 meses, o saldo é negativo, com redução de 178.528 postos de trabalho, uma retração de 0,46%. Setores da economia Em novembro, o comércio foi o único setor que registrou saldo positivo (tanto atacadista quanto varejista), com a criação de mais de 68 mil vagas. Segundo o Minstério do Trabalho, as festas de fim de ano, que aqueceram as vendas, foram o motivo desse resultado. A indústria de transformação registrou saldo negativo de 29.006 empregos. A construção civil reduziu 22.826 vagas. O setor agropecuária gerou saldo negativo de 21.761 vagas. O setor de serviços também apresentou saldo negativo de 2.972 vagas. Regiões A região que mais criou vagas formais em novembro foi a Sul, com 15.181 postos. A Região Nordeste abriu 3.758 vagas. As demais regiões registraram saldo negativo: Sudeste (-16.421), Centro Oeste (-14.412) e Norte (-398). Salários Em novembro, o salário médio de admissão no país ficou em R$ 1.470,08, enquanto o de demissão foi de R$ 1.675,58. Na comparação com outubro, houve aumento de 0,39% no salário de contratação e de 0,02% no de demissão. Projeção A projeção do Ministério do Trabalho é que em 2018, com o crescimento da economia (o Produto Interno Bruto PIB) em 3%, devem ser criados 1.781.930 empregos formais até o fim do ano, na comparação com o mesmo período de 2017. O ministério também divulgou uma estimativa mais otimista considerando o crescimento do PIB de 3,5%, com a criação, no próximo ano, de 2.002.945 vagas.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/pais-perde-12-mil-vagas-de-emprego-em-novembro-e-cria-299-mil-no-ano







Quinta do Bill dá as boas vindas a 2018 em Penafiel

27-Dezembro-2017 - cision.com



Os penafidelenses vão entrar em 2018 ao som da Quinta do Bill. A banda é o grande destaque na programação da tradicional festa de passagem de ano da cidade e promete um espectáculo memorável, naquela que é a derradeira noite de 2017. O concerto, que assinala o encerramento da tour comemorativa dos 30 anos de carreira da Quinta do Bill, está marcado para as 23h30 na Praça da Escritaria. Às 00h não faltará o habitual fogo de artificio. Com um som muito característico, a banda de Carlos Moisés (voz, guitarra e flauta), Paulo Bizarro (baixo), Carlos Calado (guitarras), Dalila Marques (



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/contos-da-praca/r/quinta-do-bill-da-as-boas-vindas-a-2018-em-penafiel,c636498878140000000







Bancários trabalham sob supervisão até estarem certificados

27-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Os funcionários que chumbarem na certificação para comercializar produtos financeiros podem submeter-se a novo exame. Ou trabalhar sob supervisão.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/banca---financas/detalhe/bancarios-trabalham-sob-supervisao-ate-estarem-certificados







Dicas para uma melhorar a comunicação em ambiente de trabalho

26-Dezembro-2017 - universia.net



Saber comunicar é fundamental, mas saber comunicar bem no ambiente de trabalho pode fazer toda a diferença. Saiba como contribuir para um bom ambiente de trabalho e evitar alguns mal-entendidos e consequentes conflitos. REGISTE GRATUITAMENTE O SEU CURRÍCULO ENTRE AQUI Independentemente da profissão que tenha ou cargo que desempenhe, saber comunicar bem  pode evitar-lhe muitos conflitos ou mal-entendidos . Há locais de trabalho onde se nota uma forte tensão no ar. Muitas vezes esta tensão é apenas fruto de mal-entendidos que ficaram por esclarecer e que poderiam ter sido facilmente evitados. Um mau ambiente no escritório pode ser ainda a causa da baixa produtividade nas empresas . Antes de mais, comece por definir o seu objetivo : propor ideias, defender projetos, vender um produto, explicar uma estratégia, pedir um aumento? Qualquer atividade exige que se saiba expor argumentos sólidos e coerentes de forma clara e objetiva. Por isso, saber como se posicionar e conversar perante as diferentes situações profissionais é uma competência fundamental para se conseguir alcançar o sucesso. Comunicar não passa apenas por saber falar, mas também por saber ouvir. Para conseguir expressar-se corretamente, é fundamental que perceba também o discurso do seu interlocutor e que compreenda bem a sua intenção, caso contrário poderá instalar-se uma situação de mal-entendidos sucessivos e que se não forem esclarecidos podem dar azo a algumas confusões e até mesmo inimizades. Deixamos aqui algumas sugestões que podem ajudá-lo a melhorar a comunicação no ambiente de trabalho: Imagem - A imagem que transmitimos às outras pessoas não se limita apenas à aparência física, mas também à simpatia transmitida nas atitudes e na capacidade de sociabilização. Saber conversar, ouvir, recordar-se dos nomes, mostrar preocupação e simpatia pelos colegas é a melhor carta de apresentação que se pode ter. Exercício constante - Para algumas pessoas comunicar é algo extremamente natural e fluído, no entanto, para outras pessoas pode ser um drama e, como tal, obrigada a algum treino e prática para se conseguir aperfeiçoar a competência. Acima de tudo, é fundamental trabalhar-se também a autoconfiança. Se os seus argumentos são verdadeiros e sólidos, não há como não dar certo. Confie em si mesmo e transmita toda a segurança necessária a uma comunicação fluída e eficaz. Tempo - Procure sempre o melhor contexto e o momento ideal para iniciar a conversa. Uma conversa, sobretudo as mais exigentes e necessárias não podem começar do nada. Saber escolher o momento ideal pode ser decisivo para o êxito do que se pretende comunicar. Evite iniciar conversas importantes durante momentos mais tensos, pois quando as pessoas se sentem pressionadas, irritadas ou demasiado cansadas para conversar, corre o risco de não conseguir ser bem sucedido na comunicação.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/12/26/1156639/dicas-melhorar-comunicacao-ambiente-trabalho.html







Ministério da Agricultura suspende exportação de pescado para a União Europeia

26-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Suspensão das exportações é preventiva e entra em vigor em de janeiro Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento suspendeu temporariamente a exportação de pescado para a União Europeia. A medida preventiva entra em vigor no dia 3 de janeiro de 2018 e será acompanhada de um plano de ação para responder aos questionamentos apresentados depois da missão de auditoria dos europeus em solo brasileiro, ocorrida em setembro de 2017. A suspensão foi anunciada hoje (26) pela pasta com o objetivo de evitar a possível suspensão unilateral pela União Europeia e ter uma posição mais favorável para retomar as exportações assim que os problemas relatados forem resolvidos. Ao mesmo tempo, o Ministério da Agricultura busca formas de implementar a colaboração com outros órgãos públicos para inspeção sanitária nas embarcações, por exemplo, item bastante criticado pelos europeus. Segundo a pasta, as autoridades sanitárias europeias entendem que os pescados fazem parte de um único contexto, independentemente de serem peixes de captura ou espécies de cultivo. A auditoria da União Europeia concentrou-se nas indústrias que processavam o pescado de captura para exportação. Por isso, o Ministério da Agricultura solicitará aos europeus que separem as exigências sanitárias dos peixes de captura dos de aquicultura. O governo brasileiro entende que são matrizes diferentes, com contaminantes e riscos diferente, e não podem ser tratados da mesma maneira. Segundo o secretário de Defesa Agropecuária, Luis Rangel, a defesa agropecuária sempre deu atenção aos pescados tanto do ponto de vista sanitário quanto de saúde pública, mas este ainda é um setor heterogêneo. O mercado do pescado precisa amadurecer nas questões de qualidade, garantias e respeito internacional, status obtido pelas demais carnes exportadas pelo Brasil, disse, em nota. Na manhã de hoje (26), Rangel conversou sobre as medidas com representantes da Associação Brasileira de Piscicultura (Peixe Br) e das empresas Geneseas e Netuno. Ainda não há data para a retomada da exportação de pescado. De acordo com o Ministério da Agricultura, em 2016, o Brasil exportou US$ 33,1 milhões em pescado. Até 30 de novembro, as exportações de pescado somavam US$ 21,8 milhões.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/ministerio-da-agricultura-suspende-exportacao-de-pescado-para-uniao







Lei laboral: o discurso mudou. Mudará algo mais?

26-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Vieira da Silva, primeiro, e António Costa, a seguir, justificaram o desentendimento em concertação social com a recusa em travar alterações à lei laboral. Combate à precariedade e dinamização da contratação colectiva estarão entre as prioridades do Governo.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/emprego/detalhe/lei-laboral-o-discurso-mudou-mudara-algo-mais







Emprego sobe, precariedade não desce

26-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Não apenas "mais", mas "melhor emprego", prometeu António Costa para 2018. O emprego tem estado a recuperar, mas há dados contraditórios sobre a qualidade do mesmo. Salários dão sinais positivos, mas a precariedade mantém um nível muito elevado.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/emprego/detalhe/emprego-sobe-precariedade-nao-desce







Painhas conta mais em França e vai criar 150 novos empregos

26-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Ganhou mais dois contratos, no valor de seis milhões de euros, para a instalação de 175 mil contadores inteligentes em território francês.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/painhas-conta-mais-em-franca-e-vai-criar-150-novos-empregos







Início de atividade para efeitos fiscais

26-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Sempre que se pretenda passar a exercer uma atividade de natureza profissional ou empresarial, é necessário informar, previamente, a Autoridade Tributária e Aduaneira, o que se concretiza através da entrega de uma declaração de cadastro.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/colunistas/detalhe/inicio-de-atividade-para-efeitos-fiscais







Tesouro descarta ajuda ao Rio Grande do Norte com recursos do Orçamento

26-Dezembro-2017 - ebc.com.br



A equipe econômica não está disposta a ajudar o Rio Grande do Norte que enfrenta greves de policiais, bombeiros e servidores públicos com salários atrasados com recursos do Orçamento, disse hoje (26) a secretária do Tesouro, Ana Paula Vescovi. Uma equipe técnica do Tesouro Nacional foi enviada ao estado para analisar a situação das contas do governo local e conceder um empréstimo em troca de um programa de ajuste fiscal. Segundo Ana Paula, o Tesouro está atuando em parceria com o Banco Mundial para elaborar um plano de modernização da gestão pública no Rio Grande do Norte. Ela não deu prazo, mas disse que a missão será concluída no início de 2018. Na semana passada, a Fazenda vetou o socorro de R$ 750 milhões do Orçamento da União ao estado. De acordo com a secretária do Tesouro, existem diversas unidades da Federação com dificuldade para manter a prestação de serviços públicos, mas o governo federal precisa tratar todos os estados com isonomia. Ela disse que esse será um projeto-piloto que pode ser estendido a outros estados em dificuldade financeira que não cumprem os requisitos da lei que instituiu o Programa de Recuperação Fiscal por terem dívidas baixas. Temos respeito ao que acontece com a sociedade potiguar, mas temos balizas legais e institucionais a serem observadas. Temos um arranjo estabelecido para gerar equilíbrio na relação entre o governo federal e os estados, mas temos balizas legais e institucionais a serem observadas. Temos preocupação em gerar isonomia no tratamento entre os entes federativos, declarou. Segundo Ana Paula Vescovi, o Rio Grande do Norte chegou à atual situação por enfrentar problemas estruturais nas contas públicas, com despesas obrigatórias crescentes e excesso de receitas vinculadas (que só podem ser gastas em uma única finalidade). O estado não pode ser admitido no Programa de Recuperação Fiscal [como Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais] porque tem baixíssimo endividamento e quitou a dívida de 1997 [ano em que começou a renegociação da dívida dos estados] com a União, explicou. Na avaliação da secretária, não adianta oferecer socorro financeiro ao estado sem enfrentar as causas que levaram à crise nas contas. O que precisa ser enfrentado no Rio Grande do Norte é estrutural. Existe um crescimento das despesas obrigatórias, principalmente no campo previdenciário. A reforma [da Previdência] é essencial para recuperar o equilíbrio de vários estados. Também existe um problema de receitas vinculadas, declarou. Rio Grande do Sul Em relação ao Rio Grande do Sul, cujas negociações com a União foram retomadas na semana passada, Ana Paula Vescovi disse que o principal impasse no momento consiste em harmonizar as estatísticas de gastos com servidores públicos locais às normas do Tesouro e da Lei de Responsabilidade Fiscal. Depois de o Rio Grande do Sul refazer as estatísticas, disse a secretária, o estado deverá elaborar uma proposta de pré-acordo e de plano de recuperação fiscal, que será avaliada pelo Tesouro. Essa avaliação se dará com base na lei que criou o Programa de Recuperação Fiscal para estados com problemas de liquidez, explicou.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/tesouro-descarta-ajuda-ao-rio-grande-do-norte-com-recursos-do-orcamento







Sistema antifraude bloqueou 52 mil requerimentos do seguro desemprego

26-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O sistema antifraude no seguro desemprego bloqueou 52 mil requerimentos em todo o país, desde dezembro do ano passado. Com isso, o governo já obteve economia superior a R$ 678 milhões para os cofres públicos. A expectativa é de que, quando a ferramenta abranger outros tipos de benefícios, como seguro defeso e abono salarial, a economia chegue a R$ 3 bilhões. Desenvolvido pelo Ministério do Trabalho a um custo de R$ 78 milhões, o sistema é uma plataforma tecnológica criada com o objetivo de ampliar a capacidade de identificação de requerimentos suspeitos do benefício. Além de justificar o bloqueio de pagamentos indevidos, a ferramenta possibilita também a identificação dos culpados desse tipo de desvio de recursos públicos. De acordo com o ranking divulgado nesta terça-feira (26) pelo Ministério do Trabalho, o estado que apresentou maior número de casos suspeitos foi o Maranhão, que teve 16.427 pedidos bloqueados. Em segundo lugar está São Paulo, com 9.328 pedidos, seguido do Pará, onde foram bloqueadas 3.363 solicitações. A plataforma cruza todas as bases de dados do ministério, em especial a do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), com as da Receita Federal e da Caixa Econômica. Casos que levantem suspeitas de fraudes são comunicados à Polícia Federal. Por meio dessa ferramenta, é possível analisar 700 mil requerimentos de seguro desemprego por mês. Por meio de nota, o Ministério do Trabalho informa que quem tiver o benefício bloqueado será comunicado e que, como há casos em que o trabalhador desconhece que seus dados estão sendo usados por fraudadores, aqueles que tiverem o seguro bloqueado devem procurar o Ministério do Trabalho, a fim de esclarecer a situação.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/sistema-antifraude-bloqueou-52-mil-requerimentos-do-seguro-desemprego







CDS diz que primeiro-ministro corrigiu discurso sobre incêndios

26-Dezembro-2017 - sapo.pt



O primeiro-ministro afirmou, na tradicional mensagem de Natal, que a prioridade do Governo em 2018 será "mais e melhor" emprego e prometeu, "naquilo que é humanamente possível", total empenhamento para evitar novas tragédias com incêndios.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/101520/cds-diz-que-primeiro-ministro-corrigiu-discurso-sobre-incendios?utm_source=rss







Greve das empresas de segurança nos aeroportos sem impacto na operação, diz a ANA

25-Dezembro-2017 - sapo.pt



A agência Lusa contactou por diversas vezes o Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (SITAVA), que convocou o protesto para exigir melhores condições laborais, mas não conseguiu obter um balanço da paralisação.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/101516/greve-das-empresas-de-seguranca-nos-aeroportos-sem-impacto-na-operacao-diz-a-ana?utm_source=rss







Costa afirma que emprego será prioridade em 2018 sem esquecer luta contra incêndios

25-Dezembro-2017 - sapo.pt



O primeiro-ministro afirmou hoje, na tradicional mensagem de Natal, que a prioridade do Governo em 2018 será "mais e melhor" emprego e prometeu, "naquilo que é humanamente possível", total empenhamento para evitar novas tragédias com incêndios.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/costa-afirma-que-emprego-sera-prioridade-em-2018-sem-esquecer-luta-contra-incendios_23451391.html







Costa compromete-se a “fazer tudo´ para evitar novas tragédias

25-Dezembro-2017 - publico.pt



Na sua mensagem ao país no dia de Natal, o primeiro-ministro reconhece que é preciso melhorar a prevenção, o socorro e a capacidade de combater as chamas. Diz também que o emprego é a prioridade do Governo para 2018.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/25/politica/noticia/costa-comprometese-a-fazer-tudopara-evitar-novas-tragedias-1797168







Costa: ´Chegou o tempo de vencer os bloqueios ao nosso desenvolvimento´

25-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



O primeiro-ministro dirigiu-se ao país na habitual mensagem de Natal. António Costa falou sobre os incêndios que assolaram o país, mas também sobre o desempenho económico, sublinhando que o crescimento deste ano será o maior desde o início do século. E defendendo que é hora de Portugal vencer os bloqueios ao desenvolvimento, com uma aposta prioritária no emprego digno.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/politica/detalhe/costa-chegou-o-tempo-de-vencer-os-bloqueios-ao-nosso-desenvolvimento







Presença do PR em Pedrógão é importante para quem precisa de afecto, diz autarca

25-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



O presidente da Câmara de Pedrógão Grande afirmou hoje que a presença do Presidente da República no concelho é "muito importante" para aqueles que necessitam de afecto.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/presenca-do-pr-em-pedrogao-e-importante-para-quem-precisa-de-afecto-diz-autarca







Greve das empresas de segurança nos aeroportos sem impacto

25-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



A greve dos trabalhadores das empresas de segurança privada que fazem os procedimentos de controlo de segurança nos aeroportos do país, que termina hoje às 23:59, não tem afetado a operação.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/HZyLN1BR0sY/greve-das-empresas-de-seguranca-nos-aeroportos-sem-impacto-na-operacao---ana-9008854.html







Governo promete empenho total para evitar tragédias com fogos florestais

25-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



António Costa afirma, na mensagem de Natal, que emprego será prioridade em 2018.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/ZS064B5XqIY/embargo-costa-afirma-que-emprego-sera-prioridade-em-2018-sem-esquecer-luta-contra-incendios-9008686.html







Prazo para saque do abono salarial ano-base 2015 termina quinta-feira

25-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Trabalhadores com direito ao abono salarial ano-base 2015 têm até quinta-feira (28) para sacar o beneficio. O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) informou que esse é o prazo final e não haverá nova prorrogação. Segundo o MTE, até o fim de novembro 1,4 milhão de brasileiros com direito ao benefício ainda não tinham sacado o dinheiro. Quem trabalhou na iniciativa privada em 2015 pode retirar o dinheiro em qualquer agência da Caixa Econômica Federal ou em uma casa lotérica. Servidores públicos devem procurar o Banco do Brasil. Cada trabalhador recebe valor proporcional à quantidade de meses trabalhados formalmente naquele ano. Se a pessoa trabalhou o ano todo, recebe o valor na íntegra. Quem trabalhou por seis meses, por exemplo, recebe metade do valor. Os pagamentos variam de R$ 79 a R$ 937. Quem tem direito Para ter direito ao abono salarial ano-base 2015, é preciso ter trabalhado formalmente em 2015 e atender a alguns requisitos, como estar vinculado formalmente a uma empresa ou a um órgão público por pelo menos 30 dias naquele ano, ter remuneração média de até dois salários mínimos no período, estar inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos e ter os dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais). Para saber se tem direito ao benefício, é possível fazer uma consulta ao site do Ministério do Trabalho com o número do PIS ou do CPF e a data de nascimento. Também é possível obter informações nas agências bancárias ou ligando para o Alô Trabalho, 158. As ligações são gratuitas de telefone fixo em todo o país. A Caixa Econômica Federal fornece a informação aos beneficiários do PIS também pelo telefone 0800-726 02 07. O Banco do Brasil atende os beneficiários do Pasep no número 0800-729 00 01.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/prazo-para-saque-do-abono-salarial-ano-base-2015-termina-quinta-feira







Do real ao abstracto, do abstracto à matéria. Projecto de um Centro Paroquial

25-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A presente dissertação aprofunda e explicita o processo de elaboração doprojeto de um centro paroquial para a freguesia de São Miguel do Mato, Arouca.Um novo espaço de apoio às atividades religiosas, que deverá integrar o conjuntoedificado e introduzir novas transformações à realidade atual.A Casa dos Mordomos, uma construção preexistente no perímetro da área deintervenção, serve como mote para a prática projetual. Cruzando os conhecimentosobtidos pelo estudo conduzido, apontam-se hipóteses e procuram-se soluções para oprojeto, num constante paralelo com referências de outras arquiteturas.Dividida em cinco capítulos, a dissertação encontra-se estruturada numencadeamento que pretende conceder ao leitor uma contextualização do queinforma a proposta desenvolvida. O propósito deste trabalho é o desenvolvimentodo projeto de arquitetura mas, no contexto de dissertação, explora-se o processo,o interlúdio que compõe toda a narrativa projetual e lhe atribui coerência, clarezae significado. Procura-se efetuar uma reflexão acerca da evolução do projeto edissipar questões relacionadas com o lugar, a encomenda, o programa e a vocaçãoreligiosa. Alterna-se constantemente entre diferentes realidades, aproximações oradirecionadas aos problemas levantados em projeto, ora procurando esclarecimentose novas perspetivas para transformar o real.Como culminar da dissertação, apresentam-se as peças desenhadas, elementosrigorosos a diferentes escalas que são, de certo modo, a síntese de todo o processo.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10216/109677







AS ATIVIDADES NO PRÉ-ESCOLAR E O ENVOLVIMENTO DA CRIANÇA

25-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Um profissional de Educação deve adequar a prática pedagógica às necessidades da criança e ter sempre em consideração as atividades que desenvolve, por isso, esta investigação visa compreender a adequação dessa mesma prática e a sua repercussão no envolvimento da criança. Assim, compreendendo o que é o envolvimento e os níveis em que este decorre durante a realização de uma atividade, pretende-se perceber se há, de facto, um ajustamento da prática aos interesses e motivações. Para esta análise, foram desenvolvidas e promovidas atividades, respeitando as diretrizes propostas em Portugal para a Educação Pré-Escolar, e recorreu-se a uma escala específica que traduz quantitativamente a existência ou não desse mesmo envolvimento.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19781







ANA diz que operações nos aeroportos decorrem ´dentro da normalidade´ apesar de greve

24-Dezembro-2017 - sapo.pt



A ANA - Aeroportos de Portugal informou hoje que as operações nos aeroportos do país "têm decorrido dentro da normalidade", apesar da greve dos trabalhadores das empresas de segurança privada que fazem os procedimentos de controlo.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/ana-diz-que-operacoes-nos-aeroportos-decorrem-dentro-da-normalidade-apesar-de-greve_23449612.html







Número de desempregados inscritos nos centros de emprego caiu 16,8% em novembro

24-Dezembro-2017 - sapo.pt



O número de inscritos nos centros de emprego caiu 16,8% em novembro face ao mesmo mês do ano passado, para 404.625, segundo dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/numero-de-desempregados-inscritos-nos-centros-de-emprego-caiu-16-8-em-novembro_23449591.html







Luis Suárez celebra 400 golos como profissional nas redes sociais

24-Dezembro-2017 - publico.pt



O número mítico foi atingido frente ao Real Madrid, no clássico de sábado.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/24/desporto/noticia/luis-suarez-celebra-400-golos-como-profissional-nas-redes-sociais-1797126







Lado brasileiro de Itaipu também poderá ser reserva de biosfera da Unesco

24-Dezembro-2017 - ebc.com.br



No primeiro semestre de 2018, a direção da usina hidrelétrica Itaipu apresentará uma proposta ao Conselho Internacional de Coordenação do Homem e da Biosfera, da Unesco, para que o certificado de reserva de biosfera, concedido ao lado paraguaio da usina, também seja estendido ao lado brasileiro. Itaipu vai ser a primeira usina do mundo a possuir as duas margens, toda a usina como reserva mundial de biosfera, outorgada pela Unesco. É um certificado que colabora com o meio ambiente. Para ser considerada uma reserva mundial de biosfera se leva em conta, basicamente, as áreas de conservação que a empresa tem, áreas de matas nativas ou plantadas que colaboram para a biosfera, disse o diretor-geral brasileiro da empresa, Luiz Fernando Vianna, em entrevista à Agência Brasil no início do mês. No lado brasileiro, Itaipu mantém reservas ambientais e desenvolve projetos de piscicultura e aquicultura no reservatório da empresa Caio Coronel/Itaipu A rede mundial de reservas de biosfera reúne áreas dedicadas à pesquisa, conservação da biodiversidade e promoção do desenvolvimento sustentável. O certificado para o lado paraguaio da hidrelétrica binacional foi concedido em junho, em um evento em Paris. Ao fazer parte da rede, Itaipu poderá ter acesso às pesquisas desenvolvidas em outras reservas. Pelo lado brasileiro, Itaipu mantém reservas e refúgios ambientais e desenvolve projetos de piscicultura e aquicultura no reservatório da empresa, além de apoiar práticas agrícolas sustentáveis. No Brasil, ficam os refúgios Bela Vista e Santa Helena. Já o Paraguai gere as reservas biológicas Itabó, Limoy, Carapá, Tati Yupi e Yui Rupá, conforme informações disponíveis na página de Itaipu na internet. No início do mês, a hidrelétrica promoveu o Fórum de Meio Ambiente do Setor Elétrico (FMASE), em Foz do Iguaçu, no Paraná. Na ocasião, o diretor-geral de Itaipu defendeu que o setor elétrico e o meio ambiente podem conviver de forma harmônica. Vianna destacou que o país precisa de energia para crescer e, além das hidrelétricas, existem outras fontes como opção. Temos fontes que são evidentes: solar, eólica. Essas fontes podem ser térmicas, carvão, óleo ou gás, pode ser fonte nuclear e pode ser uma fonte hidro. Guerra da comunicação Para o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Paulo Pedrosa, que também participou do seminário, a falta de comunicação leva a resistências a muitos projetos no setor energético, por desconsiderarem o custo a ser pago no futuro quando um determinado projeto não é levado adiante. Ele citou, como exemplo, a privatização da Eletrobras, uma das ações do governo para reduzir os custos da máquina pública. Segundo ele, o caminho é enfrentar a agenda de modernização do setor elétrico e da privatização da empresa, que está alinhada com o movimento de reconhecer que não há recursos públicos para investir. Entendemos que não é fácil, mas há um empenho grande para se comunicar melhor, porque muitos dos problemas que são colocados, são apresentados em uma visão incorreta e às vezes perde-se a batalha da comunicação. Por exemplo, se entendeu que o Brasil não deve mais fazer hidrelétricas, parece ser a compreensão de muitos segmentos da sociedade. Essa compreensão do nosso ponto de vista é equivocada, mas não basta dizer que é equivocada, precisamos provar isso em um diálogo, que é a essência da democracia, com um conjunto de outros agentes do setor, disse. Para ele, o setor reconheceu que precisa se comunicar melhor com a sociedade. . Pode haver um alinhamento dos interesses do meio ambiente e da exploração da energia ou dos interesses indígenas ou dos interesses de preservação do patrimônio histórico. Precisamos de mais diálogo, para construir essa convergência. Acho que agora a gente começa a intensificar esta agenda porque ela é necessária. O país voltou a crescer e estamos retomando os leilões de expansão e, portanto, nós vamos precisar licenciar mais projetos para atender a recuperação da economia brasileira, afirmou Pedrosa. Energia elétrica em veículos No seminário, foi abordada também como evolução no setor a utilização da energia elétrica em veículos para reduzir os gastos com transporte. O Brasil consome no transporte o equivalente a 12 usinas de Itaipu. Quase dez são consumidas na geração de calor e na emissão de gases. Se o Brasil passasse a utilizar a energia elétrica como base do transporte seja no individual, seja no de carga, nós precisaríamos somente uma vez e meia para abastecer de energia todo o nosso transporte da nossa sociedade, disse o presidente do FMASE, Ênio Fonseca, durante o fórum. Fonseca reconheceu que a transferência de combustível na frota brasileira levará tempo, mas afirmou que já é uma iniciativa que vem sendo consolidada,.com projetos que são desenvolvidos em diferentes países e empresas. Essa é uma inciativa que tem participação robusta do setor elétrico como fomentador e também um provedor do insumo que vai passar a ser energia elétrica também no transporte urbano e nas casas como suporte para as atividades econômicas, completou.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/lado-brasileiro-de-itaipu-tambem-podera-ser-reserva-de-biosfera-da-unesco







Antunes quer ir ao Mundial. ´Falho sempre no último minuto...´

24-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



Segundo Antunes, que expressou no sítio do Getafe o desejo de ficar mais temporadas no clube madrileno, a formação das 'quinas' tem "jogadores de muita qualidade" e "há muita concorrência".



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/XxCBlETtuUA/antunes-vai-dar-tudo-para-estar-no-mundial-de-futebol-de-2018-9007923.html







Resgate de esquiadores presos num teleférico está em curso nos Alpes franceses

24-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/SvBfjfZ1a-o/322896-resgate-de-esquiadores-presos-num-teleferico-esta-em-curso-nos-alpes-franceses







Greve na Ranstad com adesão de 50%, segundo sindicato

24-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



Os trabalhadores estão em greve entre os dias 24 de dezembro e 2 de janeiro, depois de a empresa se ter recusado a elaborar uma escala de feriados de Natal e fim de ano.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/U51PZElV650/greve-na-ranstad-com-adesao-de-50-segundo-sindicato-9007952.html







Morreu Edu Ferreira, jovem avançado do Boavista

24-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



Edu interrompeu a sua carreira desportiva logo que a sua doença foi conhecida em novembro de 2016. Desde então submeteu-se a tratamento, mas perdeu a batalha este domingo. Clube já reagiu.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/AH4X_KrjRMA/o-avancado-edu-ferreira-do-boavista-morreu-hoje-9007799.html







Ministra da Justiça não comenta greve dos guardas prisionais

24-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



Os guardas prisionais iniciaram hoje uma greve, que se prolonga até quarta-feira, em seis cadeias do país, nas quais a Direção-Geral dos Serviços Prisionais vai aplicar o novo horário de trabalho.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/2Jq47koH1m0/ministra-da-justica-escusa-se-a-comentar-greve-dos-guardas-prisionais-9007672.html







Empresas britânicas pedem para que trabalhadores da UE voltem após o Natal

24-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Em toda a Europa, as empresas estão a desejar festas felizes aos seus trabalhadores e esperam um ano novo produtivo quando voltarem ao trabalho em 2018.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/europa/uniao-europeia/detalhe/empresas-britanicas-pedem-para-que-trabalhadores-da-ue-voltem-apos-o-natal







ANA afirma não haver perturbação nos aeroportos em dia de greve

24-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



A empresa gestora dos aeroportos nacionais, a ANA, informou este domingo não haver perturbação devido ao primeiro de dois dias de greve dos trabalhadores das empresas de segurança privada.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/aviacao/detalhe/ana-afirma-nao-haver-perturbacao-nos-aeroportos-em-dia-de-greve







Empresas brasileiras se destacam com games no mercado internacional

24-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Mariana Gomes, da Apex-Brasil, explica qual é a perspectiva para o mercado de games no país Arquivo/Apex-Brasil Responsável por movimentar bilhões no mundo, a produção de games começa a se estruturar e cresce a passo seguro no Brasil. Dados do Global Games Market Report 2017, da Newzoo, empresa que realiza pesquisas sobre a indústria de games, mostram que o Brasil ocupa o 13° lugar no ranking de países que mais geraram receita no setor, com estimativa de US$ 1,3 bilhão para este ano. No mundo, é esperado que o mercado movimente US$ 108,9 bilhões em 2017. De olho no potencial desse filão, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil) firmou parceria com a Associação Brasileira das Empresas Desenvolvedoras de Games (Abragames). As duas entidades criaram o projeto Brazilian Game Developers, com o objetivo de desenvolver e promover a indústria local de games no exterior. Em 2013 a Apex começou a parceria com esse setor. Aconteceu um mapeamento estratégico dos pólos criadores de games no país. Foi quando a gente começou a entender quem eram as empresas, onde elas estavam, relata Mariana Gomes, gestora de Projetos da Apex Brasil. Segundo dados da agência de fomento, em 2015 os estúdios brasileiros desenvolvedores de games que recebem assistência do projeto fecharam US$ 11 milhões em negócios internacionais. Em 2016 esse número aumentou para US$ 17,4 milhões, um incremento de 58%. Os resultados de 2017 ainda estão sendo consolidados e só serão divulgados em março de 2018. Editais Mariana Gomes afirma que a expectativa é que a cifra deste ano supere os resultados do anterior. Ela vê 2017 como o ano dos games brasileiros. Muito do que aconteceu de 2013 até aqui foi produção e desenvolvimento de jogos. A gente está entrando agora na fase de lançamento deles, explica. Mariana informa que, também neste ano, a Agência Nacional do Cinema (Ancine) lançou dois editais totalizando R$ 20 milhões em recursos para empresas criadoras de games. A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), empresa pública destinada a estimular a ciência, também lançou um edital no valor de R$ 15 milhões. Segundo Mariana Gomes, são os primeiros editais específicos para estúdios desenvolvedores de games. O primeiro edital [da Ancine] totalizou R$ 10 milhões apoiou 25 jogos em três categorias diferentes: ao custo de R$ 250 mil, R$ 500 mil e R$ 1 milhão para serem desenvolvidos. Com o outro edital que está rodando, no mesmo valor, vêm mais 25 jogos nessas três categorias. O dinheiro da Ancine entrou pra desenvolvimento do jogo e o da Finep para a empresa se fortalecer, destacou. Tipos de games O Brasil não tem estúdios com orçamento e estrutura para produzir os chamados game s Triple A, categoria utilizada para se referir aos jogos com muito dinheiro envolvido na produção e que se tornam grandes sucessos. Segundo Mariana Gomes, os jogos brasileiros se enquadram na classificação indie games , com recursos mais modestos para o desenvolvimento. Ainda assim, de acordo com ela, os games do Brasil têm tido um bom desempenho. A gente tem alguns exemplos clássicos de cases de sucesso internacional. Um estúdio de Porto Alegre, o Aquiris Game Studio, lançou o Horizon Chase, um jogo de corrida de carros vintage [antigos]. Outro jogo deles, chamado Ballistic Overkill, é um jogo em primeira pessoa online, cita. Há também os jogos educacionais, como o Enem Game. Desenvolvido pela empresa capixaba Mito Games, o jogo funciona fornecendo recompensas aos jogadores que acertarem perguntas sobre o conteúdo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Marcelo Herzog, sócio-fundador e diretor administrativo da empresa, explica que o projeto foi apresentado pela primeira vez a uma incubadora de empresas visando o mercado nacional. O modelo, no entanto, já despertou o interesse de investidores no exterior. Demorou a dar rentabilidade. Começou com uma versão gratuita, que a gente monetizava através de publicidade. Então a gente desenvolveu a versão premium , que hoje a gente vende para as escolas. Todos os alunos do ensino médio têm a versão premium e a escola tem um painel administrativo de onde consegue extrair dados sobre o desempenho no jogo, explica Herzog. Segundo ele, o objetivo dos desenvolvedores é que o jogo educacional não fique restrito ao Enem. Independentemente de existir ou não uma prova de acesso, o Enem Game é uma boa ferramenta de estudo. Agora para o ano que vem, durante o período de férias, a gente vai focar no desenvolvimento da versão para o ensino fundamental. Mais para o futuro, a gente pensa em inserir conteúdo para concursos, informa. Ganhar o mercado internacional também está nos planos da empresa. A Mito Games já participou de viagens para divulgação do produto em encontros de negócios. Houve uma procura de um instituto na Alemanha e meu sócio já esteve um evento em Bruxelas em que o pessoal se interessou, disse ele, ressaltando que a companhia também desenvolve jogos de tabuleiros. A gente está se preparando para ficar internacional, nos jogos digitais e físicos, destacou. Negócios Mariana Gomes, da Apex Brasil, explica que os modelos de negócio que desenvolvedores de games podem fechar no mercado internacional são variados. É possível firmar um contrato para disponibilizar o jogo em lojas de aplicativos para celular, por exemplo. Nesse caso, é possível cobrar pelo download ou lançar uma versão grátis mas com conteúdos periódicos pagos. Outra alternativa, geralmente usada no caso de games para plataforma externa ( videogames ), é um contrato de distribuição com uma empresa internacional, que fará a publicidade do jogo no exterior. Por fim, alguns grandes estúdios subcontratam parte do desenvolvimento do game : uma empresa brasileira pode ser responsável pela música, por exemplo.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/empresas-brasileiras-se-destacam-com-games-no-mercado-internacional







Caracterização multidimensional do RCAAP

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A investigação depositada nos repositórios científicos permite fundamentar e suportar o trabalho dos pesquisadores. Estes são plataformas de partilha, integração e preservação de conhecimento que ajudam a divulgar e sistematizar o desenvolvimento científico atual. A importância destas plataformas encontra-se patente nas iniciativas recentes como o Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal (RCAAP) ou o OpenAIRE, que integram e indexam os metadados de centenas de repositórios científicos. O impacto da disponibilização dos resultados da investigação científica, de forma aberta, gera benefícios importantes para a atividade de investigação, potenciando a inovação e a reprodutibilidade da ciência. Neste trabalho propõese a análise dos metadados disponíveis no portal RCAAP com o objetivo de caracterizar a investigação por tipo de documento, data, tipo de acesso e idioma.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/14821







Estudo dos Acidentes de Trabalho no setor da Construção Civil em Portugal

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Nesta dissertação pretende-se abordar a temática da segurança e saúde no trabalho, no setor da Construção Civil, em Portugal. A escolha deste tema relaciona-se com a necessidade de se contribuir para a sensibilização de uma «cultura de prevenção», nesta área. Sendo a Construção Civil um setor com forte incidência de sinistralidade laboral e apresentando, ainda, uma elevada taxa de mortalidade, urge recolher informação que permita caraterizar os acidentes de trabalho, principalmente aqueles que ocorrem predominantemente. Por outro lado é fundamental interpretar o significado dos dados estatísticos que são difundidos pelas entidades competentes, sobre esses mesmos acidentes de trabalho. A investigação foi desenvolvida a partir da recolha, compilação, análise e caracterização de dados estatísticos veiculados por fontes oficiais, como o Gabinete de Estratégia e Planeamento, a Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas e a Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas, sobre informações relacionadas com os acidentes de trabalho, no período compreendido entre 2008 e 2014. Face aos resultados obtidos, conclui-se que foi possível identificar um «padrão» que fornece dados relevantes acerca da incidência dos acidentes de trabalho, nomeadamente, no que diz respeito à dimensão e localização geográfica das empresas, faixa etária e sexo dos trabalhadores, locais de ocorrência, atividade física, desvios e contactos. Constata-se, também, ser necessário proceder a uma leitura dos dados estatísticos divulgados, a partir de uma abordagem relativa, a qual permite concluir que o número de acidentes de trabalho ocorridos por trabalhador/obra e por ano, neste setor, na realidade não têm vindo a diminuir. Parece, assim, pertinente continuar a desenvolver-se todos os esforços para alterar esta tendência.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6371







Aplicações clínicas do laser em odontopediatria

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O laser foi introduzido no campo da medicina dentária com o intuito de superar algumas desvantagens impostas pelos métodos convencionais dos procedimentos dentários, podendo ser aplicado com a finalidade de aumentar o sucesso do tratamento. O objetivo desta revisão da literatura é fornecer uma visão geral sobre os fundamentos, tipos, aplicações clínicas, benefícios e limitações do uso do laser com fins odontológicos, enfatizando o seu uso na odontopediatria. Este trabalho de revisão narrativa foi realizado através de uma pesquisa bibliográfica de artigos científicos utilizando várias palavras-chave isoladas e combinadas. Foram estipulados fatores de inclusão e exclusão para a seleção dos artigos.. Tendo em conta as vantagens do laser, os odontopediatras estão sempre à procura de novas técnicas, materiais e tecnologias que possam ajudar as crianças a experienciar tratamentos mais rápidos e eficazes, sendo o laser frequentemente utilizado no diagnóstico eficiente da cárie dentária, na medicina dentária preventiva e restauradora e no tratamento pulpar em crianças.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6374







A ´ontologia´ de um mestre carmelita conimbricense do século XVIII (Edição da primeira parte do ms. BGUC 2401)

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Apresenta-se a edição da primeira parte do ms. BGUC 2401, intitulada "Onthologia". O manuscrito da testemunho de um Curso de Metafisica, talvez de autoria de um mestre carmelita que podera ter ensinado no Colegio de Nossa Senhora do Carmo de Coimbra, em meados do século XVIII.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10316/45420







A concepção dos professores frente à formação continuada para o uso das novas tecnologias de informação e comunicação no quotidiano escolar

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



No processo de ensino, inclusive o profissional, a utilização dos recursos didáticos visa enriquecer a prática pedagógica docente convergindo para a melhor compreensão do conteúdo trabalhado no desenvolvimento da capacitação do discente. Desta forma, este estudo teve como objetivo geral analisar o uso que os docentes fazem das Novas Tecnologias de Informação e Comunicação (NTICs) no cotidiano escolar e a relação do uso das NTICs com a formação continuada específica para o uso das NTICs. Trata-se de uma pesquisa realizada do tipo estudo de caso, descritiva com abordagem qualitativa através de entrevista semiestruturada com os docentes de uma Instituição de Ensino Superior em Pernambuco que atuam na formação de professores.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8363







Educação permanente em saúde no Brasil na modalidade EAD: produção científica em periódicos

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Ações educativas para trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil devem se basear na Educação Permanente em Saúde (EPS), com vistas a colocar o trabalho como centro do processo ensinoaprendizagem. O Ministério da Saúde, em 2010, criou o Sistema UNA-SUS para ampliar a EPS, incorporando novas tecnologias educacionais a distância (EAD). Este trabalho objetiva analisar a produção científica brasileira publicada em periódicos sobre a EPS na modalidade EaD no SUS, no período de 1999 a 2015, através de um estudo exploratório e descritivo e de revisão crítica da literatura científica, identificada mediante buscas na base de dados da Biblioteca Virtual de Saúde (BVS) e Portal CAPES. Os resultados apontam o crescimento do número de publicações ao longo dos anos, embora seja escassa a publicação científica sobre a EaD na área da saúde. Os estudos na área da saúde não parecem sintonizados com o extenso debate que ocorre na área de educação acerca da educação a distância, principalmente a partir da utiização das novas tecnologias de informação e comunicação (TIC) na EaD, evidenciado a partir da fragilidade da sua produção cientifica.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.2/6856







Influência da dimensão e do nível de utilização das barricas de madeira de carvalho na evolução da composição fenólica e do perfil sensorial de um vinho branco da casta Encruzado

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Nos últimos anos, vários trabalhos referem a influência de várias tecnologias de vinificação nas características dos vinhos brancos, como seja, a fermentação e a conservação em barricas de madeira de carvalho de diferentes espécies. Esta temática, é particularmente importante visto que a opção em conservar vinhos brancos em barricas de madeira é uma opção cada vez mais escolhida pelos produtores. No entanto, existe um escasso conhecimento acerca da potencial utilização das barricas de madeira de carvalho durante a conservação dos vinhos brancos produzidos a partir de castas Portuguesas, como seja da casta Encruzado. Por outro lado, aspetos particulares relativos ao impacto de diferentes opções tecnológicas (tal como a utilização de barricas de madeira de carvalho com diferentes capacidades e tempos de utilização) na evolução da composição fenólica e das características sensoriais dos vinhos brancos, não são atualmente considerados nos trabalhos de investigação, em particular através da realização de ensaios à escala industrial. Assim, este trabalho avaliou o potencial efeito das barricas de madeira de carvalho com diferentes capacidades e tempo de utilização na evolução dos teores em compostos fenólicos, índice de madeirização potencial e perfil sensorial de um vinho da casta Encruzado. Este estudo demonstrou no geral, que a utilização de barricas novas de madeira de carvalho teve um importante impacto na evolução dos diversos parâmetros fenólicos e nas propriedades sensoriais de um vinho da casta Encruzado. Este impacto, foi no geral mais evidente nas barricas novas de madeira de carvalho de 225 litros, nomeadamente pelo aumento dos parâmetros fenólicos globais, como seja o conteúdo em polifenóis totais, flavonóides e não flavonóides e na intensidade da cor. Por outro lado, a utilização de barricas novas de madeira de carvalho teve também um importante papel na extração de alguns compostos fenólicos individuais como seja o ácido gálico e o ácido elágico. Estes factos permitem potenciar o aumento da resistência do vinho à oxidação quando conservados em barricas novas comparativamente à utilização de barricas com diferentes capacidades.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.19/4640







O potencial do scratch no ensino – aprendizagem da geometria

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A integração gradual e crescente das TIC no currículo de Matemática tem provocado mudanças que exigem abordagens complexas e integradoras. Deste modo, pretendeu-se estudar o potencial da utilização da linguagem de programação, Scratch, no ensino da geometria, de forma a intensificar a abstração necessária à compreensão das propriedades das figuras geométricas. O foco da investigação passa pelo reconhecimento das características dos polígonos regulares, no que concerne ao número de lados e à amplitude dos ângulos. Assim, o estudo assumiu uma abordagem mista, não privilegiando qualquer das componentes qualitativa ou quantitativa. A investigação envolveu uma turma de 20 estudantes, do 1º CEB, 2º ano de escolaridade. A manipulação da ferramenta educativa, Scratch, permitiu uma melhor compreensão dos conteúdos, potenciando o pensamento computacional.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/20.500.11796/2548







Modelling semantic relations with distributitional semantics and deep learning : question answering, entailment recognition and paraphrase detection

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Nesta dissertação apresenta-se uma abordagem à tarefa de modelar relações semânticas entre dois textos com base em modelos de semântica distribucional e em aprendizagem profunda. O presente trabalho tira partido de várias disciplinas da ciência cognitiva, com especial relevo para a computação, a linguística e a inteligência artificial, e com fortes influência da neurociência e da psicologia cognitiva. Os modelos de semântica distribucional (também conhecidos como ”word embeddings”) são usados para representar o significado das palavras. As representações semânticas das palavras podem ainda ser combinadas para obter o significado de um excerto de um texto recorrendo ao uso da aprendizagem profunda, isto é, com o apoio das redes neurais de convolução. Esta abordagen é utilizada para replicar a experiência realizada por Bogdanova et al. (2015) na tarefa de deteção de perguntas que podem ser respondidas as mesmas respostas tal como estas foram respondidas em fóruns on-line. Os resultados do desempenho obtidos pelas experiências apresentadas nesta dissertação são equivalentes ou melhores que os resultados obtidos no trabalho de referência mencionado acima. Apresentao também um estudo sobre o impacto do pré-processamento apropriado do texto, tendo em conta os resultados que podem ser obtidos pelas abordagens adotadas no trabalho de referência supramencionado. Este estudo é levado a cabo removendo-se certas pistas que podem levar o sistema, indevidamente, a detetar perguntas equivalentes. Essa remoção das pistas leva a uma diminuição significativa no desempenho do sistema desenvolvido no trabalho de referência. Nesta dissertação é ainda apresentado um estudo sobre o impacto que os word embeddings treinados previamente têm na tarefa de detetar perguntas semanticamente equivalentes. Substituindo-se, aleatoriamente, word embeddings previamente treinados por outros melhora-se o desempenho do sistema. Além disso, o modelo foi utilizado na tarefa de reconhecimento de implicações para Português, onde mostrou uma taxa de acerto similar à da baseline. Este trabalho também reporta os resultados da aplicação da abordagem adotada numa competição para a deteção de paráfrases em Russo. A configuração final apresenta duas melhorias: usa character embeddings em vez de word embeddings e usa vários filtros de convolução. Esta configuração foi testado na execução padrão da Tarefa 2 da competição relevante, e mostrou resultados competitivos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10451/30183







Entre os sentidos atribuídos à colaboração e a possibilidade de mudança

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Dada a importância das representações na vida dos indivíduos e, particularmente, enquanto influenciadoras da ação didática docente, desenvolveu-se um estudo no âmbito da formação inicial deste grupo profissional. A finalidade era compreender as dinâmicas de influência entre as representações, a adoção de trabalho colaborativo e a possibilidade de mudança. Participaram seis estudantes (em dois grupos) de uma unidade curricular de um mestrado profissionalizante em Educação Pré-escolar e Ensino no 1º Ciclo do Ensino Básico de uma universidade portuguesa, no ano letivo de 2010/2011. Disponibilizou-se um questionário online no início do estudo e, no fim deste, os estudantes conceberam uma reflexão escrita individual sobre a vivência numa unidade curricular em que se promovia a colaboração, através de um fórum de discussão online. Neste artigo, pretendemos apresentar e discutir as representações destas duas fases do estudo. Os resultados apontam para a influência das representações sobre colaboração na adoção dessa modalidade de trabalho num fórum de discussão online. A possibilidade de mudança de representações surgiu posteriormente a essa experiência, nas reflexões escritas individuais analisadas. Daqui emergiram sugestões pedagógico-didáticas, para levar os estudantes a conceber estratégias/atividades didáticas colaborativamente. Algumas limitações deste estudo prenderam-se com duas plataformas utilizadas para alojar os fóruns de discussão online.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/21310







Toxidermias em idade pediátrica

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



As toxidermias em idade pediátrica são muito frequentes, contudo existem características específicas desta faixa etária pouco estudadas. Estas diferem das toxidermias do adulto em termos de apresentação clínica, fármacos implicados, prognóstico e tratamento. O seu reconhecimento precoce e suspensão do fármaco causador são de extrema importância para diminuição do risco de morbimortalidade.O objetivo deste trabalho é rever as principais características que diferenciam as toxidermias da criança das do adulto, de forma a facilitar o seu reconhecimento e perceber como a sua investigação pode ser melhorada.



Link para o texto completo:
 
https://revista.spdv.com.pt/index.php/spdv/article/view/751







A ilustração no online: as possibilidades e desafios da curadoria digital

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Tendo por base as alterações de paradigma no que toca à difusão e distribuição de conteúdo online, o presente projeto do Mestrado em Ilustração e Animação tem como objetivo perceber de que forma um projeto editorial de teor digital pode ser um impulsionador de reconhecimento na área específica da ilustração. No paradigma de comunicação atual, e alguns anos decorridos após a democratização do acesso às novas tecnologias, existe um novo panorama na área das artes visuais que interessa conhecer, e que de certa forma redefiniu não só a forma como estes conteúdos são consumidos mas também de que forma esta realidade atuou a jusante, com novos dados para aqueles que produzem imagens. Para a construção do projeto prático, realizou-se uma contextualização teórica e de estudos de caso, que depois contribuem para a estruturação e implementação de Crane Game, uma publicação assente no digital que propõe a descoberta de novos ilustradores considerados como relevantes não só a nível da sua obra mas também no que toca à utilização das novas tecnologias da comunicação para a difusão do seu próprio trabalho. O projeto prático permitiu ainda verificar quais as possibilidades que a criação da publicação digital aporta para a organização de uma exposição, integrada num evento cultural. Desta forma, procuramos perceber de que forma conceitos como a edição ou curadoria se podem manter relevantes num contexto que é cada vez mais de livre acesso.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/11110/1332







As relações entre o cinema de animação e a crítica social: contributo com curta-metragem de caráter interventivo

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente trabalho apresenta a investigação sobre relações entre o cinema de animação e a crítica social, que serve por sua vez de sustentação para um projeto de investigação prático desenvolvido e focado em torno de temáticas de carácter intervencionista. Este projeto pretende salientar temáticas políticas, culturais e sociais que não são abordadas pelos meios de comunicação mainstream, explorando o seu potencial como forma de questionamento da ordem atual e predominante. Neste projeto que foi realizado no âmbito do mestrado de Ilustração e Animação do IPCA, pretendeu-se também explorar, compreender e analisar o impacto que o cinema de animação desempenhou no avanço e questionamento de transformações políticas, culturais, ideológicas e sociais. A curta-metragem “Patrioska” consistiu no fulcro deste projeto, abordando as dimensões sinárquicas e secretas do poder político e a oposição assumida a todas estas dinâmicas, revelando também a importância do avivar de valores humanistas, espirituais e ecológicos para um necessário progresso humanitário.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/11110/1333







Leitura e escrita a partir das eleições municipais

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Trata-se do relatório de estágio do mestrado do primeiro e segundo ciclo na educação básica cujo tema de pesquisa é a leitura e escrita a partir das eleições municipais na educação de jovens e adultos. As eleições municipais é um tema complexo que faz parte do cotidiano dos alunos adultos envolvendo muitas práticas de leitura e escrita. Devido a sua relevância social as eleições municipais podem assumir um importante papel no processo de ensino aprendizagem tanto quanto elemento motivador, como facilitador para as habilidades de leitura e escrita na Educação de Jovens e Adultos. Para delimitação da proposta foram envolvidas as disciplinas de história, geografia e língua portuguesa onde foram abordados conteúdos como: democracia, cidadania, história do voto no Brasil, tipos de voto, o que é permitido e proibido nas eleições municipais brasileiras como também uma análise das necessidades políticas do bairro Vila Lobão onde fica localizada a UEB Tomaz de Aquino Andrade. Os alunos da Educação de Jovens e Adultos a partir da temática das eleições municipais produziram textos, cartazes, jingles, debates, simularam uma campanha eleitoral e elegeram o candidato a prefeito que consideram mais apto para o cargo. Assim, no primeiro capítulo, é feito o enquadramento institucional, caracterizando o meio, as escolas e as turmas envolvidas. No segundo capítulo, fazemos uma descrição das turmas onde a Prática foi desenvolvida. A seguir, no terceiro capítulo, abordaremos a proposta de leitura e escrita a partir das eleições municipais na educação de jovens e adultos a fim de analisar o percurso dessa proposta na Educação de Jovens e Adultos. Por fim, concluímos com as observações relati vas à proposta apresentada, onde refletimos sobre as contribuições e limitações dessa proposta.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10314/3830







E-Government - O Processo de E-Participação e o impacto das Redes na Administração Pública

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A realização deste estudo, teve por objetivo analisar o processo de E-Participação e o impacto das Redes Sociais na Administração Pública, quer durante o processo de campanha eleitoral, quer após as eleições. Contrariamente ao caso americano, de forma específica a Administração Obama, considerada pioneira na administração digital, em Portugal constatámos que os políticos se socorrem das Redes Sociais durante a campanha, mas não as utilizam posteriormente durante a sua Administração. Apesar de a campanha digital ter tido alguma influência na hora do voto em algumas campanhas, como seja a relativa às eleições legislativas de 2009, podemos concluir que relativamente às restantes, a sua influência foi negligente. De facto, o exemplo do presidente Marcelo Rebelo de Sousa é testemunho disso. Não tendo sido o candidato mais popular nas Redes Sociais, pois ocupou o quarto lugar comparativamente aos restantes candidatos, tornou-se, no entanto, o mais popular já que ganhou as eleições presidenciais de 2016.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10314/3828







Twin impinging jets inline with a low-velocity crossflow

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Vertical/short take-off and landing aircrafts at their hovering phase of flight create a three dimensional flowfield between lift jet streams, the airframe surface and the ground. The flowfield surrounding the aircraft during transition from hover to wing borne flight is of particular importance. During the transitional flight phase, the jets in crossflow phenomenon represent the most relevant configuration due to the complex flowfield that is created beneath the aircraft. The wall jets created by the impingement on the ground of the individual turbulent jet flow meet at a stagnation line and form an upwards flowing “fountain” that interacts with the airframe. Sometimes the fountain can provide a beneficial lift – generating ground cushion. Although, in most of the cases the fountain flow created generates a variety of undesirable characteristics, such as, hot gas ingestion, pressure, thermal and acoustic loads, change of the lift forces, lifting losses and the fuselage skin raise. The wall jet created by the jets impingement on the ground interacting with the free stream, results in a formation of a ground vortex far upstream of the impingement jet. This resulting ground vortex shape is strongly affected and the corresponding induced suckdown effect tends to be reduced by the upload produced by the fountain. During the past three decades, the flowfield characteristics associated with this type of aircraft have been studied extensively. However, the complexity of the new VSTOL configurations with the very stringent requirements demands more investigation. The continued development of a VSTOL aircraft with an increasing reliance on computational design techniques is dependent on a better understanding of aerodynamics of the lift jets of an aircraft in ground effect. This work is dedicated to the continuation of the experimental study began during the master’s thesis, i.e., a detailed analysis of the complex flowfield of two in-line turbulent circular air jets with a low velocity crossflow impinging on a flat surface perpendicular to the geometrical jet nozzle axis. The jets exit conditions are changed along the study to provide a better understanding of the flowfield. To complete this analysis and in order to validate the experimental results a detailed numerical study is also presented, where all the features of the experimental flow are maintained. The numerical results extend the experimental study, revealing that the deflection of the rear jet is due to the competing influences of the wake, the shear layer, the downstream wall jet of the first jet and the crossflow. The first jet deflection and the location of the ground vortex depend on the velocity ratio between the jet exit and the crossflow as well as the impingement height used. Through the rear jet velocity change, it is possible to verify the quick deflection of the second jet, never reaching the ground directly, i.e., the downstream jet is entrained by the upstream jet and not by the crossflow itself. Through the impingement height change, it is possible to observe the absence of upwash fountain formation in the region between the impingement jets, as it was expected. In this region, it is unexpectedly observed the formation of a second ground vortex, something not yet reported in the literature.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.6/4390







A educação em ciências e a intervenção sociopolítica em questões socioambientais e sociocientíficas: uma experiência na formação inicial de professores e educadores

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este artigo assenta essencialmente na importância, na formação inicial de professores e educadores, de uma intervenção sociopolítica em diferentes comunidades como estratégia fundamental para uma abordagem pedagógica construtiva do pensamento docente e discente. Assim, nesta perspetiva, apresenta-se os resultados obtidos na implementação do projeto “We act”, na Escola Superior de Educação Jean Piaget de Almada e na unidade curricular de Atelier e Didática das Ciências e Educação Ambiental. Para o efeito, realizou-se um estudo de natureza metodológica mista, de modo a compreender o impacto das atividades propostas pelos diferentes grupos de estudantesOs resultados obtidos indiciam a necessidade e a urgência em mudarmos as nossas práticas e traçarmos novos caminhos que promovam a mudança metodológica e pedagógica, assente em estratégias diferenciadas, e um ensino centrado no estudante. Sugerem também que este envolvimento em atividades de ação sociopolítica, sobre questões socioambientais e sócio- científicas, contribuem para alterar comportamentos e ampliar os conceitos. Estes estudantes, futuros docentes, ganharam, assim, uma nova postura, assente na importância da ciência para o quotidiano, para a resolução de problemas das comunidades.



Link para o texto completo:
 
https://ojs.eselx.ipl.pt/index.php/invep/article/view/129







Colegio Radiologia

24-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Caros colegas,Está a terminar o triénio da atual direção do Colégio de Radiologia.Foi uma função muito envolvente e aliciante, a qual nos orgulhamos de ter cumprido.De facto, cabe a uma instituição como a Ordem dos Médicos e aos seus Colégios, ter um papel interventivo na resolução dos problemas da Saúde, dos seus profissionais e dos utentes, procurando defender sempre os seus interesses e não permitir a degradação da qualidade ou o avolumar de ambiguidades.Desta forma, procurámos através do Colégio de Radiologia, estar atentos e, defender sempre a nossa Especialidade. Durante três anos assumimos a função de elaborar documentos e analisar pareceres, com vista à constante evolução da Radiologia. Anualmente, avaliamos os inquéritos de todos os Serviços de Radiologia, preenchidos pelos respetivos diretores de Serviço, de forma a definir as idoneidades e as capacidades formativas, pugnando sempre pela manutenção de um nível elevado de qualidade do internato da especialidade, e assim, defender internos em formação e responder às exigências de qualidade em serviços idóneos.



Link para o texto completo:
 
http://revistas.rcaap.pt/actaradiologica/article/view/13619







Aeroporto. Sindicato admite atrasos em voos no Natal

23-Dezembro-2017 - sapo.pt



Os trabalhadores da segurança privada dos aeroportos entram em greve às 00h00.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/101463/aeroporto-sindicato-admite-atrasos-em-voos-no-natal?utm_source=rss







Sindicato admite atrasos em voos no Natal por greve na segurança dos aeroportos

23-Dezembro-2017 - sapo.pt



O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (SITAVA) estimou hoje um "impacto grande" na greve dos próximos dois dias das empresas que fazem o controlo dos passageiros, falando em atrasos em voos e até cancelamentos.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/sindicato-admite-atrasos-em-voos-no-natal-por-greve-na-seguranca-dos-aeroportos_23448320.html







Trabalhadores dos super e hipermercados iniciam hoje greve de dois dias

23-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/8mOU-ON5H9U/322846-trabalhadores-dos-super-e-hipermercados-iniciam-hoje-greve-de-dois-dias







Greve: ´impacto residual´ para patrões, ´grande adesão´ para sindicato

23-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



Os trabalhadores do retalho iniciaram este sábado uma greve de dois dias, juntando-se ao pessoal dos armazéns, que começou o protesto na sexta-feira.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/_rQ4k01X5WU/patroes-garantem-que-greve-no-comercio-tem-impacto-residual-sindicato-afirma-grande-adesao-9006607.html







Sindicato afirma´grande adesão´ à greve, patrões revelam ´impacto residual´

23-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



O primeiro dia da greve dos trabalhadores de lojas, super e hipermercados teve "um impacto residual", decorrendo dentro da "normalidade", segundo a Associação Portuguesa de Distribuição (APED), enquanto para o sindicato teve "forte adesão".



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/comercio/detalhe/sindicato-afirmagrande-adesao-a-greve-patroes-revelam-impacto-residual







Carlos Sousa já testou o Duster para o Dakar 2018!

23-Dezembro-2017 - cision.com



O português Carlos Sousa já testou o Duster com que vai regressar ao Dakar. O “shakedown” organizado para o piloto de Almada realizou-se a pouco mais de uma centena de quilómetros da cidade de Buenos Aires. As primeiras impressões são bastante positivas, conforme explica Carlos Sousa: «O Duster está muito bem construído. Gostei do seu comportamento e do motor. A equipa é muito profissional e já se vive uma grande azáfama, pois estamos a duas semanas do início da prova.» O Dakar 2018 decorrerá entre os dias 6 e 20 de janeiro, com passagem pelo Perú, Bolívia e Argentina. O Duster de Carlos



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/renault-portugal/r/carlos-sousa-ja-testou-o-duster-para-o-dakar-2018-,c636495498120000000







CTT. Greve teve adesão de 70%, dizem sindicatos, ou 17% diz empresa

22-Dezembro-2017 - sapo.pt



Funcionários exigem melhores condições de trabalho e pela salvaguarda dos postos de trabalho e da qualidade do serviço prestado.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/101425/?utm_source=rss







CTT. Greve teve adesão de 70%, dizem sindicatos, ou 17% diz empresa

22-Dezembro-2017 - sapo.pt



Funcionários exigem melhores condições de trabalho e pela salvaguarda dos postos de trabalho e da qualidade do serviço prestado.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/101425/ctt-greve-teve-adesao-de-70-dizem-sindicatos-ou-17-diz-empresa?utm_source=rss







Aprenda a planear melhor as suas tarefas e não deixar nada por fazer para 2018

22-Dezembro-2017 - universia.net



Um melhor planeamento nas suas tarefas vai ajudá-lo a ter mais tempo para outras coisas. Saiba como se pode organizar melhor e terminar 2017 com as tarefas todas em dia. EGISTE GRATUITAMENTE O SEU CURRÍCULO ENTRE AQUI As empresas valorizam muito o facto de os colaboradores serem bem organizados e de terem capacidade de coordenar e de executar todas as suas atividades ao longo do dia.  Quanto mais organizado e bem organizado for, maiores as hipóteses de se destacar  e de conseguir alcançar os resultados que pretende. Conseguindo concluir atempadamente todas as tarefas que tem em mãos, conseguirá atingir mais facilmente os objetivos propostos ou que se propôs a si próprio e assim entrar em 2018 com o "trabalho" em dia. Saiba o que deve fazer para melhorar ainda mais as suas capacidades de organização ao longo de todo o ano: Comece por listar todas as tarefas a desempenhar Para que se consiga organizar bem deve começar por listar TODAS as suas tarefas , pois só assim conseguirá ter uma noção de tudo o que tem diariamente em mãos. Analise a lista e tente delimitar cada uma das tarefas, dividindo-as no tempo, se possível, para que nada fique por fazer.  Verifique e analise quantas pessoas estão envolvidas em cada atividade Saber trabalhar em equipa é fundamental para o sucesso das empresas. Ao analisar o número de pessoas envolvidas em cada tarefa e a dimensão da mesma, deverá verificar se serão necessárias ainda mais pessoas ou se pelo contrário, essa tarefa já tem colaboradores a mais que podem ser dispensados para outras mais trabalhosas, ou que ainda tenham um défice de colaboradores para o seu bom funcionamento. Pense nos possíveis problemas Ao envolver-se num projeto pondere todos os possíveis riscos e avalie-os. Depois, pondere a estratégia a implementar e comece a planear tendo em conta a sua estratégia. Não se esqueça de ter também um plano B ou C caso surja algum imprevisto. Quanto melhor preparado estiver, mais hipóteses terá de ser bem sucedido dentro da empresa onde trabalha. Conheça os recursos e os limites da empresa Dê sempre o seu melhor! No entanto deve ter muito bem presente quais os seus limites dentro do emprego. Até onde pode ir? Até onde está disposto a ir? Saiba ainda encontrar soluções criativas para os seus problemas explorando os recursos disponíveis. Organizar todas as atividades   Assim que definir tudo o que tem para fazer, quem o pode ajudar e quais os recursos disponíveis, deve  estabelecer um cronograma com prazos e todas as informações importantes de cada uma das atividades. Se estiver bem preparado e organizado, dificilmente ficará perdido ou se vai esquecer de determinada tarefa.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/12/22/1156664/aprenda-planear-melhor-tarefas-deixar-nada-fazer-2018.html







CTT: Administração fala em adesão de 17%, Sindicato diz que é de 80%

22-Dezembro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



A adesão dos trabalhadores dos CTT no segundo dia da greve é de 17%, encontrando-se apenas a loja de Óbidos encerrada, adiantou hoje a empresa, salientando que a paralisação não[...] O post CTT: Administração fala em adesão de 17%, Sindicato diz que é de 80% aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/ctt-administracao-fala-adesao-17-sindicato-diz-80/







Odebrecht Óleo e Gás anuncia conclusão de processo para alongamento de dívidas

22-Dezembro-2017 - ebc.com.br



A Odebrecht Óleo e Gás (OOG) informou hoje (22) que concluiu a reestruturação de sua dívida financeira com a troca dos títulos de dívida com vencimento em 2021 e 2022, chamados de Notas 2021 e Notas 2022 e, ainda, das notas perpétuas emitidas por suas controladas. A operação ocorreu após a homologação dos planos de recuperação extrajudicial da companhia realizado pelo Tribunal de Falências do Distrito Sul de Nova York e pela 4ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do estado do Rio de Janeiro. A decisão do Tribunal de Nova York, que aprovou os planos de reestruturação da dívida financeira da companhia, protocolados no início de novembro nos Estados Unidos, ocorreu no dia 12 de dezembro. A empresa entrou com processo para obter junto à corte norte-americana o reconhecimento da decisão no Brasil, na 4ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do estado do Rio de Janeiro, que homologou os planos em outubro. Conforme a empresa, depois do entendimento dos judiciários brasileiro e norte-americano, os termos da reestruturação passaram a ser obrigatórios e englobaram todos os detentores dos papéis, como também os credores corporativos financeiros da empresa e algumas das suas subsidiárias, incluindo os que detêm as notas perpétuas emitidas em 2014. Recomeço Para o presidente da Odebrecht Óleo e Gás, Roberto Simões, o processo foi finalizado dentro do cronograma estabelecido, o que demonstra o recomeço da empresa e seu olhar para o futuro. A reestruturação da dívida vai aumentar a liquidez e fortalecer a posição financeira de curto e longo prazo, com um equacionamento da estrutura de capital, de modo a que a empresa possa voltar a crescer, aproveitando as oportunidades a serem criadas com a retomada dos investimentos na indústria de óleo e gás no Brasil, apontou. O acordo fechado, em relação aos títulos emitidos tendo por garantia as unidades de perfuração da Odebrecht Óleo e Gás e suas subsidiárias, garante a troca das Notas 2021 e Notas 2022, por novos papéis, com termos atualizados acompanhando o atual fluxo de caixa dos ativos. Já os credores financeiros corporativos, inclusive, os detentores das notas perpétuas emitidas em 2014, receberão novos títulos participativos perpétuos que asseguram direito de participação em qualquer distribuição de dividendos da OOG, em troca por seus créditos atuais. Crise A Odebrecht Óleo e Gás foi criada em 2006 após a decisão do Grupo Odebrecht de concentrar seus investimentos no setor na nova empresa de atuação no Brasil e no exterior. A empresa pediu na Justiça recuperação judicial em maio deste ano. Depois que a Petrobras cancelou, em 2015, contratos de afretamento e operação da sonda ODN Tay IV, que deveriam vigorar até 2020, final do prazo contratual, a OOG vinha negociando com os detentores das Notas 2021 e das Notas 2022.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/odebrecht-oleo-e-gas-anuncia-conclusao-de-processo-para-alongamento-de







CMN não vota prorrogação de limite para financiamentos do FGTS

22-Dezembro-2017 - ebc.com.br



A prorrogação do limite de R$ 1,5 milhão para o financiamento de imóvel com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que teve a possibilidade de votação anunciada para hoje (21), não foi analisada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). A decisão, no entanto, ainda pode sair antes do fim do ano, caso o órgão convoque reunião extraordinária. Em fevereiro, o CMN tinha elevado para R$ 1,5 milhão o valor máximo de imóveis que podem ser financiados com recursos do FGTS em todo o país. O limite ampliado vigora até 31 de dezembro e precisa ser renovado pelo CMN para valer em 2018. Caso o Conselho Monetário não vote a prorrogação, a partir de 1º de janeiro voltam os limites antigos de financiamento: até R$ 800 mil para unidades na maior parte do país, e R$ 950 mil para imóveis no Distrito Federal, em Minas Gerais, no Rio de Janeiro e em São Paulo. Em café da manhã com jornalistas nessa terça-feira (19), o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que o limite poderia ser estendido caso entrasse na pauta da reunião do CMN. Fundo garantidor Na reunião de hoje, no entanto, o CMN ratificou outra medida anunciada por Meirelles no início da semana. Os clientes que aplicam recursos em bancos terão um limite máximo de garantia em caso de quebra da instituição financeira. O teto será de R$ 1 milhão por investidor a cada quatro anos. Atualmente, o Fundo Garantidor de Crédito (FGC) cobre investimentos de R$ 250 mil por instituição financeira, independentemente do número de instituições em que o cliente mantém contas. Com a mudança, quem tiver até quatro investimentos de R$ 250 mil em quatro instituições diferentes estará garantido. Acima disso, estará descoberto. O CMN também estendeu a cobertura do FGC para investidores estrangeiros. Até agora, apenas clientes brasileiros estavam contemplados. O Conselho Monetário também aprovou mudanças no estatuto e no regulamento do FGC. Segundo o Banco Central, as novas regras tornarão a administração do fundo mais transparente. Criado em 1997, o FGC é formado por contribuições dos próprios bancos. O fundo tem como objetivo proteger os clientes em caso de quebra das instituições financeiras. Em nota, o Banco Central informou que a medida teve como objetivo alinhar a atuação do FGC às melhores práticas internacionais para sistemas de garantia de depósitos.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/cmn-nao-vota-prorrogacao-de-limite-para-financiamentos-do-fgts







Executivo e funcionários da Câmara de Cantanhede reuniram no estaleiro para os habituais cumprimentos de Natal

22-Dezembro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



  A presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, Helena Teodósio, encontrou-se com os funcionários do município para a apresentação de cumprimentos de Natal. Foi ontem, 21 de dezembro, ao final[...] O post Executivo e funcionários da Câmara de Cantanhede reuniram no estaleiro para os habituais cumprimentos de Natal aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/executivo-funcionarios-da-camara-cantanhede-reuniram-no-estaleiro-os-habituais-cumprimentos-natal/







Banco de Portugal está a recrutar para 2018

22-Dezembro-2017 - universia.net



O Banco de Portugal está a recrutar para o Departamento de Estabilidade Financeira. Os candidatos selecionados vão iniciar funções em janeiro/fevereiro de 2018. REGISTE GRATUITAMENTE O SEU CURRÍCULO ENTRE AQUI O Banco de Portugal está a recrutar técnicos superiores para o seu Departamento de Estabilidade Financeira que terão como principais responsabilidades inerentes às funções: Análise da evolução conjuntural e estrutural do sistema financeiro português e das suas contrapartes; Identificação dos riscos e vulnerabilidades endógenas e exógenas ao sistema financeiro, incluindo a identificação da origem dos riscos, a avaliação da sua probabilidade de materialização e do possível impacto para o sistema financeiro e para a economia; Elaboração de estudos de impacto das propostas de política macroprudencial; Análise da interação entre a política macroprudencial e as restantes políticas, designadamente microprudenciais, monetária, de resolução e macroeconómicas; Participação na elaboração das publicações do Banco de Portugal na área da estabilidade financeira; Participação ou apoio à participação do Banco de Portugal em instâncias nacionais ou internacionais. Os candidatos elegíveis para o cargo devem cumprir com os seguintes requisitos: Habilitações literárias nas áreas de Economia, Gestão, Finanças ou Matemática, com licenciatura pré-Bolonha ou licenciatura pós-Bolonha com parte escolar de mestrado concluída, com classificação final igual ou superior a 14 valores; Doutoramento nas áreas de Economia, Gestão, Finanças ou Matemática (condição preferencial); Experiência profissional relevante nas áreas financeira, de análise económica ou de política macroprudencial (condição preferencial); Conhecimentos sólidos de teoria económica, de análise financeira e de métodos quantitativos (macro ou microeconometria); Aptidões analíticas, capacidade de síntese e perspetiva multidisciplinar do setor financeiro e da sua relação com os restantes setores da economia; Conhecimentos de programação e de utilização de softwares econométricos e de exploração e tratamento de bases de dados (p. ex. Stata, EViews, R, MATLAB); Fluência em português e inglês (oral e escrita); Elevada capacidade analítica, de interpretação de resultados e de análise crítica; Interesse pela atualização permanente de conhecimentos técnicos; Elevado sentido de responsabilidade, rigor e exigência; Elevada capacidade de motivação e participação em equipas, facilidade de comunicação e de relacionamento interpessoal; Capacidade de iniciativa, planeamento e organização; Disponibilidade para trabalhar em ambiente internacional. As candidaturas devem ser formalizadas até 15 de janeiro de 2018, inclusive . Para mais informações  consulte aqui a oferta  Prepare bem a sua candidatura: Atualize e faça uma revisão ao seu currículo Faça uma boa carta de motivação Prepare-se para a Entrevista Se está à procura de emprego registe-se também nos   portais da rede Trabalhando . E se tem algum tempo disponível e gostava de abraçar uma causa e enriquecer o seu currículo, também tem agora disponível o  AJUDAMOS.PT .  Clique e informe-se de que forma pode ajudar ou ser ajudado:



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/12/22/1157025/banco-portugal-recrutar-2018.html







Conservadores dos registos desconvocam greve agendada para o fim do ano

22-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



A greve foi convocada como contestação à proposta do Ministério da Justiça para a revisão das carreiras.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/l2pk4k6USFw/conservadores-dos-registos-desconvocam-greve-agendada-para-ultima-semana-do-ano-9005001.html







Eduardo Cabrita antecipa ano de viragem para as forças de segurança

22-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



O ministro da Administração Interna garante que 2018 será um ano de descongelamento de carreiras.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/LGb1B6zK45o/eduardo-cabrita-antecipa-ano-de-viragem-para-as-forcas-de-seguranca-9005821.html







Combinação vencedora do concurso 51/2017

22-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/pgWP8jqniuc/322834-combinacao-vencedora-do-concurso-512017







Combinação vencedora do concurso 102/2017

22-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/luLmtjRA0Zk/322833-combinacao-vencedora-do-concurso-1022017







Trabalhadores da Randstad do setor das comunicações em greve no Natal e fim de ano

22-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/MB-Ub1PdOUM/322802-trabalhadores-da-randstad-do-setor-das-comunicacoes-em-greve-no-natal-e-fim-de-ano







O queijo Limiano e o seu projeto de responsabilidade social “HORA DO NATAL” ajuda mais de 2.500 famílias carenciadas

22-Dezembro-2017 - cision.com



Foi no passado dia 14 de dezembro que a família Limiano se reuniu para se dedicar à #HORADONATAL, um projeto de responsabilidade social que tinha como principal objetivo inspirar os portugueses a parar e dedicar uma hora do seu tempo ao que realmente torna o Natal especial, os afetos e a partilha, ajudando quem mais precisa. Limiano comprometeu-se a oferecer aquilo que melhor sabe fazer - o seu queijo-, dedicando uma hora da produção da sua fábrica a esta iniciativa. natTodo o queijo Limiano produzido durante essa hora foi oferecido a várias instituições de solidariedade social que



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/bel-portugal/r/o-queijo-limiano-e-o-seu-projeto-de-responsabilidade-social--hora-do-natal--ajuda-mais-de-2-500-fami,c636494666790000000







Continente investe 4M€ em Lisboa com loja do Acqua Roma e cria 56 novos postos de trabalho

22-Dezembro-2017 - cision.com



· Investimento compreende a criação de 56 postos de trabalho · A loja conta com 1042 m2 de área comercial · Para assinalar a abertura, o Continente Bom Dia vai distribuir fruta no dia da inauguração do espaço e lança campanha de 10% de desconto em cartão O Continente inaugura hoje uma nova loja em Lisboa, no centro comercial Acqua Roma, com 1042 m2, que traduz um investimento de 4 milhões de euros e a criação de 56 postos de trabalho. Com esta nova loja, o Continente passa a dispor de 54 espaços no distrito de Lisboa. Esta nova loja vai disponibilizar uma vasta gama de produtos,



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-investe-4m--em-lisboa-com-loja-do-acqua-roma-e-cria-56-novos-postos-de-trabalho,c636494668740000000







CONTINENTE AVEIRO CELEBRA UMA DÉCADA

22-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há 10 anos que Aveiro recebeu o Continente. Desde 31 de dezembro de 2007 que a população de Aveiro conta com o Continente na Estrada da Taboeira - Quinta Simão Sul e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 165 colaboradores. David Nunes, diretor da Loja Continente Aveiro, refere que “Festejarmos uma década de presença aqui em Aveiro representa para nós um motivo de orgulho pelo trabalho que temos desenvolvido nesta região, que tem servido da melhor forma a população e contribuído para economia local. Queremos continuar a dar resposta às exigências do nosso



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-aveiro-celebra-uma-decada,c636494573020000000







PAN quer medidas de combate ao tráfico de seres humanos para fins laborais

22-Dezembro-2017 - cision.com



•        Aumento significativo do número absoluto de pessoas que vivem em condições de escravatura em Portugal •         Forte crescimento de contratação de mão-de-obra estrangeira não cumpre legislação nem direitos humanos básicos •         Mais fiscalização, levantamento do número de trabalhadores sazonais e plano de emergência de apoio imediato Lisboa, 21 de dezembro de 2017  – O PAN – Pessoas-Animais-Natureza, apresenta hoje uma iniciativa legislativa que recomenda ao governo português que proceda ao combate ao tráfico de seres humanos para fins laborais. Em pleno século XXI,



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/pan---pessoas---animais---natureza/r/pan-quer-medidas-de-combate-ao-trafico-de-seres-humanos-para-fins-laborais,c636494575600000000







Continente investe 6 milhões de euros em Alfornelos com nova loja

22-Dezembro-2017 - cision.com



· Investimento compreende a criação de 72 postos de trabalho · A loja conta com 1375 m2 de área de venda · Para assinalar a abertura, o Continente vai distribuir fruta no dia da inauguração do espaço e lança campanha de 10% de desconto em cartão O Continente Bom Dia inaugura hoje uma nova loja em Alfornelos, com cerca de 1375 m2 de área de venda, que traduz um investimento de 6M€ e a criação de 72 postos de trabalho. Com esta nova loja, o Continente passa a dispor de 54 espaços no distrito de Lisboa. Esta nova loja vai disponibilizar uma vasta gama de produtos, constituída por



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-investe-6-milhoes-de-euros-em-alfornelos-com-nova-loja,c636494571330000000







CONTINENTE DEIXA TONY CARREIRA MAIS PERTO DE 5.000 PORTUGUESES

22-Dezembro-2017 - cision.com



Digressão “Tony Mais Perto de Ti” terminou no sábado, em Santarém, após oito concertos intimistas, realizados em sete localidades. O artista Tony Carreira terminou no passado sábado, dia 16 de dezembro, a digressão “Tony Mais Perto de Ti”, promovida pelo Continente, concretizando assim oito concertos intimistas, em sete localidades. No total, assistiram aos concertos cerca de 5.000 pessoas. A digressão passou por Aveiro, Castelo Branco, Chaves, Lamego, Loulé, Montijo e Santarém, que tiveram a oportunidade de, pela primeira vez, apreciar o repertório musical do cantor romântico num



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-deixa-tony-carreira-mais-perto-de-5-000-portugueses,c636494569490000000







Mais de um milhão de empregos não preenchidos na Alemanha

22-Dezembro-2017 - cision.com



Forte demanda por talentos internacionais Hamburgo - Havia uma necessidade de 1,1 milhão de trabalhadores qualificados em empresas alemãs no terceiro trimestre de 2017 [i] (http://undefined/#_edn1) — mais do que nunca. A economia está em constante crescimento e há escassez de novos talentos para atender a alta demanda por mão-de-obra. As empresas alemãs estão buscando urgentemente talentos de todo o mundo. Qualquer um que já tenha brincado com a ideia de viver e trabalhar na Alemanha agora deve planejar este passo. Mas quais qualificações são necessárias?   Além dos profissionais com



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/employland-gmbh/r/mais-de-um-milhao-de-empregos-nao-preenchidos-na-alemanha,c2420076







Análise da seroprevalência da infecção pelo HIV1 e HIV2 em mulheres residentes numa área da cidade de Lisboa

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Os autores apresentam os resultados de um estudo de seroprevalência da infecção pelo HIV1 (Vírus da Imunodeficiência Humana Tipo 1) e pelo HIV2 (tipo II) em mulheres em idade fértil frequentando uma consulta de Planeamento Familiar e uma consulta de Cuidados Pré-Natais que serve uma população urbana de duas freguesias da cidade de Lisboa em que cerca de 7% é de origem Africana. Foi adoptado um protocolo de trabalho com características de estudo anónimo mas em que se previa a possibilidade da colheita de segunda amostra para confirmação de resultados (modelo non linked). Foram registados através de inquérito os elementos de ordem social e epidemiológica sendo realizado exame clínico a todas as participantes no estudo (1390). Esta fase foi seguida de colheita de amostras de sangue para estudos seroepidemiológicos relacionados com várias infecções virais incluindo o HIV e o HIV2. Foi comparada a população que compareceu (75%) com a que não compareceu á realização de análises verificando-se não haver em geral diferenças significativas entre os dois grupos no que refere a um conjunto de características epidemiológicas, sociais e clínicas. Foram considerados seropositivos para o HIV, os casos com anticorpos anti-HIV detectados por ELISA e confirmados por Western Blot revelando anticorpos contra as três proteínas (env, core e gag) e com resultados igualmente positivos pelos dois métodos em segunda amostra de sangue recolhida subsequentemente. As prevalências de infecção foram quer para o HIV quer para o 111V2 de 0.29% (total 0.58%) na população estudada, sendo a prevalência de HIV 2 de 1 .45% na população de origem Africana. Os seis casos seropositivos detectados incluíam um caso de toxicodependência, um caso de prostituição, um caso de origem Africana, não havendo nos três restantes factores de risco para além da existência de parceiros sexuais múltiplos em duas mulheres. As características clínicas, epidemiológicas e imunológicas dos casos seropositivos são descritas e discute-se a importância da prevalência encontrada. Finalmente salienta-se a relevância da análise e discussão detalhadas, antes do início de qualquer programa de rastreio da infecção pelo HIV, das vantagens, inconvenientes e limitações dos protocolos a usar no contexto da situação concreta do Centro e Comunidade em questão.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10451/30142







Cooperar para aprender: contributos para o desenvolvimento de competências sociais em crianças da Educação Pré-escolar e do 1º Ciclo do Ensino Básico

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O estudo que se apresenta pretende averiguar os contributos da Aprendizagem Cooperativa no desenvolvimento de competências sociais em crianças da Educação Pré-Escolar e do 1º Ciclo do Ensino Básico. O mesmo foi desenvolvido com vista a perspetivarmos quais as estratégias a implementar para promover o desenvolvimento de skills de cooperação nas crianças. Os resultados revelaram um impacto positivo da aprendizagem cooperativa no desenvolvimento de skills, na medida em que, as crianças evidenciam uma maior motivação, demonstrando desenvolver competências de entreajuda, skills sociais (poder argumentativo/espírito crítico) e skills de cooperação (aceitação da opinião do outro).



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/20.500.11796/2543







A Promoção da autoestima da criança

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A criança não é o alvo nem o objeto da educação: ela é o único sujeito educativo. Num contexto de uma atividade norteada pela absorção por parte das crianças dos valores como amizade, respeito, responsabilidade e autonomia, foi focalizada uma intervenção ao nível da promoção da autoestima de uma criança de 5 anos. Com os dados recolhidos, pôde aferir-se que a autoestima é um elemento crucial para a formação de uma personalidade sã e para a sua afirmação enquanto cidadã e, concomitantemente, que o educador assume um papel relevante e determinante na educação para a promoção da autoestima.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/20.500.11796/2544







O cerco da guerra: diplomacia e política de informação do Estado Novo (1940-42)

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Portugal manteve até ao final do segundo conflito mundial o estatuto de país neutral. O exercício deste posicionamento externo, em boa medida possível devido à subalternidade estratégica da Península Ibérica, não deixou de denunciar a limitada margem de manobra do governo português. O campo dos média não foi excepção: mercê das circunstâncias internacionais, o Estado Novo, que assumira a propaganda e a censura como valiosos instrumentos de governação, é obrigado a consentir que se desenvolvam aparelhos de propaganda dos países beligerantes, que com ele rivalizam na formação da opinião dos portugueses. A arma da propaganda foi assumida como uma variante da atividade diplomática e percecionada como forma particularmente eficaz de pressão sobre governos neutrais.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.21/7752







Tipografia experimental em sistemas generativos

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este trabalho de projecto tem como objectivo a aplicação de sistemas generativos à tipografia e a sua transformação em elementos gráficos. A criação de uma nova linguagem visual foi inspirada em trabalhos e metodologias de designers como Paul McNeil, David Carson e Neville Brody, na área da tipografia, e tem como finalidade a experimentação pura, ou seja, o facto de a experiência ter valor por si mesma. Para a criação deste projecto foi essencial estruturá-lo em duas fases. A primeira fase consistiu num enquadramento teórico, através da revisão de literatura, com o objectivo de adquirir conhecimentos por meio da revisão de artigos e livros de maneira introduzir e definir conceitos como: tipografia, arte generativa, sistemas generativos e como estes se aliam ao design, assim como, a capacidade de a tipografia ser um elemento visual no design gráfico e a forma como esta pode comunicar para além do seu significado enquanto representação gráfica de sons e palavras. Posteriormente a segunda centra-se na experimentação e desenvolvimento do projecto prático que consistirá na apresentação de uma série de experiências visuais realizadas recorrendo à tipografia, arte generativa e respectivos métodos utilizadas no processo de criação, assim como, os resultados obtidos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19789







Tecnologias para monitorização do montado

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O montado, característico da região Mediterrânica, é um sistema silvo-pastoril constituído por árvores, onde predominam a azinheira (Quercus ilex ssp. rotundifolia Lam.) e o sobreiro (Quercus suber L.) e pastagens naturais ou semeadas, pastoreadas por animais em regime extensivo. A monitorização do ecossistema montado é complexa devido à inter-relação entre solo, pastagem, árvores e animais. A equipa do grupo de investigação “Precision Grazing” da Universidade de Évora desenvolve há mais de uma década trabalhos sobre a aplicação de sensores no montado, financiados pela FCT, Fundação para a Ciência e Tecnologia através do centro de investigação ICAAM (Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas). Neste artigo são divulgados quatro tipos de sensores próximos, de entre muitos outros com possibilidades de aplicação neste contexto: um sensor para medição da condutividade eléctrica aparente do solo (CEa); uma sonda de capacitância; um sensor óptico activo; e receptores GNSS (Global Navigation Satellite Systems) para geo-referenciação dos animais em pastoreio. A informação espacial que disponibilizam, relativa ao solo, à pastagem e ao animal, permite compreender melhor as interacções que se estabelecem dentro do ecossistema montado.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10174/21567







Posicionamentos éticos dos alunos de Medicina Veterinária ao longo do curso

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O principal intuito deste estudo foi averiguar o impacto que o Ensino tem nos alunos de medicina veterinária ao longo do curso e verificar se variáveis como sexo, local de infância, ter ou não ter animais interfere ou não na posição ética do aluno. Para isso, foi realizado um questionário que foi preenchido por alunos do 1º ao 5º ano do curso de Medicina Veterinária da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologia, sendo que o 2º, 3º e 4º ano são grupos de controlo. Os questionários foram realizados em duas fases distintas. Uma no final do primeiro semestre e outra no final do segundo semestre. No total foram recolhidos 670 questionários, sendo que 618 questionários estavam válidos. Como resultados, foi encontrada uma associação significativa do local onde os alunos passaram a infância com três das posições éticas; Contratualismo (p=.013); Direito dos Animais (p=.000); Respeito pela Natureza (p=.005).Verificaram-se diferenças estatisticamente significativas entre homens e mulheres e três das cinco posições éticas; Contratualismo (p=.000);Perspetiva Relacional (p=.001); Direito dos Animais (p=.005). Foi encontrada associação entre anos de curso e duas das cinco posições éticas; Contratualismo (p=.023) e Direito dos Animais(p=.005). E ainda associação entre cinco ,de doze, perguntas e as posições éticas.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8356







A influência das características da água para a estabilidade química, física, microbiológica e sensorial dos produtos alimentares

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A empresa Mendes Gonçalves, SA dedica-se à produção de vinagres, molhos e temperos. O aparecimento de turvação/sedimentos e perda de cor nos vinagres pela presença de anidrido sulfuroso é uma problemática das indústrias vinagreiras, sendo importante para a empresa a sua resolução. Por outro lado a água é o principal constituinte dos produtos da empresa consequentemente as suas caraterísticas físico-químicas afetam muitas das características físico-químicas, microbiológicas e sensoriais destes produtos. Os objetivos deste trabalho foram 1) avaliar a influência das caraterísticas da água na produção de vinagres e maionese e 2) estudar a conservação do vinagre de sidra utilizando filmes à base de quitosana. Este trabalho permitiu determinar o tratamento mais adequado a ser aplicado na água obtida na nova captação da empresa (furo novo) e a viabilidade da redução ou eliminação da utilização de dióxido de enxofre, utilizado como conservante no vinagre, garantindo a sua estabilidade microbiana e evitando a sua oxidação. Na produção dos vinagres (vinho branco, 6% em ácido acético, e sidra, 5%) e da maionese foi utilizada água do furo novo e água destilada. Os vinagres foram também elaborados com e sem metabissulfito de potássio para avaliar a viabilidade da redução ou eliminação deste conservante quando se utiliza água destilada. Foram realizadas análises ao pH, turvação, cor, acidez e sensoriais durante 3 meses. As amostras de vinagre produzidas com água destilada sem adição de metabissulfito apresentaram melhores características sensoriais e maior estabilidade físico-química, não havendo formação de depósito e estabilização da cor. As amostras de vinagre tratadas com os filmes de quitosana levaram à clarificação do vinagre, apresentando uma menor turvação relativamente à amostra com metabissulfito. Estes vinagres apresentaram também uma cor mais estável, tendo-se observado um escurecimento no vinagre sem tratamento e uma cor demasiado clara no vinagre com metabissulfito. Relativamente à maionese, a nível sensorial e estabilidade de cor, a amostra produzida com água destilada apresentou um melhor sabor e uma maior estabilidade físico-química e microbiológica, comparativamente às elaboradas com a água do furo novo. Os resultados demonstram que a utilização de uma água com baixo teor de sais será uma mais-valia para a produção de vinagres e maionese. A formação de depósitos/nébulas nos vinagres poderá ser retardada ou prevenida, reduzindo a utilização de conservantes. Este efeito também pode ser potenciado com filmes à base de quitosana



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/21249







Biocatalysis in the synthesis of tetra-hydroisoquinoline alkaloids

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A biocatálise, e em particular a evolução dirigida de enzimas e posterior expressão em bactérias, permitiu aos químicos obter moléculas complexas com elevada estéreo- e regiosseletividade e baixo impacto ambiental. A Monoamina oxidase de Aspergillus niger (MAO-N) é uma oxidase, dependente de FAD e oxigénio, que catalisa a desaminação de aminas primárias. No Manchester Institute of Biotechnology foram efetuadas rondas sucessivas de evolução dirigida desta enzima, que permitiram a oxidação e resolução de aminas secundárias e terciárias. Contudo, não se encontra descrita na literatura a oxidação de compostos dimetoxilados com MAO-N. O uso de tetra-hidroisoquinolinas (THIQs) quirais na indústria farmacêutica é cada vez mais comum devido às suas importantes propriedades antimicrobianas, antibióticas, anti tumorais ou antimuscarínicas. Assim, é cada vez mais necessário o desenvolvimento de métodos de síntese assimétrica destes compostos. Neste trabalho procurámos funcionalizar THIQs através de métodos biocatalíticos. Para tal, estudámos a atividade várias variantes da MAO-N com derivados da THIQ. Os dados obtidos foram usados para a construção de uma nova variante capaz de oxidar a (S)-6,7-dimetoxi-1,2,3,4-tetra-hidroisoquinolina com um rendimento de 60%. Foi também efetuada a resolução de várias THIQs com as variantes de MAO-N disponíveis. Por fim, neste trabalho foi desenvolvida uma cascata enzimática com três passos sem purificação intermédia para a síntese de ácidos 1,2,3,4-tetra- -hidroisoquinolina-1-carboxílicos. Foram obtidas 1-cianotetra-hidroisoquinolinas com rendimentos superiores a 50% e o ácido tetra-hidroisoquinolina-1- -carboxílico com um rendimento de 13% (e.e. 88%).



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/21245







Insolvência culposa e os efeitos patrimoniais e pessoais sobre o insolvente

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Neste trabalho, sobre a qualificação da insolvência culposa e os efeitos patrimoniais e pessoais sobre o insolvente, analisamos como a culpa do insolvente interfere com a qualificação da situação de insolvência e, detalhadamente, esmiuçamos os vários efeitos eventuais decorrentes da qualificação de insolvência como culposa e os efeitos automáticos decorrentes da situaçao de insolvência. Percorremos a doutrina existente para analisar as contrariedades que subsistem sobre o tema.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/23784







Projetos europeus e internacionais de literacia fílmica implementados em Portugal

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Esta comunicação discute a literacia do cinema através da análise de dois projetos europeus e um projeto internacional de cinema e educação realizados em contexto português: “Moving Cinema – metodologias, estratégias e ferramentas para que crianças e jovens apreciem o cinema Europeu e tornem-se audiências ativas”; “CinEd – Programa Europeu de Educação para o Cinema”, é uma cooperação europeia dedicada à educação cinematográfica; “CCAJ – Cinema: cem anos de juventude”, um programa internacional coordenado pela Cinemateca Francesa, onde participam atualmente 13 países, da Europa e do mundo.Utilizando metodologias qualitativas acompanhamos durante dois meses, do ano de 2016, o quotidiano dos três projetos. Nos baseamos na análise situacional da realidade dos e pelos diferentes atores envolvidos nos projetos. Analisamos relatórios de atividades, contratos, documentos, fanzines, livros, catálogos, folhas de sala, depoimentos etc., e, realizamos entrevistas com pessoas envolvidas nos projetos (crianças e jovens, coordenadores, formadores, professores). Esta comunicação mostra os resultados da investigação realizada buscando responder as questões relativas a literacia fílmica e as iniciativas de desenvolvimento de audiências, principais objetivos dos projetos analisados.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/11144/3373







XpecEye X01: desenvolvimento de ferramentas de processamento e análise de imagem multiespectral

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Ao longo dos anos, vários têm sido os sistemas desenvolvidos com o intuito de explorar a aquisição de imagens multiespectrais como técnica de mapeamento de informação sobre a composição e estratigrafia de superfícies, particularmente na área do Património Cultural. Efetivamente, estes sistemas estão disponíveis em Portugal e o seu potencial é reconhecido pelas empresas, mas estas deparam-se com constrangimentos de orçamento e competências técnicas exigidas pelos sistemas comercializados por marcas internacionais. Neste sentido, o presente projeto foca-se no sistema XpeCam X01, a primeira solução multiespectral portuguesa, para procurar responder a problemas que surgem associados à aquisição de imagem e que podem comprometer a informação espectral: a luz e distorção. O desenvolvimento de métodos de normalização e registo no software XpecEye X01 são apontados como solução e, simultaneamente, contribuições deste trabalho. Já no âmbito de aplicação deste sistema na área da Conservação e Restauro de Património Cultural, procura-se ainda desenvolver um método de unmixing de um cubo espectral para correlação de pigmentos. Em suma, o propósito deste projeto é (1) desenvolver ferramentas de normalização e registo de imagem, (2) desenvolver ferramentas de classificação e mapeamento de pigmentos; (3) contribuir para a melhoria do processo de aquisição de imagem multiespectral e (4) apurar o software de aquisição de imagem tornando-o mais user-friendly. Finalmente, é ainda objetivo deste projeto criar sinergias entre o mercado de trabalho e a investigação académica em Portugal, numa área com reconhecido potencial de crescimento e investimento, como o é a Imagem Multiespectral e a Conservação e Restauro de Património Cultural.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/11110/1322







Editorial

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O Colégio de Radiologia da OM produziu recentemente o documento que irá regular, futuramente, o ensino da nossa Especialidade a nível nacional, prevendo-se que venha substituir a portaria datada de1999 presentemente em vigor. Em primeiro lugar saudamos a iniciativa do Colégio em actualizar este importante documento enquadrador. Em segundo lugar, a forma como o faz, enviando aos diversos interessados, entre os quais a SPRMN, a versão de trabalho que está agora em fase de discussão publica, merece o nosso louvor.



Link para o texto completo:
 
http://revistas.rcaap.pt/actaradiologica/article/view/11984







Síndrome do pinçamento das Artérias Popliteias - Uma causa incomum de claudicação

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A artéria popliteia está localizada na fossa popliteia do joelho e continua a artéria femoral superficial após passagem pelo hiato dos adutores, passando posteriormente ao femur e anteriormente à veia popliteia, normalmente localizada entre os músculos gémeos, por cima do músculo popliteo.A síndrome do pinçamento da artéria popliteia é uma anomalia do desenvolvimento que resulta de uma relação anormal entre esta artéria e o músculo gémeo – principalmente a porção interna – ou, raramente, uma banda fibrosa anômala ou o músculo popliteo.Os sintomas comumente são claudicação e, raramente, isquemia devido a trombose. Ao exame físico, podem apresentar pulsos normais que diminuem ou desaparecem com a flexão plantar ou dorso-flexão do pé. Os exames de imagem são frequentemente necessários para confirmar o diagnóstico da síndrome do pinçamento da artéria popliteia.Sem tratamento, a doença progride quase que invariavelmente para uma estenose permanente da artéria popliteia devido a microtraumas repetidos, com subsequente fibrose, tornando o vaso susceptível a fenómenos trombóticos e trombo-embólicos e à formação de aneurismas. O tratamento desta síndrome baseia-se na descompressão cirúrgica da artéria, geralmente por miomectomia, de forma a restabelecer o fluxo arterial para a extremidade.



Link para o texto completo:
 
http://revistas.rcaap.pt/actaradiologica/article/view/11993







Relatório final de estágio : Grupo Desportivo Estoril Praia sub-15 Época desportiva 2016/2017

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente trabalho visa a elaboração de um relatório de estágio, realizado em função da conclusão do curso e respetiva obtenção do grau Mestre em Futebol, ministrado pela Faculdade de Educação Física e Desporto da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. Este estágio foi realizado na equipa de Iniciados A do Grupo Desportivo Estoril Praia, durante a época 2016/2017, num contexto de campeonato nacional (Juniores C). Este relatório tem como objetivo efetuar uma análise aprofundada e reflexiva sobre o processo de treino, assim como o modelo de jogo, conceptualizado e operacionalizado pela equipa técnica dos iniciados A do Grupo Desportivo Estoril Praia. Relativamente ao processo de treino foram analisadas 121 unidades de treino correspondentes a 10650 minutos de treino. Neste relatório elaborei um artigo, cujo tema é “A Filosofia do Treinador”, a escolha do tema surgiu, naturalmente, devido à necessidade de reflexão constante que é necessária nesta área e da necessidade de definir uma linha de pensamento e de trabalho que seja coerente com os meus princípios e objetivos. Ao longo da época desportiva, verificamos que a equipa técnica utiliza preferencialmente os métodos específicos de preparação, para operacionalizar o modelo de jogo, representando os exercícios competitivos e os sectoriais cerca de 50% do tempo total de treino, mesmo quando comparados os períodos pré-competitivos e competitivos verificamos que estes dados se replicam. Quando analisados os microciclos padrão da época desportiva (período pré-competitivo e competitivo), chegou-se à conclusão que os exercícios mais utilizados foram os de manutenção da posse da bola e os exercícios competitivos. Quando comparados os dois períodos competitivos verificamos uma manutenção da predominância dos exercícios de posse da bola e os exercícios competitivos. Relativamente à minha filosofia de treinador e tendo em conta a elaboração do artigo, reconheço a importância de fundamentar e organizar as ideias, o que exige uma constante reavaliação da filosofia, tratando-se de uma questão individual, que exige reflexão, conhecimentos adquiridos e experimentação, que dependem de modelos e valores.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8355







Refletindo sobre as estratégias de subitizing no desenvolvimento do sentido de número com alunos do 1.º ano do 1.º CEB

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório foi realizado no âmbito do Mestrado em Educação Pré-escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, estando este dividido em duas partes. A primeira parte consiste na dimensão reflexiva, primeiramente dos contextos de Creche e Jardim de Infância e de seguida dos dois contextos de 1.º CEB, nos 1.º e 3.º anos de escolaridade. A dimensão apresentada é um relato crítico, reflexivo e fundamentado das experiências vivenciadas nos diversos contextos, salientando as minhas diversas aprendizagens tanto a nível pessoal, profissional como social. A segunda parte abrange um ensaio investigativo de carácter qualitativo numa turma do 1.º ano de escolaridade. Este estudo pretende compreender se a aplicação de estratégias de subitizing melhoram o sentido de número. Para tal, definiram-se os seguintes objetivos: (i) Identificar o sentido de número antes e depois da aplicação de uma sequência pedagógica com recurso a estratégias de subitizing, (ii) Refletir sobre a sequência pedagógica implementada, (iii) Caracterizar os tipos de subitizing (percetivo e conceptual), (iv) Perceber se o padrão utilizado influência ou não o sentido de número. Os dados recolhidos revelam que a sequência pedagógica apresentada teve um impacto positivo nos alunos escolhidos para a amostra, demonstrando que as estratégias de subitizing utilizadas melhoraram o desenvolvimento do sentido de número desses mesmos alunos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.8/2913







Análise de compostos nutricionais e bioativos em partes vegetativas silvestres de Fragaria vesca L. obtidas por cultura in vitro

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A espécie Fragaria vesca L. é especialmente consumida e apreciada pelos seus frutos pequenos e doces. No entanto, as suas partes vegetativas têm vindo a ser descritas como fontes importantes de macro e micronutrientes e também de compostos fenólicos (procianidinas e derivados de ácido elágico e hidroxicinamoil) com elevada atividade antioxidante [1, 2]. A crescente procura por produtos naturais com valor nutricional e, simultaneamente, propriedades bioativas requer inovação na forma como se pode obter este tipo de produtos, nomeadamente protegendo as populações silvestres de onde são extraídos e evitando a competição directa com culturas utilizadas na alimentação humana [3] . A cultura de células e tecidos surge como uma técnica viável para a produção de metabolitos secundários, sendo por isso uma alternativa sustentável e ecológica para a obtenção de espécies em risco mas também para a preparação de extratos e compostos bioativos que possam ser, posteriormente, aplicados na área farmacêutica/médica e/ou na indústria alimentar (considerada segura pela FAO) [5]. No presente trabalho, as partes vegetativas de F. vesca foram obtidas em cultura in vitro e, posteriormente, caracterizadas em termos de macronutrientes (métodos AOAC), ácidos gordos (GC-FID), açúcares, ácidos orgânicos, tocoferóis e compostos fenólicos (HPLC acoplado a um detector RI, DAD, fluorescência e DADESI/ MS, respetivamente), como também em relação à sua atividade antioxidante. Estes estudos foram realizados a partir dO material vegetalliofilizado e de extratos hidrometanólicos e aquosos (infusões e decocções). No estabelecimento das culturas, realizaram-se repicagens com intervalos de 4 semanas. A cada repicagem, as partes vegetativas foram recolhidas e caracterizadas, tendo-se obtido maiores conteúdos em proteínas, ácidos gordos, açúcares, ácidos orgânicos (incluindo o ácido ascórbico) e tocoferóis (maioritariamente a-tocoferol) do que com nas partes silvestres recolhidas em campo e também estudadas pelo nosso grupo de investigação [2]. Para além destes resultados, os extratos hidrometanólicos das amostras obtidas por cultura in vitro revelaram maior atividade antioxidante do que as amostras de F. vesca recolhidas em campo [4]. Pelo contrário, apesar do perfil fenólico ser semelhante ao observado nessas amostras, foram detectadas menores concentrações de compostos fenólicos. Serão necessários estudos posteriores para averiguar se esta limitação na acumulação de compostos fenólicos poderá ser ultrapassada pela elicitação da cultura. Com este trabalho, pretendeu-se explorar a cultura in vitro como uma ferramenta biotecnológica muito interessante para obtenção de fitoquímicos com potencial aplicação em diferentes sectores industriais.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/14790







Variações anatómicas relacionadas com o nervo alveolar inferior e sua influência nas falhas anestésicas

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O bloqueio do nervo alveolar inferior convencional é a técnica mais comumente utilizada para obtenção de analgesia pulpar em dentes posteriores inferiores e na região posterior da mandíbula. Contudo, esta técnica possui altos índices de insucesso, e estas taxas tornam-se ainda menores quando se tratam de pulpites agudas. A correta identificação das causas da falha anestésica dentária é essencial para adoptar as medidas necessárias para um bloqueio anestésico bem-sucedido. Este trabalho apresenta uma revisão acerca dos fatores anatómicos associados às falhas anestésicas do bloqueio do nervo alveolar inferior, com ênfase no papel do plexo cervical na inervação acessória do bordo posterior da mandíbula, através do nervo cervical transverso e do nervo grande auricular; bem como o canal mandibular bífido e as suas diferentes configurações anatómicas. As opções terapêuticas e evidências científicas disponíveis para uma melhor abordagem do bloqueio do nervo alveolar inferior serão discutidas.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6369







Escalonamento de veículos para realizar visitas ao domicílio em Unidades de Saúde

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Atualmente, em Portugal, a população está cada vez mais envelhecida. Assim sendo, os serviços de prestação de cuidados de saúde ao domicílio estão a tornar-se numa importante área de investigação. As visitas ao domicílio têm vindo a crescer, de modo a proporcionar às pessoas incapazes de se mover até aos Centros de Saúde, um grande auxílio em tratar, cuidar e apoiar, procurando promover uma melhor qualidade de vida para estas pessoas. Este serviço de saúde é realizado por profissionais de saúde, normalmente, enfermeiros. Habitualmente, as visitas são planeadas manualmente e sem apoio computacional. Neste projeto pretende-se realizar o planeamento automático das visitas ao domicílio, da Unidade de Saúde de Bragança, uma vez que, nesta região o número de pessoas idosas está a aumentar. O objetivo deste trabalho consiste em minimizar o tempo máximo gasto pelos veículos que transportam os profissionais de saúde até às habitações dos pacientes com necessidade de tratamentos, de modo a reduzir-se custos destas operações. Para isso, foi desenvolvida e testada uma modelação matemática, em que foi aplicada a dois algoritmos, o Algoritmo Genético e o Algoritmo de Enxame de Partículas. Esta foi desenvolvida no software MatLab, permitindo resolver o problema eficazmente, onde se obteve soluções para cada dia da semana em estudo, 18 a 22 de abril de 2016. Em todos os escalonamentos obtidos pelos dois algoritmos, verificou-se uma grande melhoria, ou seja, uma redução do tempo total despendido pelos veículos, em relação aos escalonamentos desenvolvidos manualmente, pelo Centro de Saúde de Bragança.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/14789







O impacto dos alimentos e das bebidas na saúde oral dos adultos

22-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Objetivos A alimentação tem um papel fundamental na satisfação das necessidades biológicas e energé-ticas inerentes ao bom funcionamento do organismo que reflete no estado da cavidade oral. Para qualquer indivíduo, ter uma alimentação saudável não é apenas ter acesso aos alimentos e bebidas, mas também é necessário saber selecioná-los de forma a adaptá-los às diferentes necessidades no percurso das diversas fases da vida. Assim, os objetivos deste trabalho foram analisar as patologias orais que tiveram como principal fator de causa a ingestão de determi-nados alimentos e bebidas e verificar a sua influência na cavidade oral. Metodologia Realizou-se uma revisão de literatura científica, tendo por base o recurso a duas bases de pesquisa, nomeadamente a PubMed e a b-on, tendo-se utilizado as seguintes palavras-chave: “Food”, “Be-verages”, “Oral Health” e “Adults”. Do cruzamento das respectivas palavras-chaves resulta-ram 3546 artigos, dos quais 38 foram selecionados, de acordo com critérios de inclusão e de exclusão previamente definidos. Descrição As carências e manifestações nutricionais afetam as estruturas e a cavidade oral. Os micronu-trientes, de forma isolada ou em associação podem influenciar o estado periodontal e a saúde da mucosa oral. A frequência, sequência e o tempo em que os alimentos ingeridos permanecem na superfície dos dentes a interagir com as enzimas da saliva, podem alterar o pH e a saúde oral. Assim, para analisar o potencial erosivo de uma bebida, deve-se considerar além do pH, a acidez titu-lável e o conteúdo de cálcio e fosfato de sua composição. O chá verde, através da catequina epigalocatequina-3-galato mostrou-se efetivo no controlo de cáries ao reduzir a actividade enzimática da alfa-amilase no processo de formação de hi-dratos de carbono e em alguns estudos mostrou ação antimicrobiana contra alguns grupos de bactérias periodontais.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6368







Aprenda a ser mais assertivo e confiante na comunicação

21-Dezembro-2017 - universia.net



Algumas pessoas têm mais dificuldade em expressar-se, seja por timidez, seja por falta de confiança, no entanto, é tudo uma questão treino. REGISTE GRATUITAMENTE O SEU CURRÍCULO ENTRE AQUI Muitas pessoas têm dificuldade em fazer alguma sugestão no ambiente de trabalho. Seja por timidez ou insegurança em relação às suas ideias, há que combater estes sentimentos e o importante é encontrar formas de superar esse problema e conseguir desenvolver as suas competências profissionais. Quer saber mais? Consulte 6 maneiras para sugerir as suas melhores ideias no trabalho: > Não leve a peito as rejeições Não leve a peito as rejeições que lhe possam fazer no trabalho. Mesmo que a sua sugestão não seja aceite, não permita que isso o impeça de voltar a expressar a sua opinião.  não é porque hoje uma ideia não foi aceite por unanimidade que amanhã não vai ter uma ideia brilhante e revelar-se perante todos como um excelente profissional que é. Opte por conversar pessoalmente em vez de enviar e-mails Mesmo que se considere uma pessoa tímida não tenha receio de fazer as suas sugestões pessoalmente. Ao  expor pessoalmente as suas ideias utilizará o seu tom de voz, e que pode fazer toda a diferença para convencer alguém. O segredo é "ouvir mais e falar menos" Não passe o tempo todo a falar sobre as suas ideias, pois sujeita-se a provocar algum tipo de rejeição às suas sugestões, por excesso de pressão. Opte por sondar ao de leve o assunto e avance apenas caso a sua sensibilidade lhe diga que o assunto vai ser bem acolhido. Pratique a abordagem com questões mais banais Aproveite para ir praticando e aperfeiçoando a técnica com os seus amigos e familiares com situações banais. Se necessário, peça ajuda aos amigos ou familiares para analisar como poderá melhorar a forma de expor as suas ideias ou melhorar o discurso. Se necessário inclua outras pessoas da sua equipa Para que a sua ideia ganhe mais força e apoio, tente incluir outras pessoas da sua equipa no projeto . Explique-lhes de que forma poderão participar e de como o seu contributo poderá ser útil para incentivar o trabalho em equipa. Explique detalhadamente aquilo que deveria ser melhorado Regra geral , quando alguém faz uma sugestão no trabalho, o objetivo passa por melhorar algum aspeto específico. Assim sendo, ao expor as suas ideias deixe claro o que é que poderia ser melhorado com a sua sugestão para que todos possam compreender e apoiar o seu ponto de vista.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/12/21/1156665/aprenda-assertivo-confiante-comunicacao.html







Greve na distribuição começa amanhã. Empresas garantem funcionamento normal

21-Dezembro-2017 - publico.pt



A greve continua no fim-de-semana, vésperas de Natal, também com os trabalhadores das lojas Lidl, Minipreço, Pingo Doce e Continente.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/21/economia/noticia/greve-na-distribuicao-comeca-amanha-empresas-garantem-funcionamento-normal-1796910







Homem de 43 anos morre em acidente de trabalho em Coimbra

21-Dezembro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



Um homem de 43 anos morreu hoje, em Coimbra, após ter sofrido um acidente de trabalho numa fábrica de transformação de bagaço de azeitona, disseram à agência Lusa fontes dos[...] O post Homem de 43 anos morre em acidente de trabalho em Coimbra aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/homem-morre-acidente-trabalho-lagar-azeite-coimbra/







Meirelles diz que não conversou sobre mudança de rating do país com agências

21-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Após teleconferência com representantes das principais agências de classificação de risco, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (21) que não conversou sobre rebaixamento ou elevação da nota do Brasil. "[Não houve] nenhuma indicação no sentido nem um, nem outro. Evidentemente que seria normal que agências fizessem um relatório de atualização da situação brasileira. Tem muita coisa acontecendo", disse. "Mas, a movimentação de rating não foi discutida. Minha postura é de não influenciar o trabalho deles e nem ser influenciado por isso", enfatizou em coletiva de imprensa. Nesta quarta-feira (20), o ministro fez reuniões por teleconferência com representantes das agências Moodys, Fitch e Standard Poors. Após o anúncio do adiamento para fevereiro da votação, na Câmara dos Deputados, da reforma da Previdência, na última quinta-feira (14), a agência de classificação de risco Moodys soltou um alerta sobre o impacto da demora na votação na nota de crédito do país. No mesmo dia, o ministro disse que a equipe econômica não está aberta a novas negociações da reforma e que iria esclarecer a situação com as agências de rating . Para tranquilizar as agências, Meirelles disse que apresentou a condição fiscal e lembrou que o Brasil ainda pode adotar medidas, tanto no curto quanto no médio e longo prazo, para equilibrar as contas. "A questão fundamental é que existem medidas a serem tomadas. Existem medidas que estão sendo estudadas e que poderão ser tomadas, como neste ano, o contingenciamento", disse o ministro. Ele citou algumas possibilidades como contingenciamento do Orçamento em 2018, como ocorreu em 2017, e novas tributações para aumentar a arrecadação. "Sempre se pode aumentar impostos de outra área", diz e acrescenta: "Não temos, no momento uma decisão, vai aumentar o imposto tal. O que estou dizendo é que existem alternativas que vão ser estudadas pela Receita Federal", disse ao conceder entrevistas a jornalistas, na sede do PSD, ao qual é filiado. A pasta aposta no adiamento do reajuste dos salários dos servidores públicos federais e na tributação de fundos exclusivos . Caso essas medidas, que terão que ser decididas ainda em 2017, não vigorem, o ministro diz que há alternativas . Meirelles também se mostrou otimista em relação ao crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), que deverá fechar o ano, segundo previsão do governo, em 1,1%, o que deverá ter impacto na arrecadação. Além dessas medidas, segundo Meirelles, a reforma da Previdência foi a questão central das conversas. O ministro disse que justificou às agências o adiamento para fevereiro com o argumento de que haverá mais tempo para a discussão e convencimento dos parlamentares. "Concluiu-se que de fato o processo mais adequado é evoluir nesse trabalho e termos a votação com tempo e tranquilidade em fevereiro, que é momento ainda bastante adequado para que haja votação". Agências A classificação de risco por agências estrangeiras representa uma medida de confiança dos investidores internacionais na economia de determinado país. As notas servem como referência para os juros dos títulos públicos, que representam o custo para o governo pegar dinheiro emprestado dos investidores. As agências também atribuem notas aos títulos que empresas emitem no mercado financeiro, avaliando a capacidade de as companhias honrarem os compromissos. Atualmente, as três principais agências de classificação de risco Moodys, Fitch e Standard Poors mantém o Brasil dois níveis abaixo do grau de investimento com perspectiva negativa, com a possibilidade de rebaixamento a qualquer momento. O grau de investimento representa a garantia de que o país não corre risco de dar calote na dívida pública. Candidatura Meireilles conversou com a imprensa na sede do PSD, em Brasília. Antes da entrevista, foi exibido o vídeo de propaganda partidária que vai ao ar hoje à noite. Meirelles ocupa cerca de nove dos dez minutos totais da propaganda. Ele afirmou que ainda não tomou uma decisão sobre sua candidatura à presidência nas eleições de 2018 e que isso dependerá, além da disposição pessoal, da decisão do partido, de coligações partidárias, entre outras. A posição nas pesquisas também poderá ser levada em conta. "Tomarei a decisão no final de março, começo de abril, que é o prazo legal para isso. No momento, estou concentrado no meu trabalho como minsitro da Fazenda", disse Meirelles.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/meirelles-diz-que-nao-conversou-sobre-mudan%C3%A7a-de-rating-do-pa%C3%ADs-com-ag%C3%AAncias







Conselho de Ministros aprova salário mínimo e novas regras dos recibos verdes

21-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



Aumento salarial e novo regime contributivo dos trabalhadores independentes entram vigor em janeiro.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/_HqDyXmXOAA/salario-minimo-e-novas-regras-dos-recibos-verdes-aprovados-hoje-em-conselho-de-ministros-9002584.html







No Porto, a Cunha ´não fecha, não fecha´

21-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



A notícia caiu como uma bomba há dois meses. O dono do prédio onde a Confeitaria Cunha está há mais de 50 anos não queria renovar o contrato de aluguer. A cidade mexeu-se. A Cunha não deve fechar.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/PTvOZxVFO84/no-porto-a-cunha-nao-fecha-nao-fecha-9003308.html







Supermercados em greve na sexta-feira. Empresas garantem funcionamento normal

21-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



Os primeiros a parar serão os trabalhadores dos armazéns, aos quais se vão juntar os funcionários das lojas, no sábado e no domingo.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/QzaPSnR6vZY/supermercados-em-greve-na-sexta-feira-empresas-garantem-funcionamento-normal-9003447.html







Cidadãos vence eleições na Catalunha, mas independentistas mantêm maioria absoluta

21-Dezembro-2017 - sapo.pt



O partido constitucionalista Cidadãos está à frente nas eleições na Catalunha quando estão contados mais de 97% dos votos, mas os independentistas mantiveram a maioria absoluta parlamentar, com a formação liderada pelo ex-presidente catalão, Carles Puigdemont, em segundo lugar.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/internacional/artigo/cidadaos-vence-eleicoes-na-catalunha-mas-independentistas-mantem-maioria-absoluta_23441929.html







?Presidente dos CTT nega assédio moral aos trabalhadores

21-Dezembro-2017 - sapo.pt



Francisco Lacerda justifica o corte de 800 postos de trabalho com a necessidade de ajustar o negócio postal à digitalização.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/101326/presidente-dos-ctt-nega-assedio-moral-aos-trabalhadores?utm_source=rss







Trabalhadores da Autoeuropa aprovam nova greve em fevereiro -- Comissão de Trabalhadores

21-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/bVAM1ql5_gk/322724-trabalhadores-da-autoeuropa-aprovam-nova-greve-em-fevereiro-comissao-de-trabalhadores







CTT dizem que adesão à greve dos trabalhadores fica pelos 17%

21-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/eH_p2_Ep3L0/322720-ctt-dizem-que-adesao-a-greve-dos-trabalhadores-fica-pelos-17







Recibos verdes: empresas enfrentam nova taxa de custo ´imprevisível´

21-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



As empresas que a partir do próximo ano garantirem de mais de 50% do rendimento de um trabalhador independente vão pagar mais em 2019. Acima dos 80% a taxa duplica. Empregadores lamentam o agravamento de um custo que afirmam que não conseguem antecipar.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/seguranca-social/detalhe/recibos-verdes-empresas-enfrentam-nova-taxa-de-custo-imprevisivel







Os trabalhadores da Autoeuropa merecem horário zero

21-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Os trabalhadores da Autoeuropa marcaram nova greve para fevereiro de 2018. O argumento é o mesmo da anterior: não concordam com a laboração ao sábado e com a remuneração proposta.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/colunistas/camilo-lourenco/detalhe/os-trabalhadores-da-autoeuropa-merecem-horario-zero







Embraer e Boeing confirmam tratativas entre as empresas

21-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Fabricante do KC-390, Embraer estuda associação com a Boeing ( Divulgacao Embraer - Todos Direitos Rerservados) Em comunicado conjunto publicado pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (Securities and Exchange Commission), a Embraer e Boeing informaram hoje (21) que estão em tratativas a respeito de uma potencial combinação. De acordo com o texto, as bases da negociação ainda estão em discussão. Segundo o comunicado, não há garantia de que as conversações irão ter resultado efetivo. Não há garantias de que estas discussões resultarão em uma transação. Boeing e Embraer não pretendem fazer comentários adicionais a respeito das discussões, diz o texto. O comunicado informa ainda que a transação estaria sujeita à aprovação do governo e agências reguladoras do Brasil, bem como dos respectivos conselhos e dos acionistas da Embraer. De acordo com notícia do The Wall Street Journal, publicada hoje, a companhia americana pretende assumir o controle da Embraer. Segundo a reportagem, a Embraer receberia um ágio relativamente alto pelo negócio. Metalúrgicos A possibilidade da venda da empresa brasileira foi repudiada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região. Para a entidade, que representa os trabalhadores da companhia, a Embraer é estratégica para o país e não pode ser vendida para capital estrangeiro. Exigimos que o governo federal vete a venda e, enfim, reestatize a Embraer como forma de preservar e retomar este patrimônio nacional, destacou em nota. Segundo o sindicato, a Embraer emprega hoje cerca de 16 mil trabalhadores no Brasil. "[A empresa] já vinha adotando uma profunda política de desnacionalização da produção. A venda para a Boeing vai comprometer esses postos de trabalho e a própria permanência da fábrica no país. Mercado Após a confirmação pelas empresas da negociação em curso, as ações da Embraer na B3, antiga BM F Bovespa, terminaram o pregão com 22,5% de valorização, a maior do dia, custando R$ 20,20. O índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) fechou em elevação de 2,41%, aos 75.113,4 pontos.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/embraer-e-boeing-confirmam-tratativas-entre-empresas







Temer diz que Petrobras recuperou prestígio depois de ser quase “um palavrão”

21-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Novas plataformas garantirão aumento da produção da Petrobras ( Divulgação/Petrobras) O presidente Michel Temer aproveitou o evento de divulgação do Plano de Negócios e Gestão (PNG) da Petrobras para exaltar o trabalho de seu governo. O evento, no Palácio do Planalto, foi realizado para divulgar o plano lançado na manhã de hoje (21), no Rio de Janeiro. Segundo Temer, a empresa recuperou o prestígio depois de ser quase um palavrão. Há dois anos e meio atrás, a Petrobras era quase um palavrão. Porque ficou muito desmoralizada e o Pedro [Parente, presidente da estatal] conseguiu, patrocinado pelo Ministério de Minas e Energia, reerguer a Petrobras para que eu pudesse dizer exatamente essas palavras. Por isso nós cuidaremos para que a Petrobras permaneça como uma referência de profissionalismo no Brasil e no mundo. O presidente deixou no passado os escândalos de corrupção na estatal e elogiou o PNG. Sobre o plano, Temer disse que não é um plano populista, seguindo a linha do seu governo. Se no passado houve abusos na Petrobras, eles foram expungidos, eliminados. E permitem ao Pedro [Parente] e ao Fernando [Coelho Filho, ministro de Minas e Energia] apresentar um plano de trabalho com bilhões [de reais] em investimentos. E não é um plano populista, para amanhã ou depois. Vai de 2018 a 2022. É um plano responsável, como tem sido responsáveis os atos do governo. Ao fazer um balanço financeiro e administrativo da companhia, o presidente da Petrobras, Pedro Parente, disse que a iniciativa de incorporar o valor dos riscos ao fluxo de caixa aumenta a previsibilidade das ações de gestão da estatal. Dentre as novas estratégias que serão introduzidas, Parente ressaltou o objetivo de reduzir as emissões de baixo carbono a partir do próximo ano. Após o evento, Parente explicou a promessa do plano de negócios da estatal de aumentar a produção sem que isso gere um crescimento nos custos operacionais. A projeção é de que no ano que vem se produzam 2,7 milhões de barris por dia, e a expectativa é de que o número chegue em 3,5 milhões em 2022. Vamos colocar em produção oito novos sistemas, que já estão quase prontos. Portanto, já existem investimentos passados, anteriores ao plano, que levam tempo a serem concluídos, e que nos permitem colocar em produção um grande número de campos. Isso permite que com o mesmo número de investimentos [de 2017], vamos aumentar de forma relevante [a produção], explicou, referindo-se às oito novas plataformas de produção que vão começar a operar. Sobre as expectativas do preço do barril n mercado internacional, Pedro Parente disse que a projeção de US$ 73 em 2022 está dentro das previsões do mercado. Nós sabemos que temos que estar preparados para a volatilidade de preços, não apenas da taxa de câmbio, mas também do preço do petróleo, isso significa estar em condições de adotar medidas que sejam eventualmente necessárias diante de circunstâncias que possam colocar em risco o atingimento da nossa meta, disse. Durante a cerimônia, o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, elogiou a autonomia dada à Petrobras nos últimos meses para que ela pudesse se concentrar na geração de empregos e energia, gerando crescimento. Quando essas condições foram dadas de forma clara à empresa, o resultado está aqui, muito investimento, uma completa reformulação de políticas da empresa, para a gente poder voltar a ver a Petrobras participando em pé de igualdade e liderando, em muitos casos, a exploração e produção de óleo e gás no país, e é o que nós queremos, disse.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/temer-diz-que-petrobras-recuperou-prestigio-depois-de-ser-quase-um-palavrao







Continente Modelo Vale do Sousa celebra 10 anos

21-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há uma década que a região de Vale do Sousa recebeu o Continente Modelo. Desde 31 de dezembro de 2007 que a população de Paços de Ferreira conta com o Continente na Rua S. Domingos, no Centro Comercial Ferrara Plaza e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 74 colaboradores. Carlos Monteiro, diretor da Loja Continente Modelo Vale do Sousa, refere que “há uma década acreditamos que Paços de Ferreira, nesta região de Vale do Sousa, era o local certo para investir, tendo em conta o potencial da região. Uma década é um marco importante para nós, que demonstra



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-vale-do-sousa-celebra-10-anos,c636493773600000000







Continente Torres Novas celebra uma década

21-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há 10 anos que Torres Novas recebeu o Continente. Desde 31 de dezembro de 2007 que a população de Torres novas conta com o Continente na Rua da Tonova e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 128 colaboradores. Luís Estevão, diretor da Loja Continente Torres Novas, refere que “desde 2007 que acreditamos no investimento em Torres Novas e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora 10 anos, uma década o que traduz a forte presença que temos na



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-torres-novas-celebra-uma-decada,c636493768730000000







O que se sente ao volante de um CUPRA R?

21-Dezembro-2017 - cision.com



/          O piloto e embaixador da SEAT, Jordi Gené, descreve as primeiras sensações ao volante do novo Leon CUPRA R /          Com 310 CV, o modelo de série mais potente da marca destaca-se pela sua agilidade, dinamismo e segurança /          As novas peças e detalhes em fibra de carbono contribuem para melhorar a carga aerodinâmica em 12,5% Martorell, 20/12/2017.– O rugido do motor interrompe o silêncio da manhã. Numa estrada de curvas encadeadas fechada ao trânsito passa o novo SEAT Leon CUPRA R, o modelo mais potente da marca. Ao volante, o piloto Jordi Gené descreve as sensações ao



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/seat-portugal/r/o-que-se-sente-ao-volante-de-um-cupra-r-,c636493767000000000







Continente investe 5M€ em Darque - Viana do Castelo e cria 60 novos postos de trabalho

21-Dezembro-2017 - cision.com



· Investimento compreende a criação de 60 postos de trabalho · A loja conta com 1558 m2 de área comercial · Para assinalar a abertura, o Continente vai distribuir fruta no dia da inauguração do espaço e lança campanha de 10% de desconto em cartão O Continente inaugura hoje uma nova loja em Darque – Viana do Castelo, com 1558 m2, que traduz um investimento de 5 milhões de euros e a criação de 60 postos de trabalho. Com esta nova loja, o Continente passa a dispor de sete espaços no distrito de Viana do Castelo. Esta nova loja vai disponibilizar uma vasta gama de produtos,



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-investe-5m--em-darque---viana-do-castelo-e-cria-60-novos-postos-de-trabalho,c636493660210000000







Exploratório e Aposénior apresentam projeto conjunto ´Avós Cientistas´

21-Dezembro-2017 - cision.com



"Avós Cientistas" é o nome do novo projeto do Exploratório, desenvolvido em parceria com a Aposénior. Trata-se de um curso de formação dirigido a seniores, que pretende aproximar este público de contextos científicos e lúdicos. A apresentação do projeto decorreu esta tarde no Exploratório. Desenvolvido em parceria com a Universidade Sénior Aposénior, o Exploratório – Centro Ciência Viva Coimbra lança hoje o novo programa “Avós Cientistas”.  O curso de três meses conta com sessões presenciais quinzenais, alternadas com sessões online, e decorre de 10 de janeiro a 28 de março, entre as 14h30



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/exploratorio/r/exploratorio-e-aposenior-apresentam-projeto-conjunto--avos-cientistas-,c636493580310000000







Costa avisa que quer concertação mas rejeita ´regateio social´ dos baixos salários

21-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



O primeiro-ministro advertiu esta quarta-feira as confederações patronais de que o Governo defende a concertação, mas rejeita o "regateio social", sustentando a tese de que as empresas nacionais só serão competitivas a prazo se fixarem emprego de qualidade.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/politica/detalhe/costa-avisa-que-quer-concertacao-mas-rejeita-regateio-social-dos-baixos-salarios







Educação literária e representações da leitura: itinerários de formação de professores

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este estudo tem como objetivo investigar as representações da leitura e da educação literária de futuros professores e o seu contributo para o repensar da sua formação. Participaram 4 estudantes inscritos na unidade curricular de Prática de Ensino Supervisionada em Educação de Infância e 1.º Ciclo do Ensino Básico III (2015-2016). Foram analisadas: i) 52 planificações individuais, incidindo nos domínios da Leitura e Escrita e da Educação Literária; ii) 8 registos de observações em contexto de supervisão. As representações da leitura e da educação literária dos estudantes revelaram a necessidade de rever os seus itinerários de formação.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.19/4755







Interculturalidade e inclusão: o contributo das práticas de leitura na Educação Pré-Escolar

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Neste estudo procuramos compreender o contributo das práticas de leitura no jardim de infância para a edificação de trajetórias literácitas propiciadoras da promoção da interculturalidade e da inclusão, face aos objetivos traçados no âmbito do domínio da Linguagem Oral e Abordagem à Escrita (conciliando-o transversalmente com a área de Formação Pessoal e Social). A nossa análise incide em dois livros: Dançar nas nuvens, de Vanina Starkoff e Como Tu, de Ana Luísa Amaral, contemplando: i) os elementos paratextuais; ii) os temas; iii) o papel do/a educador/a na sua mediação. Destaca-se a importância de práticas de leitura precoce.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.19/4756







Diagnóstico gerontológico da união de freguesias de Rio Mau e Arcos: da concepção do diagnóstico gerontológico à elaboração do plano de intervenção

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A evolução demográfica verificada na União de Freguesias de Rio Mau e Arcos como consequência do aumenta da longevidade, da diminuição significativa da natalidade associado ao fenómeno da emigração da população jovem tem conduzido estas Freguesias do concelho de Vila do Conde a uma estrutura etária caracterizada por um elevado envelhecimento demográfico. Para além disso, a ausência de equipamentos sociais e a escassez de projectos direccionados a esta faixa etária, reforçam o facto de uma parte significativa destes indivíduos possam encontrar-se numa situação de isolamento, e a viver a velhice como uma fase de empobrecimento material, cultural e simbólico. Neste contexto, emerge a necessidade de implementação de respostas adequadas às necessidades e expectativas da população idosa residente neste território local. Assim, o presente trabalho de projecto visa contribuir para uma maior compreensão deste problema social. Primou por um conhecimento o mais completo possível da situação objecto de estudo, através da elaboração do Diagnóstico Gerontológico que constituiu uma das ferramentas teórico-metodológicas mais importantes para nos aproximarmos do conhecimento da realidade. Este instrumento apoiou-se na análise dos resultados de um inquérito por questionário administrado na União de Freguesias a uma amostra de 258 indivíduos (N=258) não institucionalizados, com idade igual ou superior a 65 anos (média=74, D.P.= 6.8). Para o tratamento dos dados recorremos ao programa estatístico (IBM SPSS), versão 23.0 para Windows (SPSS Inc. Chicago, EUA) com vista a descrever e a caracterizar a amostra em estudo. Os resultados revelaram diferentes necessidades: (1) diminuição dos recursos económicos com a passagem à reforma (especialmente nas mulheres); (2) elevado risco de isolamento social e de solidão; (3) baixa participação em actividades promotoras de sociabilidades; (4) baixa participação em actividades físicas e cognitivas estimulantes e (5) fraca participação social. No projecto de intervenção definiram-se dois planos de acção: o primeiro visa a criação de um Centro de Dia e de um S.A.D. e, o segundo insere-se na área do desenvolvimento local e da animação sociocultural. Para o efeito, mobilizamos a metodologia de projecto respeitando criteriosamente todas as fases a esta subjacente (Diagnóstico, Planeamento, Aplicação/Execução e Avaliação).



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19765







O Estágio Curricular Supervisionado e o Programa Brasileiro de Iniciação à Docência: Convergências, tensões e contributos

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O texto tem origem em pesquisa que focaliza o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica a Docência (PIBID), desenvolvido no Brasil. Objetivou analisar tensões e convergências do PIBID e do Estágio Curricular Supervisionado (ECS), assim como identificar possíveis contribuições do PIBID para os Licenciandos Bolsistas do PIBID (LBP) na fase do ECS nas diferentes licenciaturas, observando-se as atividades dos coordenadores de área nesse processo. O eixo teórico que norteia este estudo é a formação de professores, no âmbito mais específico do PIBID e do ECS das Licenciaturas, tomando-se como referência teórica especialmente autores brasileiros e portugueses. Adotou-se na metodologia a abordagem qualitativa, concretizando-se em estudo de caso, apoiando-se em análise documental e entrevistas narrativas de nove LBP e três coordenadores de área dos cursos de Química, Biologia e Matemática, de um Instituto Federal de Ciências, Educação e Tecnologia. Os resultados apontaram que os LBP se destacaram no ECS, sinalizando que este programa contribui no processo reflexivo dos estagiários. Evidenciaram-se também aproximações e fragilidades entre estes dois momentos formativos no que se refere às suas finalidades, operacionalização e processo de supervisão, de que se ressaltam algumas tensões, resultantes, sobretudo, do perfil dos formadores, os quais nem sempre possuem formação para o exercício da função de supervisores, o que prejudica a sua ação supervisiva.Palavras-chave: Formação Inicial de Professores; PIBID; Estágio Supervisionado ABSTRACTThe text has its origin in research that focuses on the Institutional Program of Scientific Initiation to Teaching (PIBID), a program developed in Brazil. The goal was to analyze tensions and convergences of PIBID and Supervised Curricular Internship (SCI), as well as to identify possible contributions of PIBID for the Graduated Grant Holders of PIBID (GGH) in the SCI phase in different degrees, analyzing activities of area coordinators in this process. The theoretical axis that guides this study is teacher education, in the more specific scope of PIBID and SCI of Graduations, drawing mainly from Brazilian and Portuguese authors. A qualitative approach was adopted, materializing in a case study, supported by documental analysis and narrative interviews with nine GGHs and three area coordinators of Chemistry, Biology and Mathematics courses, from a Federal Institute of Sciences, Education and Technology. The results showed that the GGHs excelled in SCI, indicating that this program contributes to the reflexive process of trainees. It also evidenced the approximations and weaknesses between these two formative moments in terms of their purposes, operationalization and supervision process. The results highlight some tensions, mainly resulting from the training teachers’ profiles that are not always qualified to exercise the function of supervisors, which impairs their supervisory action.Keywords: Initial Teacher Education; PIBID; Supervised Practicum 



Link para o texto completo:
 
http://revistas.rcaap.pt/rpe/article/view/10228







Bournout em Enfermeiros Portugueses: uma Revisão Integrativa

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Introdução O Burnout, uma síndrome de esgotamento relacionado com o trabalho, caracterizado por exaustão emocional, despersonalização e falta de realização pessoal, afeta de forma significativa a saúde do trabalhador, a sua qualidade de vida e bem-estar psicológico, bem como o seu desempenho profissional. Objetivo Este estudo tem como objetivo reunir e sintetizar os resultados publicados sobre este tema em enfermeiros portugueses, nos últimos dez anos. Metodologia Trata-se de uma revisão bibliográfica integrativa, com pesquisa realizada na b-on, utilizando os descritores "burnout", "enferm*" e "port*". Resultados Os resultados encontrados mostram uma discrepância muito grande na prevalência de Burnout, podendo variar entre 5 a 50%. O único estudo de âmbito nacional incluído nesta análise, com uma amostra de 1262 enfermeiros, revelou uma percentagem de 49,4%. As diferenças encontradas podem estar relacionadas não só com as características amostrais, mas também com o facto de se verificar que, apesar de todos os estudos utilizarem o Maslach Burnout Inventory (MBI), foram utilizadas diferentes versões e critérios de medida. Os resultados parecem corroborar a relação negativa entre a idade e experiência profissional com o Burnout, ou seja, os mais jovens apresentam maior prevalência desta síndrome. Conclusão Apesar de este ser um fenómeno já muito estudado em enfermeiros portugueses, bem como as principais variáveis individuais e organizacionais associadas, os estudos disponíveis são geralmente de carácter descritivo e correlacional, sendo importante o desenvolvimento de estudos de intervenção. Para o desenvolvimento do conhecimento e para que esta síndrome não afete nem os profissionais nem os utentes por eles cuidados, são essenciais estudos focados quer na prevenção, quer no seu tratamento precoce.



Link para o texto completo:
 
http://web.esenfc.pt/?url=nCRsAUWn







The portuguese economy investment & development

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O Consumo sempre representou uma parcela muito significativa da composição do PIB. ? O crédito ao consumo tem sido um fator de aceleração do mesmo. ? Como promotor da criação de emprego o crédito ao consumo deveria ser usado especialmente em momentos de desaceleração da economia no sentido de evitar a queda daquele. ? Quando se combina a restrição do crédito ao consumo com políticas e ciclos de contração económica o efeito tende a ser devastador para o emprego. ? Mas a recuperação económica através do consumo não parece ser a ideal nem para o emprego.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/11144/3371







A utilização da metodologia de investigação-acção na intervenção social: uma reflexão teórica

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Compreender a realidade que nos rodeia assume-se como uma tarefa fundamental para todo e qualquer trabalhador social. Nesta óptica, a metodologia da investigação-acção, enquanto forma de abordagem e de conhecimento da realidade social, apresenta alguns aspectos inovadores sobre os quais vale a pena reflectir.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10071/14785







Functional characterization of novel BRI2 and BRI3 complexes

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A BRI2 e a BRI3 são proteínas transmembranares de tipo II cujas funções fisiológicas ainda não se encontram bem caracterizadas. Duas mutações autossómicas dominantes no gene BRI2 estão na origem de duas formas de demência rara: Demência Familiar Britânica e Demência Familiar Dinamarquesa. Estas partilham características clinicas e neuropatológicas com a doença de Alzheimer, nomeadamente deposição de proteínas anormais no cérebro. Apesar de nunca ter sido associada a qualquer doença, a BRI3 está enriquecida no sistema nervoso central o que sugere que possa ter uma função neuronal. Interações proteína-proteína têm adquirido uma importância crescente no estudo de funções de proteínas e vias de sinalização subjacentes. Neste trabalho, foram identificadas novas interações entre a BRI2 e a proteína fosfatase 1 (PP1), bem como entre a BRI3 com a PP1. A PP1 é a uma importante fosfatase serina/treonina presente em organismos eucariotas, onde se estima que seja capaz de catalisar a maioria dos eventos de defosforilação. Adicionalmente, determinámos a BRI2 e BRI3 como substratos da PP1, e identificámos os motivos RVxF presentes nos seus N-terminais como responsáveis pela ligação à PP1. A relevância fisiológica do complexo BRI2:PP1 foi investigada, e demonstrámos pela primeira vez que a fosforilação da BRI2, nomeadamente a defosforilação pela PP1, é um mecanismo de regulação do seu processamento proteolítico. Estabelecemos ainda uma relação entre os níveis de fosforilação da BRI2 com a diferenciação de processos neuronais, onde a fosforilação da proteína total parece estar envolvida no surgimento de processos neuronais, enquanto o fragmento Nterminal resultante do seu processamento parece estar relacionado com o elongamento e estabilização dos processos neuronais. No decorrer do trabalho, identificámos e caracterizámos os interactomas das proteínas BRI2 e BRI3 em cérebro, recorrendo a co-imunoprecipitações e identificação das proteínas por espectrometria de massa. Análise in silico do interactome da BRI2 reforçou os nossos resultados sugerindo um papel para esta proteína na diferenciação neuronal, e vários mecanismos subjacentes foram evidenciados. Adicionalmente, a análise dos interactomas localiza ambas proteínas na sinapse (pré e pós-sinapse). Esta evidência juntamente com a descoberta de interações com proteínas estruturais destes compartimentos celulares, nomeadamente a PSD-95, sugere um papel importante para ambas as proteínas em sinalização e transmissão sináptica. Assim, os nossos resultados compreendem informação importante para estudos futuros acerca da biologia das proteínas BRI2 e BRI3, e mecanismos celulares envolvidos, bem como na sua associação com o desenvolvimento de neuropatologias.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/21229







O consumo, produção, filtragem e recirculação de notícias locais como parte da sociabilidade da geração Y no facebook

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Estamos na era da informação que se tornou ubíqua. As pessoas agora a acessam por vários formatos, plataformas, e dispositivos inumeráveis. A lealdade com uma determinada organização de notícias ou meio tecnológico para consumir notícias já não é tão óbvio. É a nova ecologia comunicacional sendo construída a partir das técnicas e plataformas digitais. A proposta deste trabalho é contribuir para um melhor entendimento desse contexto comunicacional inédito, característico do século XXI, e esta pesquisa trata sobre as relações de consumo, apropriação, produção e difusão de informação local que se apresentam nas redes sociais online sob a forma de interações sociais. Por suas caracterísiticas inovadoras, no sentido de responder por um momento de transição social, percebeu-se que a mudança do contexto comunicacional está diretamente relacionada à questão geracional e que pessoas da geração Y são o centro dessa passagem de costumes. São indivíduos extremamente hábeis com as tecnologias de comunicação digital e dispõe de uma gama de dispositivos móveis para se conectar em tempo real e em mobilidade, demonstrando que a ecologia midiática contemporânea é fundada também em outra dinâmica social: a do fluxo comunicacional vinculado a sociabilidade por ligações em redes sociais na internet. Este processo em construção induziu a outra reflexão sobre o papel dessas comunicações, que fogem ao padrão tradicional, na formação do engajamento cívico que tem sua base social representada na informação local que abastece a comunidade de capital social. Ou seja, este trabalho teve como objetivo refletir sobre notícias locais nas mídias sociais, pois sabe-se que a comunicação local, apesar dos conceitos recentes de globalização e desterritorialização que colocam as notícias comunitárias em outro patamar de construção, ainda é fundamental para o desenvolvimento das comunidades e sociedade, enfim, das relações entre as pessoas. A metodologia para coleta de dados foi a quantitativa no contexto da etnografia digital e o corpus foram os imigrantes brasileiros em Portugal por serem pessoas em mobilidade e que representam o conceito de valorização das notícias locais no contexto da comunicação digital que vem se fortalecendo mesmo à distância em função da internet.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.6/4392







Adequação das atividades de enriquecimento curricular para alunos com deficiência cognitiva e/ou motora

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A educação não se pressupõe somente de sucessos e aprovações. Muitas vezes, no decorrer do ensino, deparamo-nos com problemas que deixam os alunos “petrificados” perante o processo de ensino-aprendizagem formal. Perante esta realidade, o Ministério da Educação em julho de 2006, numa época de grande instabilidade financeira e concomitantemente social, implementa as Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC) nas Escolas Básicas do 1º ciclo. Esta iniciativa provocou uma alteração relevante na vida das escolas e especificamente na dos alunos, permitindo assim, fazer face às dificuldades mencionadas, favorecendo de uma forma concreta as aprendizagens. Passado alguns anos das AEC estarem em prática, continua a existir pouca pesquisa sobre o contributo destas atividades, sendo assim considerado pertinente refletir e indagar sobre o seu funcionamento, abarcando especificamente o grau de adequação destas, às características de crianças com necessidades educativas especiais, especificamente no domínio da deficiência cognitivo/motora. Para sustentar este trabalho foram efetuadas pesquisas de âmbito teórico sobre esta temática e um estudo baseado em factos reais vivenciados num agrupamento de escolas pertencente ao distrito do Porto. Utilizamos como metodologia de investigação, uma abordagem qualitativa, recolhendo informação nos documentos internos referentes ao agrupamento de escola em estudo e uma abordagem quantitativa, através da elaboração e aplicação de inquéritos por questionário, aplicados aos docentes titulares de turma e docentes das AEC. Com este estudo, procuramos analisar se existe uma articulação entre os Docentes Titulares de Turma e os Docentes das AEC e, paralelamente, com os Encarregados de Educação, bem como perceber qual o contributo das AEC para uma estimulação, de forma íntegra, dos alunos com as problemáticas supracitadas ou aquilo que ainda é necessário empreender para potenciar um funcionamento com condições credíveis.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/11328/2027







Perspetivas sobre o género na história da antropologia cultural

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente texto aborda, numa ótica histórica, o estatuto das mulheres na antropologia, por um lado como objetos de estudo e, por outro, como profissionais nesse ramo científico. Nas ciências sociais, durante muitas décadas, os estudos focaram-se na vida dos homens e na perspetiva masculina – interpretadas como representativas da sociedade no seu todo. As mulheres, quando recebiam atenção na antropologia, muitas vezes eram apresentadas como seres distintos da norma. Contudo, nem sempre foi assim: em vários estudos do período clássico da antropologia o mundo e as atividades das mulheres têm um lugar central. Na última parte do texto discute-se a vida e o trabalho de algumas antropólogas da primeira metade do século XX e os efeitos aparentes do ser mulher na sua carreira académica. This text discusses, in a historical perspective, the status of women in anthropology, on the one hand as objects of study and, on the other hand, as professionals in this discipline. In the social sciences, for many decades, attention was directed to the life of men and the male perspective – interpreted as being representative of the society at large. When women received attention in anthropology, they were often presented as being intrinsically different from the norm. However, in some studies of the classical period of anthropology, the world and the activities of women had a central place. In the last part of the text, life and work of some female anthropologists of the first half of the twentieth century are discussed, as well as the effect their female condition may have had on their academic career.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.6/4516







O Processo Contabilístico e Fiscal numa empresa de prestação de serviços na área da contabilidade

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório de estágio profissionalizante tem como objetivo dar cumprimento ao n.º 1 do artigo 9º do Regulamento de Inscrição, Estágio e Exame Profissional da Ordem dos Contabilistas Certificados (OTOC, 2010), correspondendo ao plano de estágio na “CCTOC - Serviços de Contabilidade, Consultadoria e Assessoria Fiscal, Lda.”, que presta serviços de contabilidade, fiscalidade e consultadoria. Complementarmente pretende-se, por um lado, discutir as experiências e competências adquiridas ao longo do estágio profissionalizante e, por outro lado, demonstrar a capacidade de identificação e desenvolvimento de soluções, de reflexão sobre as ações realizadas e suas implicações éticas e sociais e de comunicação das conclusões a apresentar. Metodologicamente, esta investigação desenvolveu duas abordagens complementares: a revisão bibliográfica, na análise teórica; e o caso de estudo, na análise prática. A revisão bibliográfica proporcionou uma visão abrangente de investigações científicas no âmbito da contabilidade e da fiscalidade, bem como da legislação promulgada. O caso de estudo, relativo à empresa-cliente da “CCTOC, Lda.”, ou seja a “Residência, Lda.”, que corresponde a uma instituição de apoio social para pessoas idosas, com alojamento, centrou-se nas dinâmicas necessárias para que o cumprimento do n.º 1 do artigo 9º do Regulamento de Inscrição, Estágio e Exame Profissional da Ordem dos Contabilistas Certificados (OTOC, 2010) possa ser uma realidade. As atividades desenvolvidas durante o período de estágio permitiram vivenciar a receção, organização, separação e contabilização de documentos contabilísticos, para além dos procedimentos inerentes ao processamento de remunerações, ao apuramento dos impostos, às operações de encerramento de contas e à elaboração do “dossier fiscal”, sempre no cumprimento dos requisitos de conduta ética e deontologia profissional. Também a análise dos rácios e indicadores mais relevantes, tendo por base as demonstrações financeiras da “Residência, Lda.” no período de 2013 a 2015, em paralelo com uma análise da contabilidade analítica, permitiu desenvolver uma análise financeira crítica e proativa.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10314/3827







Desenvolvimento de um queijo de cabra serrana picante de pasta semi-dura: do fabrico à análise sensorial

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente trabalho centra-se no desenvolvimento de um queijo de cabra picante, de pasta semi-dura, cujo processo se desenvolveu de forma transversal, desde a fase de recepção da matéria prima até a validação qualitativa por análise sensorial. O queijo foi desenvolvido nos Laboratórios de Tecnologia Alimentar e de Análise Sensorial da Escola Superior Agrária do Instituto Superior Politécnico de Bragança, com o apoio dos Laboratórios de Microbiologia, Físico-química, bem como a colaboração imprescindível da LEICRAS. O queijo foi produzido com leite de cabras da raça Serrana da região de Bragança, com o leite recolhido no decurso do mês de Fevereiro de 2015. Determinaram-se os principais constituintes do leite em percentagem: Proteína 4.15 ± 0.2, Gordura 5.48 ± 1.54, Lactose 4.34 ± 0.05 e pH 6.68 ± 0.1. O consequente acompanhamento do processo, recolha e análise de leite nos meses de Abril, Maio e Setembro evidenciou uma variabilidade significativa na qualidade do leite ao longo do ano, sendo expectável que entre estações/épocas de alimentação extremas, a proteína possa variar em 0.34% e a gordura 1.77%. Os parâmetros microbiológicos quantificados estavam dentro dos parâmentros exigidos pela legislação, designadamente os microrganismos mesófilos, bolores e leveduras, Staphylococcus aureus, enterobácterias (E. coli), psicrófilos, esporos de clostrídios redutores e a presença da Listeria monocytogenes e Salmonella spp. A contagem de células somáticas se encontrou abaixo dos limites legais estabelecidos. Foram necessários 8.7 litros de leite por kg de queijo pesado aos 61 dias de cura. Durante o processo de cura a massa de queijo perdeu 41% do seu peso. A análise sensorial foi efetuada por um painel de 6 provadores qualificados e os queijos produzidos, apresentaram uma forma regular e, quando pressionados na superfície com o polegar, apresentaram uma consistência firme. As faces apresentaram-se sempre regulares e com pouca rugosidade. O aspecto foi agradável. A pasta apresentou-se com um número muito reduzido de olhos, e uma cor atrativa. Em relação à presença de defeitos, foram quase imperceptíveis e não apresentaram alterações significativas em todos os queijos analisados. Os queijos, independentemente do tratamento, apresentaram uma forma muito agradável, com arestas e bordos bem marcados, bem como faces direitas. Os sabores e sensações trigeminais avaliados foram muito equilibrados e valorizaram de forma muito positiva os queijos do ensaio. De um modo geral, os provadores conseguiram distinguir os diferentes tratamentos, sendo que os queijos em que foi adicionado o picante na forma picada foram mais agradáveis, em todas as concentrações (Mnd=3), em comparação com os queijos com o picante adicionado na forma moída (Mdn =4), ?2(19)=79.235, p<0.0005. As diferenças percepcionadas permitiram selecionar o queijo em que a malagueta foi adicionada na forma picada ?2(19)=40.948, p<0.0005, e foi possível descriminar qual a concentração de malagueta adequada. A malagueta, administrada em três concentrações, e sob duas formas distintas, picada e moída, proporcionou um valor discriminativo à cor da pasta e da crosta assim como à percepção da intensidade do picante. Comprovou-se que a percepção de picante é muito superior quando a malagueta é administrada, na mesma concentração, sob a forma moída comparativamente à forma picada. A administração da malagueta na forma moída é igualmente interessante contudo, constatou-se que o nível máximo de concentração a utilizar deve situar-se abaixo da concentração mínima aplicada no ensaio



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/14776







Didática do Ensino Superior: Identidade e fazer docente

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Atualmente, uma das críticas mais comuns dirigidas ao curso de nível superior diz respeito à didática de seus docentes, ou melhor, dizendo, à falta dela. Desta forma, por tais razões, este trabalho busca trazer uma reflexão sobre a importância das orientações da didática na formação dos docentes nesse nível de ensino. A escolha do corpo docente é muito importante para desenvolve e auxiliar os discentes nas tarefas que devem ser direcionadas e entregues. Tradicionalmente, a formação dos profissionais do nível superior está baseada em metodologias tradicionais de ensino, que não, obrigatoriamente, contemplam as crescentes mudanças metodológicas de ensino e aprendizagem focadas nos alunos. Hoje, a prática do ensino em sala de aula reflete uma realidade transformadora e inovadora que de tempos em tempos, e por mais que se modifiquem as leis educacionais, bem como as ferramentas utilizadas na ação por meio desses profissionais, ainda vem sendo um motivo de discussão constante. O trabalho desenvolvido, além de apresentar os aspectos didáticos propriamente ditos para a atividade docente, apresenta, também, alguns elementos de reflexão para ajudar o professor a obter alternativas mais adequadas para cada situação, mediante uma pesquisa realizada com os alunos do Ensino Superior de diversos cursos, período e idades diferentes, alternando entre os sexos masculino e feminino. Os alunos foram escolhidos aleatoriamente, por meio de indicação de colegas. Os dados foram coletados por meio de questionários com foco no perfil docente, métodos de avaliação, estratégias de ensino na capacitação dos professores para a utilização das diferentes ferramentas corretamente em sala de aula. Os resultados das análises apontam que não há forma única, nem um único modelo de educação, mas há vários métodos que podem ser seguidos para que as ações dos professores sejam aplicadas de maneira satisfatória. Por fim, entende-se que a realidade educacional sofre constantemente alterações, e tal dinâmica exige adaptações de ordem curricular e metodológica. Não basta o professor ter habilitação na área de ensino, mas também é necessário que haja entusiasmo, otimismo, crença nas possibilidades do aluno, ser capaz de exercer uma influência benéfica em cada aluno, pois, assim, cada um desses alunos será encorajado a fazer o melhor. O clima da classe torna-se saudável, a imaginação criadora emerge espontaneamente e atitudes construtivas tornam-se a tônica do comportamento da aula como grupo.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10884/1150







Ensino da matemática no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário: Dossier de estágio

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



0.Introdução O presente trabalho é realizado no âmbito do Estágio em Ensino da Matemática do 3º ciclo do Ensino Básico e Secundário, sendo a primeira parte do relatório do mesmo estágio. A primeira parte consiste na caracterização do ambiente de ensino/aprendizagem de escola e turma escolhidas para realização do referido estágio. Assim a escola escolhida para o efeito foi a Escola Secundária Fontes Pereira de Melo, que neste trabalho é caracterizada, bem como é caracterizado o meio socioeconómico e cultural da mesma. A turma escolhida foi a turma D do 7º ano da qual é também feita a caracterização. Na segunda parte, é feita a planificação anual integral e uma planificação total das unidades de matemática do 7º ano. Esta planificação das unidades abrange a totalidade das unidades a lecionar durante o ano, uma vez que, aquando da realização do presente trabalho de estágio, não estavam decididas as unidades abrangidas nas aulas a serem lecionadas pala estagiária.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/11328/2026







EFACEC – RGV Simulator

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Os constantes avanços tecnológicos levam à construção de sistemas mais complexos e mais flexíveis. O mundo da Automação Industrial não é exceção e os sistemas desenvolvidos neste âmbito são complexos, ao ponto de se tornarem difíceis de prever o funcionamento, ainda na fase de conceção. A presente Tese propõe a criação de um simulador que preveja o funcionamento dos circuitos de Veículos Guiados por Carril (RGV) e que auxilie o especialista na configuração e correção do programa Master Controller, o “cérebro” dos RGVs. O simulador permitirá determinar o grau de performance dos sistemas de RGVs em fase de projeto, e ajudará a criar sistemas mais robustos por permitir o teste intensivo antes da instalação. A criação do simulador tornará a permanência de pessoal especializado no local da instalação mais curta e possibilitará a libertação desses recursos de forma a alocá-los a novos projetos, reduzindo assim os custos da empresa. Para desenvolver o simulador, utilizou-se o Blender, uma plataforma de criação de aplicações 3D que tem Application Programming Interface (API) em Python. Foram desenvolvidos modelos que representam os equipamentos reais e módulos que auxiliam a troca de informação entre computadores e Controladores Lógicos Programáveis (PLC) da marca Siemens, que leem desenhos AutoCAD e os traduzem em mundos simulados. O simulador emula o comportamento dos equipamentos e comunica com o Master Controller¸ de forma a testar as suas decisões sobre o circuito. A solução desenvolvida foi e é usada no dia-a-dia pelos especialistas destes equipamentos e ajuda-os de diversas formas, desde a configuração à correção de possíveis erros no programa.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10628







Protocolo reprodutivo em bovinos – avaliação da administração de PGF2alfa no momento de remoção de CIDR

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A reprodução de ruminantes nos dias atuais tornou-se muito diferente do que era realizado há um século atrás, devido quer ao aparecimento da Inseminação Artificial (IA) quer ao desenvolvimento dos protocolos de controlo hormonal. Com este trabalho, pretendeu-se introduzir uma alteração num protocolo reprodutivo com o objetivo de diminuir uma manipulação dos animais e consequentemente os custos e o stress que essa manipulação implica. Numa amostra de 20 vacas leiteiras (n= 20), administrou-se GnRH e colocou-se um CIDR no dia 0. No dia 6 dividiu-se a amostra em dois grupos e administrou-se a um grupo (controlo) 5 ml do análogo da PGF2a enquanto que no outro grupo (tratamento), esta administração ocorreu no dia 7, coincidindo com a retirada do CIDR feita em todas as vacas. Realizou-se IA a tempo fixo (IATF) 72 horas após a administração da PGF2a, complementando-se com a realização de deteção de cios. Realizaram-se ainda ultrassonografias retais a todos os animais nos dias 0, 7 e dia da IA a fim de registar todas as alterações sofridas nas gónadas e trato reprodutivo. Os dados recolhidos incluem a presença, número e tamanho de folículos e corpos de lúteo e a tonicidade e presença de muco do útero. Os resultados obtidos foram inferiores ao que era esperado, uma vez que a taxa de conceção obtida foi de apenas 20% para o Grupo Controlo e 30% para o Grupo Tratamento, muito inferior quando comparado com a literatura disponível. Apesar disso, pôde-se verificar que o uso da PGF2a no momento da retirada do CIDR pode ser uma boa aposta principalmente em animais de mais difícil maneio e que sofram facilmente de stress uma vez que se reduz uma manipulação, ou até mesmo para economizar nos custos de logística.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8354







Da Creche ao Jardim de Infância: interações/brincadeiras e perspetivas dos intervenientes

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este relatório de Prática de Ensino Supervisionada surge no âmbito do Mestrado em Educação Pré-Escolar e coloca em evidência as aprendizagens realizadas sobre a Educação de Infância ao longo de dois anos letivos, 2015/2016 e 2016/2017. Organizado em duas partes (uma relativa à dimensão reflexiva e outra à dimensão investigativa) integra na parte I, três capítulos: capítulo 1 - Reflexão da Prática Pedagógica em contexto de creche (apresentação do contexto educativo, características de desenvolvimento e aprendizagem das crianças 1-2 anos, aprendendo e descobrindo em contexto de creche e o ser educador em contexto de creche); capítulo 2 - Reflexão da Prática Pedagógica em contexto de Jardim de Infância I (caracterização do contexto educativo, características de desenvolvimento e aprendizagem das crianças 3-4 anos e aprendendo e descobrindo em contexto de Jardim de Infância I). E o capítulo 3 - Reflexão da Prática Pedagógica em contexto de Jardim de Infância II (caracterização do contexto educativo, aprendendo e (re) descobrindo em contexto de Jardim de Infância II e o ser educador em contexto de Jardim de Infância). A parte II integra o trabalho de investigação desenvolvido no contexto de Jardim de Infância II com 23 crianças que visou i) identificar a frequência de utilização das crianças na área da casinha, ii) conhecer as perspetivas das crianças sobre essa área, iii) conhecer as perspetivas dos adultos acerca do brincar neste espaço da sala e iv) identificar e caracterizar o tipo de interações e brincadeiras que as crianças estabelecem na área da casinha. Os dados, recolhidos através de registos descritivos, registos videográficos e entrevistas, permitiram encontrar categorias de análise e inferir que as crianças em estudo interagiram com objetos (predominantemente), com pares e com os adultos na área da casinha. Os resultados revelaram, ainda, o saber das crianças sobre a organização do espaço/materiais e sobre o papel do adulto no espaço da área da casinha. Estes resultados reforçam a importância do Educador de Infância escutar as crianças para (re)ajustar a sua prática.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.8/2910







Composição química, análise sensorial e performance de peixes selvagens e de cativeiro: O caso da truta-de-rio (Salmo trutta) e da truta arco-íris (Oncorhynchus mykiss)

21-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente estudo permitiu conhecer a composição química, a análise sensorial e a performancede stocks de truta selvagem e de cativeiro, criados em ambientes diferentes. Tal facto, pode ser uma mais-valia para o consumidor na hora de escolher a melhor espécie a nível nutricional, podendo ainda auxiliar os aquicultores na tomada de decisões para produção em cativeiro da truta-de-rio (Salmo trutta), uma espécie autóctone das águas interiores portuguesas, e/ou da truta arco-íris (Oncorhynchus mykiss), uma espécie originária da América do Norte. Assim sendo, os principais objetivos do presente trabalho foram: (1) estudara performance em cativeiro de stocks de truta-de-rio selvagens e domésticas; (2) comparar a) exemplares selvagens e criados em cativeiro de truta-de-rio e b)exemplares de truta-de-rioe truta arco-íris relativamente a parâmetros químicos e nutricionais; (3) avaliar a aceitação e preferência dos consumidores relativamente a estes três stocks de trutas, considerando algumas características de importância gastronómica como a aparência, a textura e o sabor. Aperformance foi avaliada, de Dezembro de 2015 a Oututbro de 2016, em cativeiro (Posto Aquícola de Castrelos) a partir destocks de truta-de-rio de origem selvagem e doméstica. Em ambos os stocks de truta-de-rio observou-se um crescimento alométrico negativo (b 3). Não se observaram diferenças significativas na condição física dos peixes selvagens no período de estudo. Contudo, no caso dos peixes domésticos os testes estatísticos demonstraram haver diferenças altamente significativas na condição física destes animais, tendo diminuído aparentemente pela incapacidade de adaptação à dieta mista e à menor frequência da alimentação artificial. A caracterização dos parâmetros analisados para obtenção da composição química da truta-de-rio (indivíduos selvagens e de cativeiro) e da truta arco-íris foi realizada através da determinação dos teores de humidade, proteína, cinzas, gordura total e perfil de ácidos gordos. Relativamente ao teor em humidade, detetaram-se diferenças significativas entre as amostras sendo a truta selvagem a que apresentou teores de humidade superiores. A truta que apresentou o maior teor em proteína foi a truta-de-rio de cativeiro, enquanto a truta-de-rio selvagem e a truta arco-íris apresentaram valores similares. No que diz respeito ao teor em cinzas não se verificaram diferenças significativas, embora a truta selvagem tenha apresentado um teor ligeiramente maior que os restantes stocks. O teor em gordura total apresentou diferenças significativas para todos os stocks de trutas estudadas. A truta selvagem foi a que apresentou menor teor, seguindo-se, por ordem crescente a truta de cativeiro e a truta-arco-íris. Foi encontrado um perfil de 36 ácidos gordos. Todas as trutas estudadas apresentaram maior proporção de ácidos gordos insaturados do que saturados com destaque para o ácido gordo oleico,aquele que mais se destacou no grupo dos polinsaturados e que apresentou diferenças altamente significativas para a truta arco-íris,relativamente aos restantes stocks. Finalmente, as análises sensoriais realizadas com o objetivo de avaliar e comparar a aceitabilidade das trutas por parte de um painel de consumidores, revelaram que todas as amostras foram igualmente bem aceites pelo painel de consumidores não se tendo observado diferenças significativas. No entanto, verificou-se que, na generalidade, a truta arco-íris apresentou classificações ligeiramente mais elevadas em todos os atributos estudados. Os fatores sexo e nacionalidade dos consumidores não alteram este padrão de avaliação.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/14777







PCP consegue acordo para rever Estatuto dos Militares

20-Dezembro-2017 - publico.pt



Haverá maior protecção nos direitos de parentalidade, desaparece a categoria de furriel e a obrigação de isenção política passa a ser apenas “partidária”. Mas mantém-se a passagem à reserva automática e a não revisão das carreiras.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/20/politica/noticia/pcp-consegue-acordo-para-rever-estatuto-dos-militares-1796738







Ipea prevê crescimento da economia de 1,1% este ano e 3% em 2018

20-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O Brasil deverá manter para o próximo ano a continuidade do processo de recuperação cíclica da economia, com o Produto Interno Bruto (PIB, a soma de todas as riquezas produzidas) fechando 2018 com expansão de 3%. Essa e outras previsões constam da seção Visão Geral da Carta Conjuntura 37ª, com previsões da economia para o próximo ano, que o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) está divulgando hoje (20). Nela, ele condiciona a continuidade do atual processo de recuperação cíclica da economia, apontando para uma trajetória de convergência gradual rumo a uma situação de crescimento sustentado, ao equacionamento de modo crucial da questão fiscal no país. Para o Ipea, apesar das dificuldades correntes de aprovação, no Congresso Nacional, de medidas fundamentais do ajuste fiscal - em particular a reforma da Previdência o ambiente externo continuará provendo liquidez suficiente durante o período de transição, enquanto as medidas de ajuste não forem adotadas. No estudo, o Ipea procura traçar um panorama do cenário econômico atual no Brasil, com projeções para PIB, inflação, câmbio, exportações, importações, juros, investimentos, indústria, serviços, agropecuária, consumo das famílias e consumo do governo. Na visão do instituto, as projeções de crescimento de 1,1% para o PIB deste ano se baseiam na expansão da agricultura, do consumo privado, das exportações líquidas e estoques. Já o crescimento de 3% projetado para 2018 deve se justificar pelo avanço da indústria e do setor de serviços, e pelos gastos privados de consumo e investimento, diz o documento. Em sua publicação sobre as projeções da economia para os próximos meses e para o fechamento de 2018, economistas do Ipea projetam uma inflação de 2,9% para 2017 e de 4% em 2018. Com a queda da inflação e as expectativas para o futuro ancoradas, ao final de 2018, em nível próximo da meta de 2019 (4,25%), espera-se que o Banco Central conclua o atual ciclo de afrouxamento monetário no começo de 2018 e mantenha a meta da taxa Selic no patamar de 6,75% ao ano até o final do ano. PIB deve crescer A avaliação do Grupo de Conjuntura é que o PIB venha a crescer 2,3% neste quarto trimestre do ano em relação ao mesmo trimestre de 2016. Pela ótica da oferta, a avaliação é de que todos os componentes devem apresentar taxa de crescimento positivo em relação ao quarto trimestre de 2016: 2,7% para a indústria, 2% para os serviços e 0,4% para a agropecuária. A agropecuária cai em relação ao terceiro trimestre de 2017, mas a indústria e os serviços crescem. Já pela ótica da despesa, a previsão é que o consumo das famílias deve crescer 3,4% em relação ao mesmo período do ano anterior, e o investimento agregado deve apresentar crescimento de 2,9% na mesma base de comparação primeira variação positiva desde o primeiro trimestre de 2014. Espera-se que as exportações líquidas também contribuam positivamente para o crescimento: aumento de 6,3% das importações e de 12,9% das exportações. O único componente a apresentar queda em relação ao quarto trimestre de 2016 é o consumo do governo, que deverá retrair 0,8% analisa o documento. Importações podem aumentar 7,8% O Ipea espera crescimento nulo do consumo público em 2018. É aguardado, ainda, um aumento mais forte das importações (7,8%) e das exportações (4,3%). Esta elevada taxa de crescimento das importações é condizente com a expansão da renda doméstica e do investimento ao longo do ano. Apesar das elevadas taxas de desemprego, com o país registrando mais de 12 milhões de pessoas desocupadas, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a Visão Geral da Carta de Conjuntura é de que os dados apontam que um dos suportes para a recuperação em curso [da economia] tem sido o mercado de trabalho. A taxa de desemprego caiu de 13,7% no primeiro trimestre de 2017 para 12,2% no trimestre encerrado em outubro. Sem ignorar que a taxa de desemprego ainda é muito elevada, e que ainda há 12,7 milhões de pessoas em busca de trabalho, cabe destacar que essa reversão vem ocorrendo mais rapidamente que o esperado, finaliza o estudo.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/ipea-preve-crescimento-da-economia-de-11-este-ano-e-3-em-2018







Dicas para fortalecer a sua inteligência emocional

20-Dezembro-2017 - universia.net



Torne-se mais forte e mais confiante pessoal e profissionalmente fortalecendo a sua inteligência emocional Os especialistas defendem a existência de vários tipos de inteligência , mas entre todas elas, a mais importante e valorizada no âmbito profissional é a inteligência emocional , sabe porquê? As empresas valorizam cada vez mais os funcionários que sabem trabalhar bem em equipa .  Aprender com os próprios erros é outra qualidade dos candidatos que revelam uma inteligência emocional acima da média. Para fortalecer a inteligência emocional e aumentar a capacidade de liderança, há 4 dicas muito simples que podem ser postas em prática. A saber: Ter cuidado com as atitudes Tente manter-se focado e atento ao seu comportamento, dentro e fora do ambiente profissional. Analise as suas ações, e o modo como trata as pessoas ao seu redor. Cuidado com o que publica nas redes sociais . Controlar as reações Controle o melhor que possa as suas respostas ao que acontece à sua volta. Cuidado com a forma como reage a diferentes situações do dia a dia, e evite tomar decisões que lhe possam vir a ser prejudiciais no futuro. Acreditar no próprio potencial Acredite em si mesmo! Só assim terá mais forças para enfrentar os diferentes desafios com os quais se vai deparar no dia a dia. Mostrando-se confiante acaba por se mentalizar e assimilar a sua capacidade para lidar com os problemas e assim conseguirá resolvê-los mais facilmente. Aprender a respeitar e a valorizar os colegas de trabalho Aprenda a ouvir as pessoas que estão à sua volta. Coloque-se no lugar do outro, antes de agir e trate-o com respeito. Valorize a comunicação, pois a interação é fundamental, sobretudo no ambiente de trabalho. E se tem algum tempo disponível e gostava de abraçar uma causa e enriquecer o seu currículo, também tem agora disponível o  AJUDAMOS.PT . Clique e informe-se de que forma pode ajudar ou ser ajudado:



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/12/20/1156372/dicas-fortalecer-inteligencia-emocional.html







Costa quer melhores salários e não faz ´regateio salarial´ com patrões e sindicatos

20-Dezembro-2017 - sapo.pt



As empresas têm de oferecer melhor emprego para não perder o comboio da competitividade, afirma o primeiro-ministro.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/101239/costa-quer-melhores-salarios-e-nao-faz-regateio-salarial-com-patroes-e-sindicatos?utm_source=rss







Costa quer melhores salários e não faz ´regateio salarial´ com patrões

20-Dezembro-2017 - sapo.pt



As empresas têm de oferecer melhor emprego para não perderem o comboio da competitividade, afirma o primeiro-ministro.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/101239/costa-quer-melhores-salarios-e-nao-faz-regateio-salarial-com-patroes?utm_source=rss







Músico irlandês Van Morrison atua em julho no festival EDPCoolJazz

20-Dezembro-2017 - sapo.pt



O músico irlandês Van Morrison, com 50 anos de carreira, vai atuar em julho no Parque dos Poetas, Oeiras, no festival EDPCoolJazz, revelou a organização.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/musico-irlandes-van-morrison-atua-em-julho-no-festival-edpcooljazz_23437136.html







Costa quer concertação mas rejeita ´regateio social´ dos baixos salários

20-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



No jantar de Natal do Grupo Parlamentar do PS, Costa avisou as empresas que precisam de oferecer melhores condições de trabalho para serem competitivas.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/MOI7QF6z8Hg/costa-avisa-que-quer-concertacao-mas-rejeita-regateio-social-dos-baixos-salar-9000917.html







Cai o desemprego na região metropolitana de São Paulo

20-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Depois de uma leve alta, de 0,1 ponto percentual, em outubro, a taxa de desemprego recuou em novembro, passando de 17,9% para 17,2% da População Economicamente Ativa (PEA), nos 39 municípios da Região Metropolitana de São Paulo. Os dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), feita em conjunto pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) e o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), apontam que o total de desempregados atingiu cerca de 1,9 milhão de pessoas, 93 mil abaixo do registrado em outubro. Essa diminuição ocorreu mais pelo contingente que desistiu de procurar uma vaga do que por uma expansão na média das contratações. Foram criados 9 mil postos de trabalho enquanto 84 mil pessoas deixaram de fazer parte do grupo em disputa por uma colocação no mercado de trabalho. O nível de ocupação ficou praticamente estável em 0,1% e o total de ocupados alcançou a 9,153 milhões de pessoas. Dois segmentos ampliaram as vagas e outros dois efetuaram cortes. O setor que mais gerou empregos foi o comércio, admitindo 75 mil trabalhadores, 4,8% mais em comparação a outubro. Na indústria ocorreu aumento de 1,4% e criação de 20 mil postos de trabalho. Em sentido oposto, o pior desempenho aconteceu na área de serviços, onde foram eliminados 86 mil vagas, com queda de 1,6%. Outros 9 mil empregos foram cortados no setor da construção, uma redução de 1,5%. A pesquisa também apontou uma deterioração da renda. O valor médio dos ganhos dos assalariados baixou 0,6% passando para R$ 2, 1 mil. Já em relação ao rendimento médio real dos ocupados, a renda permaneceu estável em R$ 2.048.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/cai-o-desemprego-na-regiao-metropolitana-de-sao-paulo







Parlamento mantém projectos e calendário para regulamentação

20-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



A decisão da Justiça europeia não trava nem altera o processo de regulamentação da actividade de empresas como a Uber e Cabify que está em curso no Parlamento. O Governo diz que até legitima o processo legislativo em Portugal.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/detalhe/parlamento-mantem-projectos-e-calendario-para-regulamentacao







Fujifilm centraliza reparação europeia de endoscópios em Gaia

20-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



A multinacional japonesa está a concentrar em Portugal a assistência técnica nestes aparelhos da área médica, que já vale quase 50% das vendas. A capacidade técnica dos trabalhadores e a flexibilidade laboral ajudaram a atrair este investimento.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/fujifilm-centraliza-reparacao-europeia-de-endoscopios-em-gaia







Tribunal obriga Banco de Portugal a divulgar contrato de venda do Novo Banco

20-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/jflSSCfBYAQ/322650-tribunal-obriga-banco-de-portugal-a-divulgar-contrato-de-venda-do-novo-banco







Sindicato acusa CTT de intimidar trabalhadores em vésperas de greve com anuncio de redução de pessoal

20-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/ENkRh22aysk/322649-sindicato-acusa-ctt-de-intimidar-trabalhadores-em-vesperas-de-greve-com-anuncio-de-reducao-de-pessoal







Costa e Marcelo deixam CTT nas mãos da Anacom

20-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



O primeiro-ministro afasta uma nacionalização dos CTT e duvida que apenas com um incumprimento seja possível alterar o contrato de concessão. Mas está disposto a dar dados que ajudem a Anacom a decidir.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/telecomunicacoes/detalhe/costa-e-marcelo-deixam-ctt-nas-maos-da-anacom







Maior esforço com progressões da Função Pública chega em 2020

20-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Os 650 milhões de euros que o Governo dedica, para já, ao desbloqueamento de carreiras da Função Pública está repartido por três anos. E é em 2020, já depois das eleições, que surge o maior peso orçamental adicional. Recuperação do tempo aumentará o esforço.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/funcao-publica/detalhe/maior-esforco-com-progressoes-da-funcao-publica-chega-em-2020







Petros recupera R$ 37 milhões de perda em investimento no FIP Enseada

20-Dezembro-2017 - ebc.com.br



A Fundação Petrobras de Seguridade Social (Petros) conseguiu recuperar R$ 37,6 milhões da perda que teve no investimento em 25% das cotas do Fundo de Investimento em Participações Enseada (FIP Enseada), criado em 2010 para investir na Companhia Brasileira de Tecnologia Digital (CBTD). Na época, a formalização da empresa permitiu o retorno da marca Gradiente ao mercado. O valor corresponde ao que a Petros investiu naquele momento, R$ 17 milhões, mais a correção calculada até 9 de novembro, quando foi fechado o acordo do Ministério Público Federal (MPF) com a BEM Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários e o Bradesco Asset Management S.A, à época administradora e gestora do FIP, para cobrir prejuízos causados aos fundos de pensão que aplicaram recursos no ativo. Se o total investido pela Petros no FIP Enseada fosse corrigido pela meta atuarial, o fundo de pensão da Petrobras deveria receber R$ 36,5 milhões, ou seja, menos do que ficou acertado com o acordo. O investimento estava integralmente concentrado no Plano Petros do Sistema Petrobras (PPSP) de benefício definido, e já havia sido provisionado como perda contábil. O presidente da Petros, Walter Mendes, disse que desde que assumiu o cargo, em setembro de 2016, colaborou com o MPF e as demais autoridades relacionadas às investigações sobre investimentos dos fundos de pensão, além de reforçar o sistema de apuração interna. Intensificamos o trabalho de apuração interna em busca da recuperação de recursos que, no passado, foram destinados a investimentos que não performaram como o esperado, sempre no melhor interesse dos participantes, que são os verdadeiros donos do patrimônio da fundação, afirmou. Investigação na CVM A Petros também entrou com uma representação na Comissão de Valores Imobiliários (CVM), em novembro de 2016, solicitando abertura de processo investigativo para apurar a atuação da BEM Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda e do Bradesco Asset Management S.A. no exercício de suas atribuições como administradora e gestora do fundo. A Petros questionou a possibilidade de conflito de interesse, porque o Bradesco também era o principal credor da Gradiente e os recursos provenientes de sua recuperação extrajudicial seriam destinados à quitação das dívidas com o próprio banco. De acordo com a Petros, os R$ 37,6 milhões que entraram no caixa não interferem no valor do equacionamento do deficit acumulado em 2015 no PPSP, uma vez que o recebimento ocorre após a divulgação do balanço anual daquele ano, mas poderá contribuir para reduzir a chance de novos equacionamentos futuros. De acordo com o fundo de pensão da Petrobras, conforme a legislação, a revisão de valores durante a vigência de um equacionamento, com o objetivo de desonerar as partes quanto ao pagamento das contribuições extras, é permitida somente quando o plano de benefício registrar equilíbrio atuarial, o que não é o caso do PPSP atualmente.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/petros-recupera-r-37-milhoes-de-perda-em-investimento-no-fip-enseada







Moreira Franco diz que governo vai acelerar investimentos em ferrovias em 2018

20-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O ministro da Secretaria-Geral, Moreira Franco, fe um balanço do Programa de Parcerias de Investimentos Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, afirmou nesta quarta-feira (20) que o governo federal se dedicará em 2018 mais intensamente à criação de parcerias com o setor privado para destravar a malha ferroviária do país. De acordo com ele, o objetivo é fazer uma entrega robusta de projetos que tragam investimento em ferrovias para que o escoamento da produção agropecuária brasileira possa ocorrer com menos custos logísticos. Nós precisamos, no ano que vem, nos dedicar obcecadamente para a questão ferroviária. O Brasil não pode mais continuar com o sistema ferroviário que tem. O custo que isso provoca, o dano que isto causa à nossa principal sustentação econômica que é o agrobusiness , é brutal. Se nós não tivéssemos uma produtividade altíssima, pelas perdas que o setor tem no transporte dos seus produtos, que chega a cifras astronômicas, se não fosse a produtividade brutal, nós não seriamos competitivos como somos, afirmou o ministro. Moreira Franco concedeu entrevista coletiva para apresentar um balanço do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), lançado no ano passado para viabilizar privatizações e demais concessões à iniciativa privada para empreendimentos em diversos setores. Segundo o ministro, garantindo uma melhor logística será possível trazer mais segurança ao setor agrícola. Temos que ter o compromisso do país. Esse compromisso agora é mobilizar toda nossa capacidade de trabalho, força, criatividade, de liderança do PPI para que possamos destampar essa perseguição, vamos dizer assim, demoníaca, que nos impede de ter uma estrutura ferroviária no Brasil, explicou, complementando que, para o governo, as ferrovias e portos devem ser tratados como se fossem irmãos siameses porque precisam funcionar em sintonia. Balanço Dos 145 projetos qualificados para o PPI, 70 já foram concluídos desde maio de 2016, quando o programa foi lançado. O ministro lembrou que as concessões não foram feitas para sustentar o esforço do equilíbrio fiscal e, por este motivo, R$ 142 bilhões foram garantidos para investimentos e somente R$ 28 bilhões em outorgas. O objetivo não é para obter outorgas. O indutor é o investimento, que cria condições de produtividade. Já o aumento do consumo enfraquece o ambiente financeiro, fiscal e tem vida curtíssima, disse. As concessões envolvem contratos assinados e leilões de áreas como linhas de transmissão de energia elétrica, óleo e gás, aeroportos e terminais portuários. De acordo com o governo, 75 novos projetos estão em andamento, com investimentos previstos de R$ 132,7 bilhões tendo como foco o setor de transporte. Empresas de 16 países já participaram dos leilões realizados. Inmetro Durante a entrevista, o secretário especial do PPI, Adalberto Vasconcelos, anunciou uma parceria com o Inmetro para a certificação de empresas independentes para que possam auditar os estudos de viabilidade e projetos de engenharia elaborados para diversas obras. O certificado, que começa em fase de testes a partir de janeiro com a seleção de dez empresas candidatas, é uma iniciativa do Programa Avançar Parcerias, mas poderá ser utilizado em outros empreendimentos que não forem concedidos à iniciativa privada. A certificação é para o projeto, não para a empresa responsável pela obra, detalhou Vasconcelos, complementando que a intenção não é agregar novos custos aos empreendimentos e sim aumentar a eficiência dos projetos, evitando riscos. Com o tempo, o objetivo é que o próprio mercado regule a atividade dessas empresas capacitadas, que terão conhecimento internacional para avaliarem, por exemplo, o grau de previsibilidade dos cronogramas e do orçamento.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/moreira-franco-diz-que-governo-vai-acelerar-investimentos-em-ferrovias-em







Déficit primário em 2017 pode ficar menor que meta, diz ministro do Planejamento

20-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira (Arquivo/Agência Brasil) A União deverá cumprir com pequena folga a meta de déficit primário de R$ 159 bilhões para este ano, disse hoje (20) o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira. Segundo ele, a melhoria na arrecadação observada no segundo semestre e a transferência de parte das verbas deste ano para o próximo (sob a forma de restos a pagar) permitirão a sobra de recursos. De acordo com o ministro, nem todos os órgãos federais conseguirão gastar os R$ 5 bilhões liberados hoje antes do fim do ano. O desbloqueio de recursos, na maior parte dos casos, servirá para os órgãos federais empenharem (autorizarem) despesas que serão executadas ao longo de 2018, o que melhora o resultado fiscal de 2017. Temos um processo orçamentário em que há uma diferença temporal entre a autorização do empenho e o pagamento. Os órgãos demoram para empenhar, contratar e pagar. Temos uma folga de R$ 5 bilhões no Orçamento. Essa folga tende a se repetir ou ser maior no resultado financeiro. Teremos no fim do ano alguma folga com a meta fiscal, mesmo com a redução do contingenciamento em R$ 5 bilhões. O mais provável é que o déficit primário termine o ano abaixo da meta de R$ 159 bilhões, declarou Oliveira. O déficit primário é o resultado negativo nas contas do governo desconsiderando o pagamento dos juros da dívida pública. Nos últimos meses, a melhoria da arrecadação federal provocada pela recuperação econômica, por programas de renegociação da dívida de contribuintes e por aumentos de tributos como os dos combustíveis têm feito a arrecadação registrar os melhores resultados em vários anos, contribuindo para a pequena melhora fiscal que permitiu o descontingenciamento. Menos despesas Para liberar os R$ 5 bilhões, o governo aumentou as previsões de receitas líquidas em R$ 436,9 milhões. Apesar da arrecadação expressiva em novembro ter melhorado as receitas administradas pelo Fisco (impostos e contribuições) em R$ 4,209 bilhões além do previsto, a previsão de receitas não administradas foi reduzida em R$ 5,361 bilhões. A projeção final de receitas só subiu porque o governo diminuiu em R$ 1,329 bilhão a estimativa de transferência para estados e municípios. O principal motivo da queda das receitas não administradas foi a reprogramação de receitas do Fundo Soberano. Nesta semana, o fundo formado por excedentes das sobras fiscais de 2008 vendeu ações no mercado. A operação renderá R$ 2,29 bilhões, mas o dinheiro só deve entrar no caixa do fundo no início do próximo ano. A equipe econômica também reduziu em R$ 1,287 bilhão a estimativa de arrecadação com receitas próprias de órgãos (como taxas e multas) e diminuiu em R$ 705,7 bilhões a previsão de dividendos de estatais (parcela dos lucros que as empresas federais repassam ao Tesouro, o maior acionista delas). Os demais recursos que permitiram a liberação dos R$ 5 bilhões foram completados com a diminuição de R$ 4,566 bilhões na estimativa de despesas obrigatórias. As maiores reduções ocorreram nas projeções de gastos com subsídios e subvenções (R$ 2,944 bilhões), créditos extraordinários para obras de emergência e desastres naturais (R$ 1,292 bilhão) e pagamentos do abono e do seguro desemprego (R$ 678,2 milhões).



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/deficit-primario-em-2017-pode-ficar-menor-que-meta-diz-ministro-do







BC reduz projeção de saldo negativo das contas externas para US$ 18,4 bi

20-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Contas externas devem fechar o ano com saldo negativo de US$ 18,4 bilhões Marcello Casal Jr/Agência Brasil As contas externas devem encerrar 2018 com saldo negativo de US$ 18,4 bilhões. A projeção para déficit em transações correntes, que são as compras e as vendas de mercadorias e serviços e transferências de renda do país com o mundo, foi divulgada hoje (20), em Brasília, pelo Banco Central (BC). A estimativa anterior era maior: US$ 30 bilhões. Essa revisão ocorreu devido a uma expectativa de superávit comercial maior (passou de US$ 51 bilhões para US$ 59 bilhões) e redução na projeção de déficit na conta renda primária (lucros e dividendos, pagamentos de juros e salários) de US$ 45,8 bilhões para US$ 42,1 bilhões. Houve uma redução do déficit esperado em 2018 causado fundamentalmente pela desempenho da balança comercial que vem surpreendendo favoravelmente, disse o chefe do Departamento de Estatísticas do Banco Central, Fernando Rocha. Ele destacou que há aumento da quantidade de produtos exportados. A expectativa de déficit na conta de serviços (viagens internacionais, transportes, aluguel de equipamentos e seguros, entre outros) permaneceu em US$ 37,7 bilhões. A projeção para a renda secundária (renda gerada em uma economia e distribuída para outra, como doações e remessas de dólares, sem contrapartida de serviços ou bens) segue em US$ 2,5 bilhões. Rocha explicou que em 2018 o déficit em transações correntes (US$ 18,4 bilhões) será maior do que deste ano (US$ US$ 9,2 bilhões) devido à retomada da atividade econômica, o que leva a aumento da demanda doméstica por importações, mais remessas ao exterior devido ao crescimento da lucratividade e maiores gastos em viagens ao exterior pelos brasileiros e com transporte pelas empresas. Reduzida estimativa para o déficit em transações correntes A estimativa para o déficit em transações correntes neste ano foi reduzida de US$ 16 bilhões para US$ 9,2 bilhões. De janeiro a novembro, o déficit ficou em US$ 5,418 bilhões, resultado bem menor do que em igual período de 2016: US$ 17,649 bilhões. A balança comercial contribuiu para reduzir o déficit em transações correntes, ao registrar superávit de US$ 59,389 bilhões de janeiro a novembro deste ano. A conta de serviços ficou negativa em US$ 30,163 bilhões e a de renda primária em US$ 36,710 bilhões. Quando o país registra saldo negativo em transações correntes, ele precisa cobrir esse déficit com investimentos ou empréstimos no exterior. A melhor forma de financiamento do saldo negativo é o investimento direto no país (IDP), porque recursos são aplicados no setor produtivo do país. ] De janeiro a novembro, esses investimentos chegaram a US$ 65,035 bilhões. A estimativa do BC é que os investimentos diretos fechem este ano em US$ 75 bilhões. Para 2018, a estimativa é US$ 80 bilhões. Os investimentos em ações negociadas no Brasil e no exterior e fundos de investimentos somaram US$ 2,919 bilhões em 11 meses e devem terminar o ano em US$ 3 bilhões. A projeção para 2018 é de US$ 5 bilhões. (*) Texto alterado às 11h27 para correção de informação (*) Texto alterado às 12h12 para acréscimo de informações



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/bc-reduz-projecao-de-saldo-negativo-das-contas-externas-para-us-184-bi







Leilão movimenta R$ 13,94 bilhões em investimentos em energia de novas fontes

20-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O leilão de geração de energia de novas fontes, realizado hoje (20) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), movimentou R$ 13,94 bilhões em investimentos para gerar 572, 5 milhões de megawatts hora (MWh). Foram contratados 63 empreendimentos. O preço médio do MWh ficou em R$ 189,45, um deságio de 38,7% em relação aos valores máximos. O preço médio da energia das centrais eólicas chegou a R$ 98,62/MWh, o menor para geração de novas fontes. Soninha Vill/GIZ Os empreendimentos deverão iniciar a geração de energia a partir de janeiro de 2023. Para as centrais hidrelétricas, os contratos são pelo prazo de 30 anos. para as usinas eólicas, 20 anos. e para as termoelétricas, 25 anos. Haviam se cadastrado para participar do leilão 1.092 projetos, a maior parte eólicos (953). A potência instalada contratada está em 3.841 megawatts (MW). Desses, 1.386 MW serão disponibilizados por 49 centrais eólicas. Seis pequenas centrais hidrelétricas respondem por 76 MW, seis termoelétricas movidas a biomassa por 177 MW e duas centrais de gás natural por 2.139. O preço médio da energia das pequenas centrais hidrelétricas ficou em R$ 219,20/MWh. para as térmicas movidas a biomassa, em R$ 216,82/MWh. para as usinas a gás, R$ 213,46/MWh. e R$ 98,62/MWh para as eólicas. Com 17 contratos, o Piauí é o estado com maior número de empreendimentos, seguido pelo Rio Grande do Norte (12) e a Paraíba (9). Participaram como compradoras, 25 concessionárias. A Cemig D arrematou 9,55% do total; a Coelba, 9,1%; e a Copel D, 8,7%.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/leilao-movimenta-r-1394-bilhoes-em-investimentos-em-energia-de-novas-fontes







Sinal analógico de TV aberta será desligado hoje na Baixada Santista

20-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O sinal analógico da TV aberta será totalmente desligado nos nove municípios da Baixada Santista (Santos, São Vicente, Cubatão, Guarujá, Bertioga, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe), no litoral de São Paulo, às 23h59, de hoje (20). Segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), 72% das 143.138 famílias inscritas no Cadastro Único do Governo da região que têm direito a receber os kits com conversor, antenas e controle remoto da TV digital, já retiraram o equipamento. Segundo o gerente da Regional da Anatel no estado de São Paulo, Sandro Almeida Ramos, para desligar o sinal analógico é avaliada a capacidade regional para receber o sinal digital. A análise considera o número de residências que já estão aptas a receber o sinal digital. Consideramos toda a população e esse índice não pode ser menor do que 90%. São avaliadas ainda outras variáveis, como o número de pessoas cadastradas em programas sociais, mas que já têm uma TV digital em casa. a disponibilidade devido a pessoa que tem direito ao kit mas não vai buscar por algum motivo. e o número de kits distribuídos naquele conjunto de pessoas cadastradas em algum programa social. Segundo Ramos, aqueles que têm direito de retirar o kit , mas ainda não retiraram, terão 30 dias depois do desligamento do sinal para buscar o equipamento. Basta entrar em contato com a Seja Digital pelo número 147 e ir buscar o seu kit para instalar e ter o sinal de TV digital em casa. A Seja Digital é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos criada por determinação da Anatel para desenvolver a migração do sinal analógico para o digital, em parceria com emissoras de televisão e com o comércio. Se, mesmo com o equipamento instalado corretamente, houver dificuldade para sintonizar algum canal, Ramos orienta a entrar em contato com a Seja Digital para buscar as orientações corretas, inclusive sobre a instalação do kit , da própria TV ou das emissoras digitalizadas para transmitir o sinal naquela região. "Isso é um trabalho de adequação também conduzido pela Seja Digital que transpassa esse momento de transição do desligamento. Alguns não digitalizaram seu sistema e estão fazendo nesse momento". Ramos ressaltou que a digitalização do sinal da TV amplia consideravelmente a qualidade do sinal recebido, aspecto importante, tendo em vista que a televisão aberta é um entretenimento gratuito para a grande maioria das pessoas. O aumento de qualidade desse serviço traz um conforto ao usuário. Segundo ele, com o uso do sinal digital, é possível liberar uma faixa de frequência ocupada pela TV analógica para que as operadoras de telefonia utilizem esses espaços para prestação de serviços de banda larga e telefonia com maior qualidade e capacidade de transmissão de dados. Além disso, abre-se a possibilidade de trabalhar o sinal digital para outros serviços, futuramente, disse. As regiões de Bauru, Presidente Prudente e São José do Rio Preto, também em São Paulo, deverão ser digitalizadas no dia 28 de março de 2018, e mais 396 municípios do interior paulista terão unicamente sinal de TV Digital em 28 de novembro de 2018. Já nas regiões de Campinas e do Vale do Paraíba, no interior do estado, o processo de desligamento começou no dia 29 de novembro com previsão para terminar em 17 de janeiro de 2018. Em Ribeirão Preto e Franca, o desligamento foi adiado para 31 de janeiro, mesma data para as regiões metropolitanas de Florianópolis (SC), Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS).



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/sinal-analogico-de-tv-aberta-sera-desligado-hoje-na-baixada-santista







Governo desbloqueia R$ 5 bilhões do Orçamento

20-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O aumento na arrecadação em novembro e a diminuição de previsões de gastos obrigatórios permitiram ao governo liberar R$ 5 bilhões do Orçamento que estavam contingenciados (bloqueados), informou hoje (20) o Ministério do Planejamento. O dinheiro atenderá a órgãos públicos em dificuldade. Atualmente, o governo tem R$ 24,6 bilhões de despesas discricionárias (não obrigatórias) bloqueadas. A liberação desta quarta reduziu o volume contingenciado para R$ 19,6 bilhões. Pela legislação, o governo tem até uma semana para editar um decreto definindo a distribuição dos recursos liberados por ministérios e órgãos. Dos R$ 5 bilhões liberados hoje, R$ 436,2 milhões vêm do aumento previsto na revisão das estimativas de receitas líquidas e R$ 4,566 bilhões da revisão, para baixo, das projeções de gastos obrigatórios. O governo também atualizou as estimativas para a economia em 2017. A previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) passou de 0,5% para 1,1% este ano. A projeção para a inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caiu de 3,2% para 2,88%. Por causa das frustrações de receita e da demora na recuperação da economia, o Orçamento tinha sido contingenciado em R$ 44,9 bilhões no fim de julho. Em setembro, depois da sanção da lei que aumentou de R$ 139 bilhões para R$ 159 bilhões a meta de déficit primário (resultado negativo das contas do governo sem os juros da dívida pública) deste ano, o governo liberou R$ 12,8 bilhões , reduzindo o total bloqueado para R$ 32,1 bilhões. Em novembro, a equipe econômica tinha liberado mais R$ 7,5 bilhões, o que diminuiu o volume contingenciado para R$ 24,6 bilhões. Na ocasião, o Executivo informou que a liberação se deu pela expectativa maior de receita, que tinha subido R$ 4,9 bilhões em relação ao último levantamento, e pela previsão de gastar R$ 2,5 bilhões a menos com despesas obrigatórias. Cortes Por causa do contingenciamento necessário para cumprir a meta fiscal de déficit primário de R$ 159 bilhões, diversos órgãos federais passaram por dificuldades ao longo do ano. Em julho, as emissões de passaportes pela Polícia Federal ficaram suspensas por quase um mês. Já a Polícia Rodoviária Federal reduziu o patrulhamento e diversas universidades federais anunciaram falta de verbas para executarem o orçamento. No fim de julho, o governo tinha remanejado R$ 2,2 bilhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para outros órgãos e áreas considerados essenciais como a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o sistema de controle do espaço aéreo e o combate ao trabalho escravo.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/governo-desbloqueia-r-5-bilhoes-do-orcamento







McDonald’s tem 70 novas vagas de emprego disponíveis para Lisboa e Porto

19-Dezembro-2017 - universia.net



A McDonald’s está a recrutar nos portais da rede Trabalhando para as cidades de Lisboa e Porto. REGISTE GRATUITAMENTE O SEU CURRÍCULO ENTRE AQUI Os candidatos interessados em candidatar-se a uma das 70 vagas disponíveis nas 3 ofertas de emprego divulgadas nos portais da rede Trabalhando Portugal devem cumprir com os seguintes requisitos: 12º Ano de escolaridade (preferencial); Valorização de experiência  e/ou formação na área de Restauração, Hotelaria, Turismo e/ou Retalho e atendimento ao público; Ter  excelente capacidade de comunicação e relação interpessoal; Revelar Iniciativa, autonomia, flexibilidade, dinamismo e responsabilidade; Vontade de aprender . A empresa oferece: Formação profissional inicial e contínua; Trabalho em equipa com ambiente jovem, informal e divertido; Possibilidade de desenvolver uma carreira profissional numa empresa multinacional de referência. Consulte esta e outras oportunidades de emprego em www.trabalhando.pt



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/12/19/1156959/mcdonalds-70-novas-vagas-emprego-disponiveis-lisboa-porto.html







3 dicas para melhorar as competências de comunicação

19-Dezembro-2017 - universia.net



Saber comunicar bem é fundamental em qualquer profissão. Fique a conhecer algumas dicas que podem ajudá-lo a melhorar as suas competências de comunicação. INSCREVA-SE NO PORTAL DE VOLUNTARIADO AJUDAMOS ENTRE AQUI Comunicar não se defina apenas pelo simples ato de falar. Um dos principais segredos para saber  comunicar bem está em saber exatamente aquilo que pretende transmitir. Sabendo isto pode então começar a estruturar o seu discurso. Comece por defini-lo: Qual o seu objetivo ? Vender? Convencer? Ensinar ? Assumir? Ajudar? Liderar ?  Comece por definir muito bem aquilo que pretende transmitir Independentemente da profissão que tenha ou do cargo que desempenhe, é fundamental que tenha bem presente qual será o principal objetivo da sua comunicação, caso contrário, corre não só o risco de se perder, como também de incorrer em mal entendidos. A linguagem utilizada deve ser muito clara e inequívoca. Se necessário anote os principais tópicos da mensagem a transmitir. Depois de definir e estruturar os seus objetivos, pense na intenção. Persuadir ou solicitar? Outra?  A linguagem deve ser muito clara e inequívoca Tudo isto ponderado chegou a hora de começar de iniciar a comunicação. Mas antes fique a conhecer mais 3 dicas que podem ajudá-lo a melhorar a comunicação. Comece por: DETERMINAR A SUA INTENÇÃO  Antes de começar a falar, é fundamental saber-se como queremos que o público reaja. Qual a intenção daquilo que se comunica? Se o objetivo é vender um determinado produto ou levar a que alguém faça determinada ação, é importante saber transmitir bem a mensagem. TER CUIDADO COM AS MANIFESTAÇÕES FÍSICAS Definidos os objetivos e as principais intenções, tenha também atenção a outros fatores tão importantes como a linguagem para a comunicação . Estamos a falar de marcadores como o tom de voz, os gestos e as expressões faciais que utiliza para acompanhar o seu discurso. Todos estes marcadores devem estar em sintonia com a sua intenção, caso contrário a mensagem pode perder-se ou não ser transmitida de uma forma tão clara como a pretendida. PONDERAR TAMBÉM AS INTENÇÕES SECUNDÁRIAS Para além de ter em mente um objetivo principal, terá certamente outros objetivos a alcançar com o seu discurso. Para uma comunicação efetiva deverá articular harmoniosamente todos os seus objetivos, principal e secundários, dentro de  um mesmo discurso, fluída e coerentemente. Por exemplo, o responsável pelo departamento de vendas, para além de comprar, quer ainda certificar-se que os seus interlocutores confiam na marca de modo a indicá-la também a outros potenciais clientes. Conheça também o  AJUDAMOS o portal de voluntariado Universia:



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/12/19/1156640/3-dicas-melhorar-competencias-comunicacao.html







Arrecadação federal sobe 9,49% em novembro e atinge melhor nível em três anos

19-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Impulsionada pela renegociação de dívidas com a União e os aumentos de tributos sobre os combustíveis, a arrecadação federal subiu em novembro. Segundo números divulgados hoje (19) pela Receita Federal, a União arrecadou R$ 115,089 bilhões, alta de 9,49% em relação ao mesmo mês do ano passado, descontada a inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Esse é o melhor resultado para o mês desde 2014 em valores corrigidos pelo índice. De janeiro a novembro, a arrecadação federal totalizou R$ 1,205 trilhão, alta de 0,13% na comparação com o mesmo período do ano passado. O montante é o maior desde 2015 em valores corrigidos pela inflação oficial. No entanto, se forem consideradas apenas as receitas administradas pelo Fisco (como impostos e contribuições), a arrecadação acumula queda de 0,83% em 2017. A arrecadação total inclui receitas não administradas pela Receita, como royalties do petróleo. O principal fator que elevou a arrecadação federal em novembro foi o Programa Especial de Regularização Tributária (Pert), que renegociou dívidas de contribuintes com a União. Apenas em novembro, o programa arrecadou R$ 5,46 bilhões. No acumulado do ano, o parcelamento rendeu R$ 20,24 bilhões ao governo. Previsto para acabar no fim de outubro, o prazo de adesão ao Pert, também chamado de Novo Refis, foi prorrogado até 31 de novembro. Tributos sobre combustíveis Além do novo Refis, a elevação das alíquotas do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre os combustíveis contribuiu para reforçar os cofres federais em novembro. No mês passado, a arrecadação dos dois tributos subiu 14,08% acima da inflação em relação ao mesmo mês do ano passado, descontada a inflação. A alta também foi influenciada pelo crescimento de 9,25% no volume de vendas em outubro (que se refletiu na arrecadação de novembro). Por incidirem sobre o faturamento das empresas, os dois tributos estão ligados ao comportamento do consumo. Apesar de o Fisco ter intensificado as fiscalizações em relação ao pagamento de tributos por entidades financeiras, a arrecadação do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) recuou. A receita dos dois tributos caiu 2,03% no mês passado em relação a novembro de 2016, descontando a inflação pelo IPCA. Previdência O início de recuperação da economia também melhorou a receita de outros tributos. O aumento do emprego formal nos últimos meses fez a arrecadação da Previdência Social subir 4,54% em novembro na comparação com o mesmo mês do ano passado, descontado o IPCA. O crescimento da produção industrial, principalmente de veículos, fez a arrecadação de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) aumentar 14,6% na mesma comparação.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/arrecadacao-federal-sobe-949-em-novembro-e-atinge-melhor-nivel-em-tres-anos







Brasileiros terão ceia de Natal mais barata este ano, indica pesquisa da FGV

19-Dezembro-2017 - ebc.com.br



A ceia deste Natal dos brasileiros vai ser mais farta e mais em conta, de acordo com a Fundação Getulio Vargas (FGV). Pesquisa divulgada hoje (19) pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da FGV revela que os itens que compõem a ceia de Natal ficaram 7,68% mais baratos do que no ano passado, e abaixo da inflação média registrada pelo Índice de Preços ao Consumidor-10 da FGV no acumulado de janeiro a dezembro deste ano (3,24%). Além da cesta de natal mais barata, alguns presentes também tiveram redução de preço Rovena Rosa/Agência Brasil O economista do Ibre e coordenador do IPC da FGV, André Braz, confirmou que a cesta de alimentos recuou tanto porque 2017 foi um ano bom para a agricultura, teve oferta grande de alimentos. Com a oferta garantida, o preço não sobe muito. Então, devolveu parte daqueles aumentos acumulados em 2016, onde a mesma cesta subiu mais de 10%. Este ano, foi a vez da devolução e boa parte dela veio nesse resultado, com essa queda de mais de 7%, observou Braz. Segundo o economista, não vai haver muita dificuldade para as famílias comprarem produtos para a ceia. Destacou, entretanto, que para as pessoas que perderam o emprego e estão vivendo o drama da recessão, não adianta os preços ficarem mais baixos, porque não têm como comprar. Entre os itens natalinos que apresentaram maiores quedas de preço, o levantamento da FGV salienta as frutas, com menos 13,86%. farinha de trigo (-12,83%). bacalhau (-12,31%). arroz (-11,25%). batata-inglesa (-9,32%). Em contrapartida, os maiores aumentos foram apurados em lombo suíno (+6,58%), cebola (+5,60%) e vinho (+5,11%). Presentes A cesta de presentes mais comuns no período natalino subiu somente 0,67%, o que pode estimular mais compras por parte dos consumidores. Subiu pouco, perdeu para a inflação e isso, para quem fez economia para comprar presentes, é o melhor negócio. É uma fase em que as pessoas consomem um pouco mais, tem o décimo terceiro. André Braz advertiu, porém, que, para aqueles que não se prepararam ou que têm outras prioridades para presente, é momento de se provisionar um pouco, porque ainda que os indicadores mostrem que a economia está se aquecendo, o crescimento é lento e o desemprego ainda está elevado. É melhor fazer uma garantia e gastar pouco com presentes para driblar melhor esse período de recuperação da atividade econômica, recomendou. Apesar de alguns artigos eletroeletrônicos e eletrodomésticos, como aparelho celular, forno elétrico e de micro-ondas, terem apresentado quedas expressivas de preços (6,57% e 4,16%, respectivamente), Braz destacou que as pessoas não devem ir com muita ânsia às compras. O momento não é muito convidativo e a gente ainda tem um período longo de recuperação, que deve durar em torno de um ano e meio a dois anos, ponderou. Para quem se preparou e está pensando em presentear alguém com um item novo, o economista avaliou que está tudo bem. faz parte do movimento do Natal. Mas sublinhou que preços promocionais ocorrem toda hora. O mais interessante para ele, no momento, é a pessoa provisionar algum dinheiro para momentos difíceis. Enquanto a economia está retomando, ainda há risco de alguns brasileiros sofrerem com desemprego ou prolongarem a situação de desempregados. Então, é bom ter uma reserva para driblar esses momentos. De acordo com o levantamento do Ibre-FGV, vestuário subiu 0,66%, com destaque para calçados infantis (alta de 5,67%). Já a variação de acessórios do vestuário foi positiva em 3,82%, destacando bijuterias em geral, que subiram 7,07% este ano. O item livros, artigos esportivos e jogos teve alta de 1,09%. Nesse item, a maior variação positiva foi encontrada em jogos para recreação (4,29%), enquanto a maior deflação foi encontrada em bonecas (-3,91%).



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/brasileiros-terao-ceia-de-natal-mais-barata-este-ano-indica-pesquisa-da-fgv







Anatel só divulgará posição na hora da votação da assembleia de credores da Oi

19-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O presidente da Anatel, Juarez Quadros Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil A posição da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) só será conhecida na hora da votação da assembleia de credores da Oi, que avalia o plano de recuperação da empresa, informou hoje (19) o presidente da agência, Juarez Quadros. Os conselheiros se reuniram durante mais de quatro horas na tarde desta terça-feira, mas a assembleia foi suspensa. O Conselho [Diretor] da Anatel terminou a reuniao, mas só podemos declarar o voto depois na hora em que eles disserem em que vão votar, disse Quadros. É preciso que a assembleia seja reaberta, para, então, mandar [nossa posição] para eles, acrescentou. Em conversa com jornalistas, Quadros evitou dar detalhes sobre a decisão da agência a respeito do plano de recuperação da Oi, com a justificativa de não perturbar o processo. A empresa, que acumula dívidas de R$ 64 bilhões, entrou com pedido de recuperação judicial em junho do ano passado e tenta negociar uma saída junto aos seus 55 mil credores, entre pessoas físicas e jurídicas. O pedido de recuperação judicial foi feito em junho do ano passado. A reunião da assembleia de credores começou por volta das 11h40 desta terça-feira e foi suspensa pouco depois, às 13h. Nova suspensão foi solicitada pelos representantes do Banco do Brasil e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) às 16h30, e retomada dos trabalhos estava prevista para as 19h. Há um decisão, mas ela só será divulgada na na hora da votação, reiterou Quadros. Ele não esclareceu se houve consenso entre os diretores para a tomada de decisão. Além de votar a favor ou contra, a Anatel poderia também se abster de tomar alguma posição na assembleia. Em várias ocasiões, o presidente da Anatel manifestou-se contra o plano de recuperação apresentado pela empresa. Ele evitou ainda comentar se a decisão da agência reguladora seria fechada ou se haveria possibilidade de atrelar o voto à aplicação de alguma condicionante. De manhã, a Advocacia Geral da União (AGU) emitiu parecer em que orientava a Anatel a votar na assembleia de credores de acordo com o interesse público. A decisão foi interpretada como um fato novo do processo de recuperação judicial da Oi. Até então, a AGU comandava um grupo com integrantes dos ministérios da Fazenda e da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, do Banco do Brasil e do BNDES, que buscava uma solução para a crise na empresa. Questionado se já havia comunicado a decisão à AGU, Quadros disse que não havia reportado. Não informamos a AGU sobre a posição da Anatel. Estive ontem com o presidente [da República, Michel Temer] e ele queria saber os detalhes, mas hoje ainda não falei com ele. A expectativa é que a deliberação sobre a recuperação judicial da Oi seja tomada no final desta terça-feira, com possibilidade de ficar para amanhã (20) de manhã .



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/anatel-so-divulgara-posicao-na-hora-da-votacao-da-assembleia-de-credores-da







Juíza do trabalho suspende privatização da Cedae

19-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O processo de privatização da Companhia de Águas e Esgotos (Cedae) foi interrompido por uma decisão proferida nesta segunda-feira (18) pela juíza do trabalho substituta Maria Gabriela Nuti, em exercício na 57ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro. Ela julgou pedido do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Saneamento Básico e Meio Ambiente do Rio de Janeiro e Região contra a venda da estatal, dada em garantia pelo governo estadual para receber empréstimo de R$ 2,9 bilhões do banco francês BNP Paribas. Com o dinheiro, o estado espera quitar salários atrasados do funcionalismo público, incluindo o décimo terceiro do ano passado, que ainda não havia sido pago para uma grande parcela de servidores ativos e inativos. Na decisão, a juíza explica os motivos da decisão de anular o processo de privatização da companhia. O principal ponto é a obrigação das ações da Cedae serem ofertadas, prioritariamente, aos funcionários da estatal. "Procedentes os pedidos para declarar nulos todos os atos de privatização da Cedae que envolvam a alienação, gravamento, oferta em garantia, sem o cumprimento do Artigo 68, Parágrafo 4º da Constituição Estadual, devendo a ré e seu sócio majoritário absterem-se de praticar todo e qualquer ato de privatização da Cedae... sob pena de multa diária equivalente a R$ 500 mil reais, diz Maria Gabriela. A juíza frisou no texto que o patrimônio da companhia deve primeiro ser ofertado aos empregados. Para que fique bem claro: os réus estão proibidos de praticar quaisquer atos de privatização ou que comprometam o patrimônio da Cedae sem antes ofertar aos seus empregados, em igualdade de condições, a assunção da empresa sob a forma de cooperativas, declarando-se nulos todos os que foram praticados até o presente momento em afronta à Constituição Estadual. O governo do estado foi procurado para se posicionar, mas, até a publicação do texto, ainda não havia se pronunciado sobre possibilidade de recurso ou se já havia sido informado da decisão.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/juiza-do-trabalho-suspende-privatizacao-da-cedae







Arrecadação federal terminará 2017 com variação próxima de zero

19-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O parcelamento especial de dívidas de contribuintes com a União e as ações de fiscalização da Receita Federal farão a arrecadação federal encerrar o ano com variação real próxima de zero, ao descontar a inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A estimativa foi divulgada hoje (19) pelo chefe do Centro de Estudos Tributários da Receita, Claudemir Malaquias. Ao comentar a arrecadação de novembro, que registrou o melhor nível para o mês em três anos, Malaquias disse que a entrada de receitas nos cofres federais deverá fechar 2017 com crescimento zero ou pouco acima de zero. De janeiro a novembro, a arrecadação federal soma R$ 1,205 trilhão, alta de 0,13% acima da inflação em relação ao mesmo período do ano passado. A gente mantém a projeção de que a arrecadação fechará o ano com variação neutra: próxima de zero ou com uma pequena variação positiva, disse Malaquias. Para 2018, ele disse que a Receita ainda não tem uma projeção das receitas porque o Orçamento precisa ser atualizado com a nova previsão oficial de crescimento de 3% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas do país) para o próximo ano, divulgada na última quinta-feira (14). Fiscalização Em 2016, a primeira etapa do programa de regularização de ativos no exterior, também chamada de repatriação, arrecadou R$ 48,2 bilhões. Na segunda etapa, este ano, somente R$ 1,61 bilhão entraram no caixa do governo. Segundo Malaquias, a frustração de receitas com a repatriação foi parcialmente compensada pela arrecadação de R$ 20,25 bilhões dos parcelamentos de dívidas com a União e pelas ações de fiscalização de grandes empresas, que reforçaram os cofres federais em R$ 22,2 bilhões. Ao longo do ano, o Congresso Nacional abrandou as regras dos parcelamentos especiais, introduzindo perdões de multas e de juros. Quem aderiu às renegociações, no entanto, pagou a primeira parcela integralmente e só desfrutará dos benefícios a partir de janeiro, por meio de descontos nas prestações seguintes. Em relação à fiscalização, Malaquias esclareceu que uma parte desses R$ 22,2 bilhões engloba as instituições financeiras investigadas por usarem divergências na interpretação da lei e no cálculo de provisões (reservas para cobrir calotes) para diminuir o pagamento de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). O técnico da Receita disse, no entanto, que somente em janeiro, o Fisco deverá ter o balanço definitivo das ações contra os bancos. De janeiro a novembro, a arrecadação de IRPJ e de CSLL acumula queda de 0,83% em valores corrigidos pela inflação na comparação com o mesmo período do ano passado. Até julho, o recuo estava em 5,84%. Segundo Malaquias, não fosse a fiscalização, a defasagem seria maior. Como ainda existem muitas operações [de fiscalização] em aberto, a gente não consegue quantificar o resultado efetivo antes do fim do ano. Mas a gente acredita sim, que a fiscalização terá efeito positivo, e a arrecadação de IRPJ e da CSLL pode fechar o ano com pequeno crescimento. Sem as operações, a diferença teria sido muito maior, ponderou.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/arrecadacao-federal-terminara-2017-com-variacao-proxima-de-zero







Continente Modelo de Mafra celebra 21 anos na véspera de natal

19-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há 21 anos que Mafra recebeu o Continente Modelo. Desde 24 de dezembro de 1996 que a população de Mafra conta com o Continente na E.N. 116, na zona dos Salgados e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 61 colaboradores. José Pedro Beja,  diretor da Loja Continente Modelo de Mafra, refere que “21 anos é um marco que traduz a forte presença que temos em Mafra. Desde 1996 que acreditamos no investimento nesta região e no potencial da mesma e, por isso, procurámos ter um importante papel na economia local. Esta data é para nós um incentivo a continuar a nossa



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-de-mafra-celebra-21-anos-na-vespera-de-natal,c636491906910000000







SEAT contratará 150 empregados em 2018

19-Dezembro-2017 - cision.com



/          Previsões positivas de produção para Martorell impulsionam a ampliação da fábrica /          Empregados entrarão na fábrica a 8 de janeiro   Martorell, 18/12/2017. – A SEAT contratará 150 empregados para a fábrica de Martorell. Os funcionários, que até aqui estavam sob contrato com empresas de trabalho temporário, assinaram agora um contrato sem termo com a SEAT.   A contratação destes trabalhadores reforçará a fábrica, principalmente na linha de produção do Ibiza e do Arona, os dois modelos fabricados sobre a nova plataforma MQB A0 do Grupo Volkswagen, que a SEAT estreou em



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/seat-portugal/r/seat-contratara-150-empregados-em-2018,c636491913180000000







Projeto “Portugal Rumo a Brasi´lia 2018” e CineEco de Seia abrem inscric¸o~es para curtas-metragens sobre a A´gua

19-Dezembro-2017 - cision.com



O projeto “Portugal Rumo a Brasi´lia 2018” e o Festival CineEco de Seia acabam de lanc¸ar o desafio a realizadores portugueses amadores e profissionais a inscrever curtas-metragens sobre a tema´tica da A´gua, para serem exibidas no espac¸o de Portugal no Fo´rum Mundial da A´gua, que vai decorrer em Brasi´lia de 18 a 23 de Marc¸o de 2018. O Fo´rum Mundial da A´gua, organizado a cada tre^s anos, desde 1997, pelo Conselho Mundial da A´gua e pelo pai´s anfitria~o (este ano o Brasil), tornou-se um acontecimento incontorna´vel da agenda internacional, assumindo-se como o maior evento dedicado



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/caminhos-do-cinema-portugues/r/projeto--portugal-rumo-a-brasi-lia-2018--e-cineeco-de-seia-abrem-inscric-o-es-para-curtas-metragens-,c636491910980000000







Continente Modelo de Avintes celebra nove anos

19-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há nove anos que Avintes recebeu o Continente Modelo. Desde 18 de dezembro de 2008 que a população de Avintes, em Gaia, conta com o Continente na Rua Estádio de Futebol do Avintes e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 62 colaboradores. Delfim Silva, diretor da Loja Continente Modelo de Avintes, refere que “toda a equipa está muito satisfeita por festejar estes nove anos ao serviço dos habitantes de Avintes. Acreditamos que o investimento em Avintes foi uma mais valia e queremos continuar a ter um importante papel na economia local, porque acreditamos



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-de-avintes-celebra-nove-anos,c636491914650000000







Para melhor compreender as dificuldades de aprendizagem específicas na leitura

19-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Esta comunicação oral tem por finalidade abordar a área das Dificuldades de Aprendizagem Específicas na leitura, que apesar de ter sido objeto de grande crescimento é ainda objeto de controvérsia, não obstante os mais de 40 anos de estudo sobre a mesma. Apresentam-se numa primeira parte pressupostos e conteúdos teóricos que foram parte integrante de uma investigação que teve por finalidade analisar o uso da monitorização com base no currículo como sistema escolar de identificação de alunos em risco na leitura, no contexto de um modelo educativo baseado no grau de resposta à intervenção. Realizou-se uma investigação quantitativa em que participaram todos os alunos do 3º ano (82 alunos) de um agrupamento de escolas do norte de Portugal. Assim, nesta comunicação começa-se por analisar a heterogeneidade de características dos alunos com esta problemática, a falta de formação e de compreensão do conceito por parte dos diferentes intervenientes educativos, enquanto elementos que contribuem para a confusão existente em Portugal que, com frequência, se traduz no insucesso, e mesmo em situações de abandono escolar de muitos alunos que não sendo enquadrados legislativamente, acabam por não receber o apoio de que necessitam por parte dos serviços de Apoio. Em Portugal as Dificuldades de Aprendizagem Específicas na Leitura ainda não são bem entendidas confundindo-se frequentemente com aquilo que são os mais diversos problemas de aprendizagem. Com o objetivo de contribuir para a sua clarificação, analisa-se, de seguida, a definição proposta para ser utilizada por todos os intervenientes educativos e contribuir para a superação de um problema a nível nacional que passa pela inexistência de uma definição que seja partilhada por todos, nomeadamente pais e encarregados de educação, professores e alunos e até pelos decisores políticos. Neste contexto reflete-se primeiramente sobre o processo da leitura e sobre os problemas que alguns alunos podem ter e analisa-se à luz da investigação a definição de Dificuldades de Aprendizagem Específicas na Leitura, nomeadamente, a sua origem neurobiológica, a dificuldade ao nível da descodificação, o resultado de défices ao nível da componente fonológica da linguagem, e as consequências secundárias. Por fim, tendo por base os resultados da investigação realizada, analisa-se a trajetória que caracteriza um modelo preventivo de identificação e apoio precoces, descrevendo-se um modelo educativo baseado no grau de resposta à intervenção desde a sinalização do risco na leitura até à identificação das Dificuldades de Aprendizagem Específicas na leitura e analisa-se a importância dos resultados do estudo para a formação de professores.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/14742







O lugar da interatividade na prática da tutoria a distância no curso Planejamento, Implementação e Gestão da EaD - LANTE na Universidade Federal Fluminense

19-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O foco desta dissertação é o estudo da interatividade entre Tutores a Distância, Coordenadores de Tutoria e alunos, no ambiente online de aprendizagem do LANTE, no curso Planejamento, Implementação e Gestão da EaD (PIGEAD), da Universidade Federal Fluminense – UFF, Brasil, no ano de 2014. O seu objetivo principal é conhecer, identificar e analisar pontos onde as interações em Fóruns de Orientação e Discussão online podem ser melhor qualificadas. Esses espaços de interação são de extrema relevância, pois vêm carregados de afeto e uma boa leitura concorre para o bom andamento do curso sendo um importante lugar para a construção do conhecimento. Para tal fundamentamo-nos na revisão da literatura baseada nos autores (Lévy, 1999), (Silva, 2002), (Primo, 2007), (Kretz, 1985), (Damásio, 2001), entre outros bem como nos investigadores que se dedicaram ao estudo da docência, em especial da tutoria a distância.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.2/6819







Currículo das Ciências Físicas e Naturais e suas implicações nas conceções e práticas docentes

19-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Esta comunicação explora os resultados de uma investigação cujo principal objectivo era compreender, junto de professores de ciências do ensino básico (2º e 3º ciclos), o impacte do actual currículo das Ciências Físicas e Naturais perspectivado para o desenvolvimento de competências nos alunos. Para tal, procurámos: i) caracterizar o nível de apropriação de alguns conceitos centrais ao actual discurso educativo e ii) compreender possíveis alterações de práticas docentes decorrentes da implementação do processo de Reorganização Curricular do Ensino Básico. O estudo empírico decorreu em dois momentos distintos. O primeiro, durante o ano lectivo de 2006/2007, adoptou uma natureza essencialmente quantitativa, reportando-se os resultados apresentados à recepção de 1122 questionários preenchidos por professores que leccionavam as disciplinas da área curricular das Ciências Físicas e Naturais. Posteriormente, estes dados foram complementados com outros de natureza qualitativa, obtidos, no início do ano lectivo de 2007/2008, através de entrevistas de aprofundamento realizadas a seis dos professores que leccionavam esta área curricular. Os resultados obtidos indiciam uma frágil apropriação dos conceitos-chave do actual discurso educativo e sugerem que a implementação do processo de Reorganização Curricular do Ensino Básico e da consequente abordagem curricular por competências não se repercutiu em mudanças significativas ao nível das práticas docentes. Não obstante a complexidade e morosidade inerentes à apropriação de mudanças curriculares e a multiplicidade de sentidos que lhes são atribuídas no contexto das práticas, consideramos que a almejada promoção de um ensino de Ciências contextualizado e democrático carece de uma concertação de esforços entre os diferentes actores educativos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/11328/2016







Profissionais dominam mas amadores dão luta

18-Dezembro-2017 - publico.pt



Taça Manuel Agrellos decorre com matches equilibrados entre as selecções da PGA e da FPG



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/18/desporto/noticia/profissionais-dominam-mas-amadores-dao-luta-1796482







PÚBLICO vence prémio do Alto Comissariado para as Migrações

18-Dezembro-2017 - publico.pt



Joana Gorjão Henriques distinguida na categoria de imprensa escrita do Prémio de Comunicação Pela Diversidade Cultural da ACM, atribuído a trabalhos jornalísticos que tenham “um contributo relevante para a promoção da diversidade cultural". Catarina Gomes recebe menção honrosa.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/18/sociedade/noticia/publico-vence-premio-do-alto-comissariado-das-migracoes-1796470







Aprenda a assumir os erros para poder corrigi-los

18-Dezembro-2017 - universia.net



E se errar é humano, e muitos erros são até mesmo inevitáveis, o importante é saber lidar e aprender com eles para assim evitar confusões desnecessárias e conseguir progredir. REGISTE GRATUITAMENTE O SEU CURRÍCULO ENTRE AQUI Errar, erramos todos . A questão está em saber aprender com os erros e há um segredo que nos permite tirar lições, corrigir e não voltar a cometer os mesmos erros. E a receita é simples: Admitir o erro A primeira coisa a fazer é perceber que se errou , onde é que se errou e o porquê de se ter errado. Se errou assuma-o prontamente e sem qualquer tipo de rodeios, desculpas, suposições ou tentativa de culpar terceiros. Só perante o reconhecimento e a aceitação será possível seguir em frente e aprender a lição. Analisar o erro Depois de encarar e de aceitar que errou, reflita. Perceba o porquê de ter falhado, pois só percebendo as causas e as razões que lavaram a que as coisas não resultassem bem é que vai conseguir alterar e fazer diferente . Corrigir o erro Depois de perceber o que correu mal e o que deveria ter feito diferente, mude! Mude de atitude , de comportamento, mude os processos, os hábitos. Em suma, mude tudo aquilo que precisa de ser mudado para que possa entrar no trilho do sucesso. Para não voltar a repetir os mesmo erros, pense no que vai fazer de diferente daqui para a frente. Teste e se resultar estará certamente mais próximo do sucesso pessoal e profissional. Se está à procura de emprego registe-se também nos portais da rede Trabalhando  e consulte as ofertas disponíveis para as várias áreas. E se tem algum tempo disponível e gostava de abraçar uma causa e enriquecer o seu currículo , também tem agora disponível o  AJUDAMOS.PT :



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2017/12/15/1156778/aprenda-assumir-erros-poder-corrigi-los.html







Funcionários do Município de Cantanhede festejaram o Natal

18-Dezembro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



É um acontecimento que por esta altura se repete todos os anos desde a constituição dos Serviços Sociais dos Trabalhadores do Município de Cantanhede (SSTMC). Este ano não fugiu à[...] O post Funcionários do Município de Cantanhede festejaram o Natal aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/funcionarios-do-municipio-cantanhede-festejaram-nata/







Ana Abrunhosa diz que pode ter de ser feito concurso internacional para reabilitar casas que arderam

18-Dezembro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) admitiu hoje fazer um concurso internacional para reconstruir casas afetadas elos incêndios de 15 de outubro, por eventual falta de[...] O post Ana Abrunhosa diz que pode ter de ser feito concurso internacional para reabilitar casas que arderam aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/incendios-ccdr-diz-pode-ter-feito-concurso-internacional-reabilitar-casas-tondela-viseu-18-dez-lusa-comissao-coordenacao-desenvolvimento-regional-do-centro-ccdrc-admit/







Confiança do empresário cresce e atinge maior índice desde 2012, diz CNI

18-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) aumentou 1,8 ponto entre novembro e dezembro, alcançando 58,3 pontos. Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o resultado é o melhor resultado desde novembro de 2012, quando o índice registrou 58,4 pontos. Desde julho, quando atingiu a marca de 50,6, o Icei entrou em trajetória de crescimento. Em dezembro, segundo a CNI, o aumento foi explicado pela combinação de melhores condições de negócios e perspectivas mais otimistas. Trabalhadores em indústria têxtil Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil Os indicadores da pesquisa variam em uma escala que vai de zero a 100 pontos. De acordo com o estudo, quando o índice fica acima de 50 pontos, os empresários estão confiantes. O Icei é composto por indicadores da situação atual da empresa e da economia brasileira e pelas expectativas dos empresários em relação a ambos. Componentes do Icei Entre novembro e dezembro, o Índice de Condições Atuais aumentou 1,4 ponto, chegando a 52,9 pontos, maior nível desde fevereiro de 2011, quando o índice alcançou 54,2 pontos. Acima da linha dos 50 pontos pelo quarto mês consecutivo, o índice vem se afastando dessa linha divisória, revelando que o empresário enxerga melhora cada vez mais significativa das condições correntes de negócios, de acordo com a CNI. Já o Índice de Expectativas mostra mais otimismo do empresário com relação ao próximo ano. O indicador subiu 2,1 pontos entre novembro e dezembro e alcançou 61 pontos. A última vez que superou os 60 pontos foi em março de 2013. Setores Entre os segmentos, a indústria da construção registrou o menor Icei em dezembro, com 56,7 pontos. e a indústria extrativa, o maior, com 59,4 pontos. Todos os segmentos analisados tiveram um aumento na confiança tanto em relação a novembro, quanto em relação ao final do ano passado. Levando em consideração o porte da empresa, os grandes empresários são as mais confiantes, com um Icei de 60,2 pontos. Na outra ponta, as pequenas fecham o ano com um índice de confiança de 55,5 pontos. A pesquisa foi feita entre 1 e 13 de dezembro, com 2.852 empresas. Dessas, 1.118 são pequenas, 1.080 são médias e 654 são de grande porte. Segundo a CNI, o Icei antecipa tendências de produção e de investimento.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/confianca-do-empresario-cresce-e-atinge-maior-indice-desde-2012-diz-cni







Meirelles fará teleconferência com agências de classificação de risco na quinta

18-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, conversará com representantes das principais agências de classificação de risco José Cruz/Agência Brasil O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, conversará na manhã de quinta-feira (21) com representantes das principais agências de classificação de risco por teleconferência. Em nota, o ministério informou que ele falará sobre a reforma da Previdência e as perspectivas para a economia brasileira em 2018. Após o anúncio do adiamento para fevereiro da votação na Câmara da reforma da Previdência, na última quinta-feira (14), a agência de classificação de risco Moodys soltou um alerta sobre o impacto da demora na votação sobre a nota de crédito no país. No mesmo dia, o ministro disse que a equipe econômica não está aberta a novas negociações e que iria esclarecer a situação com as agências de rating . Por tratar-se de uma proposta de emenda à Constituição, a reforma da Previdência precisa de 308 votos na Câmara, em dois turnos, para ser aprovada. Para Meirelles, uma derrota em plenário neste momento teria custos maiores do que uma mudança na data de votação para tentar articular a aprovação pelos parlamentares. A classificação de risco por agências estrangeiras representa uma medida de confiança dos investidores internacionais na economia de determinado país. As notas servem como referência para os juros dos títulos públicos, que representam o custo para o governo pegar dinheiro emprestado dos investidores. As agências também atribuem notas aos títulos que empresas emitem no mercado financeiro, avaliando a capacidade de as companhias honrarem os compromissos. Atualmente, as três principais agências de classificação de risco Moodys, Fitch e Standard Poors mantém o Brasil dois níveis abaixo do grau de investimento com perspectiva negativa, com a possibilidade de rebaixamento a qualquer momento. O grau de investimento representa a garantia de que o país não corre risco de dar calote na dívida pública.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/meirelles-fara-teleconferencia-com-agencias-de-classificacao-de-risco-na







Índice do Ipea que mede investimentos das empresas sobe 0,1% em outubro

18-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O indicador de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), divulgado hoje (18) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), subiu 0,1% em outubro na comparação com setembro (com ajuste sazonal) e 5,6% em relação a outubro do ano passado. O FBCF mede quanto as empresas aumentaram seus bens de capital, ou seja, aqueles que servem para produzir outros bens. De acordo com o Ipea, o dado indica se a capacidade de produção do país está crescendo e também se os empresários estão confiantes no futuro. Em outubro, o componente construção civil do FBCF subiu 0,2%, mas o consumo de máquinas e equipamentos caiu 2,4%, afetado pela queda forte de importações (-15,6%). De acordo com o técnico de Planejamento e Pesquisa do Ipea, Leonardo Mello de Carvalho, a melhora no mercado de trabalho e no poder de compra das famílias em relação à inflação, além do barateamento do crédito, contribuem para a economia conseguir entrar em um novo ciclo de expansão e se refletem nos indicadores de investimentos. Segundo Carvalho, quando o país volta a produzir, mesmo que seja em um ritmo modesto, é obrigado a elevar o seu custo de manutenção, o que também aumenta os investimentos. Embora ainda haja ociosidade grande na capacidade da indústria, já se tem notado uma demanda por investimento para aumentar produtividade. Indústria Para a produção industrial de novembro, o Ipea prevê crescimento de 0,3% em relação a outubro e de 4% na comparação interanual. No acumulado até novembro, as projeções são positivas, apontando para alta de 2,1%. A gente considera que o cenário ainda é de recuperação gradual, ponderou Carvalho. Comércio Já o indicador Ipea de Vendas do Comércio, que funciona como uma prévia da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), projeta aumento de 0,3% das vendas do varejo no conceito restrito, ou seja, sem automóveis e materiais de construção, em novembro ante outubro. No conceito ampliado, que inclui esses dois segmentos, a previsão na mesma comparação é queda de 0,6%. O comportamento do setor automotivo, com acomodação em termo de licenciamentos e emplacamentos, afetou de maneira negativa o resultado, segundo o economista do Ipea. Na comparação de novembro de 2017 com o mesmo mês do ano passado, os dados do comércio são positivos, segundo o Ipea. As vendas no varejo restrito cresceram 3,5%, e as do varejo ampliado, 4,4%.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/indice-do-ipea-que-mede-investimentos-das-empresas-sobe-01-em-outubro







Frente sindical quer funcionários públicos com mesmos direitos do privado na egurança no trabalho

18-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/WTVgwbT0ovw/322467-frente-sindical-quer-funcionarios-publicos-com-mesmos-direitos-do-privado-na-eguranca-no-trabalho







Espanhol Bankia quer cortar 2.510 postos de trabalho

18-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/vpWmX3NdoZg/322460-espanhol-bankia-quer-cortar-2.510-postos-de-trabalho







Cade instaura processo para investigar cartel em licitações de metrô

18-Dezembro-2017 - ebc.com.br



A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) instaurou um processo administrativo para apurar a existência de cartel envolvendo projetos de infraestrutura de metrôs e monotrilhos em licitações públicas realizadas em pelo menos sete estados Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo e no Distrito Federal. Desdobramento da Operação Lava Jato, a investigação é baseada em acordo de leniência assinado pela Construções e Comércio Camargo Corrêa S/A e o Cade, e feita em conjunto com o Ministério Público Federal em São Paulo. Os signatários indicaram que a conduta teve por objeto, ao menos, 21 licitações públicas no Brasil, entre as quais seis obras teriam sido atingidas: metrô de Fortaleza. metrô de Salvador. Linha 3 do metrô do Rio de Janeiro. Linha 4 Amarela do metrô de São Paulo. e duas obras para a Linha 2 Verde de São Paulo. A prática, segundo relatado no acordo, pode ter tido início em 1998 e durado até 2014. Segundo o Cade, durante esse período, a conduta chegou a envolver pelo menos nove empresas: Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez, Odebrecht, OAS, Queiroz Galvão, Carioca, Marquise, Serveng e Constran. Outras dez construtoras podem ter participado. Trata-se do décimo segundo acordo de leniência público divulgado pelo Cade no âmbito da Lava Jato. Por meio da leniência, a empresa e as pessoas físicas signatárias confessaram a participação na conduta, forneceram informações e apresentaram documentos probatórios a fim de colaborar com as investigações sobre o alegado conluio (acordo, trama). O acordo é relacionado exclusivamente à prática de cartel, para a qual o Cade tem competência de apuração. Histórico Segundo o Cade, o cartel funcionou em diferentes momentos. Entre 1998 e 2004, quando Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez e Odebrecht, as três maiores empresas do ramo, buscavam dividir entre si grandes projetos, principalmente aqueles que, considerando a elevada exigência técnica, as tornavam as únicas concorrentes viáveis para os certames. De 2004 a 2008, as três empresas somaram-se à OAS e à Queiroz Galvão. Os signatários relataram que, nesse momento, o grupo passou a adotar o codinome G-5 ou Tatu Tênis Clube para dissimular o caráter potencialmente ilícito dos contratos. Durante a 23ª fase da Operação Lava Jato, a Polícia Federal apreendeu um documento intitulado Tatu Tênis Clube. Entre 2008 e 2014, os contatos anticompetitivos foram implementados com maior frequência, especialmente por condições proporcionadas pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal, pela Copa do Mundo de 2014 e pelos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016. Nessa fase, no entanto, foi mais difícil para as empresas do cartel ter êxito nos acordos anticompetitivos, por causa da competição de empresas estrangeiras e da dificuldade de formar consensos dentro do grupo. O Cade ressalta que muitos dos projetos que foram discutidos no âmbito do cartel não chegaram a ser efetivamente licitados ou tiveram as licitações suspensas e não foram retomadas. Posicionamentos As empresas foram procuradas por meio dos e-mails das assessorias de imprensa disponíveis nas páginas da internet. A Agência Brasil aguarda o posicionamento. A reportagem não conseguiu entrar em contato com a Marquise. Em nota, a Andrade Gutierrez informa que continua colaborando com as investigações em curso, dentro do acordo de leniência firmado com o Ministério Público Federal, e reforça seu compromisso público de esclarecer e corrigir todos os fatos irregulares ocorridos no passado. Também em nota, a Odebrecht diz que está colaborando com a Justiça no Brasil e nos países em que atua. Já reconheceu os seus erros, pediu desculpas públicas, assinou um acordo de leniência com as autoridades do Brasil, dos Estados Unidos, da Suíça, da República Dominicana, do Equador e do Panamá, e está comprometida a combater e não tolerar a corrupção em quaisquer de suas formas. A Construtora Queiroz Galvão diz que não comenta investigações em andamento. Em nota, a Construções é Comercio Camargo Corrêa reafirma o compromisso de manter investigações internas em bases permanentes e colaborar com as autoridades reportando quaisquer condutas ilícitas que venham eventualmente a ser descobertas. "A decisão, divulgada no site do Cade, configura evidência inequívoca do compromisso pioneiro assumido de colaboração contínua junto às autoridades competentes, tanto no âmbito das investigações internas como também da implementação de uma nova Governança e Compliance já concluídos", diz o texto. A Carioca e a OAS disseram que não vão se manifestar. A Construtora Marquise disse que desconhece a acusação de participação em cartel e esclarece que, das licitações mencionadas pela Camargo Corrêa, participou apenas da referente ao Metrô Linha Leste no Ceará, "licitação regular e com acirrada competição, tendo sido o consórcio derrotado ao final". O texto foi ampliado às 15h22, às 15h32 e às 19h45



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/cade-instaura-processo-para-investigar-cartel-em-licitacoes-de-metro







Criação de empregos beneficiou mais os homens jovens, diz CNC

18-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Homens jovens com ensino superior completo ou incompleto foram os que mais conseguiram ser inseridos no mercado de trabalho até outubro deste ano. É o que mostra a análise feita pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. Do saldo de 302.189 vagas criadas, subtraindo as vagas fechadas, de janeiro a outubro, 82% foram ocupadas por trabalhadores do sexo masculino. Do total de vagas criadas, 750 mil foram ocupadas por jovens até 24 anos de idade. Já entre os trabalhadores com 50 anos ou mais de idade, houve diminuição de 333.288 postos. Até outubro, foram abertas 116.641 vagas para trabalhadores com nível superior completo e 27.673 para nível superior incompleto. O estudo aponta que de janeiro a outubro de 2017 o saldo líquido da criação de empregos formais no país, entre admissões e desligamentos, ficou positivo em 302.189 postos de trabalho. O número equivale a um aumento de 0,8% no número de pessoas ocupadas no país, em relação ao período anterior à análise, em dezembro de 2016. De janeiro a outubro do ano passado, houve perda de 730.417 postos de trabalho. De acordo com o economista-chefe da CNC, Fabio Bentes, a alta de 0,8% não chega a ser motivo de comemoração, mas acompanha o ritmo de crescimento da economia do país esperado para este ano. As projeções eram de 0,8% até a divulgação do PIB e foram revistas para 1%. Como a gente vê que o mercado de trabalho está ganhando velocidade muito lentamente, é bem provável que a gente tenha um aumento, no final de 2017, de aproximadamente 1% também. O que esse número significa? Não é um número espetacular, com certeza não é, mas ele interrompe uma sequência longa de crise no mercado de trabalho, ele consolida a recuperação do mercado de trabalho. Segundo o economista, a análise mostrou que a recuperação não está concentrada em uma parte do país e ocorre em 20 das 27 unidades da federação. Esse movimento está se espalhando. A gente olha a Região Sul, a Região Centro-Oeste, o Sudeste, excluindo o Rio de Janeiro, e já parte do Norte e Nordeste também com geração líquida de postos de trabalho. Isso dá para gente uma segurança e uma confiança maior de que o ano de 2018, do ponto de vista do emprego, vai ser melhor do que foi 2017. O estado com mais criação de vagas foi São Paulo, com 124.876, seguido de Minas Gerais, com 62.257, e Santa Catarina, que ficou com saldo de 46.170 postos de trabalho criados no período. O Rio de Janeiro teve perda de 82.443 vagas, seguido de Alagoas, com 9.362, e Paraíba, que diminuiu em 2.926 o número de empregos formais. Só sete estados ainda registram saldo negativo, com mais demissões do que contratações, alguns já estão praticamente zerados, o saldo está próximo de zero, e no Rio de Janeiro está longe disso. Pelos números do próprio Caged, 84% da destruição dos postos de trabalho nesse momento estão concentrados no Rio de Janeiro, esse número tem tudo a ver com a crise que passa o estado, disse Bentes. Por setor econômico, a agropecuária liderou a criação de vagas no período, com saldo de 105.091 postos, seguido de ensino, com 69.083 vagas, e serviços médicos, odontológicos e veterinários, que aumentou em 51.026 o número de postos de trabalho. Por outro lado, o comércio varejista perdeu 57.469 postos, a construção civil diminuiu em 30.545 o número de vagas e o setor de serviço de alojamento, alimentação e reparação fechou 14.257 postos de trabalho formais. Bentes lembrou que os dados analisados são anteriores à reforma trabalhista, que entrou em vigor no dia 11 de novembro. Ainda não foram divulgados os números de novembro, mas mesmo novembro e dezembro, esses números sendo divulgados, tendo o varejo como termômetro, o que a gente percebe é que a reforma trabalhista vai levar um certo tempo para engrenar. Como o próprio movimento do mercado de trabalho, que acompanha o ritmo fraco da economia, a gente deve começar a ver algum efeito da reforma trabalhista mais contundente no ano que vem, quando a gente espera que o ritmo de contratações vai aumentar.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/criacao-de-empregos-beneficiou-mais-os-homens-jovens-diz-cnc







Mota-Engil na corrida a obras nas plataformas da Petrobras

18-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Com as maiores construtoras brasileiras impedidas de participar em concursos da petrolífera por causa do seu envolvimento no escândalo Lava Jato, abrem-se oportunidades para grupos de outras nacionalidades.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/construcao/detalhe/mota-engil-na-corrida-a-obras-nas-plataformas-da-petrobras







Raríssimas: Vieira da Silva diz que tem todas as condições para se manter no cargo

18-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



O ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Vieira da Silva, considerou hoje que mantém todas as condições para se manter no cargo e no Governo.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/politica/detalhe/rarissimas-vieira-da-silva-diz-que-tem-todas-as-condicoes-para-se-manter-no-cargo







Petrobras vende 25% do Campo de Roncador à Statoil por US$ 2,9 bilhões

18-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Serão feitos investimentos para aumentar o fator de recuperação do campo Agência Petrobras A empresa petrolífera norueguesa Statoil pagou US$ 2,9 bilhões por 25% da participação da Petrobras no Campo de Roncador, localizado na área norte da Bacia de Campos, no norte Fluminense. Este foi um dos vários contratos assinados com a empresa norueguesa relacionados aos ativos da parceria estratégica firmados entre as duas companhias no final de setembro deste ano. Também foram assinados outros contratos, segundo a Petrobras anunciou hoje (18), como o de cooperação técnica com foco em aumentar o volume recuperável de petróleo (fator de recuperação), incluindo a extensão da vida útil do mesmo campo. e o que dá à Statoil a opção de contratar uma determinada capacidade de processamento de gás natural no terminal de Cabiúnas (TECAB) para o desenvolvimento da área do BM-C-33 (Bacia Marítima de Campos 33), já operado pela empresa norueguesa em parceria com a brasileira. Em nota, a Petrobras esclarece que a operação ainda está sujeita ao cumprimento de todas as condições precedentes previstas no SPA [Sistema de Produção Antecipada], incluindo a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Dos US$ 2,9 bilhões pagos pela Statoil por 25% de Roncador, US$ 2,35 bilhões serão desembolsados no fechamento da operação e US$ 550 milhões em pagamentos contingentes relacionados aos investimentos dos projetos para aumentar o fator de recuperação do campo. Dessa forma, os investimentos futuros neste campo serão realizados na proporção 2 por 1, com a Statoil assumindo 25% adicionais, limitados a US$ 550 milhões, além da sua participação adquirida. A Petrobras continuará como operadora do campo, com a participação de 75%. Roncador O campo de Roncador está a cerca de 125 km do Cabo de São Tomé, península localizada a 40 quilômetros de Campos dos Goytacazes. Localizado em lâmina d'água que varia de 1.500 a 1.900 metros, o campo foi descoberto em outubro de 1996, com a perfuração do poço 1-RJS-436A. Possui uma área de aproximadamente 400 quilômetros quadrados (km²) e tem quatro unidades de produção instaladas: P-52, P-54, P-55 e P-62. A produção média deste campo, em novembro, foi de aproximadamente 240 mil barris de óleo por dia e 40 mil barris de óleo equivalente (petróleo e gás natural) por dia. O campo de Roncador tem aproximadamente 10 bilhões de barris petróleo e óleo equivalente em volume in place (no local) e uma expectativa de volume recuperável remanescente superior a 1 bilhão barris equivalentes. Segundo a Petrobras, a ambição é aumentar o fator de recuperação, por meio dessa parceria com a Statoil, em pelo menos 5%, o que pode trazer um volume adicional de aproximadamente 500 milhões barris equivalentes". Geração de valor No fato relevante em que comunica o acordo ao mercado, a Petrobras esclarece que a parceria estratégica com a Statoil está fundamentada num alinhamento de interesses estratégicos das duas companhias e no potencial de geração de valor para as partes, em função de seus conhecimentos e experiências nos segmentos de exploração e produção em águas profundas e de gás natural. A Statoil, segundo a Petrobras, tem reconhecida experiência na otimização de campos maduros offshore com foco na maximização dos fatores de recuperação e na extensão da vida útil desses campos. Tem, ainda, destacada atuação no segmento de gás natural, sendo o segundo maior fornecedor de gás para o mercado europeu e larga experiência e conhecimento em logística, comercialização e regulação do setor. Atualmente, a Petrobras e a Statoil são parceiras em 13 áreas, em fase de exploração ou de produção, sendo que dez estão localizadas no Brasil e três no exterior. A transação faz parte do Programa de Parcerias e Desinvestimentos da Petrobras para o biênio 2017-2018.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/petrobras-vende-25-do-campo-de-roncador-statoil-por-us-29-bilhoes







Organismos geneticamente modificados, qual o limite?

18-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este trabalho resulta de uma pesquisa bibliográfica, reflectindo desta forma a preocupação da autora sobre um assunto que poderá afectar a Europa, no decorrer da aprovação do tratado trasntlântico TTIP.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.8/2904







Génese e desenvolvimento da cidade do Mindelo: a preservação de uma identidade

18-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Perante a problemática do crescimento acelerado da cidade, desconhecendo-se o seu processo de desenvolvimento urbano, em que edifícios antigos clamam por requalificação, considera-se a génese e o desenvolvimento da cidade, um tema bastante pertinente sob o ponto de vista arquitectónico e urbanístico, tendo em vista a preservação do património arquitectónico. Possibilitando desta forma a percepção de como a questão da preservação do património se pode repercutir e modelar em concreto sobre edifícios históricos, sendo estes considerados património arquitectónico a serem salvaguardados. A análise do crescimento morfológico da cidade proporciona um ponto de partida de abordagem deste tema, possibilitando assim a identificação das linhas gerais de desenvolvimento urbano, bem como a localização de edifícios, considerados património, que contribuiu para aquele desenvolvimento, proporcionando desta forma um posição crítica sobre a evolução urbana da cidade e a preservação do seu do património edificado. Logo, entende-se que o trabalho a que nos propomos possa contribuir para a valorização do património arquitectónico - urbanístico da ilha de S.Vicente; ABSTRACT: The issue of accelerated growth cities, unknowing the urban development process, where old buildings are asking for rehabilitation, the theme genesis and development of the city is considered very relevant from the architectural and patrimony point of view, by having to look for preservation of the architectural patrimony. Making possible to understand how the question of preservation in architectural patrimony can rebound and model the history buildings. which is considered architectural patrimony to be safeguarded, this work become fundamental to understand though which way it can be done. The city growth analise will provide the starting point to the approach of this theme, making possible to identify the general urban development lines, as well as the localization of those buildings considered as architectural patrimony, providing a critical position about the urban evolution of the city and his patrimony builded. So we understand that this work could provide the valorization to urbanist and architectural patrimony to the S.Vicente island.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10174/21556







O livro adaptado como instrumento de comunicação: um exemplo de utilização de tecnologia digital

18-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.11/5806







Sistema de gestão de centrais fotovoltaicas

18-Dezembro-2017 - rcaap.pt



De forma a concentrar a informação de sistemas SCADA de instalações fotovoltaicas e posteriormente conseguir analisar a mesma através de uma plataforma web com várias funcionalidades, foi criada uma solução dividida em duas aplicações diferentes. Uma foi projetada para estabelecer comunicações com as instalações e a outra para disponibilizar a informação em diferentes formatos. A aplicação para adquirir a informação e realizar o respetivo arquivamento numa base de dados foi desenvolvida na linguagem Java, onde existem várias funções de processamento que permitem garantir que a informação adquirida não é repetida, assim como recuperar a informação que não é arquivada por falhas de comunicações, desde que essa informação exista ainda nos arquivos dos sistemas SCADA. A principal vantagem desta aplicação é permitir uma grande escalabilidade no que diz respeito ao acréscimo de novas instalações e aquisição de diferentes sistemas SCADA. Para o caso da aplicação web, foi realizado um estudo do mercado que permitiu criar um portal com uma base bastante sólida de funcionalidades, comparável com os portais existentes no mercado dos sistemas de energia solar. Este portal permite aos utilizadores visualizarem todos os dados de uma instalação fotovoltaica assim como realizar análises comparativas que não eram possíveis anteriormente. Também foram acrescentadas funcionalidades de calendarização que permitem gerir eficientemente o trabalho do departamento de operação e manutenção das energias renováveis. Por último foi acrescentada a funcionalidade de geração de relatório que reduz o tempo dos mesmos para posteriormente serem apresentados aos clientes.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10618







Relatório de Estágio

18-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Mestrado em Informática de Gestão



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19735







“Picos e Avelã à descoberta da Floresta do Tesouro!” : construção de um programa de prevenção primária de abuso sexual para crianças em idade pré-escolar

18-Dezembro-2017 - rcaap.pt



PsycInfo Codes: 2956 Educação Infantil & Cuidados Infantis 3530 Currículo & Programas & Métodos de Ensino



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10071/14774







O psicólogo no contexto de saúde : Modelos de colaboração

18-Dezembro-2017 - rcaap.pt



As equipas biopsicossociais requerem que profissionais com culturas e backgrounús diferentes estabeleçam relações de colaboração. Este artigo descreve quatro modelos de colaboração mais comum entre o psicólogo e o médico e tece algumas considerações sobre a formação de psicólogos em contextos de saúde.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.12/4091







Desafios da governança urbana : a participação pública como forma de melhorar a governação local – O caso da Cidade da Praia – Cabo Verde

18-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A governança urbana indica um modelo de administração pública que permite alcançar resultados positivos sobre o território, baseado nos princípios da responsabilização, cooperação, transparência, abertura e participação dos diversos actores que compõem a sociedade civil. Perante os desafios da actualidade, a participação pública revela-se como um ingrediente sine qua non para enfrentar as sucessivas alterações políticas, ambientais e socioeconómicas. Ao mesmo tempo que contribui para tornar os cidadãos (mais) pró-activos na resolução dos problemas urbanos comuns e participar na tomada de decisão. Este trabalho busca identificar os principais problemas urbanos das áreas de expansão informal da cidade da Praia (Cabo Verde) e como as populações podem contribuir para a sua resolução. A metodologia baseou-se, numa primeira fase em pesquisa bibliográfica de referência, para depois partirmos para o trabalho de campo, onde aplicamos inquéritos a membros das famílias da Praia Norte (caso de estudo) e efectuamos entrevistas a responsáveis da autarquia e de ONG preocupadas com as questões urbanas. As análises demonstram um grande distanciamento entre a administração local e a população residente na cidade informal, excluída do processo da governação da cidade, ou seja, apoiado num sistema top-down. Perante os graves problemas territoriais (carência habitacional, insuficiência e/ou deficiência das infra-estruturas básicas e equipamentos colectivos), as autoridades têm demonstrado incapacidade para travar o crescimento de novas áreas informais e de proceder à recuperação das existentes. Por outro lado, a passividade da população em nada tem contribuído para solucionar os problemas e melhorar as suas condições de vida. Conclui-se que o caminho para uma boa governança urbana da cidade da Praia, deve passar pela adopção de um sistema de governação estratégica, alicerçado na participação pública, onde as respostas para resolução dos problemas locais possam surgir numa escala bottom-up. Para isso, é preciso maior investimento no papel da cidadania activa, aliado numa política audaz e inclusiva, ou seja, deixar de “olhar” para o cidadão como um mero eleitor para os projectos políticos e passar a relacionar-se com os mesmos, como se de um cliente para uma empresa se tratasse.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10362/14410







Literacia da informação: o primeiro degrau para a Ciência Aberta

18-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Introdução – No ensino superior, bibliotecários e professores têm desenvolvido estratégias para apoiar o desempenho académico dos estudantes, particularmente no respeitante às competências de literacia da informação, as quais são consideradas como uma poderosa ferramenta de intervenção na esfera da produção do conhecimento. Também a Ciência Aberta, centrada no eixo pesquisar fontes abertas/organizar dados abertos/publicar em acesso aberto, sobrevive das mesmas competências e dos mesmos saberes. Objetivos – O objetivo deste estudo é fazer uma reflexão sobre a missão das bibliotecas de ensino superior e o seu contributo para a Ciência Aberta, enquanto fonte e resultado da investigação científica, do ensino e da aprendizagem, através do fornecimento de competências de literacia da informação. Métodos – Revisão da literatura sustentada nos eixos da literacia da informação e da Ciência Aberta, compreendendo: a) seleção de três estudos de caso, desenvolvidos por bibliotecários e bibliotecas de ensino superior em Portugal no fomento de boas práticas e no fornecimento de competências que envolvam o saber pesquisar, selecionar, avaliar e utilizar a informação; b) seleção de um programa europeu de formação para doutorados e investigadores sobre literacia da informação e seu impacto na Ciência Aberta. Resultados/Conclusões – Os três estudos, desenvolvidos em comunidades académicas, apontam para: a) a necessidade de orientar a aprendizagem individual dos estudantes com a aprendizagem guiada por um docente; b) as competências de literacia da informação devem ser incluídas e desenvolvidas nos planos de estudo; c) a literacia da informação está associada ao ciclo de produção, comunicação, recuperação e utilização do conhecimento. O desenho curricular do programa FOSTER segue o mesmo conceito de formação de profissionais autónomos, reflexivos e críticos, à semelhança dos estudos de caso apresentados, capacitando doutorandos e investigadores para a investigação e para a divulgação dos dados científicos em acesso aberto. A literacia da informação, em conclusão, assume-se como uma ferramenta de aprendizagem essencial para o desenvolvimento da Ciência Aberta, potenciando o entendimento crítico dos conteúdos, a par do desenvolvimento e do progresso da investigação.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.21/7707







Formação em Ciências na licenciatura em Educação Básica: o caso da Escola Superior de Educação de Bragança

18-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A formação de educadores e professores é um processo que exige uma contínua reflexão dos diferentes atores envolvidos. No presente estudo pretende-se analisar o que pensam os alunos da formação em ciências e em didática das ciências obtida na Licenciatura em Educação Básica na Escola Superior de Educação de Bragança, e como essa formação contribui para seu o desempenho no âmbito da iniciação à prática profissional. Trata-se de um estudo qualitativo, de caráter descritivo e interpretativo que recorreu a entrevistas semiestruturadas. Os resultados evidenciaram que os alunos manifestaram satisfação relativamente à formação em ciências, e realçaram o papel da didática das ciências para o desenvolvimento das suas experiências nos diferentes contextos. Referiram, ainda, a relevância do trabalho prático e experimental e a implementação destas estratégias nas suas práticas educativas. Concluiu-se que embora a opinião dos alunos seja favorável à formação recebida reconhecem que há necessidade dessa formação ser ampliada.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/14744







Perceção dos consumidores sobre as características sensoriais do queijo de ovelha de cura extra longa

18-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O queijo é um alimento importante para uma alimentação saudável. Portugal é um país com uma enorme tradição no fabrico de queijo a partir da utilização dos pequenos ruminantes. Rebanhos conduzidos em sistemas de produção com base na silvo-pastorícia, com ciclos de produção ao sabor da fisiologia do animal, moldado pelo tempo e a mestria do pastor. A produção de queijos tradicionais é um hábito muito arreigado nas comunidades pastoris e o estudo da aceitação dos consumidores em relação ao queijo envelhecido constitui um factor importante para a estratégia de valorização/competitividade. Este trabalho baseia-se nos dados de um inquérito às preferências de consumo de queijo de ovelha de Cura Extra Longa (CEL). O estudo teve como objetivos: identificar o perfil do consumidor, os seus hábitos de consumo de queijo e comparar a perceção dos consumidores face às características de queijos com diferentes tempos de cura (6, 11 e 12 meses). Para isso, desenvolveu-se um estudo baseado numa amostra de 107 consumidores que se deslocaram a um supermercado de Bragança em 29 de maio de 2015 e à Feira Nacional de Agricultura 2015, em Santarém em 11 de junho. Para proceder à recolha de dados foi utilizado um questionário com questões acerca das características do consumidor, da frequência do consumo de queijo e das perceções sensoriais por parte dos consumidores (aspecto, aroma, sabor, perceção de teor de gordura, dureza, perceção de teor de sal) dos queijos. O tratamento dos dados foi feito com recurso ao SPSS 23.0 e envolveu o uso de estatística descritiva para identificar o perfil do consumidor e os seus hábitos de consumo de queijo; e, o teste de Friedman para verificar se existiam diferenças, estatisticamente, significativas entre os queijos com diferentes tempos de cura. A maioria dos participantes consumia queijo mais de uma vez por semana (77,6%), era do género masculino (57,9%), tinha idade compreendida entre 25 e 64 anos (77,6%), era casado ou vivia em união de facto (48,1%), o agregado familiar integrava 3 ou 4 pessoas (52,5%) com um rendimento líquido mensal do agregado familiar situado entre 1001 e 3000 € (44,9%) e tinha habilitações literárias ao nível do ensino superior (63,6%). Os resultados globais permitiram identificar diferenças, ao nível de significância de 1%, em todas as características consideradas com exceção da perceção do teor de sal e perceção do teor de gordura. Relativamente ao aspecto, aroma, sabor, avaliação global e intenção de compra, o queijo com seis meses de cura foi o preferido, independentemente, do género do inquirido. As diferenças encontradas devem-se, essencialmente, a fatores como o escalão etário (25 a 64 anos) e a frequência do consumo de queijo (mais de uma vez por semana). Verificou-se, ainda, que o género, o escalão etário e a frequência do consumo de queijo são fatores diferenciadores no que diz respeito à dureza do queijo, sendo os queijos com mais cura considerados mais duros pelos indivíduos do género masculino com idade entre os 25 e 64 anos e que consomem queijo mais do que uma vez por semana.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/14736







Frederico Morais eliminado na segunda ronda do Billabong Pipe Masters

17-Dezembro-2017 - sapo.pt



O português Frederico Morais foi hoje eliminado na segunda ronda do Billabong Pipe Masters, 11.ª e última etapa do circuito mundial de surf, a decorrer em Oahu, no Havai.



Link para o texto completo:
 
http://24.sapo.pt/desporto/artigos/frederico-morais-eliminado-na-segunda-ronda-do-billabong-pipe-masters







Jorge Jesus confirma afastamento de Alan Ruiz e frisa que ´há regras´

17-Dezembro-2017 - sapo.pt



O treinador do Sporting, Jorge Jesus, confirmou hoje que o argentino Alan Ruiz está "afastado" dos trabalhos da equipa principal de futebol e lembrou que "quem não perceber que há regras, tem mais dificuldade em apanhar o comboio".



Link para o texto completo:
 
http://24.sapo.pt/desporto/artigos/jorge-jesus-confirma-afastamento-de-alan-ruiz-e-frisa-que-ha-regras







Frederico Morais eliminado na segunda ronda do Billabong Pipe Masters

17-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/Ca4XQevusME/322388-frederico-morais-eliminado-na-segunda-ronda-do-billabong-pipe-masters







Dois funcionários do Programa Alimentar Mundial mortos

17-Dezembro-2017 - publico.pt



Emboscada no Nordeste da Nigéria



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/17/mundo/noticia/dois-funcionarios-do-programa-alimentar-mundial-mortos-1796361







Nigéria. Emboscada mata quatro funcionários do PAM

17-Dezembro-2017 - sapo.pt



[em actualização]



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/100979/nigeria-emboscada-mata-quatro-funcionarios-do-pam?utm_source=rss







Nigéria. Emboscada mata dois funcionários do PAM

17-Dezembro-2017 - sapo.pt



[em actualização]



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/100979/nigeria-emboscada-mata-dois-funcionarios-do-pam?utm_source=rss







Jorge Jesus confirma afastamento de Alan Ruiz e frisa que ´há regras´

17-Dezembro-2017 - sapo.pt



O treinador do Sporting, Jorge Jesus, confirmou hoje que o argentino Alan Ruiz está "afastado" dos trabalhos da equipa principal de futebol e lembrou que "quem não perceber que há regras, tem mais dificuldade em apanhar o comboio".



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/jorge-jesus-confirma-afastamento-de-alan-ruiz-e-frisa-que-ha-regras_23424109.html







Frederico Morais eliminado na segunda ronda do Billabong Pipe Masters

17-Dezembro-2017 - sapo.pt



O português Frederico Morais foi hoje eliminado na segunda ronda do Billabong Pipe Masters, 11.ª e última etapa do circuito mundial de surf, a decorrer em Oahu, no Havai.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/internacional/artigo/frederico-morais-eliminado-na-segunda-ronda-do-billabong-pipe-masters_23424016.html







UGT disponível para reduzir ou suspender descontos para o Fundo de Compensação do Trabalho

17-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Carlos Silva, da UGT, abre a porta à redução e suspensão das contribuições patronais para o Fundo de Compensação do Trabalho durante dois anos, ou seja, no período da actual legislatura.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/multimedia/negocios-tv/detalhe/ugt-disponivel-para-reduzir-ou-suspender-descontos-para-o-fundo-de-compensacao-do-trabalho







Marcelo afirma que lhe cabe fazer pressão, embora ele e Costa se completem

17-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



O PR diz que lhe cabe fazer pressão para acelerar os trabalhos de reconstrução nas zonas devastadas, mas considerou que ele o primeiro-ministro se completam no acompanhamento do processo.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/v-8AZZBNlFs/marcelo-afirma-que-lhe-cabe-fazer-pressao-embora-ele-e-costa-se-completem-8992247.html







Carlos Silva: ´Há abertura para suspender descontos de 1% para o fundo de compensação´

17-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



A UGT revela abertura para aceitar a redução ou suspensão dos descontos para o Fundo de Compensação do Trabalho. E pede ao Ministério das Finanças que analise o pagamento por conta.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/emprego/detalhe/carlos-silva-ha-abertura-para-suspender-descontos-de-1-para-o-fundo-de-compensacao







Ordem dos Contabilistas: Uma instituição apetecível com 20 milhões para gerir

17-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Sendo uma das maiores ordens profissionais do País, a OCC tem um orçamento anual de 20 milhões de euros para gerir. Órgãos sociais amealham um milhão.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/ordem-dos-contabilistas-uma-instituicao-apetecivel-com-20-milhoes-para-gerir







Estado angolano precisa de endividar-se em 26,9 mil milhões de euros em 2018

17-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/bqSSrTO569w/322379-estado-angolano-precisa-de-endividar-se-em-269-mil-milhoes-de-euros-em-2018







Carlos Silva sobre revisão de carreiras: ´Foi atirar o barro à parede´

17-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Carlos Silva não acredita que o Governo tenha condições políticas para harmonizar a progressão nas carreiras na Função Pública. E espera que em 2019 haja aumentos gerais de salários no Estado.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/emprego/detalhe/carlos-silva-sobre-revisao-de-carreiras-foi-atirar-o-barro-a-parede







Redução de descontos do fundo de Compensação do Trabalho pode ser contrapartida ao salário mínimo

17-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Defendendo uma subida do salário mínimo para os 585 euros - e não para os 580 euros - Carlos Silva, da UGT, considera que a redução dos descontos para o Fundo de Compensação do Trabalho e o financiamento da formação profissional podem funcionar como contrapartidas.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/multimedia/negocios-tv/detalhe/reducao-de-descontos-do-fundo-de-compensacao-do-trabalho-pode-ser-contrapartida-ao-salario-minimo







Carlos Silva: ´Era importante que a legislação laboral ficasse inalterada´

17-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Defendendo "ao máximo" a estabilidade da legislação laboral, o secretário-geral da UGT, Carlos Silva, abre ainda a porta a uma suspensão das contribuições para o fundo de compensação do trabalho e sugere ao Governo alterações no pagamento por conta.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/emprego/detalhe/carlos-silva-era-importante-que-a-legislacao-laboral-ficasse-inalterada







Proposta de Implantação de um Modelo de Programa de Desenvolvimento Humano Continuado: Caso Fundação Sousândrade

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Os avanços científicos e tecnológicos ocorridos nas últimas décadas em um mundo globalizado, o mercado competitivo e volátil e a importância do fator humano nas organizações nos dias atuais, transformaram de forma significativa os modelos de gestão das organizações. Essas mudanças incidem de forma expressiva sobre os padrões comportamentais dos indivíduos, influenciando-os em suas atitudes, posturas, percepções e decisões. As Fundações de Apoio e de Desenvolvimento Institucional no Brasil, em face desse ambiente de mudanças, tiveram que adaptar seus modelos burocráticos de gestão, herdados da administração pública brasileira, para um modelo de gestão estratégica, com foco nos resultados e na visão voltada para o futuro. A presente dissertação apresenta um estudo de caso em uma Fundação de Apoio, com o objetivo principal de apresentar uma proposta de modelo de desenvolvimento humano continuado, facilitando, assim, a adaptação dos recursos humanos às novas tendências e ao desenvolvimento de suas competências nesse ambiente de mudanças. Primeiramente, será apresentada a revisão teórica sobre as principais escolas de gestão, suas teorias e abordagens que impactaram na mudança do comportamento humano dentro das organizações. Posteriormente, será realizada uma pesquisa exploratória em uma Fundação de Apoio, demonstrando o seu clima e cultura organizacional, e as dificuldades e adversidades dos funcionários frente às principais mudanças ocorridas nos últimos anos. Após a pesquisa, será apresentada a conclusão, com base no inquérito realizado, junto com um pacote de processos, procedimentos e ações que poderão ser implantadas nessa Instituição. Este trabalho poderá servir como uma ferramenta de aprimoramento no desempenho dos recursos humanos que atuam no terceiro setor, e poderá ser utilizado na administração pública indireta, como também, na iniciativa privada, levando em conta, um ambiente incerto e volátil.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10314/3824







Auditoria Operacional: O caso da Operação Técnica do Aterro sanitário do Município de Maceió no Estado de Alagoas

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A Auditoria Operacional é um instrumento de controle externo adotado pelo Tribunal de Contas, e tem o objetivo de contribuir para a melhor gestão dos recursos públicos aplicados e destinados a melhoria da qualidade de vida da população, minimizando falhas que penalizam toda uma coletividade. Surge então a necessidade de gerenciar estes procedimentos utilizando como ferramenta a fiscalização, o que permite a apuração de todos os aspectos de uma ação ou programa governamental, desde sua concepção até os resultados efetivos que eles trouxeram à sociedade. Assim, o presente trabalho pretendeu desenvolver um estudo da Auditoria Operacional, relativo à Operação Técnica do Aterro Sanitário do Município de Maceió no Estado de Alagoas, nos anos de 2010, e 2014 – 2016, foram analisadas às células domiciliares (espalhamento, a compactação e a cobertura com argila dos resíduos sólidos, o chorume gerado pelos resíduos na célula que devem ser captados através de drenos e direcionados para a Estação de Tratamento); as podas e compostagem; a estação de beneficiamento de entulhos; os taludes; e a estação de tratamento do percolado, com a finalidade de pontuar os achados (pontos a serem corrigidos) e explicitar as devidas recomendações.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10314/3825







Controlo da qualidade em microbiologia alimentar : estágio em laboratório com acreditação IPAC segundo a NP EN ISO/IEC 17025

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Mestrado em Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/20.500.11960/1951







Cultura de Segurança nos Cuidados Perioperatórios: Impacto no Intraoperatório

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A Cultura de Segurança do Doente (CSD) é reconhecida internacionalmente como um elemento estruturante da qualidade dos cuidados de saúde. O trabalho em equipa, a comunicação, a organização do trabalho por turnos, o desempenho individual e profissional dos enfermeiros perioperatórios são fatores que influenciam a prestação de cuidados e a segurança do doente. Constituem objetivos desta investigação compreender a relevância que os enfermeiros perioperatórios conferem à implementação de uma CSD na prestação de cuidados, identificar procedimentos passíveis de causar danos e verificar a adesão dos enfermeiros do Bloco Operatório no preenchimento da Lista de Verificação de Segurança Cirúrgica. Estudo quantitativo com características descritivas, realizado a partir do questionário ?Hospital Survey on Patient Safety Culture? implementado pela Agency on Healthcare Research and Quality, para avaliar a CSD das organizações de saúde. A análise descritiva e inferencial realizou-se com recurso a programa estatístico. Da amostra de 77 enfermeiros, 50,65% situam-se no grupo etário dos 41 aos 50 anos e 63,63% tem experiência profissional superior a 13 anos. Os 42 itens avaliados foram distribuídos por 12 dimensões. Numa avaliação global dos itens apenas 4 se afiguram fortes na avaliação da CSD, indicando que os profissionais se entreajudam, estão a trabalhar ativamente para a melhoria da segurança do doente e o superior hierárquico dá elevada atenção aos problemas relacionados com a segurança. Pela análise das 12 dimensões, 8 apresentam-se como fatores críticos/problemáticos ao evidenciarem percentuais inferiores a 50% e 4 como aspetos não críticos, mas a necessitar de melhorar. Conclusão, a CSD no Bloco Operatório, caracterizada pela maioria dos enfermeiros como aceitável, afigura-se como fator crítico na qualidade dos cuidados prestados.



Link para o texto completo:
 
http://web.esenfc.pt/?url=vu4onImX







Aprendizagem de testes de hipóteses através do trabalho de projeto

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Neste artigo estuda-se a realização de trabalhos de projeto por alunos do ensino superior politécnico na aprendizagem de testes de hipóteses, salientando-se o uso de tecnologia, a promoção do raciocínio estatístico e a autoavaliação dos alunos sobre o trabalho de projeto. Participaram no estudo 31 alunos da Licenciatura de Engenharia Informática organizados em pequenos grupos, os quais realizaram um trabalho de projeto sobre o tema Redes Sociais. Em termos de resultados, salienta-se que, em geral, os alunos sentiram algumas dificuldades no uso da tecnologia, desenvolveram várias dimensões do pensamento estatístico e avaliaram positivamente a sua participação no trabalho de projeto.



Link para o texto completo:
 
http://revistas.ua.pt/index.php/ID/article/view/6161







Desenvolvimento profissional de professores em São Tomé e Príncipe: um estudo em torno da formação contínua promovida no quadro do projeto Escola+, fase II

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A formação contínua de professores não tem ainda, em São Tomé e Príncipe, um caráter sistemático nem obrigatório. Reconhece-se, contudo, que esta formação é essencial, não só para a atualização e aprofundamento de conhecimentos, como também para o colmatar de graves lacunas que uma parte significativa do corpo docente, ainda não profissionalmente habilitado e, por vezes, sequer academicamente qualificado, apresenta. Assim, no quadro do Projeto Escola+, fase II, desenvolveu-se um conjunto de ações de formação para professores do ensino secundário (7ª a 12ª classes), com as quais se procurou responder a necessidades específicas de formação deste corpo docente, tanto ao nível de conhecimentos de didática geral e de domínio transversal da língua portuguesa, quanto ao nível específico de conteúdos disciplinares e sua didática. Visando identificar indícios de que estas formações contribuíram para o aumento do conhecimento profissional dos professores-formandos e, consequentemente, para o seu desenvolvimento profissional, este estudo, de natureza qualitativa e interpretativa, assenta numa análise de conteúdo de 56 relatórios de formações, implementadas entre 2013 e 2016. Através deles, podemos perceber que as formações permitiram diagnosticar uma série de fragilidades nos domínios do conhecimento do conteúdo, do conhecimento pedagógico, do conhecimento do currículo e dos procedimentos de avaliação. Existem evidências de que, sobretudo nos domínios de conhecimento dos conteúdos e pedagógico, as formações tiveram um impacto positivo no desenvolvimento profissional dos formandos, mas reconhece-se que há ainda um longo caminho a percorrer, repleto de desafios, no sentido da melhoria do desempenho profissional dos professores deste nível de ensino.



Link para o texto completo:
 
http://revistas.ua.pt/index.php/ID/article/view/6101







O contributo da disciplina de EMRC para o desenvolvimento da pessoa humana : uma análise temática do programa do ensino básico de EMRC para os 2º e 3º ciclos

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este trabalho no âmbito do Mestrado em Ciências Religiosas, faz uma reflexão sobre a Unidade Letiva 1 do Programa de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) do 6º ano “A Pessoa Humana” pretendendo explorar e aprofundar a importância que os conteúdos relacionados com a temática da Pessoa Humana têm no programa da disciplina no 2º e 3º ciclos. A disciplina de EMRC, com todos as suas metas e objetivos, tem um papel fundamental na questão da educação para a promoção da Pessoa Humana, despertando os nossos alunos, para as realidades existentes, comprometendo-os na busca incessante de soluções para o seu desenvolvimento integral. Possibilitando-lhes uma educação que lhes dê as ferramentas necessárias, para que possam construir um futuro com vista ao bem comum, sem descartar a Pessoa Humana. Pois é urgente e imperioso criar neles a consciência que o desenvolvimento das pessoas e por conseguinte, da sociedade, tem que ser centrado no bem da pessoa. No nosso mundo assistimos a um agudizar de situações que causam sofrimento a um número cada vez maior de pessoas, pois a sua dignidade não está salvaguardada, nomeadamente quando milhões de seres humanos se vêem privados de alimentação, água potável, habitação condigna, educação e cuidados de saúde que são direitos consagrados na Declaração Universal dos Direitos do Homem.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/23679







Ciência e religião : duas perspetivas complementares no estudo das origens

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O texto que se apresenta serve de relatório da prática de ensino supervisionada, centrando-se na Unidade Letiva do 7º ano de escolaridade da Disciplina de EMRC intitulada “As Origens”. Nesse sentido reflete o necessário diálogo entre a religião e a ciência, numa posição de complementaridade no que diz respeito às respostas que cada uma nos oferece perante as questões da origem do universo e da humanidade. A cosmologia responde atualmente com o Big Bang para explicar a formação do universo e a existência da totalidade da matéria. A biologia serve-se do evolucionismo para explicar a origem do homem. A teologia, por sua vez, apresenta uma resposta que se encontra fora do mundo físico, numa realidade que a transcende e que é a sua causa: um Criador que tudo faz por amor. Esta leitura interdisciplinar é a base da adequação pedagógica da temática para os alunos, trabalho que se apresenta nos vários documentos necessários.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/23680







Subespécies e subespeciação

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Um dos assuntos mais controvertidas da Sistemática das últimas décadas é o da existência, objectivação e utilidade da subespécie como categoria taxonómica. Desta controvérsia dão conta, com a lucidez e espírito crítico que os caracterizam, Mayr e Simpson em várias das suas obras. Mas outros autores, entre os quais alguns taxonomistas pouco experientes e, talvez por isso, com tendência para o ensaio pontificante e desligado do trabalho analítico, têm lançado certa confusão sobre um tema que, mais do que qualquer outro, é enormemente dependente da prática taxonómica. Por outro lado, há que ter em consideração a formação e sensibilidade dos taxonomistas, mais artística ou mais quantitativa, e as suas tendências mais ou menos «populacionais» – o que, em parte, está relacionado com o grau de conhecimento da estrutura das espécies dos grupos em que se especializaram. É que, como as subespécies, quando existem, representam aspectos estruturais das espécies e tais aspectos variam não só entre os grupos taxonómicos como entre as espécies do mesmo grupo, há que contar, na teorização sobre a subespécie, com forte influência da especialização do autor. Desde já, por isso, declaro que a minha experiência taxonómica se limita a algumas espécies de Ciprinídeos, de Mamíferos e de Braquiuros intercotidais, sendo, portanto, natural que, no decurso deste trabalho, me refira, sobretudo, a exemplos tomados destes grupos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.3/4512







Consultoria de recrutamento e seleção na empresa Msearch

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Mestrado em Gestão de Recursos Humanos



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.5/14476







Análise energética e exergética de uma caldeira de biomassa

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente trabalho visa apresentar o estudo termodinâmico de uma caldeira de biomassa em termos energético e exergético. A metodologia desenvolvida para as análises foi alimentada com dados reais pertencentes à caldeira termoel étrica de biomassa (CTB) da fábrica de celulose de Portucel Cacia. Para a análise energética consideraram-se todas as perdas e ganhos que ocorrem na caldeira sob forma de energia. No que concerne à análise exergética, consideraram-se para além das perdas e ganhos que ocorrem na caldeira, as irreversibilidades associadas todas as transferências e transformações de energia que ocorrem no sistema. Desta forma, a e ciência da caldeira vai ser fortemente in uenciada pelas irreversibilidades. Dividiu-se a caldeira nos principais componentes a m de analisar cada um isoladamente e avaliar a sua in uência na e ciência da caldeira.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/21210







O estudo autónomo do aluno no Ensino Vocacional da Guitarra

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Existe nos tempos de hoje uma prática pedagógica em que os valores e competitividade musicais predominantes, proporcionam uma exagerada preocupação ao nível do rendimento musical discente, levando de forma inconsciente à perda, durante o seu decurso, de aspetos essenciais ao ser humano. As experiências musicais implementadas revelam a concepção de práticas negativas que não facilitam uma formação musical e humana completa, nem proporcionam a progressiva autonomia do aluno. Tendo em consideração o facto mencionado, o presente relatório tem como finalidade dar um contributo para a identificação de fatores favoráveis à autonomia do estudante de Guitarra no ensino vocacional da música. Partindo da sistematização bibliográfica, ambiciona-se contribuir para o esclarecimento desta problemática, pretendendo fazer uma análise cuidada dos fatores que a envolvem, com a finalidade de aclarar os procedimentos que serão indispensáveis. A elaboração de um planeamento para o estudante é necessário para a criação de rotinas, escolha de espaços de estudo, de gestão do tempo de estudo e concentração sobre o trabalho a realizar. O professor e os pais deverão estabelecer um vínculo de mediadores para gradualmente despertar a autonomia dos seus educandos. Neste estudo pretende-se também aferir os fatores que possam permitir melhorias nos índices de motivação do estudante. A utilização metódica dos recursos e das atividades a realizar resultam numa verdadeira evolução na pedagogia da aprendizagem da Guitarra.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19708







Eufónio – Qual a clave a ensinar?

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O Relatório aqui apresentado é o somatório da Prática de Ensino Supervisionada realiza da entre outubro de 2015 e junho de 2016, na Escola de Musica de Perosinho. O presente trabalho descreve o percurso pedagógico de 2 alunos de instrumento, eufónio ao longo do ano letivo; são também apresentadas todas as atividades realizadas no âmbito interno da escola, e também as atividades propostas pelo núcleo de estágio sob a orientação do professor Doutor Alexandre Andrade e pelo professor Filipe Esteves. Por fim, é abordada uma falta de conhecimento e informação no que concerne na clave em que o Eufónio deve ser ensinado, algo de extrema importância porque existe uma grande diferença na forma de ensinar; cada professor tem por hábito ensinar cada um à sua maneira. Neste documento tento expor qual a clave em que deve ser usada e o porquê.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19709







Brasil. Partido dos Trabalhadores formaliza apoio a Lula

17-Dezembro-2017 - sapo.pt



Ex-Presidente lidera as sondagens para as eleições apesar de uma condenação que o pode levar à cadeia.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/100947/brasil-partido-dos-trabalhadores-formaliza-apoio-a-lula?utm_source=rss







Contact Improvisation como uma possibilidade metodológica na disciplina de Técnica de Dança Contemporânea com alunos de 5º ano da Escola de Dança do Orfeão de Leiria

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Relatório Final de Estágio apresentado à Escola Superior de Dança, com vista à obtenção do grau de Mestre em Ensino de Dança.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.21/7701







Prevalência de lesões músculo-esqueléticas em trabalhadores de instituições de apoio a idosos

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Enquadramento: As Lesões músculo-esqueléticas relacionadas com o trabalho (LMERT) são um importante problema entre os trabalhadores de instituições de apoio a idosos, devido à exposição elevada e continuada a esforços físicos, estando estes muitas vezes relacionados com a escassez de meios técnicos, humanos e outros fatores. Objetivos: Identificar a prevalência das LMERT em trabalhadores de instituições de apoio a idosos e determinar correlações entre essas lesões e as variáveis sociodemográficas, clínicas e contextuais. Métodos: Estudo quantitativo, com corte transversal, descritivo e analítico-correlacional. Os dados foram colhidos junto de 79 trabalhadoras de instituições de apoio a idosos – Lares de Terceira Idade (78.5%) e Centros de Dia (21.5%) do Concelho de Penalva do Castelo. O instrumento de recolha de dados utilizado foi um questionário que integrava questões de caracterização, sociodemográfica, caracterização do estado de saúde e da atividade de trabalho, e ainda o Questionário Nórdico Músculo-Esquelético (Kuorinka et al., 1987). Resultados: Trata-se de uma amostra constituída por 79 mulheres, com idades que oscilam entre os 21 e os 62 anos, com uma média de 41.27 anos±11.096. Destas, 78.5% trabalham em Lares de Terceira Idade e 21.5% em Centro de Dia. Constatou-se que 40,3% das trabalhadoras dos Lares de Idosos apresenta LMERT, bem como 58,8% das que exercem em Centros de Dia. As funcionárias que apresentavam níveis mais elevados de LMERT eram as que trabalhavam em Centros de Dia, as que possuíam mais idade (punhos/mãos p= 0.047), com IMC mais elevado (ancas/coxas p=0.024; joelhos p=0.035; tornozelos/pés p=0,008) as que praticam menos atividade física (joelhos p=0.007; tornozelos/pés p=0.044), as que possuíam mais patologias (pescoço p=0.024; cotovelos p=0.002; ancas/coxas p=0.001; joelhos p=0.004; tornozelos/pés p=0.010) e tomavam mais medicação (ombros p=0.026; ancas/coxas p=0.021). Conclusões: Este estudo reforça a ideia de que as LMERT estão presentes num grupo significativo de trabalhadoras de instituições de apoio a idosos. Neste sentido, é imperativo que os enfermeiros, sobretudo os especialistas em reabilitação desenvolvam programas de exercícios ajustados, de modo a preparar os grupos musculares para as ações de trabalho desenvolvidas, aumentar a circulação sanguínea, melhorar a oxigenação cerebral e fomentar pausas no trabalho numa perspetiva preventiva. Palavras-chave: Lesões músculo-esqueléticas; Trabalhadores de instituições de apoio a idosos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.19/4750







O Keirós na análise do fenómeno da escravatura na obra de José Capela

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A análise do fenómeno da escravatura é um elemento estruturante da obra científica de José Capela. Pioneiro desta análise na historiografia contemporânea em Portugal, Capela legou-nos um trabalho meticuloso de inventariação de fontes que desvelou a sua dimensão no fenómeno na formação colonial portuguesa moderna. A análise dos movimentos de cargas nos portos da costa de Moçambique, constitui-se como o lugar de observação que lhe permitiu entender a instalação dum negócio tentacular, de relações locais e transafricanas. Aa escrita da história de José Capela revela igualmente uma dimensão ética sobre o fenómeno. A análise do fenómeno da escravatura na obra de José Capela permite entender a sua compreensão deste fenómeno histórico também como uma forma de consciência do presente. Uma consciência do tempo kairótico. Argumentamos neste artigo que a experiencia de vida de José Capela em Moçambique, a sua proximidade a duas cosmovisões, europeias e moçambicana, lhe permitiu ultrapassar as limitações da descrição cronológica e entender, nas brechas das memórias a densidade da atualidade do fenómeno da escravidão. Defendemos que a consciência da história da escravatura foi, para José Capela, um projeto de vida e uma proposta de libertação.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8352







Relatório final da prática de ensino supervisionada

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Relatório Final de Estágio apresentado ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre no Ensino da Educação Musical



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.11/1195







Devising: exploração de processos de criação teatral

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A seguinte monografia intitulada Devising: Exploração de Processos de Criação Teatral diz respeito ao meu Projeto Final de Mestrado em Teatro, especialização em Encenação e Interpretação, da ESMAE, e investiga a aplicação de uma metodologia dentro desta prática, como forma de criação. No primeiro capítulo, é feita uma contextualização teórica sobre o devising, os seus practitioners como Joan Littlewood, Mike Leigh e outros como os Forced Entertainment, que criam com base nestas práticas. Também é feito um enquadramento sobre a criação coletiva e a chegada do devising a Portugal. O capítulo termina com o que se pretende explorar acerca da obra As Aventuras de Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll. No segundo capítulo, é levada a cabo uma reflexão sobre o modelo que surgiu a partir de práticas de devising, partilhado pelos professores Claire Binyon e Rodrigo Malvar, com a turma do 3º ano da licenciatura em Teatro, com variante de Interpretação da ESMAE, num contexto académico. No terceiro e quarto capítulos, é feita uma descrição sobre a aplicação do método anteriormente apreendido, com dois grupos diferentes. É feita uma reflexão sobre os processos e os seus resultados. No quinto capítulo são feitas reflexões sobre as variantes comparativas dos processos de trabalho. Pode-se concluir que a aplicação do modelo não é igual para todos os grupos, estando dependente das motivações e dos contextos em que estão inseridos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10612







Coluna de ar: o conceito base para aquisição de um bom som na prática do clarinete

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O trabalho desenvolvido ao longo do ano letivo 2016/2017, no âmbito do Mestrado em Ensino da Música está explanado neste relatório de estágio e tem como finalidade ser um relatório reflexivo sobre a Prática Educativa. Este relatório está dividido em três capítulos. O primeiro capítulo contextualiza a escolha e orientações basilares do Conservatório de Música do Porto obtidas através da observação e reflexão dos conteúdos recolhidos do contexto educativo. O segundo capítulo refere-se à prática do ensino supervisionada, realizada no Conservatório de Música do Porto e onde poderemos encontrar todas as componentes práticas do estágio bem como todos os dados recolhidos em contexto de sala de aula. O terceiro capítulo refere-se ao projeto de investigação desenvolvido. O tema em estudo sempre me acompanhou ao longo do meu percurso académico e por isso decidi trazê-lo para análise. Espero que, com os resultados obtidos, este trabalho possa contribuir para um maior conhecimento sobre o conceito de coluna de ar. Neste estudo foi realizada uma recolha de dados através de um inquérito por questionário. As conclusões retiradas visam compreender e perceber a pertinência deste tema em contexto de sala de aula e se necessário, fornecer mais informações com vista à melhoria do desempenho dos alunos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10608







Atas da VI Conferência Internacional Investigação, Práticas e Contextos em Educação

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A VI Conferência Internacional Investigação, Práticas e Contextos em Educação (IPCE), promovida pela Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Leiria (ESECS-IPL), decorreu nos dias 19 e 20 de maio de 2017, na ESECS-IPL. Teve como objetivo proporcionar a interação e a partilha de experiências e conhecimentos entre profissionais de diversas áreas ligadas à Educação e com interesses multidisciplinares, contribuindo e estimulando a investigação e a prática em Educação. O programa incluiu 2 sessões plenárias, proferidas por investigadores internacionais, 2 mesas redondas, 69 artigos, 23 relatos e 6 posters, selecionados a partir de um processo anónimo de revisão entre pares, assegurado pelos 34 elementos da Comissão Científica. Neste documento, apresentam-se os textos remetidos pelos autores das sessões plenárias, dos artigos, dos relatos e dos posters. Estes textos integram temas inter e transdisciplinares e incidem sobre problemáticas atuais no âmbito da educação em contextos de infância, adolescência e idade adulta e sobre a formação em contexto de trabalho, entre outros. Organizado em quatro secções (conferências, artigos, relatos e posters), este livro de atas inclui na primeira secção, o texto de uma das conferências proferidas: “La historieta como herramienta didáctica en la enseñanza de adultos”, da autoria de María Del Mar Díaz González da Universidad de Oviedo (Espanha). Os artigos, relatos e posters surgem nas secções seguintes. Estes trabalhos versam temas como a aprendizagem e a avaliação em contextos educativos; o desenvolvimento comunitário ou revelam experiências de ensino e aprendizagem na Educação de Infância, no Ensino Básico e no Ensino Secundário ou experiências na formação de professores. Outros textos inserem-se especificamente na Didática das Línguas Estrangeiras e na utilização das Novas Tecnologias em contextos educativos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.8/2898







Relatório de Estágio: Instituto da Defesa Nacional

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A defesa e a segurança são dois conceitos essenciais de um Estado soberano. A realização do estágio no Instituto da Defesa Nacional (IDN) permitiu trabalhar e compreender melhor estes dois conceitos. Naturalmente, o presente relatório constitui um reflexo de todas as atividades desenvolvidas durante o estágio curricular que foi realizado durante seis meses, de setembro de 2012 a março de 2013, tendo, sem surpresa, em mente, a área de atividade por excelência do Instituto, a defesa e a segurança.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.6/4515







Smart city: reabilitação e requalificação da zona histórica de Bragança

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Atualmente os edifícios são dos maiores responsáveis pelos impactos causados na natureza, consomem mais de metade da energia usada nos países desenvolvidos e produzem mais de metade dos gases que modificam o clima. A arquitetura destina-se principalmente a melhorar a qualidade de vida humana, no entanto pode também direcionar os seus princípios para preservar áreas florestais, evitando a sua destruição em troca da criação de ambientes para suportar as sociedades. A sustentabilidade pode ser definida como um processo que tem qualidade de continuidade e preservação, e a não extinção de recursos do seu ambiente, dando-lhe tempo e condições para a sua renovação, seja por meio natural ou Acão humana. Como tema central desta dissertação aborda-se a temática da Smart City associada a fatores de natureza tecnológica, social e ambiental que contribuem para a promoção da cidade inteligente. Uma cidade inteligente integra a mais avançada tecnologia, serviços e aplicações de vanguarda; combina equipamentos terminais, serviços e tecnologias avançados; permite simplificar a vida do cidadão, das impressas, das habitações, do trabalho e dos locais públicos. Assim, requerem-se soluções avançadas na gestão de mobilidade - infraestruturas de transporte, sistemas informativos e monitorização. Esta dissertação tem como objetivo analisar os requisitos da Smart City, tendo como estudo de caso a cidade de Bragança, de modo a contribuir para futuras ações de intervenção na zona histórica. Esta cidade procura, atualmente, um futuro mais ecológico, no entanto, é vítima, ainda, de muitas carências. O estudo da cidade deverá indicar alguns caminhos que serão seguidos pela obra, uma vez que o uso de matérias-primas locais e a interação com a natureza são pontos importantes a ser analisados. Na visão de Smart City, quando aplicada ao caso de estudo, pretende-se: repensar, em termos de complexidade, a arquitetura e a paisagem, a partir de uma nova cultura tecnológica, utilizar bens naturais e culturais para construir condições para uma boa qualidade de vida: uma cidade verde, atraente com raízes num forte sentido de lugar, que valorize a criatividade, crie locais quotidianos de qualidade aumentada, que combine relações entre sons, luz, imagens, mundo virtual, artificial e natural, potencie a interatividade, na perspetiva de comunicação social e da visualização. Para a cidade se tornar inteligente não basta estudar o que existe “à vista de qualquer um”, como a paisagem urbana, para tal o estudo da “Cidade Natural” torna-se um ponto focal deste documento. Assim sendo será realizada uma recolha de informação para que o estudo da cidade seja total – “cidade natural” (geomorfologia, geologia, vegetação e clima) – “cidade artificial” (arquitetura, urbanismo, economia e etnologia). A proposta do projeto prático é fornecida tendo em conta os seguintes temas da Smart City: Smart Creative City, Smart/Gentle City Life, Smart Community Revitalization, Smart Media System, Smart Energy Grid, Smart Indoor/Outdoor Comfort, Smart Health City, Smart Materials and Recycled Materials, Smart Ecology of Urban Space. Para além destes temas é também tido em conta todo o estudo geomorfológico e urbanístico da componente teórica.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.6/4513







Política de Educação Especial: repercussões da austeridade na escolaridade obrigatória em alunos com Deficiência Visual

17-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A politização da deficiência com início nos anos 60 foi determinante para o reconhecimento internacional dos direitos das pessoas com deficiência. Em Portugal, a partir da Revolução de Abril de 1974 e da integração dos direitos humanos/sociais na Constituição da República de 1976, desenvolveu-se um conjunto significativo de políticas sociais. No entanto, o projeto neoliberal em curso desde os anos 80 redefiniu os contornos destas políticas. No campo da política de educação especial, fizeram-se avanços notórios rumo à inclusão dos alunos com deficiência na escola regular, com maior incidência a partir da década de 90. Em 2011, a intensificação das medidas de austeridade impostas pela Troika no setor educativo teve um impacto na educação especial e no percurso educativo de alunos com deficiência. A partir de documentos (inter)nacionais e entrevistas realizadas junto de docentes de educação especial, de encarregados de educação e alunos com deficiência visual, em frequência no ensino básico e secundário no ano letivo 2016/17, no distrito de Castelo Branco, procedeuse a análise do impacto da política neoliberal na educação especial, em relação a atribuição dos apoios especializados constantes no Decreto-Lei n.º 3/2008. Identificaram-se as potencialidades e constrangimentos da implementação da politica de educação especial assinalados pelos coordenadores e docentes de educação especial, encarregados de educação e alunos com deficiência visual. Os principais resultados desta investigação mostram que o impacto das políticas neoliberais tem agravado a situação de desigualdade e exclusão social das pessoas com deficiência. A austeridade aplicada à educação especial traduz-se num agravamento da precarização das condições socioprofissionais dos docentes e na diminuição de recursos em quantidade e qualidade, nomeadamente na afetação de profissionais com formação especializada adequada e na atribuição de materiais escolares e produtos de apoio. Verifica-se que o acesso aos apoios especializados representa uma dificuldade acrescida na escola regular e que os meios de reclamação, colocados à disposição das pessoas com deficiência, são pouco eficazes na defesa dos seus direitos. Observa-se ainda que a representação social da deficiência e a promoção da autonomia são afetadas pela alteração da política educativa. Esta investigação permite concluir que tem vindo a existir uma erosão dos direitos das pessoas com deficiência e um retrocesso na política de educação especial com repercussões na escolaridade obrigatória em alunos com deficiência visual. / The politicization of disability that began in the 1960s was crucial for the international recognition of the rights of disabled people. In Portugal, since the Revolution of April 1974 and the integration of human and social rights into the Portuguese Constitution of 1976, a significant set of social policies was developed. However, the neoliberal project under way since the 1980s redefined the contours of these policies. In the field of special education policy, notable advances were made towards the inclusion of students with disabilities in the regular school, with greater incidence since the 1990s. In 2011, the intensification of the austerity measures imposed by the Troika in the education sector had a significant impact Special Education and the educational path of students with disabilities. Based on (inter)national documents and interviews with special education teachers, parents and visually impaired students, attending basic and secondary education in the 2016/17 school year, in the district of Castelo Branco, was mande an analysis of the impact of neoliberal politics in special education related to the attribution of the specialized supports included in Decree-Law no. 3/2008. There were identified the strengths and constraints of the implementation of the Special Education policies that were noticed by the coordinators, Special Education teachers, parents and students with visual impairment. The main results of this research show that the impact of neoliberal policies has aggravated the situation of inequality and social exclusion of people with disabilities. The austerity applied to Special Education translates into a worsening of the precarious socio-economic conditions of teachers and a reduction of the quantity and quality of resources, particularly in the allocation of professionals with appropriate specialized training and the allocation of school supplies and support materials. It is clear that access to a specialized support represents an additional difficulty in the school and that the means of complaint made available to people with disabilities are not very effective in defending their rights. It is also observed that the social representation of disability and the promotion of autonomy are affected by the alteration of educational policy. This research shows that there has been an erosion of the rights of persons with disabilities and a setback in the Special Education policy impacting on compulsory education for students with visual impairment.



Link para o texto completo:
 
http://repositorio.ismt.pt/handle/123456789/736







Extrema-direita regressa ao governo austríaco em coligação

16-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



O Presidente da Áustria deu luz verde este sábado à formação do novo Governo entre o Partido Popular Austríaco e os ultranacionalistas do Partido Liberal. A tomada de posse será segunda-feira.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/jh059MvfqEg/extrema-direita-regressa-ao-governo-austriaco-em-coligacao-8990870.html







´Há palavras que não devem ser retiradas do contexto para combate político´

16-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



O primeiro-ministro referia-se à expressão "ano particularmente saboroso" que utilizou em Bruxelas perante os funcionários portugueses.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/V-pc0OWeFa0/ha-palavras-que-nao-devem-ser-retiradas-do-contexto-para-combate-politico-8991221.html







António Costa diz que ´ano particularmente saboroso para Portugal´ só valeu em Bruxelas

16-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



O primeiro-ministro afirmou este sábado que há palavras que não devem ser retiradas do contexto em que foram ditas, sobretudo para fazer combate político, referindo-se à expressão que utilizou em Bruxelas perante os funcionários portugueses.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/antonio-costa-diz-que-ano-particularmente-saboroso-para-portugal-so-valeu-em-bruxelas







Carlos Silva: ´Era importante que a lei laboral se mantivesse inalterada´

16-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Defendendo estabilidade na legislação laboral, o secretário-geral da UGT abre a porta à redução de descontos para o fundo de compensação do trabalho e sugere alterações ao pagamento por conta, com vista a um entendimento a propósito do salário mínimo nacional.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/carlos-silva-era-importante-que-a-lei-laboral-se-mantivesse-inalterada







Cristiano Ronaldo reitera vontade de terminar carreira no Real Madrid

16-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/bm8czakvwRM/322346-cristiano-ronaldo-reitera-vontade-de-terminar-carreira-no-real-madrid







Catarina Martins: Portugal ´não precisa de pancadinhas nas costas´ das agências de ´rating´

16-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, disse este sábado que Portugal "não precisa de pancadinhas nas costas" das instituições europeias e das agências de "rating', mas de aproveitar o bom momento para lançar outra estratégia económica.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/catarina-martins-portugal-nao-precisa-de-pancadinhas-nas-costas-das-agencias-de-rating







Frederico Morais vai disputar a segunda ronda do Billabong Pipe Masters

16-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/DFSJrVNeNp0/322343-frederico-morais-vai-disputar-a-segunda-ronda-do-billabong-pipe-masters







Raríssimas: IEFP diz que já analisou queixa apresentada por grupo de associados

16-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) confirmou hoje ter recebido na quinta-feira uma denúncia proveniente de "grupo de associados" da Raríssimas, sobre alegadas irregularidades em estágios profissionais, e avança que a participação já foi analisada.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/rarissimas-iefp-diz-que-ja-analisou-queixa-apresentada-por-grupo-de-associados







Raríssimas: braço-direito de Paula Brito e Costa arruinou Sociedade de Esclerose Múltipla

16-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



A actual coordenadora jurídica da Raríssimas, o "braço-direito" da ex-presidente Paula Brito e que tem sido a porta-voz dos trabalhadores da instituição, foi anteriormente afastada compulsivamente da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla, onde deixou um prejuízo de 144 mil euros.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/rarissimas-braco-direito-de-paula-brito-e-costa-arruinou-sociedade-de-esclerose-multipla







Marcelo defende que manter Raríssimas a funcionar é ´uma questão de bom senso´

16-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Presidente da República considerou este sábado uma "questão de bom senso" manter a Raríssimas em funcionamento, salientando que as crianças e adultos que usufruem do trabalho daquela instituição "não têm culpa" do que se tem passado.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/marcelo-defende-que-manter-rarissimas-a-funcionar-e-uma-questao-de-bom-senso







Portugal ´não precisa de pancadinhas nas costas´ das agências de ´rating´ - Catarina Martins

16-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/vCsqoriKcQc/322330-portugal-nao-precisa-de-pancadinhas-nas-costas-das-agencias-de-rating-catarina-martins







Carlos Silva defende estabilidade na lei laboral

16-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



O secretário-geral da UGT defende que o Governo mantenha inalterada a legislação laboral, prescindindo de medidas que constam do Programa do Governo, como as restrições à contratação a prazo ou o fim do banco de horas individual. Mas quer garantias ao nível da contratação colectiva.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/multimedia/negocios-tv/detalhe/carlos-silva-defende-estabilidade-na-lei-laboral







Começa temporada de cruzeiros; Pier Mauá deve receber 400 mil pessoas até abril

16-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Rio de Janeiro - A temporada de cruzeiros começa no Rio e transatlânticos atracam no Pier Mauá, na zona portuária da cidade Tomaz Silva/Agência Brasil A temporada de cruzeiros teve um reforço neste fim de semana, com a chegada ontem (15) ao Pier Mauá, na região portuária do Rio, de três navios, com fluxo médio de mais de 12 mil pessoas. Junto com os turistas dessa sexta-feira, a temporada, que começou dois dias antes, terá um movimento de mais de 26 mil visitantes na semana. Pelas contas da administração do terminal, até abril de 2018 o movimento das embarcações deve provocar a vinda para a cidade de cerca de 400 mil pessoas. O gerente de Operações do Pier Mauá, Alexandre Gomes, disse que a previsão é baseada nas informações das companhias de navegação sobre a procura dos passageiros. As empresas de cruzeiros informam o que está para acontecer. Elas passam a previsão de escalas e o tipo de movimentação que estão pensando em fazer. Normalmente, a gente tem um planejamento que influi na nossa logística e toda a conta que a gente faz com relação à quantidade de turistas é feita em cima desse planejamento, informou. De acordo com a procura, este ano o Rio foi escolhido como o principal destino do brasileiro para o réveillon , ultrapassando a cidade americana de Miami, que costumava ser a primeira, além de ser a mais visitada da América do Sul. O Rio este ano volta a ser alvo do turista brasileiro e a ter navios que embarcam e desembarcam na cidade. É um navio dedicado ao carioca e aos brasileiros que utilizam os aeroportos como porta de chegada. O navio começa o cruzeiro no Rio e termina na cidade. Vai para outros destinos, como o Nordeste, e em algumas viagens segue para Buenos Aires, mas utiliza o Rio como a casa dele, afirmou. Para Alexandre Gomes, o brasileiro volta à tradição de embarcar em cruzeiro marítimo pela comodidade desse tipo de transporte, mas a preferência pelo Rio tem ainda uma influência do legado dos Jogos Rio 2016. O novo Boulevard Olímpico, os dois novos museus, o do Amanhã e o de Arte do Rio, a cidade se transformou em novo destino. O turista não chega mais aqui só querendo saber de Pão de Açúcar, de Corcovado e de Copacabana. Ele quer ver o que aconteceu depois das Olimpíadas. Economia Rio de Janeiro - Passageiros embarcam e desembarcam no Pier Mauá, na zona portuária - Tomaz Silva/Agência Brasil A estimativa é de que com a movimentação de visitantes no período do fim do ano, somada à aproximação do carnaval, a economia da cidade movimente cerca de US$ 90 milhões durante a temporada de cruzeiros. Segurança Preocupada com a questão da segurança, a administração do Pier Mauá acertou com o Batalhão de Policiamento Turístico da Polícia Militar (BPTur) a Operação Centro Presente. A Guarda Municipal também atua, com um esquema para dar proteção aos turistas que embarcam e desembarcam no terminal e que estejam em trânsito na Praça Mauá e no Boulevard Olímpico. A gente precisa pensar no turista quando ele põe o pé fora do terminal, disse. Alexandre Gomes chamou a atenção para o fato de que, nesse caso, o número de visitantes é superior ao de turistas que se deslocam de hotéis. Por isso, é preciso ter um esquema diferente de segurança. Nos dias em que há grande movimentação, que é bem diferente dos turistas que saem de hotéis e costumam ser só 30 em um ônibus, tudo aqui é em muita quantidade. Na operação de ontem, por exemplo, nós tínhamos dois navios, mas só de excursões vendidas que saíram do porto tínhamos 90 ônibus. É sempre um grande evento quando um navio de 3 mil ou 4 mil passageiros chega à cidade e eles saem para visitar os pontos turísticos. Temos a parceria dos órgãos de segurança pública para que o turista seja acompanhado também no entorno do Pier". Brasil Segundo o Ministério do Turismo, com o início do verão, na próxima quinta-feira (21), começa a alta temporada, e a previsão é de crescimento de 0,8% no número de viagens, na comparação com o mesmo período do ano passado. Até fevereiro de 2018, os brasileiros deverão fazer 74,13 milhões de viagens, por causa das festas de fim de ano e do carnaval. De acordo com o ministério, São Paulo, Florianópolis e o Rio de Janeiro são os principais destinos, concentrando 10% do total de deslocamentos. Com isso, a pasta estima que a economia terá impacto de R$ 100,8 bilhões no período. Para o ministro do Turismo, Marx Beltrão, esse movimento é reflexo da melhora da economia. Os números confirmam a força do turismo e apontam um cenário de recuperação da economia. As perspectivas para o próximo ano também são animadoras, disse ele.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/comeca-temporada-de-cruzeiros-pier-maua-deve-receber-400-mil-pessoas-ate







TONY CARREIRA APRESENTA MARCA DE PERFUMES NO CONTINENTE DO GAIASHOPPING

16-Dezembro-2017 - cision.com



Nota de Agenda Dias 17 de dezembro Horário 16h Local Continente GaiaShopping Morada Avenida dos Descobrimentos, 549, 4400 Vila Nova de Gaia Este domingo, dia 17 de dezembro, o Continente do GaiaShopping será palco da apresentação da marca de perfumes TC - Tony Carreira.  O cantor romântico surpreende os milhares de fãs e apresenta ao mercado uma insígnia exclusiva de perfumes numa sessão de autógrafos no interior da loja. O perfume TC - Tony Carreira já está disponível em todas as lojas Continente, um lançamento em exclusivo da marca, que reflete a parceria de longa data



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/tony-carreira-apresenta-marca-de-perfumes-no-continente-do-gaiashopping,c636489473030000000







Continente Modelo Montijo está a celebrar 27 anos

16-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há 27 anos que o Montijo recebeu o Continente Modelo. A loja abriu portas em dezembro de 1990 e desde então que a população do Montijo conta com o Continente no Afonsoeiro, na Rua Circular - Lugar do Arneiro, composta por uma equipa de profissionais altamente qualificada de 82 colaboradores. Carla Mendes, diretora da Loja Continente Modelo Montijo, refere que “desde 1990 que acreditamos no investimento na região e, desde então, pretendemos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no potencial de crescimento do Montijo. Festejamos 27 anos, que traduz a forte



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-montijo-esta-a-celebrar-27-anos,c636489315790000000







Continente Bom Dia Ponte da Barca celebra primeiro aniversário

16-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há um ano que Ponte da Barca recebeu o Continente Bom Dia. Desde 20 de dezembro de 2016 que a população de Ponte da Barca conta com o Continente na Estrada Nacional 203 e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 42 colaboradores. Teresa Barros,  diretora da Loja Continente Bom Dia Ponte da Barca, refere que “desde 2016 que acreditamos no investimento em Ponte da Barca e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora o primeiro aniversário, um ano de



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-bom-dia-ponte-da-barca-celebra-primeiro-aniversario,c636489314620000000







Continente Modelo de Ourém celebra uma década

16-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há 10 anos que Ourém recebeu o Continente Modelo. Desde 20 de dezembro de 2007 que a população de Ourém conta com o Continente na Rua Vale da Aveleira e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 64 colaboradores. António Bento, diretor da Loja Continente Modelo de Ourém, refere que “desde 2007 que acreditamos no investimento em Ourém e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora 10 anos, uma década que traduz a forte presença que temos na localidade,



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-de-ourem-celebra-uma-decada,c636489311730000000







Continente Modelo S. João da Talha celebra nove anos

16-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há nove anos que S. João da Talha recebeu o Continente Modelo. A loja está a celebrar a abertura que aconteceu em dezembro de 2008 e, desde então, a população de S. João da Talha conta com o Continente na Estrada Nacional Nº 10 e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 64 colaboradores. Ana Romão, diretora da Loja Continente Modelo S. João da Talha, refere que “desde 2008 que acreditamos no investimento em S. João da Talha e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-s--joao-da-talha-celebra-nove-anos,c636489309670000000







CONTINENTE BOM DIA QUINTA DAS PORTAS EM BRAGA CELEBRA PRIMEIRO ANIVERSÁRIO

16-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há um ano que Braga recebeu o Continente Bom Dia. Desde dezembro de 2016 que a população conta com o Continente na Rotunda Santos da Cunha, na Quinta das Portas e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 59 colaboradores. José Baptista, diretor da Loja Continente Bom Dia Quinta das Portas, refere que “em 2016 voltamos a acreditar que fazia sentido investir em Braga e abrimos o Continente Bom Dia Braga II, porque estamos conscientes do enorme potencial de crescimento desta e procurámos ter um importante papel na economia local. Festejamos agora o primeiro



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-bom-dia-quinta-das-portas-em-braga-celebra-primeiro-aniversario,c636489308190000000







JLL apoiou VdA-Vieira de Almeida na mudança da sua sede para a zona Ribeirinha

16-Dezembro-2017 - cision.com



LISBOA, 14 dezembro 2017 – A JLL foi a consultora responsável pela instalação da nova sede da VdA, Vieira de Almeida – Sociedade de Advogados, no edifício Sorel, na zona do Cais do Sodré. Localizada na rua Dom Luís I, a nova sede da prestigiada firma de advogados estende-se por uma área de 8.300 m². A mudança teve lugar no final de novembro, após a conclusão dos trabalhos de renovação do imóvel detido pela Fidelidade Property. Realizado no âmbito da prestação de serviços corporativos à VdA, a participação da JLL neste processo que culmina agora com a mudança da sede da sociedade de



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/jones-lang-lasalle-portugal/r/jll-apoiou-vda-vieira-de-almeida-na-mudanca-da-sua-sede-para-a-zona-ribeirinha,c636489272150000000







Paula Brito e Costa: ´Vieira da Silva? Ficar-lhe-ei grata para o resto da vida´

15-Dezembro-2017 - publico.pt



Ex-presidente da Raríssimas diz que não houve nenhum político que tivesse ajudado tanto a Casa dos Marcos como o actual ministro do Trabalho e da Segurança Social.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/15/sociedade/noticia/paula-brito-e-costa-vieira-da-silva-ficarlheei-grata-para-o-resto-da-vida-1796241







Hospital diz que não faltou atendimento a idoso que morreu após três dias no corredor da urgência

15-Dezembro-2017 - publico.pt



Conselho de Administração reconhece que há fragilidades nas instalações do serviço, mas diz que está em curso um projecto de requalificação.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/15/sociedade/noticia/hospital-diz-que-nao-faltou-atendimento-a-idoso-que-morreu-apos-tres-dias-no-corredor-da-urgencia-1796237







Como funciona a tolerância de ponto?

15-Dezembro-2017 - universia.net



O Governo decretou ontem tolerâcia de ponto para o dia 26 de dezembro, mas é um termo que regra geral associamos ao Carnaval. Para além do Natal e do Carnaval o termo está também associado a outras festividades como a Páscoa e o Ano Novo. Sabe como funciona? Todos os anos ouvimos falar de tolerância do ponto, sobretudo na altura do Carnaval, mas a tolerância de ponto é também dada por ocasião de outras festividades como o Natal e o Ano Novo ou a Páscoa. Sabe como funciona? E se estiver de férias ? Será que se aplica apenas aos funcionários públicos ou é para todos? Em termos práticos, a Tolerância de Ponto dispensa os funcionários de comparecerem no seu local de emprego em determinada data, como por exemplo o Carnaval, a Páscoa o Natal ou o Ano Novo. No entanto, também pode ser no âmbito de determinado acontecimento, como por exemplo, uma visita Papal. A tolerância de ponto não é o mesmo que uma ponte, uma vez que de acordo com a definição da mesmo no dicionário se trata de um "dia útil em que não se trabalha, intercalado entre um feriado e um fim de semana". Regra geral, em Portugal a tolerância de ponto está associada à função pública, ainda que outros setores do privado também o façam, como por exemplo a banca ou alguns setores específicos dos serviços. No caso dos funcionários públicos, esta será concedida mediante despacho do primeiro-ministro, oficializado após a sua publicação em Diário da República. Qual a diferença entre Tolerância de Ponto e Feriado? A Tolerância de Ponto não entra no mapa de férias. Na prática é como se fosse um dia de férias extra e pode ser total (o dia inteiro) ou parcial (meio dia). No entanto, se o funcionário se encontra de férias nesse dias, não poderá gozá-lo noutra altura, pois não funciona como um dia de férias efetivo. Ou seja, quem estiver a funcionar nesse dia terá dispensa.  O CASO DO CARNAVAL O Carnaval não é, nem nunca foi, um feriado. No entanto, tradicionalmente sempre foi dada tolerância de ponto neste dia, com exceção de dois períodos em que a população foi surpreendida pela interrupção dessa medida (entre 2012 e 2015). No entanto, nessas alturas alguns municípios optaram por eles próprios darem essa tolerância localmente. Estamos a falar de concelhos onde tradicionalmente se festeja bastante o Carnaval, como é o caso de Torres Vedras. Não sendo feriado, os funcionários públicos só têm direito à terça feira de Carnaval caso o Governo conceda tolerância de ponto, o que como já explicámos nem sempre acontece. TOLERÂNCIA DE PONTO NA PÁSCOA Ainda que não seja tão frequente, por vezes também é concedida tolerância de ponto na Páscoa, sobretudo para a tarde de Quinta feira Santa. Quando concedida, o objetivo é facilitar a vida dos trabalhadores que muitas vezes aproveitam esta altura do ano para visitar as famílias e viver as tradições da Páscoa na sua terra natal. No entanto em alguns concelhos onde as tradições pascais ainda se cumprem na segunda-feira, as autarquias optam por dar tolerância de ponto aos seus funcionários nesse dia. NATAL E ANO NOVO A Tolerância de ponto no Natal e Ano Novo depende do dia da semana em que se celebre estas festividades. Muitas vezes serão dadas às escolhas 2 datas, ou no Ano Novo ou no Natal. Por exemplo, como em 2015, o dia de Natal e de Ano Novo correspondiam a uma sexta-feira, o Governo optou por dar dispensa aos trabalhadores nos dias 24 e 31 de dezembro, justificando a sua decisão com a tradicional deslocação de pessoas para fora dos seus locais de residência, “tendo em vista a realização de encontros familiares” e também por ser já uma “prática usual” conceder esta tolerância de ponto. À semelhança do ano anterior, este ano o Governo optou por dar tolerância de ponto aos funcionários públicos apenas no dia 26 de dezembro.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/12/15/1156660/funciona-tolerancia-ponto.html







Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça

15-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, segundo o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). Cerca de 5 milhões perderam o direito a receber indenizações por terem acionado a Justiça apenas cinco anos após o ocorrido, de acordo com decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O acordo assinado na terça-feira (12) entre poupadores e bancos é relativo à correção de aplicações em poupança durante a entrada em vigor dos planos econômicos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor 2 (1991). Segundo o Idec, cerca de 10 milhões recorreram à Justiça por terem sido prejudicados. Até 2010, cerca de 2 milhões obtiveram decisões positivas e foram ressarcidos. De acordo com o instituto, até 5 milhões de poupadores tiveram ações prescritas por decisão do STJ Recurso Especial 1070896/2012. A relatoria do ministro Luis Felipe Salomão entendeu que as pretensões coletivas sequer existiam à época dos fatos, pois, em 1987 e 1989, não havia a possibilidade de ajuizamento da ação civil pública decorrente de direitos individuais homogêneos. Para o advogado do Idec, Walter Moura, há muita desinformação, e boa parte dos que estão excluídos do acordo não sabe disso. Aqueles que estão afiliados ao Idec foram informados. Moura ressalta que as demais entidades e advogados devem informar àqueles que entraram com ação, mas tiveram o processo prescrito. Na página da internet, o Idec diz que está atualizando dados cadastrais de seus associados para organizar a agenda de atendimento e as orientações sobre o acordo de planos econômicos. O instituto informa ainda que enviou um e-mail aos associados e ex-associados com um link para o formulário onde essas informações devem ser atualizadas até domingo (17). Idosos A estimativa do Idec é que cerca de 65% dos poupadores a serem beneficiados são idosos. A Frente Brasileira pelos Poupadores (Febrapo), uma das partes envolvidas no acordo, disse que 20% dos poupadores podem ter falecido e os benefícios ficarão para os herdeiros. O acordo prevê pagamento à vista para poupadores que tenham até R$ 5 mil a receber. Já os que tem saldo entre R$ 5 mil e R$ 10 mil, receberão em três parcelas, sendo uma à vista e duas semestrais. A partir de R$ 10 mil, o pagamento será feito em uma parcela à vista e quatro semestrais. A correção para os pagamentos semestrais será feita pelo IPC-A. O ressarcimento de perdas de planos econômicos prevê prazo máximo de três anos para parcelamento dos valores a serem recebidos pelos poupadores. Negociado entre o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), a Frente Brasileira dos Poupadores (Febrapo) e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) há mais de duas décadas, o acordo foi mediado pela Advocacia-Geral da União (AGU) e teve supervisão do Banco Central (BC). O acordo ainda terá que ser homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Sem dúvida alguma, o acordo é muito favorável aos poupadores, principalmente pelo tempo que esses processos vêm se arrastando no Judiciário. O primeiro, de 1987, tem 30 anos de processo, disse o presidente da Febrapo, Estevan Pegorato. Pelas contas da Febrapo, são cerca de 1,3 milhão de ações que vão beneficiar uma média de 2 pessoas por ação, totalizando 2,6 milhões de beneficiados. Regras para o ressarcimento Quem tem direito a receber? - Poupadores que ingressaram com ações coletivas e individuais na Justiça pedindo o ressarcimento. - No caso das individuais, poupadores ou herdeiros que acionaram a Justiça dentro do prazo prescricional (20 anos da edição de cada plano). - Poupadores que, com ações civis públicas, entraram com execução de sentença coletiva até 31 de dezembro de 2016. Quem não entrou com ação na Justiça terá direito a receber? Não. O prazo para ingressar com ações desse tipo prescreveu. Quem entrou com ação e perdeu pode apresentar um recurso? Não. É obrigatório aderir ao acordo? Não, a adesão do poupador é voluntária. Após a adesão, a ação judicial será extinta. Como vai ser o pagamento? Serão feitos de acordo com as faixas de valor a receber. - Até R$ 5 mil receberá à vista e integral, sem desconto. - Entre R$ 5 mil e R$ 10 mil, uma parcela à vista e duas semestrais, com abatimento de 8% de desconto. - A partir de R$ 10 mil, uma à vista e quatro semestrais, com desconto de 14%. - Mais de R$ 20 mil, terão 19% do valor descontado. A correção para os pagamentos semestrais será feita pelo IPCA, índice da inflação oficial. Onde receber? Não será necessário ir ao banco. O pagamento será feito em conta-corrente do poupador ou por meio de depósito judicial. Os honorários serão pagos diretamente aos advogados. O prazo máximo de parcelamento dos valores a serem recebidos pelos poupadores será de três anos. Não haverá antecipação de pagamentos. Como faço para receber? Para aderir, o poupador deverá acessar um sistema eletrônico e comprovar a existência e o saldo da conta de poupança, através de cópia dos extratos bancários do período ou da declaração do Imposto de Renda. O banco vai conferir os dados e pode validar, devolver ou negar. Em caso de negativa, o poupador pode pedir uma nova análise. Após o processamento, será divulgada uma lista dos poupadores habilitados. Quandoterá início o pagamento? Para entrar em vigor, o acordo precisa ser homologado pelo STF. Os pagamentos começam em até 15 dias após a validação das habilitações pelos bancos a partir da homologação. Não há prazo para que a homologação seja feita. Quem vai receber primeiro? O calendário de pagamento será feito conforme a idade dos poupadores. Os mais velhos terão prioridade. Aqueles que executaram as ações em 2016 receberão somente no 11º lote, o último. Herdeiros de poupadores têm direito a receber? Sim, desde que tenha havido ação judicial em nome do espólio. Os dados do poupador falecido e do advogado precisam ser apresentados, assim como dados completos do inventariante ou dos herdeiros e dados do processo. Se não houver herdeiros, não há como aderir ao acordo. Quais instituições aderiram ao acordo? As instituições financeiras são: Itaú, Bradesco, Santander, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Outras poderão aderir em até 90 dias. Por que o plano Collor 1 ficou de fora? As partes reconheceram a inexistência de direito de receber qualquer pagamento, conforme entendimento do STJ.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2017-12/acordo-entre-poupadores-e-banco-vai-beneficiar-3-milhoes







Tesouro reduzirá intervalo de leilões de títulos prefixados por causa da eleição

15-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Leandro Secunho, coordenador de Operações da Dívida Pública Antonio Cruz/Arquivo/ABr A partir do próximo ano, o Tesouro Nacional venderá títulos prefixados de longo prazo do tipo (NTN-F) toda semana, em vez de a cada quinzena. Segundo o coordenador-geral de Operações da Dívida Pública, Leandro Secunho, a redução do intervalo entre os leilões dará mais flexibilidade na oferta desse tipo de papel num ano marcado pelas eleições presidenciais. Nesta sexta-feira (15), o Tesouro publicou o calendário dos leilões de títulos públicos de 2018. O coordenador do Tesouro destacou que o órgão está apenas aumentando a frequência dos leilões, sem aumentar a oferta total de títulos prefixados. Eleições são, sem dúvida, uma das preocupações, cenário externo também. Existe toda a agenda política de aprovação da reforma da Previdência e de outras medidas que o governo precisa aprovar, declarou Secunho. Em 2017, explicou o técnico, o Tesouro deixou de leiloar NTN-F em alguns dias por causa da volatilidade no mercado. Ao cancelar os leilões, o intervalo entre as vendas desse tipo de papel aumentaram para um mês, em algumas ocasiões. Até 2010, o Tesouro leiloava NTN-F a cada semana. Desde 2011, as vendas passaram a ocorrer a cada 15 dias para incentivar o mercado secundário, quando os investidores revendem os papéis do Tesouro com juros determinados pelo mercado financeiro. As NTN-F são títulos prefixados de longo prazo, chegando a 30 anos em alguns casos. Esse tipo de papel tem forte participação de investidores estrangeiros. Por meio dos títulos públicos, o governo pega dinheiro emprestado dos investidores para honrar compromissos financeiros. Em troca, o Tesouro compromete-se a devolver o dinheiro com alguma correção, que pode seguir a taxa Selic (juros básicos da economia), a inflação, o câmbio ou ser definida com antecedência, no caso dos títulos prefixados. Os títulos prefixados são desejáveis pelo Tesouro porque o governo sabe exatamente quanto vai pagar no vencimento dos papéis, daqui a vários anos. A previsibilidade, no entanto, tem um preço, porque os investidores cobram juros um pouco mais altos que a taxa Selic, que atualmente está em 7% ao ano, no menor nível da história. Em momentos de tensão no mercado, os compradores pedem juros maiores, por causa da desconfiança em relação à capacidade do governo de reembolsar os donos dos papéis. Além de aumentar a frequência dos leilões de títulos prefixados, o Tesouro deixará de fazer leilões trimestrais de recompra de NTN-F e NTN-B (título de longo prazo corrigido pela inflação). De acordo com Secunho, o governo recomprará os papéis apenas quando julgar necessário.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/tesouro-reduzira-intervalo-de-leiloes-de-titulos-prefixados-por-causa-da







Linhas de transmissão de energia leiloadas vão gerar economia de R$ 620 milhões

15-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O consumidor brasileiro vai poder economizar R$ 620,967 milhões por ano na conta de energia, segundo os cálculos da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), como resultado do leilão de transmissão de 11 lotes para a construção, operação e manutenção de 4.919 quilômetros de linhas de transmissão e subestações. O leilão da Aneel foi realizado hoje (15) na empresa B3, antiga BM F Bovespa, na capital paulista. O leilão para construção das novas linhas de transmissão de energia foi realizado hoje ABR Esta economia é prevista porque as empresas vencedoras do leilão ofertaram menor valor de receita anual permitida (RAP). De acordo com a Aneel, a expectativa de investimentos é de R$ 8,7 bilhões, com geração de 17.868 empregos diretos nas obras. Os investimentos são de extrema relevância, corrige necessidades do sistema, como qualidade do fornecimento. E, pensando no futuro, há dois lotes que permitem o escoamento de Belo Monte. mais cinco lotes serão importantes para o escoamento do Nordeste e Minas Gerais, enfatizou o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético, Eduardo Azevedo Rodrigues, em coletiva à imprensa após o leilão. O leilão ocorreu hoje (15) na empresa B3, antiga BM F Bovespa, na capital paulista. Dez estados brasileiros (Bahia, Ceará, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Tocantins) receberão as obras, que têm previsão para serem iniciadas em março de 2018. Para o secretário de Energia Elétrica, Fábio Lopes Alves, os números mostram o sucesso do leilão. Por trás destes números está a confiança do empreendedor no próprio país e na retomada da economia, já que são investimentos de longo prazo. Alves ainda ressaltou a importância dos leilões realizados este ano. Esse ano, tivemos contratados cerca de R$ 20 bilhões em leilões de transmissão. Isso requer toda uma logística após o leilão. não é só ganhar o leilão, é construir o projeto. Segundo o secretário, o próximo leilão de transmissão está previsto para o primeiro semestre de 2018.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/linhas-de-transmissao-de-energia-leiloadas-vao-gerar-economia-de-r-620







União autoriza estado do Rio a contrair empréstimo de R$ 2,9 bilhões

15-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O presidente Michel Temer assinou nesta sexta-feira (15) um acordo com o Rio de Janeiro que autoriza o estado a contrair um empréstimo de R$ 2,9 bilhões para pagar os salários em atraso do funcionalismo público. O contrato com o banco BNP Paribas, cuja garantia de pagamento será a privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae), já estava assinado mas precisava do aval da União para que fosse formalizado. A assinatura do termo de recuperação ocorreu no Palácio do Planalto com a presença do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão. Pela manhã, o Diário Oficial da União já havia publicado um despacho em que, após ouvir o Tesouro Nacional, a União autoriza o contrato mediante o cumprimento das exigências legais cabíveis. Nessa quinta-feira (14), o governador e o secretário da Fazenda do Rio, Gustavo Barbosa, detalharam as condições do empréstimo. O dinheiro deve cair na conta do estado em até três dias úteis. Segundo eles, a primeira parte do repasse, de R$ 2 bilhões, será integralmente utilizada para o pagamento do salário atrasado dos servidores até no máximo a próxima semana . Acabei de assinar com o presidente Michel Temer e ministro Meirelles a liberação do empréstimo de R$ 2,9 bilhões que vai permitir o pagamento de salários pendentes aos servidores do estado, informou Pezão, por meio de sua conta no Twitter . O empréstimo faz parte do plano de recuperação fiscal firmado pelo estado com o governo federal.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/uniao-autoriza-estado-do-rio-contrair-emprestimo-de-r-29-bilhoes







Aumento de despesas e queda de receitas ameaçam sustentabilidade dos Correios

15-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Em apenas cinco anos, o patrimônio líquido dos Correios, ou seja, a diferença entre os ativos e o passivo, encolheu 92,63%. A conclusão é da Controladoria-Geral da União (CGU), que analisou os dados econômicos e financeiros da estatal relativos ao período de 2011 a 2016. Aumento de despesas e queda de receitas ameaçam sustentabilidade dos Correios Marcello Casal Jr/Agência Brasil Além da perda patrimonial, os resultados dos últimos seis exercícios fiscais já fechados apontam a deterioração da capacidade dos Correios saldarem dívidas no longo prazo. aumento do endividamento da empresa e sua maior dependência de capitais de terceiros. O resultado da avaliação da CGU enfatiza que, com prejuízos crescentes a partir de 2013, a empresa vem se revelando menos rentável. E que, além do "aumento exponencial" das despesas diretas, a sustentabilidade da empresa foi impactada pela "transferência elevada de recursos para a União, o que ocasionou" redução significativa na capacidade de investimentos na empresa no curto prazo". Entre as principais causas elencadas pelos analistas da CGU estão a queda no volume de correspondências transportadas e o que os analistas classificam como uma defasagem dos valores das tarifas cobradas pelos serviços. Segundo o relatório de análise de gestão , a queda no volume anual de encomendas e objetos transportados é de, em média, 16,28%, enquanto a defasagem tarifária acarretou prejuízos na receita líquida de vendas e dos serviços, principalmente nos três últimos exercícios. Isso apesar de os valores das tarifas terem sido reajustados em 9% em dezembro de 2015, para recompor as perdas ocorridas entre junho de 2012 e junho de 2014, quando o aumento tarifário não foi aprovado. Os técnicos da CGU também apontam entre as causas do mau desempenho financeiro da empresa o aumento dos custos total com pessoal que, entre 2011 e 2016, aumentou de R$ 7,59 bilhões para R$ 12,35 bilhões. Um crescimento de 62,6%, ainda que, no período, o número de funcionários tenha subido apenas 0,43%, passando, segundo a CGU, de 114.972 para 115.469. Aos olhos dos técnicos da CGU, um custo que aumentou vertiginosamente foi o empenhado com indenizações e benefícios pós-emprego. Só em 2016, essas despesas consumiram cerca de R$ 201,7 milhões e R$ 410,36 milhões, respectivamente. Outros problemas encontrados a partir da análise das contas dos Correios foram o aumento de insumos necessários às operações da empresa e a redução em aplicações financeiras entre 2011 e 2016. Mas, principalmente, a elevada transferência de recursos para a União nos exercícios de 2011, 2012 e 2013, período durante o qual a empresa repassou, a título de dividendos e juros sobre capital próprio, um total de R$ 2,97 bilhões. Só em 2013, quando a empresa contabilizou um prejuízo de R$ 312,51 milhões, foram transferidos dos caixas dos Correios para a União cerca de R$ 401 milhões em dividendos. Para os técnicos da CGU, isso levou a uma redução drástica da capacidade de investimento da empresa e da sua viabilidade econômica e financeira. Considerada a distribuição do valor adicionado, que indica entre quem e como são compartilhados os resultados financeiros, percebe-se que o governo é o segundo setor que mais absorveu recursos distribuídos no período analisado, ficando atrás apenas da remuneração ao trabalho, que engloba gastos com salários, honorários, benefícios e encargos sociais. Recomendações Além do diagnóstico da presente situação econômica e financeira dos Correios, o trabalho da CGU também apresenta sugestões de ações que a empresa pública deve desenvolver para evitar futuros prejuízos e reequilibrar suas contas. As sugestões são de melhorar a qualidade dos serviços para, assim, tentar reverter a queda no volume de objetos transportados e as indenizações pagas em virtude de atrasos nas entregas ou de objetos extraviados, roubados ou avariados à redução dos custos com insumos operacionais, excluindo os referentes a despesa com pessoal, entre várias outras. O documento tornado público pela CGU traz dois alertas. Um é que diversas recomendações dependem da atuação de agentes externos aos Correios, como o Ministério das Comunicações, ao qual a empresa está subordinado. Desta forma, diz o documento, algumas medidas estão baseadas em premissas que podem não ser cumpridas em razão de decisões políticas, colocando em risco a execução e o prazo de implementação de determinadas ações, mesmo que, segundo os técnicos da CGU, seja de suma importância que as medidas de reestruturação interna se mantenham em andamento a fim de que a empresa apresente continuidade operacional e de investimentos no setor. O segundo alerta é de que se medidas não forem adotadas, a empresa tende a se tornar dependente de recursos de custeio transferidos pela União - os técnicos apontam inclusive que, seguindo a tendência dos últimos anos, já este ano a empresa pode apresentar um passivo a descoberto, ou seja, quando o valor das obrigações para com terceiros é superior ao dos ativos, caso a União não injete recursos públicos. Correios Em entrevista à Agência Brasil , o presidente dos Correios, Guilherme Campos Júnior, admitiu que a estatal precisa se reinventar, o que, segundo ele, já vem sendo feito. A atividade postal está em franco declínio no mundo todo. Assim como todas as grandes empresas do setor, os Correios precisam se reposicionar, precisam buscar identificar outras atividades que possam substituir a postal, declarou Campos após reconhecer os principais dados do relatório da CGU. São todos números públicos e já divulgados pela empresa. O presidente dos Correios também admitiu que os recursos repassados pela empresa à União fazem falta. Se há prejuízo, é preciso tirar dinheiro de algum lugar. No caso, do patrimônio. E entre 2007 e 2013, a União, que é nosso patrão e único acionista, retirou do caixa da empresa mais de R$ 6 bilhões a título de dividendos e antecipação de dividendos. Uma quantia que está nos fazendo muita falta e que, desde o ano passado, estamos pedindo [ao governo que seja reinvestida]. A resposta é que o governo não tem dinheiro.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/aumento-de-despesas-e-queda-de-receitas-ameacam-sustentabilidade-dos







Poupadores têm dúvidas sobre acordo para ressarcir perdas de planos econômicos

15-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Poupadores que poderão ser beneficiados pelo acordo assinado nesta semana entre a Advocacia-Geral da União (AGU), representantes de bancos e associações de defesa do consumidor ainda estão receosos com os termos e esperam a homologação pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para fazer a adesão ao acordo. Após anos de tramitação na Justiça a expectativa de receber pelo menos alguma quantia é positiva. Ainda está muito confuso, diz o economista José Ailson Barbosa, de 62 anos. Vou esperar que seja devidamente publicado. Ainda temos que esperar a adesão dos bancos. O acordo foi fechado pela Febraban, mas ainda podem ter bancos que não concordam individualmente, diz. As instituições financeiras que já aderiram ao acordo são Itaú, Bradesco, Santander, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Outros bancos poderão aderir em até 90 dias. Barbosa acumula 17 ações na Justiça e há 30 anos aguardo por um desfecho. Foi muita gente que poderia ter decidido isso antes. Foi protelado, protelado. O dinheiro não vale tanto quanto valia. Agora vale menos. De qualquer forma é melhor chegar a alguma solução do que nenhuma. O acordo assinado na terça-feira (12) é relativo à correção de aplicações na poupança durante a entrada em vigor dos planos econômicos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor 2 (1991). Pelas estimativas do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), cerca de 3 milhões de pessoas poderão ser beneficiadas. O acordo prevê pagamento à vista para poupadores que tenham até R$ 5 mil a receber. Já os que tem saldo entre R$ 5 mil e R$ 10 mil, receberão em três parcelas sendo uma à vista e duas semestrais. A partir de R$ 10 mil, o pagamento será feito em uma parcela à vista e quatro semestrais. A correção para os pagamentos semestrais será feita pelo IPC-A. O ressarcimento deve ser feito em prazo máximo de três anos para parcelamento. Vale a pena porque, para mim, já era causa perdida. É melhor receber algo do que não receber nada. Mas é complicado, a demora já leva quase 30 anos, agora serão mais três anos para receber, ainda tem os descontos do advogado e do banco. O poupador vai acabar recebendo só metade, estima o vendedor aposentado José Ribamar Carneiro, 70 anos. Afetado pelo Plano Collor 2, em 1991, ele lembra que na época muitos apostavam na poupança. A poupança dava um rendimento de 89%. Teve gente que vendeu tudo e aplicou na poupança. Esse não foi o meu caso, mas perdi uma quantia que, claro, fez falta, conta. Mesmo naquela época, o rendimento era ilusório. Parecia alto, mas a inflação também era. Você tomava um café com pão na padaria em um manhã e pagava uma coisa, no dia seguinte era outro valor, disse José Ribamar. Depois daquela loucura do Plano, ninguém pagou ninguém. Ficou uma ciranda financeira. A adesão ao acordo não é obrigatória e ficará a critério dos poupadores. Para o professor de Finanças da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas (Ibmec-DF) Marcos Melo a adesão vale a pena. O processo está correndo há mais de 20 anos e deve ser adiado mais ainda. Para os poupadores é interessante a adesão porque não tem perspectiva de quanto tempo demorará para ter a ação julgada, diz. Abre-se mão de uma parcela que poderia ser maior, caso houvesse julgamento, para que possam receber mais cedo. É uma falsa vantagem gerada pela lentidão judiciária, mas é menos pior que aceite, que receba o valor, avalia. Regras para o ressarcimento Quem tem direito a receber? - Poupadores que ingressaram com ações coletivas e individuais na Justiça pedindo o ressarcimento. - No caso das individuais, poupadores ou herdeiros que acionaram a Justiça dentro do prazo prescricional (20 anos da edição de cada plano). - Poupadores que, com ações civis públicas, entraram com execução de sentença coletiva até 31 de dezembro de 2016. Quem não entrou com ação na Justiça terá direito a receber? Não. O prazo para ingressar com ações desse tipo prescreveu. Quem entrou com ação e perdeu pode apresentar um recurso? Não. É obrigatório aderir ao acordo? Não, a adesão do poupador é voluntária. Após a adesão, a ação judicial será extinta. Como vai ser o pagamento? Serão feitos de acordo com as faixas de valor a receber. - Até R$ 5 mil receberá à vista e integral, sem desconto. - Entre R$ 5 mil e R$ 10 mil, uma parcela à vista e duas semestrais, com abatimento de 8% de desconto. - A partir de R$ 10 mil, uma à vista e quatro semestrais, com desconto de 14%. - Mais de R$ 20 mil, terão 19% do valor descontado. A correção para os pagamentos semestrais será feita pelo IPCA, índice da inflação oficial. Onde receber? Não será necessário ir ao banco. O pagamento será feito em conta-corrente do poupador ou por meio de depósito judicial. Os honorários serão pagos diretamente aos advogados. O prazo máximo de parcelamento dos valores a serem recebidos pelos poupadores será de três anos. Não haverá antecipação de pagamentos. Como faço para receber? Para aderir, o poupador deverá acessar um sistema eletrônico e comprovar a existência e o saldo da conta de poupança, através de cópia dos extratos bancários do período ou da declaração do Imposto de Renda. O banco vai conferir os dados e pode validar, devolver ou negar. Em caso de negativa, o poupador pode pedir uma nova análise. Após o processamento, será divulgada uma lista dos poupadores habilitados. Quandoterá início o pagamento? Para entrar em vigor, o acordo precisa ser homologado pelo STF. Os pagamentos começam em até 15 dias após a validação das habilitações pelos bancos a partir da homologação. Não há prazo para que a homologação seja feita. Quem vai receber primeiro? O calendário de pagamento será feito conforme a idade dos poupadores. Os mais velhos terão prioridade. Aqueles que executaram as ações em 2016 receberão somente no 11º lote, o último. Herdeiros de poupadores têm direito a receber? Sim, desde que tenha havido ação judicial em nome do espólio. Os dados do poupador falecido e do advogado precisam ser apresentados, assim como dados completos do inventariante ou dos herdeiros e dados do processo. Se não houver herdeiros, não há como aderir ao acordo. Quais instituições aderiram ao acordo? As instituições financeiras são: Itaú, Bradesco, Santander, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Outras poderão aderir em até 90 dias. Por que o plano Collor 1 ficou de fora? As partes reconheceram a inexistência de direito de receber qualquer pagamento, conforme entendimento do STJ.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/poupadores-tem-duvidas-sobre-acordo-para-ressarcir-perdas-de-planos







IBGE: 50 milhões de brasileiros vivem na linha de pobreza

15-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Pesquisa diz que o maior índice de pobreza é registrado Região Nordeste, afetando 43,5% da população Marcelo Casal/Agência Brasil Cerca de 50 milhões de brasileiros, o equivalente a 25,4% da população, vivem na linha de pobreza e têm renda familiar equivalente a R$ 387,07 ou US$ 5,5 por dia, valor adotado pelo Banco Mundial para definir se uma pessoa é pobre. Os dados foram divulgados hoje (15), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e fazem parte da pesquisa Síntese de Indicadores Sociais 2017 SIS 2017. Ela indica, ainda, que o maior índice de pobreza se dá na Região Nordeste do país, onde 43,5% da população se enquadram nessa situação e, a menor, no Sul: 12,3%. A situação é ainda mais grave se levadas em conta as estatísticas do IBGE envolvendo crianças de 0 a 14 anos de idade. No país, 42% das crianças nesta faixa etária se enquadram nestas condições e sobrevivem com apenas US$ 5,5 por dia. A pesquisa de indicadores sociais revela uma realidade: o Brasil é um país profundamente desigual e a desigualdade gritante se dá em todos os níveis. Seja por diferentes regiões do país, por gênero - as mulheres ganham, em geral, bem menos que os homens mesmo exercendo as mesmas funções -, por raça e cor: os trabalhadores pretos ou pardos respondem pelo maior número de desempregados, têm menor escolaridade, ganham menos, moram mal e começam a trabalhar bem mais cedo exatamente por ter menor nível de escolaridade. Um país onde a renda per capita dos 20% que ganham mais, cerca de R$ 4,5 mil, chega a ser mais de 18 vezes que o rendimento médio dos que ganham menos e com menores rendimentos por pessoa cerca de R$ 243. No Brasil, em 2016, a renda total apropriada pelos 10% com mais rendimentos (R$ 6,551 mil) era 3,4 vezes maior que o total de renda apropriado pelos 40% (R$ 401) com menos rendimentos, embora a relação variasse dependendo do estado. Entre as pessoas com os 10% menores rendimentos do país, a parcela da população de pretos ou pardos chega a 78,5%, contra 20,8% de brancos. No outro extremo, dos 10% com maiores rendimentos, pretos ou pardos respondiam por apenas 24,8%. A maior diferença estava no Sudeste, onde os pretos ou pardos representavam 46,4% da população com rendimentos, mas sua participação entre os 10% com mais rendimentos era de 16,4%, uma diferença de 30 pontos percentuais. Desigualdade acentuada No que diz respeito à distribuição de renda no país, a Síntese dos Indicadores Sociais 2017 comprovou, mais uma vez, que o Brasil continua um país de alta desigualdade de renda, inclusive, quando comparado a outras nações da América Latina, região onde a desigualdade é mais acentuada. Segundo o estudo, em 2017 as taxas de desocupação da população preta ou parda foram superiores às da população branca em todos os níveis de instrução. Na categoria ensino fundamental completo ou médio incompleto, por exemplo, a taxa de desocupação dos trabalhadores pretos ou pardos era de 18,1%, bem superior que o percentual dos brancos: 12,1%. A distribuição dos rendimentos médios por atividade mostra a heterogeneidade estrutural da economia brasileira. Embora tenha apresentado o segundo maior crescimento em termos reais nos cinco anos disponíveis (10,9%), os serviços domésticos registraram os rendimentos médios mais baixos em toda a série. Já a Administração Pública acusou o maior crescimento (14,1%) e os rendimentos médios mais elevados, diz o IBGE. O peso da escolaridade Os dados do estudo indicam que, quanto menos escolaridade, mais cedo o jovem ingressa no mercado de trabalho. A pesquisa revela que 39,6% dos trabalhadores ingressaram no mercado de trabalho com até 14 anos. Para os analistas, a idade em que o trabalhador começou a trabalhar é um fator que está fortemente relacionado às características de sua inserção no mercado de trabalho, pois influencia tanto na sua trajetória educacional já que a entrada precoce no mercado pode inibir a sua formação escolar quanto na obtenção de rendimentos mais elevados. Ao mesmo tempo em que revela que 39,6% dos trabalhadores ingressaram no mercado com até 14 anos, o levantamento indica também que este percentual cresce para o grupo de trabalhadores que tinha somente até o ensino fundamental incompleto, chegando a atingir 62,1% do total, enquanto que, para os que têm nível superior completo, o percentual despenca para 19,6%. Ainda sobre o trabalho precoce, o IBGE constata que, em 2016, a maior parte dos trabalhadores brasileiros (60,4%) começou a trabalhar com 15 anos ou mais de idade. Entre os trabalhadores com 60 anos ou mais houve elevada concentração entre aqueles que começaram a trabalhar com até 14 anos de idade (59%). A análise por grupos de idade mostra a existência de uma transição em relação à idade que começou a trabalhar, com os trabalhadores mais velhos se inserindo mais cedo no mercado de trabalho, o que pode ser notado porque 17,5% dos trabalhadores com 60 anos ou mais de idade começaram a trabalhar com até nove anos de idade, proporção que foi de 2,9% entre os jovens de 16 a 29 anos. O IBGE destaca que os trabalhadores de cor preta ou parda também se inserem mais cedo no mercado de trabalho, quando comparados com os brancos, característica que ajuda a explicar sua maior participação em trabalhos informais. Já entre as mulheres foi maior a participação das que começaram a trabalhar com 15 anos ou mais de idade (67,5%) quando comparadas com a dos homens (55%). Para os técnicos do instituto, esta inserção mais tardia das mulheres no mercado de trabalho pode estar relacionada tanto ao fato de elas terem maior escolaridade que os homens, quanto à maternidade e os encargos com os cuidados e afazeres domésticos. Cresce percentual dos que não trabalham nem estudam O percentual de jovens que não trabalham nem estudam aumentou 3,1 pontos percentuais entre 2014 e 2016, passando de 22,7% para 25,8%. Dados da pesquisa Síntese de Indicadores Sociais 2017 indicam que, no período, cresceu o percentual de jovens que só estudavam, mas diminuiu o de jovens que estudavam e estavam ocupados e também o de jovens que só estavam ocupados. O fenômeno ocorreu em todas as regiões do Brasil. No Norte, o percentual de jovens nessa situação passou de 25,3% para 28,0%. No Nordeste, de 27,7% para 32,2%. No Sudeste, de 20,8% para 24,0%. No Sul, de 17,0% para 18,7% e no Centro-Oeste, de 19,8% para 22,2%. Ele atingiu, sobretudo, os jovens com menor nível de instrução, os pretos ou pardos e as mulheres e com maior incidência entre jovens cujo nível de instrução mais elevado alcançado era o fundamental incompleto ou equivalente, que respondia por 38,3% do total. Pobreza é maior no Nordeste Quando se avalia os níveis de pobreza no país por estados e capitais, ganham destaque - sob o ponto de vista negativo - as Regiões Norte e Nordeste com os maiores valores sendo observados no Maranhão (52,4% da população), Amazonas (49,2%) e Alagoas (47,4%). Em todos os casos, a pobreza tem maior incidência nos domicílios do interior do país do que nas capitais, o que está alinhado com a realidade global, onde 80% da pobreza se concentram em áreas rurais. Ainda utilizando os parâmetros estabelecidos pelo Banco Mundial, chega-se à constatação de que, no mundo, 50% dos pobres têm até 18 anos, com a pobreza monetária atingindo mais fortemente crianças e jovens - 17,8 milhões de crianças e adolescentes de 0 a 14 anos, ou 42 em cada 100 crianças. Também há alta incidência em homens e mulheres pretas ou pardas, respectivamente, 33,3% e 34,3%, contra cerca de 15% para homens e mulheres brancas. Outro recorte relevante é dos arranjos domiciliares, no qual a pobreza - medida pela linha dos US$ 5,5 por dia - mostra forte presença entre mulheres sem cônjuge, com filhos até 14 anos (55,6%). O quadro é ainda mais expressivo nesse tipo de arranjo formado por mulheres pretas ou pardas (64%), o que indica, segundo o IBGE, o acúmulo de desvantagens para este grupo que merece atenção das políticas públicas. (*) Texto e título alterados às 10h57 para correção de informação



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/ibge-brasil-tem-14-de-sua-populacao-vivendo-na-linha-de-pobreza







Setor de serviços recua 0,8% de setembro para outubro, diz IBGE

15-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Os serviços profissionais e administrativos e os transportes tiveram os principais recuos Arquivo/Agência Brasil O volume de serviços no país recuou 0,8% na passagem de setembro para outubro deste ano. Segundo dados da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada hoje (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), essa foi a quarta queda consecutiva do indicador. Na comparação com outubro de 2016, o volume caiu 0,3%. O setor acumula quedas de 3,4% no ano e de 3,7% no período de 12 meses. Cinco dos seis segmentos tiveram queda no volume de serviços, com destaque para os serviços prestados às famílias, que caíram 2,3%. Também tiveram recuos os serviços profissionais, administrativos e complementares (-1,3%, setor que envolve alugueis não imobiliários por exemplo, de carros e gestão de ativos), os transportes e correios (-1%), outros serviços (-0,1%) e atividades turísticas (-1,5%). Os serviços de informação e comunicação foram o único segmento que teve alta (0,3%). Entre as unidades da federação, as que tiveram as maiores quedas no volume de serviços prestados foram Piauí (-5,3%), Ceará (-4,9%) e Acre (-3,5%). Os estados da Bahia (2,8%), Sergipe (2,5%) e Distrito Federal (1,6%) tiveram as maiores altas. Em relação à receita nominal, os serviços tiveram queda de 0,2% na comparação com setembro, mas cresceram 5% na comparação com outubro de 2016, 2,1% no acumulado do ano e 1,6% no acumulado de 12 meses.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/setor-de-servicos-recua-08-de-setembro-para-outubro-diz-ibge







´O ICNF não resolve os problemas da floresta´

15-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



Aquela que foi a primeira coordenadora da Unidade de Missão para a Valorização do Interior, Helena Freitas, considera que o ICNF não tem capacidade para ajudar a floresta naquilo que ela precisa.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/2vQ31ZgZaaA/o-icnf-nao-resolve-os-problemas-da-floresta-8989089.html







Trabalhadores da Raríssimas pedem afastamento de Paula Brito e Costa

15-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



Dizem os trabalhadores que "uma investigação rigorosa e célere impõe que a presença da ex-presidente, enquanto trabalhadora da instituição, mesmo que à distância, seja impedida".



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/-5TznhWaZdg/trabalhadores-da-rarissimas-pedem-afastamento-de-paula-brito-e-costa-8989614.html







Combinação vencedora do concurso 50/2017

15-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/6jGyr6Pt-sA/322303-combinacao-vencedora-do-concurso-502017







Combinação vencedora do concurso 100/2017

15-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/nR0hScaNQKI/322301-combinacao-vencedora-do-concurso-1002017







Trabalhadores pedem afastamento de Paula Brito e Costa

15-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/ZprCHUGWvAs/322296-trabalhadores-pedem-afastamento-de-paula-brito-e-costa







Primeiro contrato para gestação de substituição em Portugal foi hoje autorizado

15-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/EHfE1DNKTeA/322274-primeiro-contrato-para-gestacao-de-substituicao-em-portugal-foi-hoje-autorizado







TAP está a estudar introdução de internet sem fios em voos na Europa

15-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



A TAP quer introduzir algumas mudanças na sua frota de médio curso, que voa essencialmente para a Europa. Em cima da mesa está a possibilidade de as aeronaves da família A320 passarem a contar com internet sem fios, que até poderá vir a ser gratuita.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/aviacao/detalhe/tap-esta-a-estudar-introducao-de-internet-sem-fios-em-voos-na-europa







IP lança concurso para limpeza de vegetação na rede ferroviária

15-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



A IP lançou um concurso público de oito milhões de euros para a execução no próximo anos de trabalhos de controlo de vegetação junto à rede ferroviária nacional, no âmbito do sistema de defesa da floresta contra incêndios.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/detalhe/ip-lanca-concurso-para-limpeza-de-vegetacao-na-rede-ferroviaria







Patrões exigem forte redução dos descontos para manter acordo com Governo

15-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Numa posição conjunta, as quatro confederações propõem ao Governo a eliminação do PEC e do pagamento por conta, a redução dos descontos para o fundo de compensação do trabalho e estabilidade na legislação laboral para manter acordo em torno do salário mínimo.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/emprego/detalhe/patroes-exigem-forte-reducao-dos-descontos-para-manter-acordo-com-governo







Insuficiência de Convergência Lentes de Contacto Tóricas Retinopatia Diabética

15-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este trabalho consiste na elaboração de três casos clínicos, da minha prática clinica, tendo em conta o melhoramento técnico na área da Optometria. O primeiro caso clinico (insuficiência de convergência), é comum, estando presente em todas a faixas etárias. É muito recorrente na minha prática clinica e solucionado com sucesso após as várias sessões de terapia visual. O segundo caso clinico, consiste na descrição de um caso de intolerância a um tipo de lentes de contacto. Sendo a Diabetes uma das patologias que mais afecta a visão, é de todo interessante abordar este tema. Daí o meu terceiro caso clinico, se debruçar sobre a Retinopatia diabética, pois também é muito comum na minha prática clinica.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.6/4512







Importância da integração do Médico Dentista no Sistema Nacional de Saúde

15-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A Organização Mundial de Saúde reitera que a saúde oral é parte integrante da saúde geral do indivíduo. Em Portugal, foi implantado em 2005 o Programa Nacional de Promoção da Saúde oral, porém apesar de todos os esforços, os programas e medidas aplicados não são amplos o suficiente para abranger a população portuguesa. Objetivos: O presente trabalho tem como finalidade a realização de uma revisão narrativa – crítica sobre a importância da integração do médico dentista no Sistema Nacional de Saúde Português. Do ponto de vista geral, pretende-se evidenciar as lacunas existentes na prestação de cuidados de saúde oral e o impacto na saúde pública. Metodologia: foram selecionados 68 artigos e 2 livros. Após uma pesquisa bibliográfica nas bases de dados Pubmed, Googgle Scholar , Sciencedirect, WHO IRIS e nos sites das entidades INE, OMD, SNS, ERS and PNPSO. A pesquisa teve como critérios de inclusão artigos publicados no período de tempo 2003-2017; artigos escritos em inglês, português; artigos com o texto completo; artigos que apresentam relevância para o trabalho e sites de entidades com grande relevância da o trabalho. Foram excluídos artigos impossíveis de efetuar download; artigos não gratuitos; artigos duplicados e artigos que, através do resumo/título, não demonstraram utilidade para este trabalho. Discussão: tanto a literatura como os estudos epidemiológicos comprovam que a saúde oral tem um elevado impacto na saúde global do individuo e na sua qualidade de vida. Em Portugal, estudos acerca do estado da saúde oral da população residente, demonstraram que a prevalência das doenças orais é elevada. Por outro lado, inquéritos nacionais e relatórios, sobre o acesso e cuidados de saúde demonstraram que a existência de uma carência em cuidados de saúde oral. Sendo que o fato do seu acesso ser maioritariamente feito através do sector privado e questões socioeconómicas foram os motivos apresentados como razão para não aceder aos cuidados de saúde oral. Conclusão: a integração dos médicos dentistas no SNS, permitirá a elaboração de medidas no âmbito da promoção, prevenção e prestação de cuidados de saúde oral. No entanto é de ressalvar que é necessário, com base no documento “Global goals for oral health 2020”, a definição das metas para a saúde oral da população portuguesa para o ano de 2020



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/20.500.11816/2850







Continente Modelo da Lixa celebra oito anos

15-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há oito anos que a freguesia de Vila Cova da Lixa recebeu o Continente Modelo. Desde 17 de dezembro de 2009 que a população da Lixa conta com o Continente na Avenida Dr. Machado de Matos e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 61 colaboradores. Rui Oliveira, diretor da Loja Continente Modelo da Lixa, refere que “desde 2009 que acreditamos no investimento na Lixa e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora oito anos, o que traduz a forte presença



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-da-lixa-celebra-oito-anos,c636488505040000000







Eixo Ibérico para a Comunicação Pública de Ciência em análise entre Coimbra e Granada

15-Dezembro-2017 - cision.com



O Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra e o Parque de las Ciencias de Granada (Espanha) estão a avaliar a possibilidade criar um Eixo Ibérico de Comunicação Pública de Ciência. As Universidades de Coimbra e Granada integram também esta aliança que prevê formar novas gerações de comunicadores de ciência. O objetivo desta parceria ibérica será o de promover conjuntamente projetos de formação, produção expositiva e desenvolvimento de conteúdos de divulgação de ciência de âmbito internacional, com vista à exportação, sobretudo para países europeus. Para o desenvolvimento deste Eixo



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/exploratorio/r/eixo-iberico-para-a-comunicacao-publica-de-ciencia-em-analise-entre-coimbra-e-granada,c636488653950000000







Continente investe 4M€ na Baixa da Banheira e cria 50 novos postos de trabalho

15-Dezembro-2017 - cision.com



· Investimento compreende a criação de 50 postos de trabalho · A loja conta com 1047m2 de área de vendas · Para assinalar a abertura, o Continente vai distribuir fruta no dia da inauguração do espaço e lança campanha de 10% de desconto em cartão O Continente inaugura hoje uma nova loja na Baixa da Banheira, com 1047m2, que traduz um investimento de 4 milhões de euros e a criação de 50 postos de trabalho. Com esta nova loja, o Continente passa a dispor de 24 espaços no distrito de Setúbal. Esta nova loja vai disponibilizar uma vasta gama de produtos, constituída por dezenas de



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-investe-4m--na-baixa-da-banheira-e-cria-50-novos-postos-de-trabalho,c636488503220000000







Continente Modelo Mozelos celebra nove anos

15-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há nove anos que Mozelos recebeu o Continente Modelo. Desde 17 de dezembro de 2008 que a população de Mozelos conta com o Continente na Avenida Albertina Amorim e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 83 colaboradores. Cacilda Braga, diretora da Loja Continente Modelo Mozelos, refere que “desde 2008 que acreditamos no investimento em Mozelos e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora nove anos, o que traduz a forte presença que temos na



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-mozelos-celebra-nove-anos,c636488500700000000







Uma nova capacidade de distribuição e um novo ciclo no transporte aéreo

15-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Hoje em dia as companhias aéreas debatem-se com a problemática dos custos de distribuição que têm, principalmente pelo canal indireto, ou seja através dos sistemas de reserva. O presente trabalho tem como o objetivo estudar as várias estratégias que as Companhias Aéreas têm à sua disposição, e estudar quais serão os comportamentos estratégicos dos vários intervenientes no mercado com a entrada do New Distribution Capability. Numa primeira parte é feito um estudo teórico acerca das várias temáticas deste estudo, mas principalmente dos vários problemas e acontecimentos ao longo dos anos na distribuição do transporte aéreo. Por fim, recorreu-se à teoria dos jogos, mais especificamente a modelos de jogos estáticos de tomada de decisão simultânea para averiguar quais as previsões de comportamento das companhias aéreas nas escolhas de canais de distribuição. Com o desenvolvimento do modelo verificou-se que as decisões das companhias aéreas acerca de que tipo de canal de distribuição usar, dependem do custo de distribuição que os GDS cobram. O valor deste custo torna-se crucial para que uma companhia aérea decida continuar ou não a usar os GDS.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/21138







Cidades Inteligentes: Modelos de gestão em mobilidade urbana e aplicabilidade na cidade de São Luís – MA

15-Dezembro-2017 - rcaap.pt



s cidades inteligentes (smart cities) são consideradas, no âmbito do contexto urbano e do desenvolvimento social, eficientes abordagens e modelos de gerenciamento de uma mobilidade urbana mais enxuta, sistemática e com menor intensidade de tráfego. Esses modelos urbanos também refletem melhores estruturas de rodovias, acesso para os pedestres, redução das fontes poluidoras ambientais e, evidentemente, aplicação dos procedimentos e ferramentas tecnológicas para promover melhorias na qualidade de vida das pessoas e do bem-estar. Este trabalho tem como objetivo central analisar a aplicabilidade das cidades inteligentes como modelo de mobilidade urbana na cidade de São Luís do Maranhão. Para tanto, fundamenta-se em revisão bibliográfica e análise de conteúdo baseado em questionários com perguntas abertas. No total, foram colhidos 7 (sete) questionários, aplicados entre os período de março e abril de 2017. O banco de dados para a pesquisa online foram Scielo, Spell e Google Acadêmico, além de outras fontes de consulta. Percebeu-se, ao fim, a viabilidade de implementação do modelo de smart city em São Luís, com uma significativa inspiração de outros casos de sucesso no Brasil e mundo, evidenciando que a cidade encontra-se preparada para esses avanços, no entanto ainda é preciso um maior compromisso político, social e institucional para que essas práticas transformadoras repercutam no âmbito da sociedade.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10314/3823







Será possível profissionalizar uma ciência? Cientificidade, profissionalização e questões deontológicas na sociologia

15-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A consolidação da sociologia em Portugal a seguir ao 25 de Abril contribuiu para que o campo da investigação científica em sociologia nas universidades portuguesas se desenvolvesse a um ritmo exponencial e para que as práticas profissionais dos sociólogos se alargassem a muitas áreas e setores fora das universidades. Desta consolidação do campo científico académico e do campo profissional da sociologia resultaram novos debates sobre a relação entre ciência e profissão, sobre os papéis e as culturas profissionais dos sociólogos e sobre as exigências deontológicas a elas associadas. É esse o debate que pretendo retomar nesta reflexão. A partir da análise de sete casos de sociólogos em setores profissionais diferenciados, procurarei, em primeiro lugar, pensar quais as potencialidades da relação entre a exigência da cientificidade e a profissionalização dos sociólogos, em segundo lugar, explorar a ligação dessa relação com as culturas profissionais dos sociólogos e, em terceiro lugar, refletir sobre as questões deontológicas e a responsabilidade crítica dos sociólogos nos diversos setores profissionais.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10071/14756







Impacto da Satisfação dos Colaboradores com a Fidelização de Clientes: No Sector do Retalho

15-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Desde sempre que ouvimos que a natureza das organizações é gerar de lucro, apontando a responsabilização desse lucro para a retenção de clientes, no entanto no decorrer dos anos foram existindo factores aos quais dividem essa responsabilização por diferentes partes. Este estudo surge da necessidade de compreensão das condicionantes da satisfação clientes como consequência da fidelização de clientes, criando um elo de ligação entre os campos literários, o que permitiu a crianção de um modelo conceptual. No decorrer da investigação foi elaborado um inquérito por questionário, recorrendo ao auxílio do software estatístico “SPSS”, no qual foi avaliado a influência entre as variáveis: Orientação para o cliente, Aptidão do colaborador, Motivação, Compromisso, exercem sobre a satisfação do cliente e a lealdade do cliente. Após terem sido testadas as variáveis concluímos que existe uma influência positiva entre o aumento da orientação para o cliente, o aumento da aptidão do colaborador, o aumento da motivação e o aumento do compromisso sobre o aumento da satisfação dos clientes e do aumento da lealdade do cliente. Esperando com isto, que esta investigação possa contribuir para um maior investimento das organizações na garantia da satisfação, seja por parte do cliente como por parte dos trabalhadores, com vista numa maior eficiência de produtos e serviços.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19692







Sete anos de investigação em Relações Públicas: percursos do primeiro mestrado em gestão estratégica das relações públicas em Portugal

15-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O século XXI emergiu como o século da consagração da era da informação. Entre uma Europa que não enfrentava ainda alguns dos seus maiores desafios, mas, onde, as ameaças de radicalismo já se faziam sentir, a velocidade e facilidade de uma suposta comunicação planetária pareciam ao alcance de todos. Se hoje valorizamos algumas das vozes que, com clarividência denunciaram desde o início alguns dos aspetos menos positivos da nova era como Wolton ou Bauman, provavelmente há dez anos pensávamos ainda que a desinformação, a incompreensão, o excesso de dados (que não informação), não podiam coexistir com o avanço tecnológico que colocava o mundo, para usar a expressão de Serres, no polegar das nossas mãos. Na realidade a noção de informação tão generalizada e vulgarizada está muito longe de poder ser compreendida como sinónimo de comunicação, entendida aqui, como comunicação efetiva. A necessidade de uma Europa mais forte, literada, com jovens com elevados graus de diferenciação em termos profissionais e claramente ainda sob o espírito dos seus fundadores, vinte e nove países europeus assinaram, em Junho de 1999, os que viriam a ser conhecidos como os Acordos de Bolonha. Os Acordos estenderam-se, entretanto, a mais onze países e temos hoje uma estrutura de ensino superior que permite a conclusão de um primeiro ciclo de estudos em 3 anos e de um segundo ciclo de estudos que varia entre os 18 e os 24 meses, com para^metros de compatibilidade e comparabilidade no mercado europeu. Na esteira deste processo, o estado português introduz a possibilidade de serem lecionados segundos ciclos de estudo nos Institutos Politécnicos, e em 2007 iniciam-se os primeiros mestrados nas diferentes escolas do Instituto Politécnico de Lisboa (IPL). A elaboração e desenvolvimento do programa de estudos do mestrado apresentava-se como um duplo desafio, por um lado, construir pela primeira vez um programa de segundo ciclo no ensino politécnico respondendo às exigências e necessidades específicas dos seus estudantes e dos empregadores, e por outro, não deixar que o mesmo ficasse refém da dicotomia proposta pela própria regulamentação entre investigação pura e aplicada, ou entre dissertações, e para muitos académicos, em especial na área das ciências comportamentais e no ensino universitário, outros tipos de trabalho de conclusão de segundo ciclo, não sem alguma conotação pejorativa, como os trabalhos de projeto ou os estágios em contexto profissional com a redação e discussão pública dos respetivos relatórios. Para além de uma reflexão teórica sobre a fundamentação do ciclo de estudos em apreço no contexto das ciências da comunicação, tanto do ponto de vista dos seus fundamentos teóricos como dos seus desenvolvimentos empíricos, com certeza que em diálogo constante com outras áreas, que vão desde as ciências ditas exatas como a matemática às em geral consideradas disciplinas de cariz organizacional ou mais empresarial, pretende-se com a presente investigação perceber que percursos foram trilhados do ponto de vista dos trabalhos finais apresentados. Existe ou não equilíbrio entre os três tipos possíveis de trabalho final? Existem sectores de atividade privilegiados enquanto objeto de estudo? Dentro do quadro definido por Wilcox, Cameron e Xifra (2006) sobre as diferentes áreas específicas de atividade no quadro do desempenho das funções de um profissional de RP, há áreas privilegiadas pelos estudantes? Que métodos de investigação foram escolhidos tanto enquanto instrumentos de investigação científica? Que métodos de recolha e análise de dados foram privilegiados para monitorização de envolventes e para a avaliação de projetos ou preconizados para avaliação de campanhas? Utilizar-se-á para tal um desenho de investigação de cariz pragmatista e com um método de análise documental de tipo qualitativo. Serão analisados todos os trabalhos defendidos com sucesso pelos discentes que se inscreveram durante as 7 edições (2007- 2013) de mestrado em apreço com recurso a um programa informático para análise de conteúdo.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.21/7700







Bel Canto: método vocal de Mathilde Marchesi - um caso de estudo em contexto didático

15-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Neste trabalho foi realizado o relatório de estágio no âmbito da Prática de Ensino Supervisionada do Mestrado em Ensino da Música – ramo Canto, pela Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo do Porto, e o projeto de investigação aplicado em contexto educativo. O primeiro e segundo capítulos referem-se ao Relatório de Estágio realizado no 3º Ciclo e Ensino Secundário do Ensino Especializado da Música, e que teve como objetivo desenvolver o processo de ensino-aprendizagem e pedagogia do canto recorrendo às Observações em Contexto Educativo das escolas onde ocorreram as práticas educativas, e à reflexão fundamentada das aulas observadas, lecionadas e assistidas. O terceiro capítulo remete ao Projeto de Investigação que foi realizado através de um Estudo de Caso em Contexto Didático e teve como objetivo aplicar e analisar o método vocal de Matilde Marchesi com alunas de canto e realizar uma reflexão fundamentada sobre algumas das caraterísticas vocais e da prática vocal desenvolvidas com o mesmo método – ataque vocal, leveza e legato da voz.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10601







´Clarinetisses´ - Uma ferramenta motivadora para o ensino e aprendizagem do clarinete

15-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente Relatório de Estágio Profissional descreve todo o conjunto de atividades desenvolvidas na Academia de Música de Castelo de Paiva, no ano letivo 2016/2017, no âmbito da prática educativa desenvolvida no Ensino de Instrumento – Clarinete. A procura por uma metodologia mais atual e motivadora para o ensino e aprendizagem do clarinete, levou ao desenvolvimento de um Projeto de Intervenção que tem como principal objetivo, proporcionar ao aluno ferramentas de suporte áudio como referência de estudo individual. Assim, juntamente com a professora Elsa Silva (piano), foi posto em prática o projeto em CD com o nome “Clarinetisses” que visa minimizar a escassez de registos áudio de peças para clarinete de 1º e 2º Grau. O Projeto de Intervenção é baseado numa metodologia de Investigação-Ação, que pretende verificar de que forma o CD “Clarinetisses” poderá contribuir para o aumento da motivação dos alunos e de que forma auxilia o estudo individual.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10597







A dinâmica de grupo vs individualidade

15-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A importância das dinâmicas grupais emerge de uma sociedade que necessita de articular diferentes unidades para um desenvolvimento funcional e sustentável, nas suas mais diversas vertentes. A complexidade, presente no processo de interação social, resulta das diferenças existentes entre os indivíduos, assim como dos comportamentos e ideias dos grupos. Neste sentido, torna-se estruturante o estudo e a compreensão desta suposta dicotomia, que parece estar na base do desenvolvimento diferencial da sociedade humana. Na conceptualização de dinâmica de grupo, o conceito de interdependência é fundamental, pois articula as diferentes individualidades, encarando a relação grupal e o indivíduo para além de uma dicotomia concebida. A relação interdependente surge como ponto fulcral quer no relacionamento entre indivíduos do mesmo grupo, quer entre o grupo e o indivíduo, na medida em que num grupo é fundamental que cada indivíduo conheça as suas potencialidades e que as disponibilize para o grupo, assim como o grupo seja um espaço para o indivíduo desenvolver as suas capacidades (Alves & Seminotti, 2006). A análise entre as dinâmicas de grupo e o indivíduo levantam algumas questões, nomeadamente na formação do Homem, em que, a educação escolar contemporânea e não só, apresentam implicações na preparação do aluno para a vida em sociedade, não descurando nunca a sua individualidade. Neste sentido, a disciplina de educação física, bem como a prática regular de atividades desportivas, pelas suas caraterísticas, surgem como um contexto potencial e promotor deste tipo de dinâmicas e interações.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.13/1731







Pezão diz que salários atrasados serão pagos a servidores antes do Natal

14-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Pezão se reuniu com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, para acertar detalhes da recuperação fiscal do estado Tânia Rêgo/Arquivo/Agência Brasil O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, se comprometeu a pagar os salários atrasados dos servidores do estado imediatamente após a liberação do empréstimo assinado com o banco BNP Paribas, o que deve ocorrer na próxima semana. Após se reunir hoje (14) com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e garantir o aval da União para a formalização do empréstimo, Pezão disse ter certeza que os pagamentos serão pagos aos funcionários estaduais antes do Natal. Segundo ele, após acertos finais, o contrato está pronto e será assinado formalmente em uma cerimônia amanhã (15), no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Michel Temer. Oficialmente, o repasse inicial da instituição financeira, de R$ 2 bilhões, será feito em até três dias úteis, mas Pezão disse ter feito um apelo para que o dinheiro seja liberado antes. Mais R$ 900 milhões serão repassados em 60 dias. O décimo terceiro salário de 2016 e os atrasados de quem não recebeu o salário do mês de outubro deste ano serão pagos com prioridade, informou o governador. Pezão disse que ainda está fazendo os cálculos das demais dívidas que poderão ser pagas de imediato. O importante é que é tudo para o servidor e eu tenho certeza que com esse passo que estamos dando hoje, em 2018 não vamos ter mais esse tipo de problema pelo próprio acordo assinado de recuperação, afirmou. Ainda vamos ter um janeiro com muita luta, mas queremos no mês que vem ainda, se Deus quiser, colocar o décimo terceiro salário de 2017 em dia. A arrecadação está crescendo. Eu acredito que, com o país entrando nessa rota de crescimento, com o preço do barril do petróleo crescendo, vamos ter um ano de 2018 bem melhor, avaliou Pezão. O contrato com o BNP Paribas prevê um empréstimo de R$ 2,9 bilhões ao Rio de janeiro, permitidos após aval da União após a assinatura do plano de recuperação do estado. Uma das garantias do acordo é a privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) para pagamento do empréstimo. De acordo com o secretário de Fazenda do Rio de Janeiro, Gustavo Barbosa, o estado já gerou as folhas de pagamento e no mesmo dia em que o dinheiro for liberado, os servidores receberão os salários atrasados. Segundo ele, o pagamento do empréstimo e dos juros será feito em 36 meses com a possibilidade de liquidação antecipada com a venda da Cedae.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/pezao-diz-que-salarios-atrasados-serao-pagos-servidores-antes-do-natal







Sobrinho celebra 25 anos de carreira com nova prova

14-Dezembro-2017 - publico.pt



Um dos mais emblemáticos jogadores nacionais lançou torneio com o seu nome



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/14/desporto/noticia/sobrinho-celebra-25-anos-de-carreira-com-nova-prova-1796094







União começará a trabalhar em acordo com Rio Grande do Sul, diz Meirelles

14-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O ministro Henrique Meirelles Wilson Dias/ABr Depois de fechar acordo com o estado do Rio de Janeiro, a União começará a trabalhar no auxílio financeiro ao Rio Grande do Sul, disse hoje (14) o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Segundo o ministro, a equipe econômica começará a se reunir com representantes do governo gaúcho para definir um plano de ajuste. Agora que a situação do Rio de Janeiro está equacionada e caminhando com sucesso, vamos dedicar o trabalho em período integral ao Rio Grande do Sul. O estado também tem um trabalho a fazer de formulação ou de reformulação do plano de ajuste visando ser aprovado, homologado e implementado, declarou Meirelles após se reunir com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). De acordo com Meirelles, o empréstimo do BNP Paribas que ajudará o estado do Rio de Janeiro a quitar os salários em atraso do funcionalismo, será assinado nesta sexta-feira (15) ou no início da próxima semana. Segundo o ministro, os últimos detalhes técnicos, como as assinaturas dos bancos, estão sendo resolvidos hoje. Depois de muito tempo e trabalho para a aprovação da Lei de Recuperação Fiscal dos estados, a confecção do plano de recuperação do Rio de Janeiro e o empréstimo baseado no penhor das ações da Cedae [Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Jaeniro], está finalmente equacionado. Existem alguns detalhes, como a assinatura de bancos, mas está tudo resolvido e vamos assinar tão logo esteja completado o processo, declarou. Pelo acordo de auxílio financeiro, o Rio de Janeiro teve de aprovar medidas de corte de gastos, aumento de tributos e reversão de benefícios fiscais para suspender, por três anos, o pagamento das parcelas das dívidas do estado com a União e receber o empréstimo para sanear as finanças e pagar o funcionalismo. Para receber o dinheiro, no entanto, o estado teve de privatizar a Cedae e dar os recursos da venda como garantia para a operação.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/uniao-comecara-trabalhar-em-acordo-com-rio-grande-do-sul-diz-meirelles







Aumenta ocupação de jovens entre 18 a 24 anos, diz Ipea

14-Dezembro-2017 - ebc.com.br



A ocupação de jovens entre 18 a 24 anos aumentou 3,1% no terceiro trimestre desse ano, na comparação com o mesmo período de 2016. O resultado é o segundo melhor entre as faixas de idade, atrás apenas, do grupo dos com mais de 60 anos, que teve alta de 9,1%. Os dados constam de estudo sobre o mercado de trabalho lançado hoje (14), pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O levantamento utiliza os microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), do IBGE. Com base nestes microdados, o Ipea analisa a dinâmica recente do mercado de trabalho brasileiro. O instituto chamou atenção que, apesar desse aumento no terceiro trimestre, a taxa de desocupação dos jovens entre 18 a 24 anos continua sendo a mais elevada. O órgão apontou que a redução da taxa de desemprego, que ocorreu de forma generalizada entre as faixas etárias, poderia ter sido mais expressiva, não fosse o aumento da população economicamente ativa (PEA), que, entre os jovens, apresentou variação interanual de 4,3% no terceiro trimestre. A PEA inclui informação das pessoas ocupadas no mercado de trabalho e das que estão desocupadas, mas interessadas em encontrar emprego. Ritmo lento Para a pesquisadora do Ipea Maria Andréia Lameiras, uma das autoras do estudo, a informação de que mais gente encontrou ocupação é boa, mas a taxa de desocupação ainda diminui em ritmo lento. Tem mais gente ocupada, o que é uma boa notícia. Mas, como muita gente que não estava procurando emprego passou a procurar, isso tem impedido que a taxa de desocupação caia mais rapidamente, disse. Na visão da pesquisadora, a sensação de melhora do mercado de trabalho, por parte da população, é o que tem provocado o aumento da PEA e isso faz com que mais pessoas voltem a procurar trabalho. As pessoas têm a sensação de que as oportunidades estão melhores, de que há vagas. As que antes não procuravam, por achar que não conseguiriam uma oportunidade, começaram a voltar à ativa, falou. De acordo com o Ipea, os dados do terceiro trimestre de 2017 mostram que 23% dos jovens que estavam desempregados conseguiram uma nova colocação. Nas outras categorias a taxa ficou em 35% para a faixa entre 25 e 39 anos, 33% entre 40 a 59 anos e 28% para os mais de 60 anos. Segundo o Ipea, 8% dos jovens que iniciaram o terceiro trimestre ocupados tornaram-se desempregados, um patamar bem acima do registrado pelos demais segmentos. Remunerações e expansão O Ipea destacou também como resultado positivo para os mais jovens o nível das remunerações. O órgão apontou que as estatísticas da Pnad Contínua indicam uma melhora relativa dos salários recebidos pelos ocupados com idade entre 18 e 24 anos. A variação ficou em 1,4% no terceiro trimestre do ano, enquanto no período imediatamente anterior tinha havido queda de 0,6%. No entanto, a faixa entre 40 e 59 anos foi a que registrou maior expansão salarial (2,2%) nos meses de julho a setembro. Ainda conforme o estudo, o grau de instrução teve uma melhora espalhada na ocupação de todos os grupos, apesar de que é mais significativa entre os de nível superior, que registrou elevação de 7,8%, em relação ao terceiro trimestre de 2016. A avaliação apontou também que o aquecimento do mercado informal, que cresceu 6,9% no terceiro trimestre, provocou, na maior parte, a retomada do dinamismo do mercado de trabalho, na comparação com o mesmo período do ano passado. Já os chamados trabalhos por conta própria, aumentaram 4,8%. Entre os setores da economia, o estudo indica que em 2017 há desempenho positivo da ocupação em comércio, serviços e indústria. Para 2018 ,as expectativas apontam uma continuidade da expansão da ocupação e dos rendimentos, possibilitada pela aceleração do ritmo de crescimento da atividade econômica.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/aumenta-ocupacao-de-jovens-entre-18-24-anos-diz-ipea







CHUC recebeu Professores da Universidade de Teerão

14-Dezembro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



  Decorreram nos dias 13 e 14 de dezembro no CHUC, várias reuniões de trabalho entre o Conselho de Administração, a Unidade de Transplantação Hepática Pediátrica e de Adultos do[...] O post CHUC recebeu Professores da Universidade de Teerão aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/visita-professores-da-universidade-teerao-ao-chuc/







Decreto regulamentar dos níveis remuneratórios dos investigadores aprovado hoje

14-Dezembro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



O Conselho de Ministros aprovou hoje o decreto regulamentar dos níveis remuneratórios para os contratos dos investigadores ao abrigo da lei do emprego científico, passando agora o processo para o[...] O post Decreto regulamentar dos níveis remuneratórios dos investigadores aprovado hoje aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/decreto-regulamentar-dos-niveis-remuneratorios-dos-investigadores-aprovado-hoje/







Europa quer impedir Mercosul de usar nomes de produtos com indicação de origem

14-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Produtores agrícolas brasileiros têm até o próximo dia 22 de dezembro para atenderem à consulta pública do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) sobre o reconhecimento no Brasil de Indicações Geográficas (IGs) registradas na União Europeia. Os produtores brasileiros devem apresentar argumentos para continuarem usando no rótulo de seus produtos a chamada indicação de origem, como por exemplo os queijos parmesão, gruyère, brie e gorgonzola. O coordenador do Departamento de Negociações não Tarifarias da Secretaria Internacional do Agronegócio, do Ministério da Agricultura e Abastecimento (Mapa), Rafael Mafra, diz que essa é uma exigência da União Europeia dentro das negociações do Acordo Comercial entre a União Europeia e o Mercosul. Por isso, o reconhecimento da lista apresentada pela União Europeia pode impedir o uso comercial desses nomes por produtores do Mercosul. Se a lista de indicações geográficas da União Europeia for integralmente reconhecida pelo Mercosul, produtores brasileiros não poderão mais usar nomes como parmesão e brie. Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil "Se a gente reconhecer na forma como eles estão solicitando, não se poderia mais usar esses nomes, porque seria uma violação de nome, de marca. Ou seja, a gente não poderia mais chamar o queijo de parmesão, teria encontrar outro nome. E se alguém chamasse de parmesão seria acionado na Justiça, explica o dirigente do Mapa. Para solucionar o impasse, segundo Mafra, o Brasil está argumentando com os negociadores europeus que, para muito dos nomes da lista, não existe conflito. E para aqueles que apresentam conflito, a gente tem duas propostas. Uma delas seria a solução encontrada em acordos com outros países: reconhecer a identificação geográfica, mas abrir exceção para alguns produtos, disse. No caso do parmesão, por exemplo, se estabeleceu que se reconheceria a identificação geográfica do parmesão como parmesão, mas os produtos nacionais poderiam continuar usando o nome parmesão. Identificando a origem A indicação geográfica é uma maneira que se tem de garantir que um produto com determinadas características vem de uma região específica. Rafael Mafra cita como exemplo, um dos casos mais conhecidos, que é o do vinho espumante, que a partir da assinatura do Acordo sobre Aspectos dos Direitos de Propriedade Intelectual Relacionados ao Comércio (conhecido pela sigla em inglês Trips) se estabeleceu que só poderia ser chamado de champanhe o vinho espumante que viesse da região de Champanhe (Champagne), na França. Mafra destaca que a UE tem uma politica pública interna de reconhecimento de indicações geográficas. "Eles têm 3.500 reconhecidas lá. Agora, eles querem o reconhecimento de algumas delas pelos outros países. Então, eles nos apresentaram uma lista com 347 nomes que eles gostariam de ver protegidos no Brasil como resultado desse acordo". Entre esses nomes, os europeus incluíram produtos comuns na mesa dos brasileiros, como os queijos parmesão, que tem origem na Itália. feta, que é grego. gorgonzola. e gruyere. Também fazem parte da lista a grappa - um conhecido aguardente de uva de origem italiana. e o conhaque, originário da região de Conhaque (Cognac), na França. Herança cultural A contrapartida, de acordo com o coordenador, é reconhecimento da identificação geográfica dos nossos produtos, como a cachaça, por exemplo. No caso desse reconhecimento, só o Brasil poderia exportar cachaça para a União Europeia. Além disso, lembra Mafra, outra vantagem é ganhar em outros pontos do acordo que está sendo negociado, como acesso ao mercado, redução de tarifas, aumento de cotas e demais cláusulas que estão sendo negociadas no restante do acordo. Parar de produzir queijo parmesão é praticamente impensável, dado o tamanho do prejuízo. Mas há outro argumento, menos econômico e talvez mais forte. Mafra lembra que os países do Mercosul, em sua maioria, foram colonizados por europeus, e sofreram forte influência da cultura europeia por meio das imigrações. "O que a gente mais tem aqui são alemães, espanhóis, italianos e franceses. E são essas as indicações geográficas que eles querem ver reconhecida. Então, se em outros países eles abriram três ou quatro exceções, para este acordo a gente precisa de pelo menos 30. Porque temos antepassados comuns com a União Europeia. Eles trouxeram seus hábitos, seus modos de produção, sua cultura, e não é justo que agora a gente tenha que mudar ou pagar por isso para a União Europeia", argumenta Rafael Mafra. Apresentação de subsídios Os argumentos dos produtores brasileiros para subsidiar o governo nas negociações sobre o reconhecimento das indicações geográficas da União Europeia devem ser apresentados em formulário específico que pode ser encontrado no site do INPE , assim como a lista oficial dos nomes requeridos pelos europeus e as instruções normativas relacionadas à consulta. O documento deve ser enviado depois para o e-mail subsidios@inpi.gov.br.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/europa-quer-impedir-mercosul-de-usar-nomes-de-produtos-com-indicacao-de







Idec alerta para tentativa de fraudes após acordo sobre planos econômicos

14-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Pouco mais de 48 horas depois de oficializada a assinatura do acordo entre a Advocacia-Geral da União (AGU), representantes de bancos e associações de defesa do consumidor para encerrar os processos na Justiça que tratam das perdas financeiras causadas por planos econômicos das décadas de 1980 e 1990, já há casos de tentativa de golpe a poupadores. O advogado Walter Moura, do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), conta que o ógão já foi procurado por poupadores que receberam telefonemas de pessoas para oferecer intermediação na liberação do dinheiro. Já ligaram no Idec perguntando se tinha que fazer depósito prévio. É igual ao sequestro relâmpago, disse à Agência Brasil . No entanto, para a liberação do recurso, o acordo ainda terá de ser homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e não há prazo para isso. Pelo acordo, após a homologação, os bancos terão um prazo para fazer a adesão. Passada essa fase, as instituições financeiras terão 90 dias para criar uma plataforma virtual para que os poupadores e seus representantes legais optem pelo acordo. Além disso, haverá um prazo de dois anos para os poupadores aderirem ao acordo. Após a adesão, os bancos terão 15 dias para dar uma resposta confirmando se o poupador tem direito a receber ou, por exemplo, se falta algum documento. Só depois será efetivado o pagamento, conforme cronograma. O Idec oriente poupadores a não aceitar ofertas para facilitar ou antecipar a liberação de dinheiro: Não aceite oferta de acordo de pessoa diferente do seu advogado. Se você é afiliado a alguma entidade, procure a entidade. Se você tem um advogado, procure-o. Assim, você não vai cair em fraude nenhuma, ressaltou Walter Moura. Nem a AGU, nem a Febraban [Federação Brasileira dos Bancos], nem o Idec vai fazer ofertas por acordo. Se alguém pode pedir CPF, procuração, isso é fria. A pessoa de maior confiança é o advogado, acrescentou o advogado do Idec. Acordo Ontem (13), o Supremo Tribunal Federal (STF) disponibilizou a íntegra do acordo financeiro que deve afetar cerca de 1 milhão de processos sobre o tema em todo o país, que aguardavam julgamento definitivo pela Corte. O acordo judicial assinado esta semana encerra a disputa pela reposição de perdas na caderneta de poupança nos planos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor 2 (1991). Mediado pela AGU e com participação do Banco Central (BC), o acordo é considerado o maior da história do país. Regras para o ressarcimento Quem tem direito a receber? - Poupadores que ingressaram com ações coletivas e individuais na Justiça pedindo o ressarcimento. - No caso das individuais, poupadores ou herdeiros que acionaram a Justiça dentro do prazo prescricional (20 anos da edição de cada plano). - Poupadores que, com ações civis públicas, entraram com execução de sentença coletiva até 31 de dezembro de 2016. Quem não entrou com ação na Justiça terá direito a receber? Não. O prazo para ingressar com ações desse tipo prescreveu. Quem entrou com ação e perdeu pode apresentar um recurso? Não. É obrigatório aderir ao acordo? Não, a adesão do poupador é voluntária. Após a adesão, a ação judicial será extinta. Como vai ser o pagamento? Serão feitos de acordo com as faixas de valor a receber. - Até R$ 5 mil receberá à vista e integral, sem desconto. - Entre R$ 5 mil e R$ 10 mil, uma parcela à vista e duas semestrais, com abatimento de 8% de desconto. - A partir de R$ 10 mil, uma à vista e quatro semestrais, com desconto de 14%. - Mais de R$ 20 mil, terão 19% do valor descontado. A correção para os pagamentos semestrais será feita pelo IPCA, índice da inflação oficial. Onde receber? Não será necessário ir ao banco. O pagamento será feito em conta-corrente do poupador ou por meio de depósito judicial. Os honorários serão pagos diretamente aos advogados. O prazo máximo de parcelamento dos valores a serem recebidos pelos poupadores será de três anos. Não haverá antecipação de pagamentos. Como faço para receber? Para aderir, o poupador deverá acessar um sistema eletrônico e comprovar a existência e o saldo da conta de poupança, através de cópia dos extratos bancários do período ou da declaração do Imposto de Renda. O banco vai conferir os dados e pode validar, devolver ou negar. Em caso de negativa, o poupador pode pedir uma nova análise. Após o processamento, será divulgada uma lista dos poupadores habilitados. Quando terá início o pagamento? Para entrar em vigor, o acordo precisa ser homologado pelo STF. Os pagamentos começam em até 15 dias após a validação das habilitações pelos bancos a partir da homologação. Não há prazo para que a homologação seja feita. Quem vai receber primeiro? O calendário de pagamento será feito conforme a idade dos poupadores. Os mais velhos terão prioridade. Aqueles que executaram as ações em 2016 receberão somente no 11º lote, o último. Herdeiros de poupadores têm direito a receber? Sim, desde que tenha havido ação judicial em nome do espólio. Os dados do poupador falecido e do advogado precisam ser apresentados, assim como dados completos do inventariante ou dos herdeiros e dados do processo. Se não houver herdeiros, não há como aderir ao acordo. Quais instituições aderiram ao acordo? As instituições financeiras são: Itaú, Bradesco, Santander, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Outras poderão aderir em até 90 dias. Por que o plano Collor 1 ficou de fora? As partes reconheceram a inexistência de direito de receber qualquer pagamento, conforme entendimento do STF.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/idec-alerta-para-tentativa-de-fraudes-apos-acordo-sobre-planos-economicos







CNI vê a economia em crescimento moderado e estima PIB de 1,1% este ano

14-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Estudo da CNI aponta crescimento moderado da economia (Arquivo - Agência Brasil) A economia brasileira retoma o crescimento, mas em ritmo moderado, de acordo com a Confederação Nacional da Indústria (CNI). A estimativa é de um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB, soma de todas as riquezas produzidas pelo país), em 2017, de 1,1% e uma inflação de 2,9%. A expansão da indústria fechará o ano em 0,2%, após três anos de queda, quando acumulou uma retração de 10,9%. As projeções estão na edição especial do Informe Conjuntural - Economia Brasileira, com um balanço do desempenho da indústria e da economia brasileira em 2017 e previsões para 2018, divulgado hoje (14). A estimativa de crescimento do PIB para este ano aumentou. O informe anterior, de outubro, previa um crescimento de 0,7%. A CNI reduziu, no entanto, a estimativa de crescimento da indústria, que era de 0,8% para 0,2%. O estudo aponta para a necessidade da retomada do investimento no país, tido pela CNI como fundamental para o novo ciclo de crescimento. A estimativa é que o investimento fechará 2017 com retração de 2,1%, a quarta queda anual consecutiva. A continuidade desse crescimento observado, para continuar em 2018, depende da retomada do investimento, disse o gerente executivo de Política Econômica da CNI, Flávio Castelo Branco, que defende que esse investimento deve vir principalmente do setor privado. O setor público não tem capacidade para arcar com aumento significativo e necessário para alavancar esse investimento. Consumo das famílias Com a queda da inflação, o consumo das famílias crescerá 1,3% este ano, segundo a CNI. O consumo reativou e essa reação, já arrasta a economia para lado positivo do crescimento. A recessão atingiu o consumo das famílias de forma como nunca tinha sido atingido, disse Castelo Branco. Já o desemprego fica em 12,8%. O desemprego ainda se encontra em um patamar elevado, mas sinais de enfraquecimento do problema do mercado de trabalho levam à expectativa que vamos ter uma contribuição positiva da reativação do mercado de trabalho, avaliou Castelo Branco. Com os dados, a avaliação da CNI é de que a economia brasileira saiu da recessão mais profunda da sua história. Projeções Em 2018, o crescimento estimado do PIB é de 2,6% e da indústria, de 3%. A previsão é que os investimentos aumentem em 4%. O consumo das famílias deverá crescer 2,8%. As projeções levam em consideração a aprovação da reforma da Previdência, em discussão no Congresso Nacional. Se não aprova a reforma, o receio dos empresários é de os governos não conseguirem fechar a contas e, com isso, começam a não acreditar novamente que o país será capaz de crescer, disse o presidente da CNI, Robson Andrade. O desemprego cairá para 11,8% e a inflação fechará o ano em 4,4%, segundo a CNI. A estimativa é que a taxa básica de juros, a Selic, chegue ao fim de 2018 em 6,75% ao ano, hoje em 7% ao ano. Já a balança comercial deverá alcançar US$ 54 bilhões, com US$ 228 bilhões em exportações e US$ 174 bilhões em importações. De acordo com a CNI, as eleições de 2018 terão impacto econômico. A confederação defende que é necessário o compromisso com a continuidade das reformas para consolidar o processo de recuperação econômica.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/cni-ve-economia-em-crescimento-moderado-e-estima-pib-de-11-este-ano







Camex zera alíquotas de importação para bens de informática e telecomunicações

14-Dezembro-2017 - ebc.com.br



As alíquotas do Imposto de Importação para bens de informática e telecomunicações e de bens de capital sem produção no Brasil foram reduzidas de 16% e 14% para 0. A decisão da Câmara de Comércio Exterior (Camex) foi publicada na edição de hoje (14) do Diário Oficial da União . Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, a decisão reduz custos e incentiva novos investimentos produtivos no valor de US$ 2,4 bilhões em diversas regiões. A medida abrange 1.116 máquinas e equipamentos industriais sem produção no Brasil. O ministério destacou que as reduções tarifárias que entram hoje em vigor, de acordo com o regime de ex-tarifário, são temporárias e as importações sem tarifas podem ser feitas até 30 de junho de 2019, conforme estabelecem as duas novas Resoluções Camex. As empresas que solicitaram o benefício à Camex informam que os equipamentos serão usados em projetos que representam novos investimentos no valor de US$ 2,414 bilhões. Com o aos novos investimentos, os principais setores contemplados serão o automotivo (19,8%), o eletroeletrônico (10,9%) e o de bens de capital (10,7%). Entre os principais projetos beneficiados estão a melhoria da qualidade e produtividade no processo produtivo de uma fábrica de automóveis. a produção local de smartphones e a expansão de fábricas de painéis fotovoltaicos. Ex-tarifários O regime de ex-tarifário consiste na redução temporária da alíquota do Imposto de Importação de bens de capital (BK) e de informática e telecomunicação (BIT), assim grafados na Tarifa Externa Comum do Mercosul (TEC), quando não houver a produção nacional equivalente. Ou seja, representa uma redução no custo do investimento e produz um efeito multiplicador de emprego e renda sobre segmentos diferenciados da economia nacional.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/camex-zera-aliquotas-de-importacoa-para-bens-de-informatica-e







Corte de energia para trabalhos programados pela EDP

14-Dezembro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



A EDP Distribuição-Energia, SA informa que para garantir a qualidade de serviço vai efetuar trabalhos localizados na sua rede de distribuição, sendo para tal necessário proceder à interrupção pontual da[...] O post Corte de energia para trabalhos programados pela EDP aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/corte-energia-trabalhos-programados-pela-edp/







Pedro Martins e o polémico pénalti de Victor García. ´Aquele momento... deixo para vossa análise´

14-Dezembro-2017 - sapo.pt



Pedro Martins recusa colocar em causa a justiça do triunfo do FC Porto sobre o Vitória de Guimarães (4-0), nos oitavos-de-final da Taça de Portugal mas não deixou de fazer um reparo sem concretização ao trabalho do árbitro Carlos Xistra.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/100807/pedro-martins-e-o-polemico-penalti-de-victor-garcia-aquele-momento-deixo-para-vossa-analise?utm_source=sapo







Pedro Martins e os pénaltis no Dragão. ´Já não percebo muito disto´

14-Dezembro-2017 - sapo.pt



Pedro Martins recusa colocar em causa a justiça do triunfo do FC Porto sobre o Vitória de Guimarães (4-0), nos oitavos-de-final da Taça de Portugal mas não deixou de fazer um reparo sem concretização ao trabalho do árbitro Carlos Xistra.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/100807/pedro-martins-e-os-penaltis-no-dragao-ja-nao-percebo-muito-disto?utm_source=sapo







Vão abrir dois concursos para contratar investigadores até agosto de 2018

14-Dezembro-2017 - sapo.pt



O ministro da Ciência, Manuel Heitor, disse hoje que vão abrir até agosto de 2018 dois concursos para transformar bolsas de investigação em contratos e que não há nada que impeça universidades e instituições de os começar a planear.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/vao-abrir-dois-concursos-para-contratar-investigadores-ate-agosto-de-2018_23411511.html







MP com ´diversas diligências´ em curso mas sem arguidos na fuga do exame de Português

14-Dezembro-2017 - sapo.pt



O Ministério Público continua a investigar a fuga de informação no exame nacional de Português, tendo em curso "diversas diligências", mas ainda sem arguidos constituídos, adiantou hoje a Procuradoria-Geral da República (PGR) à Lusa.



Link para o texto completo:
 
http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/mp-com-diversas-diligencias-em-curso-mas-sem-arguidos-na-fuga-do-exame-de-portugues_23411506.html







Novos inspectores do SEF só chegam ao terreno em 2020

14-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



O Governo abriu esta quinta-feira um concurso para admitir 100 novos inspectores para o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, mas eles só chegarão ao terreno no início de 2020, antecipa o sindicato.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/novos-inspectores-do-sef-so-chegam-ao-terreno-em-2020







Candidatos à Ordem dos Contabilistas querem baixar salários milionários

14-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



A recta final da campanha às eleições para a Ordem dos Contabilistas Certificados aquece com revelações sobre as remunerações pagas pela instituição, sobretudo a não executivos como Rui Rio e Manuel dos Santos. Os quatro candidatos estão contra.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/politica/detalhe/candidatos-a-ordem-dos-contabilistas-querem-baixar-salarios-milionarios







A guerrilha na Autoeuropa explicada às crianças

14-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



O conflito na fábrica que pesa 1% do PIB é por mais do que o trabalho aos sábados: o objectivo é matar o elogiado "modelo alemão" de relações laborais e substituir a comissão de trabalhadores pelos sindicatos.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/colunistas/bruno-faria-lopes/detalhe/a-guerrilha-na-autoeuropa-explicada-as-criancas







Anacom estuda regras mais apertadas para CTT

14-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



A introdução de indicadores por regiões é uma das alterações ao contrato com os CTT que o regulador está a estudar. A recuperação do controlo dos Correios pelo Estado vai estar em debate esta sexta-feira.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/telecomunicacoes/detalhe/anacom-estuda-regras-mais-apertadas-para-ctt







Governo está a analisar fim do contrato com a Nos

14-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



O presidente da Anacom está confiante que o Governo vai dar seguimento à recomendação de revogar o contrato com a Nos do serviço universal. O Executivo diz que ainda "está a analisar a contactar os operadores".



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/telecomunicacoes/detalhe/governo-esta-a-analisar-fim-do-contrato-com-a-nos







Governo cria grupo de trabalho para acompanhar mudanças no setor bancário

14-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



Nova diretiva comunitária, que vai regular a atividade de empresas com produtos e serviços alternativos à banca como meio de pagamento, entra em vigor no próximo mês.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/AlHxA1WvCSM/governo-cria-grupo-de-trabalho-para-acompanhar-mudancas-no-setor-bancario-8985899.html







Governo e professores voltam às negociações

14-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Na carreira dos professores progride-se essencialmente por tempo. Como os últimos anos não foram (ainda) reconhecidos, há 46 mil docentes que começam a progredir em 2018 mas outros que, caso nada mude, só o farão em 2019, 2020 ou 2021.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/funcao-publica/detalhe/governo-e-professores-voltam-as-negociacoes







Técnicos da segurança social ajudam funcionários a prestar cuidados

14-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/I06fB9CL2KA/322117-tecnicos-da-seguranca-social-ajudam-funcionarios-a-prestar-cuidados







Filipe Madeira e Vânia Saraiva vencem concurso de ideias para Mercado de Santa Clara

14-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/OBkqWG6s2xc/322132-filipe-madeira-e-vania-saraiva-vencem-concurso-de-ideias-para-mercado-de-santa-clara







Trabalhadores da RTP com progressão automática a partir de janeiro

14-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/-Mf28ryiZAg/322120-trabalhadores-da-rtp-com-progressao-automatica-a-partir-de-janeiro







Gestão de planos de saúde em rebanhos de pequenos ruminantes

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A gestão da saúde é um tema universal e muito atual, podendo e devendo também ser abordado em medicina veterinária principalmente quando falamos de coletivos animais e não do indivíduo per se. Nos efetivos de pequenos ruminantes fala-se frequentemente de “doenças de rebanho”, na medida em que são observadas e controladas de forma coletiva e não individual. Nesse sentido, só uma abordagem multidisciplinar e integrada por parte do médico veterinário assistente possibilitará a gestão e implantação de planos de saúde no rebanho. Doenças como a mastite, diarreia neonatal, aborto, peeira, doença respiratória, enterotoxemia e doenças debilitantes serão revistas por forma a serem caracterizadas e facilmente identificáveis no momento do seu aparecimento num rebanho de pequenos ruminantes, com o objetivo de estabelecer medidas preventivas. Os planos de saúde do rebanho apresentados e utilizados no decorrer do estágio serão abordados e discutidos com a apresentação de dois casos clínicos acompanhados pelo estagiário.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8350







Alterações eletrolíticas no hipoadrenocorticismo canino: estudo de 10 casos clínicos

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O Hipoadrenocorticismo é uma doença endócrina de ocorrência incomum no cão e deve-se, na maioria dos casos, à destruição imunomediada das glândulas adrenais. Esta doença é caracterizada pela deficiente produção de corticosteroides que, consequentemente, origina alterações em vários sistemas. Com o presente trabalho pretendeu-se avaliar retrospectivamente a evolução dos valores eletrolíticos (sódio, potássio e cloro) ao longo do tratamento, em cães com hipoadrenocorticismo primário. Como objectivo secundário, pretendeu-se relacionar determinadas características intrínsecas, como a idade, a raça e o género com o aparecimento da doença. Para tal, procedeu-se à consulta das fichas clínicas de dez cães que foram diagnosticados com hipoadrenocorticismo em três centros de atendimento médico-veterinários. Os resultados obtidos com esta amostra são coincidentes com os apresentados em outros estudos, com uma maior prevalência da doença em fêmeas, com idades compreendidas entre os dois e os seis anos. As alterações mais frequentes apresentadas pelos cães envolvidos no estudo foram ao nível dos electrólitos (sódio, potássio, rácio Na/K) e dos parâmetros renais (creatinina e ureia). Ao nível da evolução do ionograma, 90% dos cães apresentou valores de sódio e potássio dentro dos valores de referência, em algum momento após início do tratamento. Este trabalho mostra a importância da realização de ionogramas periodicamente, de modo a controlar a evolução da doença e a garantir a medicação mais adequada às necessidades de cada doente.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8351







Mário SAA (1893-1971): Um intelectual português na sociedade do século XX

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Mário Saa (1893-1971) - um percurso de índole nacionalista, onde se cruzam a literatura, a ciência, a filosofia e a história. Pretende-se revelar o trajecto de um intelectual português da direita conservadora do início do século XX, numa perspectiva transnacional. Aborda-se o seu percurso intelectual, analisando os reflexos da identidade europeia na sua produção cultural. Através do seu legado depositado na Fundação Arquivo Paes Teles, no Ervedal, uma freguesia do concelho de Avis, acedemos ao tempo da sua formação académica e às temáticas que abordou na sua vasta e diferenciada produção cultural. Descobrem-se os seus círculos de sociabilidade literária e intelectual, e entende-se a construção da sua consagração através de um conjunto de dedicatórias gravadas nos livros da sua biblioteca. Um legado que permite aceder à sua «modernidade» decorrente da interacção com a Europa intelectual e do seu contexto de vivências variadas. /ABSTRACT: ln this paper we examine the career of the nationalist thinker, Mário Saa (1893-1971), whose achievements were in the fields of literature, science, philosophy and history, as a model of the right-wing conservative Portuguese intellectual at the beginning of the 20th century from a trans-national perspective. We trace his intellectual trajectory, analysing the influence of European identity on his cultural output. The complete works of Mário Saa, housed at the Paes Teles Archive Foundation in Ervedal, a parish in the district (concelho) of Avis, provide us with a window on the period during which he completed his academic training and the topics he examined in his extensive and varied cultural works. We profile the literary and intellectual social circles in which he moved, and seek to gain an understanding of how his reputation carne to be established by analysing the dedications contained in books from his library. Mário Saa's legacy enables us to understand the ‘modern’ nature of his work, deriving from his interaction with European intellectuals and the context of his varied experience.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10174/19145







A obra de Fernando Lopes-Graça ´Música de piano para as crianças´ na classe de piano do Conservatório de Música de Felgueiras

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este trabalho incide sobre a prática pedagógica desenvolvida no Conservatório de Música do Porto e sobre o projeto de intervenção implementado no Conservatório de Música de Felgueiras. Procurou-se a elaboração de uma reflexão sobre a prática educativa e os respetivos processos de lecionação e de aprendizagem envolvidos. Neste trabalho é possível encontrar informação relevante sobre as instituições que acolheram o autor para a realização do estágio e do projeto de intervenção, a organização da prática educativa supervisionada com as respetivas planificações, as caracterizações dos alunos, a descrição das aulas observadas e algumas reflexões sobre a referida prática desde a sua conceção à sua realização. A realização deste projeto teve como mote principal a sensibilização dos alunos para o conhecimento de algum do repertório português para piano, através da audição, da análise e da prática interpretativa de um compositor português do século XX. Adicionalmente, pretendeu-se saber se o trabalho com obras portuguesas serve de alavanca de motivação, de melhoria dos resultados académicos e de descoberta de um maior número de obras por parte dos alunos, tal como se promove a sensibilização dos encarregados de educação para o conhecimento do património musical português. Através deste projeto de intervenção o autor teve a possibilidade de se envolver junto de diversas comunidades educativas, de ver aumentar a sua aprendizagem sobre a temática da educação, bem como desenvolver a sua prática educativa. Os resultados obtidos revelaram a pertinência e a relevância da implementação de um projeto desta natureza.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10592







A improvisação musical no contexto do ensino básico a partir do modelo de Walter Thompson – Soundpainting

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O objetivo deste relatório vai ao encontro de uma reflexão sobre o período de estágio realizado no Conservatório de Música da Jobra, no âmbito do Mestrado em Ensino da Música – Contrabaixo Jazz. O primeiro capítulo é dedicado à caracterização da instituição CMJ, especificando toda a sua oferta educativa (cursos e respetiva estrutura curricular), assim como a sua contextualização geográfica e socio-cultural. No segundo capítulo, são apresentadas as planificações e as observações da atividade letiva realizada durante este período, assim como as reflexões das mesmas. No terceiro e último capítulo é apresentado o projeto de investigação ação desenvolvido no contexto da Orquestra de Cordas, Músicos d’Ouro – Gondomar, onde se desenvolveu o ensino e a prática da improvisação, a partir do modelo de Walter Thompson – Soundpainting.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10593







´As adequaçãoes curriculares na prática pedagógica na Educação Pré-Escolar´

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este relatório foi elaborado no âmbito da unidade curricular de Iniciação à Prática Profissional do Mestrado em Educação Pré-Escolar, tendo como finalidade a obtenção do grau de mestre. O seu objetivo é expor o meu percurso ao longo do mestrado e assim apresentar e refletir sobre as experiências decorrentes dos estágios que efetuei. É, ainda, apresentada uma investigação realizada acerca das adequações curriculares na prática pedagógica na educação pré-escolar, onde se procurou conhecer as conceções de currículo, de inclusão, de adequações curriculares e de pedagogia diferenciada. O exercício investigativo iniciou-se a partir de dúvidas e dilemas que emergiram na prática no estágio em creche, sendo que nessa primeira etapa realizou-se a revisão da literatura sobre a problemática. O exercício investigativo propriamente dito realizou-se no contexto de jardim-de-infância, numa sala com crianças de 4 e 5 anos de idade. No primeiro estudo, a análise dos diários de bordo e das reflexões potencializaram a identificação de dilemas e a procura de respostas para obter soluções e estratégias adequadas para intervir de acordo com a realidade e as características que se encontravam presentes no ambiente em que estava inserida. No segundo estudo, e para complementar o anterior, recorreu-se a uma entrevista semidireta a uma educadora, bem como a 10 questionários de respostas abertas e uma fechada também a educadoras de infância. Com estes dados foi possível fazer uma comparação sobre as suas perspetivas. De um modo geral, verificou-se que as educadoras de infância realizam adequações curriculares que se traduzem numa prática inclusiva, sendo que as necessidades e interesses das crianças e o seu perfil de funcionalidade são sempre tidos em conta. A inclusão de todas as crianças é feita com a participação de todo o grupo em que estão inseridas, bem como das suas famílias. Esta participação é importante devido às características pessoais e aos contextos familiares diferentes de cada uma, sendo uma ajuda para novas adaptações no processo de socialização que vai originar diversos métodos de inclusão.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.15/1945







´Brincar na educação de infância: conceções e intencionalidade educativa dos/as educadores/as de infância´

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este relatório final de Prática de Ensino Supervisionada para a obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-escolar foi desenvolvido na Escola Superior de Educação inserida no Instituto Politécnico de Santarém. Este trabalho incorpora todo o trajeto percorrido neste curso que habilita para a docência, bem como uma componente investigativa que decorre da minha curiosidade pessoal e das observações recolhidas durante as Práticas de Ensino Supervisionadas em Creche e Jardim-de-Infância realizadas, tendo desabrochado esta ideia na primeira Prática realizada em Creche, no primeiro ano do Mestrado em Educação Pré-escolar. No que concerne à primeira parte deste relatório, em cada um dos contextos relato diversos acontecimentos, vivências e experiências significativas e enriquecedoras tanto a nível profissional, como pessoal, fruto da minha experiência e reflexão sobre a prática nestes ambientes. A segunda grande parte deste documento refere-se à componente investigativa, sendo que esta aborda a temática do brincar na Educação de Infância, tendo em linha de conta o papel pedagógico do/a Educador/a e a investigação sobre a relevância do brincar no desenvolvimento e aprendizagem da criança. Para o estudo da problemática referida anteriormente, foi efetuado um inquérito por questionário a 90 educadores/as de infância em diferentes fases da carreira e com experiência profissional, em Creche ou Jardim de infância, com o objetivo de conhecer as conceções que os/as educadores/as de infância tinham acerca do brincar. A discussão dos resultados centrou-se nas conceções dos/as educadores/as sobre o brincar, na relação entre o brincar e a aprendizagem, no papel do brincar no currículo em Educação de Infância e nas evidências na avaliação realizada pelos/as educadores/as da relação entre o brincar e a aprendizagem.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.15/1946







Desenvolvimento de carreiras: um estudo de caso numa empresa

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente documento constitui o projeto da investigação a realizar no âmbito do 2.º ciclos de estudos em gestão e estratégia empresarial. Depois de se construir o quadro teórico que sustenta toda a investigação, tendo em conta a problemática da gestão de carreiras, as suas políticas, práticas e processos, apresenta-se o modelo concetual que se irá adotar aquando da realização do estudo. O estudo, no qual se pretende desenvolver um plano de carreira para a empresa Gilconfer, Lda, adotará a perspetiva de carreira sem fronteiras e o modelo adotado é o modelo de construção para a vida. A metodologia é de índole qualitativa, tratando-se de um estudo de caso que recorre à entrevista semi-estruturada para recolher informação junto dos funcionários da empresa, o que possibilitará a conceção de um sistema de gestão de carreiras adequado aos objetivos organizacionais e aos objetivos individuais.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19690







Empenhamento organizacional: controvérsia e resultados da investigação

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O artigo realiza uma síntese dos estudos sobre o empenhamento organizacional, relevando as suas consequências quer para os indivíduos, quer para as organizações, os factores que o influenciam e as controvérsias ainda existentes sobre a sua natureza. A falta de consenso sobre a natureza e as dimensões do empenhamento organizacional, tem levado os autores a debruçarem-se sobre esta questão que cada vez mais tem assumido um papel de relevo na explicação dos diversos tipos de relações que se estabelecem entre indivíduos e organizações. Este tema tem-se revelado de grande interesse na comunidade académica e científica pois acredita-se que trabalhadores empenhados tornam-se uma vantagem competitiva para as organizações. Mas, as novas formas de trabalho com que se depara esta nova geração de trabalhadores, fazem com que as organizações tenham que repensar novas estratégias para manter empenhada esta nova força de trabalho.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10071/14751







Aprender a contar, aprender a pensar: As sequências numéricas de contagem abstracta construídas por crianças portuguesas em idade pré-escolar

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Neste artigo fundamentamos e descrevemos uma investigação concebida para analisar o papel do nome dos números de dois dígitos, em português, no desenvolvimento numérico de crianças em idade pré-escolar. O nome dos números de dois dígitos é considerado do ponto de vista da clarificação que oferecem sobre a sua composição como conjuntos de dezenas e de unidades. Este estudo enquadra-se num projecto de investigação mais amplo, designado Projecto Mais-Pais.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.12/5958







Explorando as novas tecnologias em contexto de educação pré-escolar: A actividade de escrita

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente artigo insere-se no âmbito de uma investigação levada a efeito num Jardim de Infância em que desenvolvemos e acompanhámos um projecto de integração das novas tecnologias no contexto das suas salas de actividades. Ainda que a investigação realizada tivesse procurado, na sua globalidade, contemplar as diversas vertentes de todo o processo, neste artigo procurámos analisar um dos tipos de actividades específicas desenvolvidas com recurso ao computador: a actividade de escrita. Procurámos, no âmbito da abordagem qualitativa que adoptámos, considerar as suas características, a forma como esta actividade é encarada pelas crianças, como se integra e como se foi desenvolvendo no contexto de trabalho das salas de actividades, nomeadamente ao nível das interacções que suscitava, entre as crianças, entre as crianças e os adultos, e entre as crianças e os computadores.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.12/5959







Estudo da avaliação toxicológica de efluentes de branqueamento de pasta de papel de Eucalyptus globulus em organismos fitoplanctónicos

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Dada a importância económica que o sector do papel tem na economia portuguesa e aos debates levantados sobre os efeitos dos seus efluentes, principalmente o caso dos compostos organoclorados, têm-se feito grandes esforços para reduzir a emissão destes compostos para o ambiente. Deste modo, optou-se por substituir o cloro elementar (Cl2) por dióxido de cloro (ClO2) no branqueamento da pasta de papel. Nos últimos anos tem-se procurado diminuir, ainda que parcialmente, o consumo de ClO2 substituindo-o por outros oxidantes como O2, H2O2 ou O3. Apesar da utilização destes oxidantes resultar na redução quase total de compostos organoclorados nos efluentes provenientes do branqueamento das pastas de papel, gera outros compostos diferentes, cujo potencial tóxico não é bem conhecido. Tão importante como avaliar o potencial tóxico dos novos oxidantes a aplicar no branqueamento, é avaliar a variação do potencial tóxico dos efluentes ao longo de uma sequência industrial desde a primeira fase de branqueamento até ao efluente final, apesar do efluente final ser o único que chega aos ecossistemas naturais. Este trabalho tem como objectivos avaliar os efeitos, de filtrados e efluentes provenientes de diferentes sequências de branqueamento, nas curvas de crescimento e morfologia de várias espécies de micro-algas e apontar qual ou quais os compostos responsáveis pelas alterações verificadas. Na primeira série de filtrados, uma pasta de eucalipto foi sujeita a vários branqueamentos com ClO2, O2, H2O2 e O3 em condições laboratoriais controladas que imitam tanto quanto possível o processo industrial. Em seguida, a pasta branqueada com ClO2 foi sujeita a uma extracção alcalina. Como resultado obteve-se filtrados representantes de sequências ECF e TCF. A segunda série de filtrados e efluentes foram recolhidos ao longo de uma sequência industrial de branqueamento de pastas kraft e englobam amostras desde o primeiro branqueamento até ao efluente final. Estes pontos de amostragem foram seleccionados de modo a averiguar o comportamento químico de alguns compostos monoclorados de baixo peso molécular maioritários nestes filtrados e efluentes. Todos os filtrados e efluentes testados parecem ter efeitos contraditórios sobre as curvas de crescimento das espécies-teste e nem sempre se verifica uma relação doseresposta coerente. Este comportamento sugere que existe mais do que um factor a contribuir para os efeitos registados, de tal forma que se observa um efeito antagonista entre os compostos que actuam como nutrientes e os que actuam como inibidores, ou seja, o efeito de uns mascara o efeito dos outros. Os resultados obtidos nos ensaios com os filtrados produzidos em laboratório mostram que não existe diferença entre o potencial tóxico dos filtrados provenientes de sequências TCF e ECF, porque ambos têm a capacidade de provocar efeitos no crescimento destas espécies e promover alterações morfológicas nas suas colónias. Por sua vez, os resultados obtidos nos ensaios com os filtrados e efluentes de fábrica mostram uma redução do seu potencial tóxico ao longo da sequência industrial. Esta redução é facilmente observável ao comparar os valores de CE50 calculados que mostram uma redução para metade na sua toxicidade cada vez que ocorre um tratamento. Genericamente a toxicidade dos filtrados e efluentes testados está relacionada não com um grupo de compostos específico, mas provavelmente com o COD. Isto porque os efeitos sobre o crescimento parecem estar relacionados com a quantidade total de extractáveis presentes nestes filtrados e efluentes, sejam estes clorados ou não. Estes resultados estão de acordo com outros já publicados que mostram que os efluentes provenientes do branqueamento de pastas kraft não estão relacionados com o AOX. No entanto, para se indicar qual ou quais as famílias de compostos e de que modo estas contribuem para os efeitos verificados sobre o crescimento será necessário proceder a outros ensaios com misturas de diferentes compostos de modo a avaliar a sua contribuição parcial. Assim no futuro e com base nos resultados obtidos, estes ensaios deverão incidir sobre misturas de compostos contendo: i) ácidos carboxílicos de baixo peso molécular; ii) ácidos gordos insaturados; iii) alguns produtos de degradação da lenhina e iv) álcoois alifáticos de cadeia longa. Paralelamente deverá realizar-se ensaios com compostos isolados como o •-sitosterol e alguns derivados, o ácido palmítico e pelo menos um clorofenol, como exemplo o 4-clorofenol.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/21112







Protein aggregation and proteostasis in aging mice

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O envelhecimento é o processo resultante das mudanças biológicas e fisiológicas que se acumulam ao longo do tempo. Muitos estudos se têm focado na compreensão dos processos envolvidos em patologias relacionadas com a idade, tais como a agregação de proteínas na doença de Alzheimer, a doença de Huntington, entre outras. No entanto, os eventos que ocorrem ao nível proteico no envelhecimento normal ainda não foram explorados extensivamente. A maioria do que está escrito sobre o envelhecimento normal foi estudado no nematode Caenorhabditis elegans (C.elegans), em leveduras e em ratos. Neste estudo, foi investigada a formação de agregados proteicos durante o envelhecimento assim como as deficiências nos processos celulares da proteostase em ratinhos saudáveis. Isto foi feito através da análise por SDS-PAGE de proteínas insolúveis presentes em amostras de ratinhos de diferentes idades (1 mês, 3 meses, 6 meses e 12 meses de idade). Em seguida, por análise de Western Blot, analisamos a expressão de ubiquitina e proteínas chaperonas tais como Hsp70, Hsp90 e BiP nos mesmos tecidos de ratinho. Também foi medido o teor de carbonilação nos tecidos. Os resultados mostraram uma diferença significativa entre ratinhos com 12 meses de idade e ratinhos de 1 mês de idade no diencéfalo em termos de quantidades relativas de proteína insolúvel e proteínas ubiquitinadas. Estes resultados proporcionam uma maior compreensão da idade em que o declínio da proteostase começa durante o envelhecimento normal em ratinhos. A diferença observada entre os tecidos revela que os tecidos de ratinho envelhecem a taxas diferentes. Em particular, o diencéfalo envelhece mais rapidamente do que os outros tecidos. Estes resultados fornecem mais conhecimento sobre o envelhecimento normal e quais os tecidos mais vulneráveis às mudanças relacionadas com a idade



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/21113







Leigos e especialistas : um estudo experimental sobre diferenças comportamentais

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A motivação principal para a realização desta tese deveu-se em primeiro lugar à curiosidade em perceber o que é a Economia Comportamental, por que motivo existe e que desafios procura solucionar; em segundo lugar, a possibilidade de lidar na minha área profissional com investidores com experiência nos Mercados Financeiros que podem revelar, mesmo no próprio dia, comportamentos muito diferenciados. Fruto do contexto socio-económico de crise que ainda persiste em Portugal, o desafio a que me propus não só passou por perceber se os investidores são mais ponderados, mas também se decidem melhor que os Leigos nos mercados financeiros, especialmente quando estão na iminência de enfrentar desvios comportamentais. O estudo traduziu-se em 3 experiências distintas, através de um questionário realizado a indivíduos com experiência nos mercados financeiros, envolvendo 3 desvios comportamentais. As descobertas responderam alguma forma às questões que haviam sido levantadas e mostram que a experiência não torna as pessoas mais desumanas ou, desprovidas de emoções (sobretudo quando está dinheiro envolvido). A descoberta mais relevante deste estudo foi ter percebido que quando se descreve um problema de um modo mais intenso ou com maior impacto emocional, as pessoas ficam mais sensíveis a resolvê-lo. Isto poderá ser uma vertente a explorar por parte das Organizações sem Fins Lucrativos, na tentativa de angariar mais fundos. As ilações a retirar desta investigação vão desde o facto de os participantes terem sido influenciados apenas pelo sentido dos valores de referência, envidarem mais esforços para se proteger de perdas do que arriscar ganhos maiores, e doarem mais dinheiro a um grupo de crianças do que a uma única criança. As limitações desta investigação prenderam-se sobretudo com a dificuldade em encontrar mais indivíduos que preenchessem o requisito de ter experiência nos mercados financeiros, e a falta de estrutura para formular questões que envolvessem dinheiro real.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/23655







Otimização da formulação de um medicamento manipulado para o tratamento da mucosite

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este documento está dividido em dois capítulos. O primeiro capítulo descreve o estágio em Farmácia Comunitária e o segundo capítulo diz respeito à componente de investigação. Capítulo 1: Tive a oportunidade de testemunhar como o farmacêutico é polivalente. Durante cinco meses, contatei com diversas áreas farmacêuticas na Farmácia Central de Ovar, o que demonstrou ser uma ótima experiência, um processo de aprendizagem contínuo. Tornou-se evidente que o farmacêutico é, realmente o profissional do medicamento e o primeiro profissional de saúde que o público procura. Isto acrescenta valor à profissão e esplana a forte relação de confiança entre o farmacêutico e o utente. Capítulo 2: A mucosite é uma inflamação severa da mucosa oral geralmente observada em doentes oncológicos que foram expostos a radioterapia e/ou quimioterapia. Pode limitar a eficácia do tratamento anticancerígeno e afetar a qualidade de vida do doente. A combinação de bicarbonato de sódio, lidocaína e nistatina é largamente utilizada em Hospitais Portugueses devido ao seu rápido e fácil processo de manufatura mas carece de dados de estabilidade. Este trabalho pretendeu otimizar esta formulação de forma a reduzir o custo do processo de manufatura e aumentar a sua eficácia. Na parte I do estudo, foi estudado um novo processo de manufatura e a formulação foi modificada por inclusão de diferentes agentes de viscosidade: metilcelulose (MC 0,5% e MC 2,0%), hipromelose (HP 2.0%) e goma xantana (GX 0,5%) com o objetivo de potenciar a sua eficácia por aumento do período de contato dos componentes ativos com a mucosa danificada. A substituição de bicarbonato de sódio injetável (1A) pela forma em pó (1B) foi estudada com o intuito de desenvolver uma formulação mais económica. As formulações foram estudadas relativamente à aparência, viscosidade e pH durante três meses, a duas condições de armazenamento (2-8ºC e temperatura ambiente). A qualidade microbiológica foi avaliada de acordo com o método preconizado na Farmacopeia Portuguesa. As formulações contendo bicarbonato de sódio injetável e bicarbonato de sódio em pó apresentaram propriedades semelhantes. A inclusão de derivados de celulose ou goma xantana não alterou os parâmetros iniciais de pH. Estas formulações apresentaram uma viscosidade superior ao controlo (5 cP) variando de 25,9 cP a 15972 cP, na seguinte ordem crescente de viscosidade: MC 0,5% > GX > MC 2% > HP 2%. As formulações HP e MC 2% foram excluídas do estudo devido à sua viscosidade demasiado elevada. Uma vez que os testes microbiológicos demonstraram contaminação na parte I, foi adicionado metilparabeno às outras formulações. Uma nova formulação contendo MC 1% foi explorada por ser expetável alcançar uma viscosidade mais adequada. Todas as formulações revelaram pH e aparência adequados. A inclusão de metilparabeno teve um efeito positivo na estabilidade microbiológica. MC 0,5% apresentou uma viscosidade indesejável, sendo excluída do estudo seguinte. A parte III do trabalho teve como objetivo avaliar a aceitabilidade das três formulações selecionadas (controlo (1B), MC 1% E GX, adicionados de metilparabeno). Doze voluntários humanos saudáveis (22 -57 anos; 6 homens e 6 mulheres) foram recrutados para o estudo de palatabilidade. Embora bem aceite, a inclusão de agentes viscosificantes não favoreceu as propriedades palatáveis das formulações. Concluimos que a melhor estratégia para o tratamento da mucosite é a formulação que contém bicarbonato de sódio em pó, nistatina, lidocaína, parabenos, metilceluloe 1% ou goma xantana 0,5%.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.6/4508







Intervenção Farmacêutica na Diabetes Tipo 2 em Contexto de Farmácia Comunitária

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório encontra-se dividido em dois capítulos. O primeiro capítulo refere-se à componente de estágio em farmácia comunitária, enquanto o segundo capítulo descreve o trabalho de investigação realizado. O estágio em farmácia comunitária foi realizado na Farmácia Luciano & Matos em Coimbra sob orientação da Dr.ª Maria Helena Amado, perfazendo um total de 800 horas. Neste capítulo é apresentado o espaço físico e equipa constituinte da farmácia LM, e são descritas todas as atividades experienciadas durante os 5 meses de estágio. O projeto de investigação tem como objetivo avaliar a intervenção do farmacêutico em doentes com diabetes mellitus tipo 2 em contexto de farmácia comunitária. Foram estudados 10 casos de consultas farmacêuticas baseadas no Método Dáder realizadas entre 2011 e 2013. Os dados das consultas foram cedidos por uma farmácia comunitária em Portugal, que por questões de ética e confidencialidade foi designada ao longo do trabalho como “farmácia do estudo”. A maioria dos doentes apresentava vários problemas de saúde descontrolados, foi detetado um caso de duplicação da medicação e três casos foram reportados ao médico resultando num ajuste terapêutico. Com este trabalho foi possível constatar a importância do farmacêutico, mas também identificar algumas dificuldades e melhorias na implementação deste serviço.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.6/4509







Continente Bom Dia de Albergaria celebra primeiro aniversário

14-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há um ano que Albergaria recebeu o Continente Bom Dia. Desde 16 de dezembro de 2016 que a população de Albergaria-a-Velha conta com o Continente na Rua Comendador Augusto Martins Pereira e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 60 colaboradores. Bruno Marques, diretor da Loja Continente Bom Dia Albergaria, refere que “há um ano acreditámos no investimento em Albergaria-a-Velha e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora o primeiro aniversário. Um



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-bom-dia-de-albergaria-celebra-primeiro-aniversario,c636487649980000000







SONAE MC ESTÁ A RECRUTAR FUTUROS LÍDERES DO RETALHO

14-Dezembro-2017 - cision.com



· Período de candidaturas decorre até ao dia 31 de dezembro de 2017, em http://www.flrsonaemc.com/ (https://na01.safelinks.protection.outlook.com/?url=http%3A%2F%2Fwww.flrsonaemc.com%2F&data=02%7C01%7Cpatricia.jesus%40cision.com%7C5ce6a64ec9dd413522d108d54218375a%7C887bf9ee3c824b88bcb280d5e169b99b%7C1%7C0%7C636487594219780079&sdata=iGHU5SEV4lw%2BiMGFnNViOjWAzhUJNLuNI28mhU48C4Q%3D&reserved=0) · Programa arranca em fevereiro de 2018 A Sonae MC acaba de abrir o período de candidaturas para o “Future Leaders @ Retail”, um programa de Gestão e Liderança remunerado, de desenvolvimento



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/sonae/r/sonae-mc-esta-a-recrutar-futuros-lideres-do-retalho,c636487644870000000







Tetra Pak e Guloso lançam concurso “Este Natal, ser Guloso dá prémios”

14-Dezembro-2017 - cision.com



· Passatempo desafia as escolas a criarem árvore de Natal com embalagens da Guloso e da Tetra Pak · Concurso promovido em parceria com o Programa Eco-Escolas quer alertar para a importância da reciclagem das embalagens Lisboa, 13 de dezembro de 2017 - A Tetra Pak e a Guloso lançaram o concurso “Este Natal, ser Guloso dá prémios”, promovido em parceria com o Programa Eco-Escolas da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE). Esta atividade pretende chamar a atenção para a importância da reciclagem de embalagens, desafiando as escolas a criarem uma árvore de Natal com embalagens da



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/tetrapak-portugal/r/tetra-pak-e-guloso-lancam-concurso--este-natal--ser-guloso-da-premios-,c636487747770000000







Continente Modelo Paços de Ferreira celebra 20 anos

14-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há 20 anos que Paços de Ferreira recebeu o Continente Modelo. Desde dezembro de 1997 que a população de Paços de Ferreira conta com o Continente na Lugar de São Domingos, na Carvalhosa e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 75 colaboradores. Rui Cunha Monteiro, diretor da Loja Continente Modelo de Paços de Ferreira, refere que “desde 1997 que acreditamos no investimento em Paços de Ferreira e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora 20 anos,



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-pacos-de-ferreira-celebra-20-anos,c636487744030000000







Continente Modelo Vale de Cambra celebra 21 anos

14-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há 21 anos que Vale de Cambra recebeu o Continente Modelo. Desde 17 de dezembro de 1996, que a população de Vale de Cambra conta com o Continente na Lugar da Corredoura Vila Chã e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 72 colaboradores. Agostinho Lopes,  diretor da Loja Continente Modelo Vale de Cambra, refere que “desde 1996 que acreditamos no investimento em Vale de Cambra e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora 21 anos, o que traduz a



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-vale-de-cambra-celebra-21-anos,c636487654870000000







Continente Modelo da Maia celebra 22 anos

14-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há 22 anos que a Maia recebeu o Continente Modelo. Desde 14 de dezembro de 1995 que a população da Maia conta com o Continente na Avenida do Lidador, em Águas Santas, e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 55 colaboradores. Paulo Adrego, diretor da Loja Continente Modelo da Maia, refere que “desde 1995 que acreditamos no investimento na Maia, com a abertura do primeiro Continente Modelo da cidade e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora 22



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-da-maia-celebra-22-anos,c636487653000000000







SEAT Ibiza já disponível com motores Diesel

14-Dezembro-2017 - cision.com



/               Três novos motores diesel 1.6 TDI com potência de 80 CV aos 115 CV /               Caixa de velocidades manual e automática DSG /               Eficiência máxima, reduzindo consumo e emissões /               Sistema de catalisador de redução seletiva de emissões (SCR) em todos os motores Diesel   Martorell, 13/12/2017.– Os novos motores diesel já estão disponíveis no SEAT Ibiza, completando a oferta de motores turbo disponíveis no bestseller do construtor. A gama de motores diesel contempla potências de 80, 95 e 115 CV, asseguradas pelo mesmo bloco 1.6 TDI, que cumpre



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/seat-portugal/r/seat-ibiza-ja-disponivel-com-motores-diesel,c636487651650000000







Mais justiça nos recibos verdes

14-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Mudar o que está mal é sempre um bom princípio. E se a mudança for para melhor, é um bom fim. Foi isso que aconteceu com o regime de Segurança Social dos trabalhadores independentes. Ao fim de mais de um ano de negociações, Governo e Bloco de Esquerda chegaram finalmente a um acordo que deverá ver a luz do dia em Janeiro de 2019. E é um bom acordo.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/visto-por-dentro/manuel-esteves/detalhe/mais-justica-nos-recibos-verdes







Os recibos verdes pagarão menos Segurança Social?

14-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



As futuras regras de desconto para a Segurança Social colocam taxa efectiva dos recibos verdes nos 11,24%. Em termos agregados, espera-se que os trabalhadores independentes poupem 100 milhões de euros em contribuições, mas cada caso é um caso.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/seguranca-social/detalhe/os-recibos-verdes-pagarao-menos-seguranca-social







UCI expande para os Açores

14-Dezembro-2017 - cision.com



A UCI reforçou a sua presença nos Açores com profissionais que trabalham em conjunto com os mediadores imobiliários de São Miguel garantindo o acesso a uma maior oferta de crédito à habitação, apostando assim na proximidade e numa maior agilidade na resposta às necessidades dos clientes das mediadoras imobiliárias. Com uma sólida presença em Portugal Continental e na Região Autónoma da Madeira, a UCI expandiu recentemente a sua atividade à Ilha de São Miguel. O objetivo da UCI é trabalhar de perto com os mediadores imobiliários locais, de forma a garantir uma oferta integrada ao



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/uci-portugal/r/uci-expande-para-os-acores,c636487527220000000







Chave do Concurso 99/2017

14-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/O8zCcurgZIg/321988-chave-do-concurso-992017







A publicidade das marcas de fast food no Brasil

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este estudo tem como tema primordial a publicidade das marcas de fast food no Brasil. Neste sentido, buscou-se desenvolver um estudo no qual o principal objetivo era analisar filmes publicitários das marcas Bob’s, Burger King, China in Box, Domino’s, Giraffas, Habib’s, McDonalds, Pizza Hut, Subway e Spoleto, tendo como base uma série de categorias, que nos possibilitaram encontrar aspectos semelhantes e diferentes existentes entre este corpus analisado. Para atingir tais propósitos foi utilizada a metodologia de análise de conteúdo, com intuito de analisar todos os anúncios, tendo como base uma grelha de análise com consecutiva análise quantitativa dos dados. O Corpus deste trabalho apresenta 50 anúncios de 10 marcas, em um certo período de tempo. Identificamos a existência de tendências significativas neste sector através das análises, seja na presença de elementos de expressão da marca ao tipo de produto anunciado e seu tom de mensagem. Diante dos resultados observados nesta pesquisa, pode-se concluir que existem tendências entre os anúncios das marcas analisadas. Haja vista que os anúncios deste sector são bastante semelhantes nos tipos de abordagens retratadas. Os mesmos não evidenciam preocupações no que diz respeito à responsabilidade sociail em seu conteúdo publicitário.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10284/6329







Sufixos avaliativos-inh/-zinh- em português: da morfologia à pragmática da ironia verbal

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Em português, os sufixos diminutivos –inh– / –zinh–, ditos avaliativos, são caracterizados por uma grande variabilidade de sentidos. A presença de um item lexical com estes sufixos num enunciado pode, sob determinadas condições, veicular um sentido irónico. Para que tal ocorra, uma complexidade de conhecimentos linguísticos e contextuais devem ser partilhados pelos participantes da interação verbal. A sua descrição realiza-se, neste trabalho, através da articulação de diferentes contributos teóricos relativos às especificidades/propriedades morfológicas, semânticas e pragmáticas deste tipo de sufixação, numa abordagem multidimensional.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.13/1729







Caracterização dos nódulos renais por ressonância magnética

14-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Trabalho de projecto de mestrado integrado em Medicina área cientifica de Imagiologia, apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10316/44924







Convento de Cristo encerrado temporariamente devido a danos provocados pelo mau tempo

13-Dezembro-2017 - publico.pt



Direcção-Geral do Património Cultural afirma que o monumento foi encerrado "por razões de segurança dos visitantes e funcionários".



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/13/sociedade/noticia/convento-de-cristo-encerrado-temporariamente-devido-a-danos-provocados-pelo-mau-tempo-1795936







Governo cria ´programa de trabalho´ para analisar serviço dos CTT

13-Dezembro-2017 - publico.pt



Avaliação deve ficar concluída até ao final de Março. Parlamento vota sexta-feira propostas de resolução de BE, PCP e PEV que defendem reversão da privatização.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/13/politica/noticia/governo-cria-programa-de-trabalho-para-analisar-servico-dos-ctt-1795938







Abertura de concursos para doutorados até final do ano parece tarefa impossível

13-Dezembro-2017 - publico.pt



Ministro da Ciência e Ensino Superior disse esta quarta-feira, no Parlamento, que a portaria sobre remunerações para aplicação da lei do emprego científico sairá “nos próximos dias”. Os bolseiros vão entregar uma petição com quatro mil assinaturas que pede a aplicação da lei.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/13/ciencia/noticia/abertura-de-concursos-para-doutorados-ate-final-do-ano-parece-tarefa-impossivel-1795919







Rio e Santana estreiam-se no sábado em debate na TVI

13-Dezembro-2017 - publico.pt



Os dois candidatos vão debater as ideias que têm para a liderança do PSD na estação de Queluz de Baixo. Segundo debate será na RTP na primeira semana de Janeiro



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/13/politica/noticia/rio-e-santana-estreiamse-sabado-em-debate-na-tvi-1795924







ISEC e iT GROW assinam protocolo para criação de um programa de reconversão profissional

13-Dezembro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



A iT GROW anunciou hoje que assinou um protocolo com o Instituto Superior de Engenharia de Coimbra (ISEC) que irá viabilizar o lançamento de um novo programa de reconversão profissional,[...] O post ISEC e iT GROW assinam protocolo para criação de um programa de reconversão profissional aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/isec-it-grow-assinam-protocolo-criacao-um-programa-reconversao-profissional/







Reforma da Previdência é vital para equilibrar economia, diz presidente do BC

13-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, alertou para o risco de bolha no mercado de moedas virtuais Wilson Dias/Agência Brasil O presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, defendeu hoje (13), em Brasília, a aprovação da reforma da Previdência para dar segurança à economia brasileira, independentemente de mudanças no cenário externo e interno do país. Ele concedeu entrevista para comentar sobre a economia este ano e a agenda BC+ (medidas para tornar o crédito mais barato, aumentar a educação financeira, modernizar a legislação e tornar o sistema financeiro mais eficiente). O presidente do BC disse que o cenário externo é atualmente benéfico para o Brasil, mas é prudente não considerar que essa situação vai continuar. É algo que não está no nosso controle. Ele disse que os ajustes e reformas na economia, em particular a da Previdência, são fundamentais para o equilíbrio da economia, com sustentação da inflação e taxa de juros baixas. 2017 foi ano positivo Goldfajn disse que não faz comentários sobre questões político-eleitorais do próximo ano. O Banco Central cumpre sua missão permanecendo técnico. Isso também diz respeito à minha pessoa, disse. Para ele, 2017 foi um ano positivo pela combinação rara de redução significativa da inflação, queda da taxa básica de juros, a Selic, e recuperação da economia de forma disseminada, após dois anos de recessão. A partir do final do ano passado, tivemos uma queda substancial da inflação. Essa queda foi e está sendo importante para a população brasileira porque aumentou o poder de compra e permitiu o aumento do consumo, o que viabilizou o começo da recuperação econômica, disse. Ele defendeu que a política econômica mudou de direção, ao ser menos intervencionista e não congelar preços, além de ter criado o teto de gastos, ter feito a reforma trabalhista e buscar a reforma da Previdência. Disse, ainda, que o BC foi firme em não elevar a meta de inflação para 2017 no momento em que os preços subiam. O ano de 2017 foi bem proveitoso em termos macroeconômicos. Confiem em mim, se eu achasse que o ano não foi bom, não diria que foi proveitoso, acrescentou. Ele citou que o desemprego começou a cair. Goldfajn também citou que houve avanço na Agenda BC+, com a 16 ações concluídas e 23 em andamento, como o projeto que estimula o cadastro positivo (registro de bons pagadores), em tramitação no Congresso Nacional. Ele acrescentou que o projeto de autonomia do BC continua em estudo. O projeto de autonomia tende a reduzir o risco da economia brasileira, com custo fiscal nenhum, disse. Cartão de débito O presidente do BC diz que foi criado um grupo de trabalho para estudar medidas para estimular o uso do cartão de débito. Entre os assuntos que serão debatidos está o custo da operação cobrada dos lojistas. Goldfajn não deu detalhes sobre as medidas que poderão ser adotadas. Risco de bolha no mercado de moedas virtuais Na entrevista, o presidente do Banco Central alertou para o risco de bolha no mercado de moedas virtuais . Moedas virtuais do jeito que estão hoje com essa subida vertiginosa, onde não há lastro, não há ninguém para regular, levam a um risco tal que o Banco Central emitiu um comunicado alertando para os riscos, disse. Ele destacou que essas moedas têm atualmente duas funcionalidades. Uma delas é comprar para vender na frente com a alta. É uma bolha, uma pirâmide, disse. A outra funcionalidade é usar como instrumento de atividade ilícita. Usar as moedas virtuais não isenta da pena, da punição, alertou. *Matéria ampliada às 12h45



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/reforma-da-previdencia-e-vital-para-equilibrar-economia-diz-presidente-do







Melhora dos indicadores se baseia no avanço das reformas, diz ministro

13-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse que a melhora dos indicadores econômicos do país está baseada na credibilidade adquirida com o avanço das reformas e, sobretudo, a expectativa de aprovação da reforma da Previdência . Ele participou hoje (13) do Fórum Estadão, na capital paulista, sobre infraestrutura, investimentos e geração de emprego. O cenário econômico está baseado na realização de um conjunto de ações que temos defendido. Como a nossa agenda tem avançado, aprovamos várias reformas ao longo de 18 meses, hoje, a economia está em recuperação, afirmou. Para o ministro, o Produto Interno Bruto (PIB) potencial do Brasil é de 3,5% nos próximos anos num cenário de reforma da Previdência aprovada. Segundo Oliveira, caso o projeto não passe pelo Congresso, o PIB se manterá em torno de 1%. Na medida em que não avance, é evidente que haverá uma correção das expectativas e isso significará menos crescimento, menos emprego e menos renda, disse. O governo tem trabalhado com mobilizações, convencimento e articulações dos deputados. Penso que temos que ir avaliando o cenário, passo a passo, e naquele momento em que a gente considerar que é viável, colocar em votação. Mas essa avaliação não é da equipe econômica, é da articulação política do governo, disse o ministro. Infraestrutura Sobre a estratégia do governo para alavancar a infraestrutura, tema discutido durante o evento, Dyogo Oliveira afirmou que o objetivo é aumentar ao máximo a participação privada, tanto na estruturação quanto no financiamento dos projetos. Focamos no PPI [Programa de Parcerias por Investimentos]. O governo recebeu R$ 30 bilhões em outorgas este ano e foram R$ 69 bilhões em investimentos de infraestrutura. Temos uma carteira com 89 projetos, que representam R$ 103 bilhões em investimentos, disse. Oliveira acrescentou a importância do fluxo de capital externo, que somou R$ 82 bilhões de dólares nos últimos 12 meses.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/melhora-dos-indicadores-se-baseia-no-avanco-das-reformas-diz-ministro







?Convento de Cristo fechado devido a danos causados pela tempestade ´Ana´

13-Dezembro-2017 - sapo.pt



Monumento foi encerrado "por razões de segurança dos visitantes e funcionários", avança a Direcção-Geral do Património Cultural.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/100703/convento-de-cristo-fechado-devido-a-danos-causados-pela-tempestade-ana?utm_source=rss







TC confirma que funcionários públicos não podem mesmo acumular prestações

13-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Em resposta a um pedido de fiscalização sucessiva da constitucionalidade de um artigo do regime jurídico dos acidentes de trabalho e das doenças profissionais ocorridos ao serviço de entidades empregadoras públicas, o Tribunal Constitucional vem considerar que não há violação da Lei Fundamental.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/funcao-publica/detalhe/tc-confirma-que-funcionarios-publicos-nao-podem-mesmo-acumular-prestacoes







Tourism Train Experience da Europeia e do Turismo de Portugal aposta na promoção e dinamização do Alentejo

13-Dezembro-2017 - universia.net



Estudantes da Universidade Europeia apresentam vão apresentar 15 projetos para dinamizar Turismo no Alentejo Consulte a Oferta Formativa disponível em Portugal ENTRE AQUI Universidade Europeia  e o Turismo de Portugal promovem a  3ª edição do Tourism Train Experience - uma iniciativa conjunta para ajudar a melhorar a oferta turística do Alentejo. Para a edição deste ano foram selecionados 15 projetos de estudantes da Universidade Europeia que serão apresentados às entidades regionais durante uma viagem de comboio pela linha do Alentejo. Tourismo Train Experience pretende melhorar a oferta turística do Alentejo Com partida marcada para o dia 14 de dezembro, pelas 7h00, em Santa Apolónia, os jovens vão revelar as suas propostas originais enquadrados pelas paisagens de Évora, Vila Viçosa, Alvito, Cuba, Mértola e Beja e regressam a Lisboa no dia 16 de dezembro, pelas 19h00. Cultura, autenticidade, novas rotas, novos mercados, novas experiências e novas formas de promoção alimentam as ideias dos 92 estudantes que passaram à fase de apresentação às entidades parceiras. 92 estudantes da Universidade Europeia chegaram a esta fase de apresentação A comissão científica do Tourism Train Experience, composta por membros da academia, das empresas e do setor, selecionou, além dos 15 projetos da Universidade Europeia, cinco projetos da Universidade de Évora, dois projetos da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, um projeto da Escola Superior de Educação de Setúbal e um projeto da Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre. Foram selecionados para apresentação 15 projetos da Universidade Europeia e 9 de outras instituições O “Tourism Train Experiences” é uma iniciativa promovida pela Escola de Turismo e Hospitalidade da Universidade Europeia, com o objetivo de potenciar o Turismo ferroviário e as regiões portuguesas com menor crescimento turístico através de projetos de estudantes universitários que se destaquem pela criatividade, inovação e espírito de empreendedorismo. Para além de proporcionar uma experiência de competição diferente no decorrer de uma viagem de comboio, a iniciativa vai selecionar, nesta fase, 10 projetos sendo que os três projetos vencedores serão posteriormente anunciados na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa de 2017. No itinerário apresentam-se diferentes temas de viagem sobre os quais os projetos vão ser desenvolvidos: Évora - Histórias, lendas e tradições ; Vila Viçosa - O Alentejo do antigamente (hábitos e costumes) ; Alvito – Experiências com história ; Cuba – Saberes do Alentejo ; Mértola – Eco experiências no Alentejo ; Beja – Arte Popular ; Vendas Novas – Sabores alentejanos . A Universidade Europeia é uma referência no ensino do Design, do Marketing e Publicidade , da Gestão Hoteleira, do Turismo , da Gestão e dos Recursos Humanos, apostando também em outras áreas de conhecimento como Direito, Psicologia, Desporto, Comunicação, Informática e Tecnologias. A instituição distingue-se pela capacidade de inovação e pelo modelo académico diferenciador, alicerçado nos princípios da qualidade, internacionalização e proximidade às empresas/mercado de trabalho. Integrado no Ministério da Economia, o Turismo de Portugal é a Autoridade Turística Nacional responsável pela promoção, valorização e sustentabilidade da atividade turística. Agrega numa única entidade todas as competências institucionais relativas à dinamização do turismo, desde a oferta à procura. Com uma relação privilegiada com as outras entidades públicas e os agentes económicos, no país e no estrangeiro, o Turismo de Portugal está empenhado em cumprir o desígnio de reforçar o turismo como um dos pilares do crescimento da economia portuguesa. Se está à procura de emprego registe-se também nos portais da rede Trabalhando  e consulte as ofertas disponíveis para as várias áreas. E se tem algum tempo disponível e gostava de abraçar uma causa e enriquecer o seu currículo , também tem agora disponível o  AJUDAMOS.PT . 



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/12/13/1156869/tourism-train-experience-europeia-turismo-portugal-aposta-promocao-dinamizacao-alentejo.html







Empresas devedoras do FGTS já podem parcelar débitos

13-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Empresas devedoras do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) poderão parcelar débitos rescisórios. O Conselho Curador do FGTS aprovou hoje (13) uma resolução que pode beneficiar 8 milhões de trabalhadores que saíram de empresas onde trabalhavam mas nunca conseguiram receber o FGTS porque o empregador não estava depositando os valores na conta vinculada do empregado, informou o Ministério do Trabalho. Segundo o ministério, muitas empresas com débitos não depositavam os valores correspondente ao FGTS alegando dificuldades financeiras e, no momento da rescisão, não pagavam o que estavam devendo, pois a resolução do Conselho obrigava que esse pagamento fosse à vista. De acordo com o ministério, para evitar que empregadores deixem de pagar o FGTS e depois se beneficiem do parcelamento, a regra vale apenas para quem estiver com débitos do fundo de garantia até 31 de dezembro de 2017. Um levantamento feito pela Caixa aponta para 421.012 empresas privadas e 4.845 públicas nessa situação. O montante da dívida dos débitos rescisórios soma R$ 2,6 bilhões, informou o ministério. O parcelamento poderá ser feito em até 12 vezes, dependendo do quanto os valores das rescisões representam do total da dívida do empregador com o FGTS. Se esse percentual for menor do que 10%, o pagamento deverá ser feito à vista, sem negociação. Se for superior a 10%, os débitos rescisórios poderão ser acordados em parcelas mensais e sucessivas (veja tabela abaixo), desde que com anuência do sindicato de trabalhadores da categoria. Empregadores com dívidas no Fundo de Garantia não recebem o Certificado de Regularidade do FGTS. Sem esse documento, as empresas não conseguem participar de concorrências públicas ou fazer financiamentos. PERCENTUAL DÉBITO RESCISÓRIO PARCELAS INICIAIS Até 10% À vista De 10 a 20 % Até 03 De 21 a 30 % Até 06 De 31 a 40% Até 09 Acima de 40% Até 12



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/empresas-devedoras-do-fgts-ja-podem-parcelar-debitos







João Gil leva ao Campo Pequeno 40 anos de carreira

13-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



O músico convidou vários colegas para dar cor às suas canções, editadas também em disco em maio.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/oJa_UnCIMEk/joao-gil-leva-ao-campo-pequeno-40-anos-de-carreira-8983805.html







Prorrogado prazo para usar FGTS em prestações atrasadas de crédito imobiliário

13-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O prazo para os trabalhadores usarem o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para pagar parcelas atrasadas do financiamento habitacional foi prorrogado para até o final de 2018. O prazo terminaria neste mês. A medida foi aprovada durante reunião do Conselho Curador do FGTS que ocorreu hoje (18), em Brasília, informou o Ministério do Trabalho. O ministéro lembra, no entanto, que, pela regra, não é possível usar o valor do FGTS para quitar toda a parcela. O fundo pode cobrir apenas 80% do valor da parcela. Ou seja, se a parcela atrasada por de R$ 1 mil o fundo pode ser usado para pagar R$ 800. Os R$ 200 restantes têm que ser desembolsado pelo trabalhador. O FGTS pode ser usado também para dar entrada no financiamento de imóveis e para abater ou quitar a dívida.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/prorrogado-prazo-para-usar-fgts-em-prestacoes-atrasadas-de-credito







Governo cria ´programa de trabalho´ para avaliar concessão dos CTT

13-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



O "programa de trabalho" decorre até final de março e surge na sequência de um projeto de resolução do grupo parlamentar do PS que recomenda avaliar as responsabilidades contratuais.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/nxg-wKbDsvI/governo-cria-programa-de-trabalho-para-avaliar-concessao-dos-ctt-8983359.html







Número de imigrantes com contrato de trabalho formal caiu 13% no Brasil em 2016

13-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Efeitos da crise demoraram mais a atingir os trabalhadores estrangeiros Débora Brito/Agência Brasil Dados divulgados hoje (13) pelo Observatório das Migrações Internacionais (ObMigra), com o apoio do Conselho Nacional da Imigração (Cnig) e do Ministério do Trabalho, revelam que no ano passado o número de estrangeiros que alcançaram postos de trabalho formal no Brasil foi 13% menor que o registrado ao longo de 2015. Além de afetar milhões de brasileiros que, em algum momento dos últimos anos, se viram sem emprego, a crise que o Brasil atravessa desde 2014 atingiu também a inserção dos estrangeiros no mercado, interrompendo, em 2016, a tendência positiva quanto à contratação de imigrantes, verificada entre 2010 e 2015. O coordenador da pesquisa, Leonardo Cavalcanti, disse que os efeitos da crise demoraram mais a atingir os trabalhadores estrangeiros do que o conjunto dos brasileiros, devido à concentração dos imigrantes em setores cujos reflexos do desaquecimento da atividade econômica tardaram mais a ocorrer. Em 2015, enquanto os brasileiros sentiam os efeitos da forte crise econômica, os imigrantes continuaram com um saldo positivo de contratações. Já em 2016, eles passaram a ser mais afetados pela crise, afirmou Cavalcanti, destacando que os dados relativos ao primeiro semestre deste ano apontam para uma possível melhora do quadro geral. Os dados do Caged [Cadastro Geral de Empregados e Desempregados] do primeiro semestre apontam para uma pequena recuperação, para mais admissões do que demissões de imigrantes. Resta fecharmos o ano para ver se a tendência vai se confirmar ou não, ressaltou. Ele acrescentou que não há porque o brasileiro se preocupar com o fluxo imigratório. Os imigrantes não vêm ao Brasil roubar empregos. Eles representam menos de 1% da população presente em todo o território brasileiro. Predominância masculina Proporcionalmente, a maior redução verificada no ano passado ocorreu entre os homens, que são a maioria a vir de outros países em busca de trabalho. Enquanto, em 2015, 93.256 dos 127.166 imigrantes contratados formalmente pertenciam ao sexo masculino e 33.910 ao sexo feminino, em 2016, do total de 112.681 imigrantes contratados, 80.804 eram homens e 31.877 mulheres. Comparados os dois anos, a empregabilidade masculina variou -15,4%, enquanto a feminina, -6,3%. Ainda assim, a pesquisadora do ObMigra, Délia Dutra, destaca que a predominância masculina chega a representar 72% da mão de obra estrangeira com vínculos formais de emprego no Brasil, enquanto imigrantes e refugiadas têm maior dificuldade de obter uma colocação. Além de masculina, a maioria (59%) dos imigrantes absorvidos pelo mercado formal, em 2016, tinha entre 20 e 40 anos, é branca (42%) e havia completado apenas o ensino médio (34%), sendo seguida de perto pela parcela de imigrantes com ensino superior completo (30%). No entanto, quando comparados os dados de 2016 e de 2010, chama a atenção o crescente número de pretos e pardos vindos para o Brasil em busca de trabalho, que subiu de 12%, em 2010, para 40% em 2015, caindo para 38% em 2016. Considerado o mesmo período, também chama a atenção a mudança quanto ao grau de instrução: em 2010, a mão de obra estrangeira no Brasil era composta por 54% de pessoas com nível superior de ensino. Em 2015, esse grupo já tinha baixado para 32% do total. E, em 2016, caiu a 30%. Os dados, segundo os pesquisadores do ObMigra, sugerem que a partir de 2010 novo fluxo de imigrantes passou a procurar o Brasil. O que se reflete também nos postos de trabalho ocupados: em 2010, 41% da força de trabalho estrangeira formal se concentrava nos postos hierárquicos mais altos, como, por exemplo, diretores, gerentes e profissionais com nível superior. Já em 2016, 30% dos estrangeiros conseguiram trabalho em cargos mais simples, na produção de bens e serviços industriais. Haitianos Desde 2013, os haitianos ocupam o primeiro lugar entre os estrangeiros inseridos no mercado de trabalho formal brasileiro. No entanto, em 2016, a presença proporcional dos haitianos no setor formal caiu 30% em comparação a 2015. No total, 25. 782 haitianos conseguiram um emprego com carteira assinada no ano passado. Em 2015, os haitianos contratados chegou a 33.507. A variação negativa de quase 30% entre os dois anos foi a maior registrada entre as 21 nacionalidades com maior presença no mercado formal brasileiro. Em números absolutos, a lista das dez nacionalidades mais comumente encontrada no setor formal em 2016 é completada pelos portugueses (8.844). paraguaios (7.737). argentinos (7.120). bolivianos (5.975). uruguaios (3.947). chilenos (3.565). bengalis (3.433). peruanos (3.195). chineses (2.983) e italianos (2.631). Os venezuelanos, cujo recente aumento do fluxo migratório despertou a atenção, ocupam um modesto 19 lugar, atrás, por exemplo, de franceses, norte-americanos e alemães. Contudo, em 2016, foram justamente os imigrantes venezuelanos o grupo cuja representação no mercado de trabalho brasileiro mais cresceu proporcionalmente, aumentando 32% em comparação a 2015 e ficando atrás apenas do aumento proporcional, no período, da presença de angolanos (que cresceu 43%) e de senegaleses (42%). Mesmo tendo contratado menos no ano passado do que em 2015, o estado de São Paulo continua sendo o maior empregador de estrangeiros formalizados, respondendo por 37% de todas as contratações do ano passado. Na sequência, vem Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/numero-de-imigrantes-com-contrato-formal-de-trabalho-caiu-13-no-brasil-em







Juíza ordena que Exército aceite recrutas transgéneros

13-Dezembro-2017 - publico.pt



Justiça bloqueia novamente medida de Trump de banir militares transgéneros. Pentágono garante que vai cumprir decisão judicial.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/12/mundo/noticia/juiza-ordena-que-exercito-aceite-recrutas-transgeneros-1795793







Swing em Portugal: uma interpretação antropológica da troca de casais

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este artigo procura compreender como as identidades de gênero e sexuais são reproduzidas, ressignificadas ou negadas no universo swinger, dando destaque ao que caracteriza a feminilidade e a masculinidade. Busca-se, também, refletir sobre as noções dos casais swingers acerca de monogamia, infidelidade e ciúmes. A análise é feita a partir da experiência e do discurso de seis casais portugueses adeptos do swing, além de etnografia realizada em um clube na região de Lisboa. Em Portugal, não existe nenhum trabalho antropológico ou sociológico sobre o tema, o que faz deste artigo uma investigação pioneira.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10071/14743







Sistemas Singulares Discretos

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente trabalho consiste na análise de sistemas singulares discretos. Nomeadamente, estudam-se vários métodos de resolução deste tipo de sistemas e diversas propriedades estruturais, como a controlabilidade, a observabilidade e a estabilidade. Ainda se dedica a parte final do trabalho ao estudo da existência e construção de observadores de estado para este tipo de sistemas.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/21061







A Gestualidade em Contexto Pedagógico: contributo para a Formação de Professores de Português

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Com o presente estudo pretendeu-se contribuir para o conhecimento da inestimável importância da gestualidade em contexto pedagógico. Conscientes da parca ou nula sensibilização do não verbal, a nossa acção orientou-se no sentido de não se reduzirem apenas ao canal verbal, todas as potencialidades da comunicação entre os indivíduos. A prová -lo está a importância de cada gesto que permeia a interacção humana. As mensagens que emitimos por meio da nossa expressão gestual constroem aquilo que temos de mais autêntico e verdadeiro, assinalam marcas culturais e veiculam lugares, socialmente, ocupados. Convidámos a participar na nossa investigação um núcleo de estágio de Português/Inglês da Universidade de Aveiro que procurou desenvolver estratégias de auto e hetero-observação e de reflexão, conducentes a uma melhoria das suas práticas e do seu processo formativo. Atentámos na importância, a par das palavras, do jogo fisionómico, das posturas, das expressões faciais, dos movimentos das mãos, braços e pernas, enfim, nos comportamentos cinésicos e proxémicos. Com as sessões de formação que realizámos, durante o ano lectivo de 2002/03, incluindo a gravação de três aulas por formando, pretendíamos proceder a uma análise detalhada dos aspectos supramencionados, dar aos docentes a oportunidade de se confrontarem com a sua própria imagem, com os sinais (in)voluntários do seu corpo e observarem os diferentes estilos de interacção da linguagem não verbal. Dada a natureza do projecto, elegemos como metodologia de formação a investigação-acção e como metodologia de investigação, o estudo de caso. O tratamento dos dados realizou-se através da análise de conteúdo. Terminado o estudo, é nossa convicção que, numa perspectiva supervisiva, uma reflexão crítica acerca da gestualidade nos contextos da sala de aula, poderá ser uma componente fundamental no desenvolvimento profissional de professores e de formadores. Também os formandos reconheceram que o gesto ajuda a dizer o indizível, a concretizar imagens, a veicular ideias, a dar forma a intenções e a sentimentos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10773/21065







Relatório de estágio II de Sílvia Filipa Gouveia Pereira

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório é elaborado no âmbito do estágio curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas e pretende demonstrar as diversas atividades desempenhadas em Farmácia Hospitalar e Farmácia Comunitária. Para complementação de estágio, elaborei um trabalho que me foi proposto na Unidade de Ambulatório, no Centro Hospitalar São João, cujo tema é: “ 1ª Caneta de Metotrexato. Desenvolvimento de um guia prático.” O relatório de farmácia hospitalar descreve a responsabilidade e a importância do farmacêutico hospitalar nos vários sectores que compõem os Serviços Farmacêuticos do Centro Hospitalar de São João. Inclui, também, descrição dos serviços visitados e funções desempenhadas ao longo dos dois meses de estágio. O relatório de farmácia comunitária descreve a importância do papel do farmacêutico na equipa multidisciplinar de saúde, não só na dispensa de medicamentos, mas também no aconselhamento e na prestação de importantes serviços à comunidade. Inclui a descrição de todas as atividades desenvolvidas durante os três meses de estágio.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/20.500.11816/2813







Relatório de estágio II de Jéssica Filipa Aires Sobreira

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente relatório insere-se na Unidade Curricular de Estágio II do Curso de Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, pretendendo ser demonstrativo das atividades desenvolvidas no decorrer no estágio curricular ocorrido no período compreendido entre 01 de março de 2017 e 31 de julho de 2017, como o colmatar das aprendizagens desenvolvidas ao longo do percurso académico. O estágio foi dividido em duas partes – Farmácia Hospitalar, com lugar no Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, por um período de dois meses, e Farmácia Comunitária, com lugar na Farmácia de Recarei por um período de três meses. O papel do farmacêutico é descrito ao longo do presente relatório nestas duas vertentes, dando enfase à sua importância para a sociedade nos diferentes locais de atuação e função específica em cada uma das fases dos diferentes circuitos do medicamento contemplados. Ainda no decorrer do estágio, enquadrado no estágio em Farmácia Hospitalar e em parceria com a Unidade de Farmacovigilância do Porto, foi realizado um trabalho complementar – ‘’Drugs for treatment of Hepatite C vírus: ADR reports analysis’’.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/20.500.11816/2809







Dimensionamento de estacas helicoidais

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Agradecimentos:"À Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo nomeadamente ao Departamento de Geotecnia em nome do Professor Doutor Lázaro Valentin Zuquette, todos os funcionários e técnicos que me acolheram e integraram durante os seis meses de intercâmbio de uma forma excecional."



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.6/3500







Miscelâneas de soluções geotécnicas em situações complexas: caso de estudo: elevador da Goldra, Covilhã

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente trabalho, numa fase inicial, desenvolve-se no sentido de enunciar o tema engenharia de fundações. Esta é uma área que até há poucas décadas era, em muitos casos, descurada e pouco desenvolvida. Face ao mesmo entendimento, inicia-se o tema pela sua própria definição, por opinião de vários autores. Segue-se um explanar da sua importância e da sua influência nas construções, assim como uma passagem histórica da evolução do tema e fatores que o impulsionaram. No processo evolutivo da engenharia de fundações foi notória a insuficiência de soluções geotécnicas isoladas para o cumprimento das condições de segurança ou outras. Com isto, passaram a ser executadas não soluções isoladas, mas miscelâneas de soluções geotécnicas cada vez mais complexas. São apresentados, neste trabalho, casos de obras notáveis pela quantidade e complexidade das soluções geotécnicas adotadas e que, no seu conjunto, são a base de grandiosas obras. Numa segunda fase, é efetuado um estudo de um caso de obra (Elevador inclinado da Goldra, Covilhã) enquadrando-o no tema principal. É feita uma abordagem da obra no sentido de entender a sua origem e importância para a população, seguindo-se de uma descrição geral da mesma obra e enquadramento geológico da área de implantação. Caracteriza-se também geotecnicamente o maciço no qual é fundada a superestrutura com base em ensaios de prospeção mecânica, realizados “in situ” e também ensaios laboratoriais de caracterização do solo, realizados na Universidade da Beira Interior, com o objetivo de obter os parâmetros de dimensionamento das estruturas geotécnicas. Por fim, é efetuada uma avaliação de segurança das soluções geotécnicas adotadas, como elemento isolado e como solução conjunta, utilizando os parâmetros conseguidos a partir da caracterização geotécnica do maciço. São ainda evidenciados alguns aspetos de valorização da obra, nomeadamente, aspetos ambientais e de enquadramento paisagístico.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.6/3442







Continente Modelo de Paredes celebra 17 anos

13-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há 17 anos que Paredes recebeu o Continente Modelo. Desde 14 de dezembro de 2000 que a população de Paredes conta com o Continente na Lugar de Pias e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 82 colaboradores. Sandra Ouro, diretora da Loja Continente Modelo de Paredes, refere que “desde 2000 que acreditamos no investimento em Paredes e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora 17 anos, o que traduz a forte presença que temos na localidade, que muito



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-de-paredes-celebra-17-anos,c636486772420000000







Continente investe 6M€ em Buarcos e cria 40 novos postos de trabalho

13-Dezembro-2017 - cision.com



· Investimento compreende a criação de 40 postos de trabalho · A loja conta com cerca de 1460m2 de área de vendas · Para assinalar a abertura, o Continente vai distribuir fruta no dia da inauguração do espaço e lança campanha de 10% de desconto em cartão O Continente inaugura hoje uma nova loja em Buarcos, com 1460m2, que traduz um investimento de 6 milhões de euros e a criação de 40 postos de trabalho. Com esta nova loja, o Continente passa a dispor de oito espaços no distrito de Coimbra. Esta nova loja vai disponibilizar uma vasta gama de produtos, constituída por dezenas de



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-investe-6m--em-buarcos-e-cria-40-novos-postos-de-trabalho,c636486774420000000







O risco de confundir a Raríssimas com a floresta

13-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



A associação Raríssimas desenvolve um trabalho de grande mérito no apoio a quem tem doenças raras, muitas vezes sem cura e sem alternativa a que recorrer. A demissão de Paula Brito e Costa era a única forma de tentar preservar esse trabalho que a própria iniciou. Teve, ao menos, esse rasgo de bom senso.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/editorial/andre-verissimo/detalhe/o-risco-de-confundir-a-rarissimas-com-a-floresta







Continente Modelo Salvaterra de Magos celebra quatro anos

13-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há quatro anos que o Continente Modelo reabriu as portas da loja que chegou a Salvaterra de Magos em 2001, há 16 anos, e que em 2013 foi reinaugurada. Desde 10 de dezembro de 2013 que a Salvaterra de Magos conta com o Continente no quilómetro 46,7 da Estrada Nacional Nº 118 e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 63 colaboradores. Paula Gomes, diretora da Loja Continente Modelo de Salvaterra de Magos, refere que “em 2013 reforçámos o investimento em Salvaterra de Magos e reabrimos o Continente Modelo, melhorando a experiência do consumidor e continuando



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-salvaterra-de-magos-celebra-quatro-anos,c636486840140000000







CONTINENTE BOM DIA DE LAVRA CELEBRA TRÊS ANOS

13-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há três anos que Lavra recebeu o Continente Bom Dia. Desde 12 de dezembro de 2014 que a população de Lavra conta com o Continente na Rua Ofélia Cruz Costa e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 64 colaboradores. Jorge Ferreira, diretor da Loja Continente Bom Dia de Lavra, refere que “desde 2014 que acreditamos no investimento em Lavra e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora três anos, o que traduz a presença que temos vindo a conquistar na



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/sonae-sierra/r/continente-bom-dia-de-lavra-celebra-tres-anos,c636486903760000000







Continente Modelo Carregado celebra dois anos

13-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há dois anos que o Carregado recebeu o Continente Modelo. Desde 15 de dezembro de 2015 que a população do Carregado conta com o Continente no Lugar Carambancha e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 75 colaboradores. António Fortunato, diretor da Loja Continente Modelo do Carregado, refere que “desde 2015 que acreditamos no investimento no Carregado e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora dois anos, marco que muito nos orgulha, mas também



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-carregado-celebra-dois-anos,c636486899790000000







Saiba como é o acordo que vai compensar perdas da poupança com planos econômicos

13-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Representantes de consumidores e dos bancos firmaram acordo para ressarcimento dos poupadores que sofreram perdas com os planos econômicos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor 2 (1991) e ingressaram com ações coletivas e individuais na Justiça. A Advocacia-Geral da União (AGU) também participou das negociações, assim como o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), da Frente Brasileira dos Poupadores (Febrapo) e da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Para entrar em vigor, o acordo precisa do aval do Supremo Tribunal Federal (STF). Veja abaixo quais as regras para o ressarcimento: Quem tem direito a receber? Os poupadores que ingressaram com ações coletivas e individuais na Justiça pedindo o ressarcimento. No caso das individuais, poupadores ou herdeiros que acionaram a Justiça dentro do prazo prescricional (20 anos da edição de cada plano) também poderão receber os valores. Ainda poderão aderir os poupadores que, com ações civis públicas, entraram com execução de sentença coletiva até 31 de dezembro de 2016. Quem não entrou com ação na Justiça terá direito a receber? E pode ingressar com ação agora? Não. O prazo para ingressar com ações desse tipo prescreveu. E quem entrou com ação e perdeu pode apresentar um recurso? Não. É obrigatório aderir ao acordo? Não, a adesão do poupador é voluntária. Após a adesão, a ação judicial será extinta. Como vai ser o pagamento? Os pagamentos serão feitos de acordo com as faixas de valor a receber. Quem tem direito a até R$ 5 mil receberá à vista e integral, sem desconto. Entre R$ 5 mil e R$ 10 mil, uma parcela à vista e duas semestrais, com abatimento de 8% de desconto. A partir de R$ 10 mil, uma à vista e quatro semestrais, com desconto de 14%. Já aqueles que tenham direito a receber mais de R$ 20 mil, terão 19% do valor descontado. A correção para os pagamentos semestrais será feita pelo IPCA, índice da inflação oficial. Não será necessário se dirigir ao banco para receber os valores. O pagamento será feito em conta-corrente do poupador ou por meio de depósito judicial. Os honorários serão pagos diretamente aos advogados. O prazo máximo de parcelamento dos valores a serem recebidos pelos poupadores será de três anos. Não haverá antecipação de pagamentos. Como faço para receber? Para aderir, o poupador deverá acessar um sistema eletrônico. Ele precisará comprovar a existência e o saldo da conta de poupança, através de cópia dos extratos bancários do período ou da declaração do Imposto de Renda. O banco vai conferir os dados e pode validar, devolver ou negar. Em caso de negativa, o poupador pode pedir uma nova análise. Após o processamento, será divulgada uma lista dos poupadores habilitados. Quando terá início o pagamento? Para entrar em vigor, o acordo precisa ser homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Os pagamento começam em até 15 dias após a validação das habilitações pelos bancos a partir da homologação pelo Supremo. Não há prazo para que a homologação seja feita. Quem vai receber primeiro? O calendário de pagamento será feito conforme a idade dos poupadores. Os mais velhos terão prioridade. Aqueles que executaram as ações em 2016 receberão somente no 11º lote, o último. Herdeiros de poupadores têm direito a receber? Sim, desde que tenha havido ação judicial em nome do espólio. Os dados do poupador falecido e do advogado precisam ser apresentados, assim como dados completos do inventariante ou dos herdeiros e dados do processo. Se não houver herdeiros, hão há como aderir ao acordo. Quais instituições aderiram ao acordo? As instituições financeiras que irão aderir ao acordo são: Itaú, Bradesco, Santander, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Outras poderão aderir em até 90 dias. Por que o plano Collor 1 ficou de fora? As partes reconheceram a inexistência de direito de receber qualquer pagamento, conforme entendimento do Superior Tribunal de Justiça (STF).



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/saiba-como-e-o-acordo-que-vai-compensar-perdas-da-poupanca-com-planos







TONY CARREIRA ESTE SÁBADO EM SANTARÉM

13-Dezembro-2017 - cision.com



NOTA DE AGENDA Dias 16 de dezembro Horário 15H e 22H Local: Continente Santarém* e Grande Auditório CNEMA** · O artista vai participar numa sessão de autógrafos, a realizar às 15h00, na loja Continente de Santarém · Depois, dará um concerto às 22 horas, no âmbito da digressão Tony Mais Perto de Ti, organizada pelo Continente No próximo dia 16 de dezembro, o artista Tony Carreira vai estar em Santarém, a propósito do concerto intimista que vai realizar às 22 horas, no Grande Auditório CNEMA. O espetáculo decorre a convite do Continente, no âmbito da digressão Tony Mais



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/tony-carreira-este-sabado-em-santarem,c636486687620000000







Portugal XXI: conspecto demográfico

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A situação da população portuguesa expressa nos resultados dos últimos Recenseamentos da população, assinala um conjunto de alterações decorrentes do crescimento moderado dos habitantes, redução dos nascimentos, aumento progressivo dos idosos e variação, em sentido inverso, dos movimentos migratórios: quebra da imigração e aumento da emigração. Estes movimentos acentuam o contributo das migrações no processo de crescimento natural da população portuguesa e os seus reflexos directos e diferidos sobre o crescimento demográfico: a quebra da imigração a que se associa a redução do nº de habitantes e a fuga da população jovem e adulta, responsável pelas perdas ultimamente verificadas. Note-se que a alteração das condições de vida e de emprego em Portugal continua a agravar o crescimento zero, a dependência demográfica e o despovoamento estrutural do território, acentuado pelas assimetrias espaciais há muito existentes. Neste contexto as estimativas do crescimento da população portuguesa nas próximas décadas, elaboradas com base em diferentes cenários, apontam para uma quebra ainda maior de habitantes. Não sendo exclusivamente nacional esta situação, é extensiva ao conjunto de países da UE e a outros países mais desenvolvidos do globo, igualmente ameaçados pelo inverno demográfico que paira sobre o velho continente.



Link para o texto completo:
 
http://www.cepesepublicacoes.pt/portal/pt/obras/portugal-xxi-conspecto-demografico







Sobre-endividamento e estatuto social percecionado

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Neste trabalho pretende-se explorar de que forma o Estatuto Social Percecionado (ESP) se relaciona e impacta no endividamento. Foram testadas quatro hipóteses: i) indivíduos que relataram um valor reduzido de estatuto social percecionado, ii) com menos habilitações literárias, iii) do sexo feminino e iv) mais jovens apresentariam um nível de endividamento mais elevado. Aplicou-se um questionário a 312 indivíduos da região do Grande Porto e procedeu-se à análise correlacional e à regressão Logit para validar estas hipóteses. Os resultados obtidos suportam o papel significativo que o estatuto social percecionado tem no endividamento, estando associado não só a um endividamento excessivo como ao sobre endividamento. Quanto às outras variáveis, apenas o sexo não demonstrou associação ao endividamento e não contribuiu significativamente para explicar o endividamento que os indivíduos demonstraram.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10198/14697







Efeitos de um programa de intervenção sócio-ecológico em indicadores cardiovasculares, adiposidade, atividades físicas e sedentárias em crianças e adolescentes

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Esta dissertação é composta por seis estudos e possui como objetivos: (i) caracterizar e determinar a prevalência de obesidade, indicadores cardiovasculares, atividade física e atividades sedentárias; (ii) estudar a relação da adiposidade com indicadores cardiovasculares; (iii) identificar a influência de fatores comportamentais e ambientais, na adiposidade; (iv) elaborar uma análise preliminar dos efeitos de um programa de intervenção sócio-ecológico na adiposidade, indicadores cardiovasculares, atividade física e atividades sedentárias. Os participantes nos estudos tinham idades entre os 10 e 17,9 anos, foram avaliados na altura, peso, perímetro da cintura e pregas de adiposidade tricipital e geminal. A capacidade cardiorrespiratória foi determinada através do teste do vaivém e para a síndrome metabólica, avaliadas a pressão arterial, perímetro da cintura, HDL, triglicerídeos e glicose. A atividade física, atividades sedentárias e maturação sexual foram avaliados por autorrelato. O programa de intervenção durou 16 meses e centrouse em quatro componentes: recreios, oferta de atividades organizadas, atividades educacionais e formação docente. Como principais resultados destacam-se: (i) a elevada prevalência de obesidade e tempo em atividades sedentárias, reduzidos níveis de atividade física e capacidade cardiorrespiratória; (ii) com o aumento da idade, verifica-se que os participantes passam mais tempo em atividades sedentárias, apresentam menores níveis de atividade física e da capacidade cardiorrespiratória e uma deterioração do perfil metabólico; (iii) uma forte associação entre a adiposidade e os indicadores cardiovasculares; (iv) a alimentação, a atividade física e o envolvimento como fatores etiológicos da adiposidade; (v) o grupo de intervenção apresenta uma redução dos níveis de adiposidade, estabilização dos níveis de atividade física e da capacidade cardiorrespiratória, e um aumento do tempo gasto em atividades sedentárias. Torna-se evidente a necessidade da elaboração de programas de intervenção de promoção de hábitos de vida saudável. Programas de intervenção socio-ecológicos podem facilitar a diminuição da adiposidade.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.13/1727







Prevalência da síndrome metabólica em crianças e adolescentes madeirenses: associação com excesso de peso e obesidade, aptidão física e características parentais

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente trabalho consiste em três estudos, com o propósito: (1) determinar a taxa de prevalência da síndrome metabólica (SM); (2) estabelecer a taxa de prevalência da SM em crianças e adolescentes com excesso de peso e obesos e estudar a associação das componentes da SM entre pais e filhos; (3) Verificar o risco de diagnóstico de SM, quando os sujeitos são considerados “inaptos” nos testes motores da aptidão física. A amostra é constituída pelos participantes no projecto CRES. No primeiro estudo, a amostra é constituída por 1496 sujeitos (721 rapazes e 775 raparigas), nascidos entre 1991 e 2002. O segundo estudo é composto por 144 indivíduos (69 rapazes e 75 raparigas), nascidos entre 1991 e 2002, e 186 pais (133 do sexo feminino e 53 do sexo masculino). No último estudo, a amostra é constituída por 1216 crianças e adolescentes (576 rapazes e 640 raparigas), nascidos entre 1991 e 1999. A SM foi diagnosticada com base no conceito de Cook et al., (2003) para as crianças e adolescentes, e no conceito do IDF (2006) para os adultos. O excesso de peso e obesidade em crianças e adolescentes, foram determinados segundo os critérios de Cole et al., (2000). A aptidão física foi avaliada através da bateria de testes Fitnessgram (The Cooper Institute for Aerobics Research, 1999). No primeiro estudo, os resultados indicaram uma taxa de prevalência da SM na população estudada é de 4.5%; sendo superior no sexo masculino e registando um incremento com o escalão etário e com grau de obesidade. A probabilidade de sujeitos com excesso de peso ou obesos apresentarem SM é 22 vezes superior comparativamente a sujeitos com peso normal (OR 22,118; CI 95%, 10.799 – 45.298). No segundo estudo, foi encontrada uma taxa de prevalência da SM em jovens com excesso de peso e obesas de 18.1% e nos progenitores 25.5%. Os resultados sugerem associação significativa entre mãe – filho(a) ao nível das componentes PA, TG e PC, pai – filho(a) na HDL e entre pais no PC. No entanto, a probabilidade do descendente manifestar SM é apenas significativa na mãe (OR 2.288; CI 95%; 0.809-6.474). No terceiro estudo, concluímos que dos testes de aptidão física apenas as extensões de braços e os abdominais, contribuem para a explicação do aparecimento do SM. Uma criança considerada “inapta” nas extensões de braços apresenta uma probabilidade de 2.928 (OR 2.928; CI 95%; 1.417-6.047) de diagnóstico de SM, esse risco é de 4.028 (OR 4.028; 1.708-9.501) quando a criança é considerada inapta nos abdominais.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.13/1726







Relatório de estágio Pestana Vila Sol, Vilamoura Premium Golf & SPA Resort: a envolvência organizacional no processo de seleção de fornecedores

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



As alterações que vivemos no plano do turismo são amplamente desafiantes a todos os departamentos de uma Unidade Hoteleira. Como destaque temos as alterações no perfil do turista, por estar, nos dias de hoje, sujeito a uma elevada quantidade de informação que o tornam mais exigente e também o crescente aumento interno do número de turistas. O facto de vivermos num mundo cada vez mais competitivo faz com que os nossos recursos sejam mais restringidos e emergindo a necessidade das organizações reforçarem a sua capacidade para atingir objetivos transversais a todos os setores. A elaboração deste documento foi realizada com base num estágio realizado num hotel de cinco estrelas no Algarve. O objetivo principal foi desenvolver competências da profissão de Gestor Hoteleiro e contribuindo também com melhorias na Organização nomeadamente através da realização de fichas técnicas do restaurante Green Pines Bistro e identificando quais os pratos com maior margem de rendimento comparativo do mesmo.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.8/2891







Osteogénese imperfeita: o desafio de gerar e gerir facilitadores. Estudo de caso.

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Este artigo é resultante de uma investigação realizada no âmbito do mestrado em Educação Especial, na Universidade Lusófona, Lisboa, Portugal. Tem como objeto de estudo a vivência de um indivíduo de 22 anos, com Osteogénese Imperfeita, doença crónica rara, caraterizada por fraturas frequentes dos ossos, espontâneas, comprometendo a mobilidade e a autonomia. Pretendemos compreender como um sujeito com Osteogénese Imperfeita consegue gerar e gerir facilitadores para realizar o seu projeto de vida, em termos pessoais, académicos e profissionais. Optou-se pela investigação qualitativa, numa abordagem de estudo de caso. Para a recolha de dados seleccionaram-se a pesquisa documental, a entrevista semidiretiva ao próprio, a familiares e amigos e a observação dos contextos em que se move. Partindo da revisão teórica e dos objetivos do estudo, a análise de conteúdo da informação recolhida fez emergir as categorias definidoras do seu percurso pessoal e socioeducativo. Identificaram-se estratégias e suportes que o ajudaram no seu percurso académico e a enfrentar a doença. A sua capacidade de resiliência, os suportes dos amigos e da família, através de estratégias de coping, e a ajuda de técnicos especializados possibilitaram-lhe uma performance equilibrada, com superação das dificuldades sentidas nas acessibilidades, no decorrer da sua vida escolar, social e familiar. O cruzamento dos dados permite afirmar que a Osteogénese Imperfeita lhe afeta a autonomia, porém não o impede de se integrar, na comunidade e na vida ativa. Com recurso às tecnologias de apoio, realiza projetos na área profissional e gere um negócio de turismo rural. Pode concluir-se que a Osteogénese Imperfeita, sendo uma doença incapacitante, não impossibilita o acesso a uma vida quase “normal”, desde que os contextos sejam facilitadores. A funcionalidade depende muito mais da interação que indivíduo e contextos conseguem desenvolver entre si do que da própria doença.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10437/8347







Experiências de interculturalidade em eLearning : um estudo de caso no second life®

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A comunicação e a troca de conteúdos e experiências é uma das caraterísticas fundamentais do elearning, que tem adotado, ao longo dos tempos, várias tecnologias que possibilitam a criação de grupos e comunidades de aprendizagem, onde a interação entre os participantes assume uma forte presença. A expansão dos mundos virtuais tridimensionais, de entre os quais se destaca o Second Life®, tem possibilitado experiências formativas variadas, quer através de comunidades informais que, de modo espontâneo ou organizado se reúnem e interagem em tempo real sem grandes preocupações de estilo, quer através de instituições de ensino superior que põem à disposição da comunidade (alunos e professores) campus virtuais onde é possível desenvolver atividades educativas formais. Há, no entanto, ainda muito por descobrir sobre as reais potencialidades deste tipo de ambientes, nomeadamente nas mais-valias resultantes das interacções pessoais (e de grupo) inerentes aos mundos virtuais tridimensionais. Neste estudo, apresenta-se a investigação conduzida com uma turma de estudantes do Curso de Mestrado em Pedagogia do Elearning, da Universidade Aberta, Portugal, com o objetivo de perceber se os mecanismos postos à disposição pela plataforma Second Life® seriam, ou não, úteis num curso em regime de elearning e no estreitar das relações interculturais, com consequências no sucesso académico. Foi construída uma atividade com estudantes dispersos geograficamente, de diferentes nacionalidades, mas todos oriundos de países lusófonos. Utilizando o Second Life® como recurso, esta atividade permitiu aos mestrandos debater e partilhar vários aspetos relacionados com o património, a cultura e as expressões idiomáticas de cada um. Em suma, uma comunidade de partilha e aprendizagem, composta por pessoas reais, reunidas num ambiente virtual, onde a interculturalidade surge como algo natural e enriquecedor. Os resultados do estudo permitem concluir que o Second Life pode ser considerado um ambiente virtual de aprendizagem e que, se utlizado em contexto de elearning, poderá aproveitar a diversidade cultural dos estudantes como motivação para a realização das actividades académicas.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.2/6787







Desenvolvimento de um biossensor para hemoglobina

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente trabalho descreve a preparação um anticorpo plástico (MIP, do inglês Molecularly Imprinted Polymer), i.e., de natureza sintética para deteção de hemoglobina (Hb) e sua aplicação na construção de dispositivos de pequena dimensão, portáteis, e de baixo custo, que possam ser usados em análises de rotina de Hb em Point-of-Care (POC). O polímero impresso foi obtido por polimerização de superfície em esferas de sílica. Este processo foi iniciado pela ligação covalente da Hb às esferas, tendo-se permitido posteriormente a sua interação os monómeros carregados (cloridrato de metacrilato de 2-aminoetil, AEMH, e estireno sulfónico, (SSA), para subsequente polimerização com material neutro, como o estireno e divinilbenzeno (DVB). Por último, a Hb foi removida por clivagem de ligações peptídicas, através da atuação de proteinase K. Para controlo da eficiência da impressão da Hb no material sintético foi dimensionado um material análogo, obtido sem adição de proteína e aqui identificado por NIP (do inglês, Non-Imprinted Polymer). Para controlo do efeito dos monómeros carregados na afinidade de ligação entre a Hb e o seu anticorpo plástico, foram preparados materiais análogos onde o local de ligação foi dimensionado sem monómeros carregados. Todos os materiais produzidos foram utilizados na preparação de sensores potenciométricos e comparados relativamente à sua afinidade e seletividade de ligação à Hb, por avaliação e comparação do desempenho analítico destes dispositivos. Os materiais NIP não foram capazes e gerar sinal analítico na presença de Hb, confirmando a existência de locais específicos para ligação desta proteína nos anticorpos plásticos MIP. O reconhecimento da estereoquímica da Hb foi confirmado pela ausência da capacidade de ligação dos materiais não-impressos, os Nipas, obtidos por impressão sem molécula molde. A análise por microscopia electrónica de arrimento confirmou a modificação da superfície das partículas de sílica. O material bio mimético foi disperso em membranas seletivas PVC plastificado e usado na deteção de Hb na transdução potenciométrica. Algumas membranas apresentaram uma elevada afinidade para a Hb, adquirindo a sua cor vermelha após várias calibrações. A presença de Hb nestas membranas foi confirmada por remoção da membrana do corpo do elétrodo e sua utilização em realização de estudos qualitativos com base em técnicas de Infravermelho com ransformada da Fourier, microscopia ótica e microscopia confocal de Raman. As melhores características de resposta foram obtidas em tampão HEPES de pH 5, com as membranas MMA. Sob esta condição, os limites de deteção foram 43,8µg/mL, com uma resposta linear a 83,8 µg/mL, com uma inclinação catiónico de 40,4 mV / década. A aplicação analítica foi realizada com sucesso e mostrou resultados exactos e precisos.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.22/10585







A estrutura temporal dos spreads de crédito em empréstimos sindicados : o caso dos fixed asset based loans e dos general corporate purpose loans

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



No presente trabalho analisa-se a relação entre spread e maturidade para dois tipos de syndicated loans: Fixed Asset Based Loans e General Corporate Purpose Loans. Em primeiro lugar, tenta-se perceber se a forma como o preço (spread) dos diferentes tipos de empréstimos sindicados estudados é calculado de maneira semelhante, ou seja, se existem diferenças na forma como o spread de cada tipologia de empréstimo é determinado. Os resultados sugerem que os spreads das syndicated loans estudadas são determinados de forma diferente. A estrutura temporal encontrada para os fixed asset based loans é quadrática com concavidade voltada para cima, enquanto que para os general corporate purpose loans, a estrutura temporal encontrada é linear e positiva. Testou-se também a potencial endogeneidade da variável maturidade nos dois tipos de syndicated loans, implementando-se uma regressão de variáveis instrumentais pelo método GMM para o tipo de empréstimos onde foi encontrado problemas de endogeneidade: general corporate purpose loans. Concluiu-se que com a crise financeira de 2007/2008, a estrutura temporal dos spreads não se altera em nenhuma das duas tipologias de empréstimos estudados.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.14/23647







Analysis of corporate volunteering in internal market orientation and its effect on job satisfaction

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



This study analyses some of the factors comprising Internal Market Orientation (IMO) in family businesses in Andalusia (Spain): Management Concern, Training and Work-Family-Balance. Corporate Volunteering (CV) has been incorporated for the first time in IMO. A statistical analysis shows that CV can be inserted within the dimension of response to internal market intelligence and, its incorporation is proposed for future IMO models as a part of Corporate Social Responsibility (CSR). The impact of some factors on Job Satisfaction has also been considered. The two most influential factors on Job Satisfaction are CV and Work-Family-Balance.



Link para o texto completo:
 
http://tmstudies.net/index.php/ectms/article/view/773







A MORFOLOGIA ENDOTELIAL E A ESPESSURA CENTRAL DA CÓRNEA EM IDADE PEDIÁTRICA -ANEXOS

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



INTRODUÇÃO:A microscopia especular é habitualmente utilizada no estudo da patologia da  superfície ocular. Todavia, a análise celular endotelial é essencial para determinar a sua variação ao longo da vida.O objectivo deste estudo é a avaliação da morfologia endotelial e espessura central da córnea (ECC) em crianças saudáveis entre os 5 e os 15 anos, avaliando a sua variação segundo a idade.MÉTODOS:Estudo de coorte prospectivo de 40 olhos de 40 crianças saudáveis, divididos em dois grupos. O grupo 1 formado por 20 crianças entre os 5-9 anos; o grupo 2 formado por 20 crianças entre os 10-15 anos. A densidade celular endotelial (DCE), o coeficiente de variação (CV) e a percentagem de células hexagonais (HEX) foram avaliados por microscopia especular de não contacto. A ECC foi avaliada por tomografia de segmento anterior.RESULTADOS:A DCE é maior no grupo 1 (2906.05 ± 344.91 cel/mm2) comparativamente ao grupo 2 (2597.89 ± 276.61 cel/mm2), (p= 0.003). Não foram encontradas diferenças paquimétricas significativas entre o grupo 1 (556.35 ± 29.03 µm) e o grupo 2 (537.90 ± 29.22 µm). A DCE correlacionou-se negativamente com a idade (r=-0.438 e p=0.005) e a percentagem de células hexagonais correlacionou-se negativamente com o CV (r= - 0.345; p= 0.029).CONCLUSÃO:A DCE diminui com o aumento da idade em crianças saudáveis.  Não se verificaram variações significativas da CV, HEX e da ECC entre os dois grupos etários.Salienta-se a importância dos dados obtidos como base normativa e a sua relevância para estudo da patologia da superfície ocular na criança.



Link para o texto completo:
 
http://revistas.rcaap.pt/index.php/oftalmologia/article/view/10169







Plano de marketing digital para a empresa Ideias Aparatosas : o caso da COMPortugal

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O presente projeto de mestrado surge no âmbito do desafio proposto pela empresa Ideias Aparatosas no sentido de desenvolver um plano de marketing digital para uma das marcas por si exploradas, a COMPortugal. Para tal, aplicou-se a metodologia qualitativa de estudo de caso, procedendo-se à recolha de dados primários, através de uma entrevista estruturada ao administrador da empresa e de um inquérito por questionário de resposta aberta a pequenas e médias empresas e trabalhadores independentes de diversas áreas de negócio. Recolheram-se ainda dados secundários relativos à empresa, ao mercado e à concorrência, utilizando a técnica da análise documental.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.26/19679







Qualidade de vida em mulheres adultas mastectomizadas

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Enquadramento: O cancro da mama é, atualmente, a patologia oncológica com maior incidência na mulher a nível mundial. Embora o seu tratamento seja cada vez mais eficaz, na maioria dos casos acarreta perda de funcionalidade associada à morbilidade física e emocional, com impacto direto na qualidade de vida da mulher. Conhecer quais as determinantes que interferem neste contexto, permite aos enfermeiros de reabilitação dotarem-se de competências que promovam a recuperação destas mulheres. Objetivos: Avaliar o impacto da mastectomia na qualidade de vida da mulher, compreendendo a relação existente entre as determinantes sociodemográficas, clínicas e psicossociais e a qualidade de vida. Métodos/Procedimentos: Realizou-se um estudo quantitativo, transversal, descritivo e correlacional, utilizando uma amostra não probabilística por conveniência, constituída por 43 mulheres submetidas a mastectomia do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro – Unidade de Vila Real, seguidas em consulta de folow up de cirurgia e cirurgia oncológica. O questionário utilizado na recolha dos dados integrava três secções de caracterização sociodemográfica, clínica e psicossocial. Foram, ainda, utilizadas a Escala de Funcionalidade Familiar, a EORTC - QLQ-C30 com o suplemento BR23 e a escala da Incapacidade do braço, ombro e mão (DASH), todas testadas e validadas em Portugal. Resultados: A amostra era constituída por 43 mulheres submetidas a mastectomia com média de idade de 49,6 anos, casadas na sua maioria (74,4%), detentoras de curso superior (34,9%) e com rendimento mensal médio que variava entre 501€ e 1000€ mensais (37,2%). Constatou-se que 62,8% destas mulheres foi submetida a cirurgia mamária com esvaziamento axilar e que 69,8% realizou mais que um tratamento adjuvante. Referiram sentir dor “algumas” vezes (39,5%), e quanto a amplitude de movimento do ombro homolateral à cirurgia, verificou-se uma perda entre 10 e 22º nos movimentos de adução horizontal, abdução, flexão e extensão, e 77,7% das mulheres não realizou qualquer programa de reabilitação pós-cirúrgica. Constatou-se que a amostra evidenciava uma “boa” qualidade de vida na generalidade (M=58,13), com uma moderada funcionalidade e baixa sintomatologia, contudo, a incapacidade do braço, ombro e mão está mais presente, evidenciando uma incapacidade moderada (M=47,07). Constatou-se que a idade, a cirurgia com esvaziamento axilar, a dor, a força e a amplitude de movimento do ombro são, para estas mulheres, as determinantes significativas (p<0,05) na sua qualidade de vida. Conclusões: Apesar do número reduzido da amostra, os resultados evidenciam o impacto das determinantes clínicas na qualidade de vida destas mulheres, constituindo-se, assim, como o campo de intervenção do enfermeiro de reabilitação. Palavra-chave: mulheres, mastectomia, qualidade de vida, reabilitação.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.19/4749







Da procura e regulação do ensino superior: contributos ao desenvolvimento

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A oportunidade de orientar dois Seminários de formação destinados a professores universitários, anteriormente à sua admissão na Inspecção-Geral de Ensino Superior da República Popular de Moçambique, teve para nós um duplo significado: - partilhar experiências e saberes que procurámos aprofundar no decurso da nossa vida académica e profissional; - conhecer o interesse do Ministério da Educação e do Instituto Nacional de Administração Pública (ISAP) em promover uma formação de enquadramento relacionada com a actividade reguladora da Inspecção Geral no subsistema de ensino superior.   Enquanto docente da Universidade de Aveiro esta colaboração permitiu manifestar o nosso empenho na formação dos Senhores Professores do Ensino Superior afectos às “Comissões de Inspecção”, da Inspecção Geral de Educação - Ministério da Educação do Ministério da Educação da R.P.M., curso coordenado pelo Instituto Superior de Administração Pública (ISAP) - e constatar o interesse manifestado pelo MINED, na pessoa do Senhor Vice-Ministro, presente nas sessões de encerramento.



Link para o texto completo:
 
http://www.cepesepublicacoes.pt/portal/pt/obras/da-procura-e-regulacao-do-ensino-superior-contributos-ao-desenvolvimento







Uma abordagem do ensino da estatística a estudantes de comunicação

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



A estatística, como unidade curricular de cursos de comunicação, não é geralmente muito apreciada pelos alunos. Por vezes até existe uma certa fobia e descontentamento por estas áreas. Neste casos, em que os alunos já estão desmotivados à partida; o nosso desafio torna-se mais complicado, sendo também necessário despertar a curiosidade por estas temáticas para conseguir algum envolvimento por parte dos alunos. Muitos autores têm referido que trabalhar com dados reais motiva mais os alunos, pois assim conseguem ver a utilidade da estatística na compreensão do mundo que os rodeia bem como perceber que pode ser um meio para obter respostas a perguntas do dia a dia. Nos trabalhos de grupo que desenvolvemos com os alunos temos tido a preocupação de usar dados reais. Nesse sentido o uso de estatísticas oficiais tem sido muito útil. Para além dos alunos lidarem com dados reais também é uma forma de estarem em contacto com conceitos como população, amostra representativa, censos, sondagens, amostragem, entre outros. Serão apresentados dois trabalhos de grupo, um feito pelos alunos do curso de Relações Públicas e outro pelos alunos de Comunicação Empresarial (RPCE) da Escola Superior de Comunicação Social (ESCS) no âmbito da unidade curricular de Estatística. O primeiro exemplo é de um trabalho que resultou da reflexão sobre a importância das estatísticas oficiais para a sociedade em geral e para um profissional de RPCE em particular. No segundo exemplo, o objetivo era trabalhar os últimos dados do European Social Survey referentes a Portugal (ano de 2014) e o desafio era apresentar essa informação através duma infografia, o trabalho escolhido faz uma breve caracterização da amostra portuguesa. Com estas atividades pretendemos dar aos alunos alguma liberdade quanto ao objeto de estudo e permitir que sejam criativos na forma como apresentam os seus trabalhos. Os resultados revelaram- -se bastante produtivos. Houve um maior empenho por parte dos alunos em produzir um trabalho apelativo e sem erros estatísticos. Os alunos também estiveram mais recetivos, foi mais fácil desenvolver um pensamento crítico e a partilha de ideias entre os vários grupos de trabalho.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.21/7683







O critério Minimum Message Length na estimação de modelos de mistura sobre dados mistos

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



O agrupamento sobre dados mistos é um problema prático comum, nomeadamente no âmbito das ciências sociais. Este pode referir-se, por exemplo, à constituição de segmentos homogéneos de indivíduos, considerando as suas características quer quantitativas, quer qualitativas. A abordagem metodológica deste problema tem sido diversa. Podem encontrar-se, por exemplo, versões do algoritmo K-Médias capazes de lidar com dados métricos e categoriais. Neste trabalho, consideramos o agrupamento de dados mistos, usando um modelo de mistura e propondo o uso do critério Minimum Message Lenght (MML) para a sua estimação. Este critério advém da teoria da informação, considerando um modelo mais adequado aquele que permite uma descrição mais sucinta das observações [3]. Figueiredo e Jain [1] foram pioneiros na utilização deste critério para estimação de misturas de gaussianas. Uma primeira proposta para a utilização do MML em misturas de multinomiais foi apresentada por Silvestre et al [2]. A análise proposta integra dados mistos considerando uma mistura de gaussianas e multinomiais e um algoritmo que é uma variante do conhecido expectation-maximization. A metodologia é testada comparativamente com critérios comuns para a seleção de modelos de mistura, nomeadamente o integrated completed lilelihood , que é particularmente adequado neste contexto. A análise é efetuada sobre 2 conjuntos de dados sintéticos e dados reais (do European Social Survey). São analisadas vantagens comparativas na robustez relativamente a diferentes processos de inicialização, no tempo de computação e na qualidade do agrupamento obtido.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.21/7684







O Sistema de Gestão da Qualidade e seu desenvolvimento na SCMS

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



Relatório de estágio, Mestrado, Gestão de Organizações de Economia Social, Instituto Politécnico de Santarém, Escola Superior de Gestão e Tecnologia, 2017



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.15/1944







Adesão ao regime terapêutico da pessoa com patologia cardíaca : Perceção do próprio e da família

13-Dezembro-2017 - rcaap.pt



terapêutico e pode ser influenciada por vários fatores ligados à doença, ao tratamento, à própria pessoa, às condições socioeconómicas, ao apoio social e até à relação com os profissionais de saúde. A patologia cardíaca é uma das doenças que exige bastante empenho dos seus portadores, no sentido de procederem a um conjunto de alterações na sua vida diária, para controlar a progressão da doença e prevenir consequências nefastas. Objetivos: Determinar a prevalência da adesão ao regime terapêutico da pessoa com patologia cardíaca, identificar os fatores que a influenciam, analisar a influência do apoio social, conhecer a perceção da família em relação ao nível de adesão terapêutica e fatores que a influenciam. Métodos: Triangulação metodológica que engloba um estudo de natureza quantitativa do tipo descritivo correlacional, analítico realizado numa amostra não probabilística por conveniência com 110 participantes e outro de natureza qualitativa de características fenomenológicas realizado com uma amostra de 8 familiares de doentes. Resultados: No estudo um registou-se que a percentagem de adesão farmacológica é 51,8%. Em relação às medidas de adesão não farmacológica registou-se que 92,7% não são fumadores mas a ingestão de bebidas alcoólicas ocorre em 51,8% dos participantes. A prática de exercício físico e a alimentação saudável são dois estilos de vida adotados por uma percentagem da amostra inferior a 40%. No estudo 2, a percepção dos familiares indica que na adesão farmacológica, prática de exercício físico e a alimentação saudável rondam os 50%. O consumo de álcool é assumido por 62,5% enquanto o tabagismo está presente em 12,5%. Conclusão: Os resultados evidenciam a pouca influência exercida pelos fatores sociodemográficos nomeadamente género e idade. Em relação à adesão não farmacológica ainda há muito a fazer no que diz respeito às alterações de estilos de vida. Cabe aos profissionais de saúde incutir nos doentes o sentido de responsabilidade pelo seu autocuidado e pela participação ativa no processo de tratamento da doença. Palavras-chave: adesão ao regime terapêutico, fatores de adesão, patologia cardíaca.



Link para o texto completo:
 
http://hdl.handle.net/10400.19/4748







Eliminação do número de eleitor criticada pela CNE

12-Dezembro-2017 - publico.pt



A Comissão Nacional de Eleições foi nesta terça-feira ouvida no parlamento, no âmbito do grupo de trabalho para a alteração às leis eleitorais e do regime jurídico do recenseamento eleitoral.



Link para o texto completo:
 
https://www.publico.pt/2017/12/12/politica/noticia/eliminacao-do-numero-de-eleitor-criticada-pela-cne-1795794







Movimento reticente quanto a promessas de Cabo Verde para doentes em Lisboa

12-Dezembro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



O movimento Ubuntu CV manifestou-se hoje reticente em relação às promessas feitas pelo embaixador de Cabo Verde em Lisboa para o realojamento e melhoria de condições dos doentes cabo-verdianos a[...] O post Movimento reticente quanto a promessas de Cabo Verde para doentes em Lisboa aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/movimento-reticente-quanto-promessas-cabo-verde-doentes-lisboa/







Europeia vai à Comic Con Portugal 2017 apresentar jogos desenvolvidos pelos seus alunos

12-Dezembro-2017 - universia.net



Os alunos da Universidade Europeia vão apresentar jogos desenvolvidos no Campus do IADE-Universidade Europeia em Santos CONHEÇA O PORTAL DE ESTUDOS UNIVERSIA ENTRE AQUI E INFORME-SE! A  Universidade Europeia vai marcar presença na quarta edição do maior festival de cultura Pop, a Comic Con Portugal 2017, que se realiza de 14 a 17 de dezembro na Exponor, em Matosinhos. A Universidade Europeia marca presença no evento com um stand associado às licenciaturas globais em Design Global e em Games and Apps Development - lecionadas no Campus do IADE – Universidade Europeia em Santos –, onde serão apresentados os jogos que os estudantes criaram durante o ano letivo. Este stand vai oferecer ainda a possibilidade de testar os jogos e de falar com alguns dos seus autores sobre o processo de desenvolvimento, metodologia e tecnologias utilizadas (Processing, Unity e Unreal), e sobre as áreas de aprendizagem que estiveram envolvidas (Programação, Inteligência Artificial, Computação Gráfica, etc.). Europeia vai apresentar os  jogos que os estudantes criaram durante o ano letivo Um dos jogos que os visitantes da Comic Con Portugal 2017 vão poder experimentar é o Sunset Shockwave da Whales and Games - um estúdio de criação de vídeojogos cofundado pelo estudante Jorge Carvalho da licenciatura de  Games and Apps Development da Universidade Europeia -. A primeira versão deste jogo, que possibilita que quatro pessoas joguem em simultâneo, foi criada em apenas 48 horas durante a Global Game Jam 2017 da instituição. Jogo criado em 48 horas  possibilita que quatro pessoas joguem em simultâneo Para Manuel Menezes de Sequeira, coordenador da licenciatura em Games and Apps Development da Universidade Europeia, a presença da Universidade na Comic Com Portugal 2017 é motivo de orgulho. “Estarmos representados num evento que, só em 2016, contou com 73 mil visitantes, vem reforçar a reputação do nosso curso de desenvolvimento de videojogos com características únicas em Portugal, proporcionando, simultaneamente, visibilidade ao talento dos nossos estudantes”, contextualizou. Leia também mais notícias sobre a  Universidade Europeia .



Link para o texto completo:
 
http://noticias.universia.pt/cultura/noticia/2017/12/12/1156829/europeia-vai-comic-con-portugal-2017-apresentar-jogos-desenvolvidos-alunos.html







BC sinaliza que pode fazer novo corte na taxa básica de juros em fevereiro

12-Dezembro-2017 - ebc.com.br



Taxa básica de juros, hoje em 7% ao ano, pode cair para 6,75% em fevereiro, o que beneficiará o consumo Marcello Casal Jr/Agência Brasil A taxa básica de juros, a Selic, poderá voltar a ser reduzida em fevereiro de 2018. É o que sinalizou o Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, em ata da última reunião, realizada na semana passada, quando a taxa chegou ao seu menor nível histórico: 7% ao ano. A expectativa de instituições financeiras é que essa taxa seja reduzida em 0,25 ponto percentual na próxima reunião do comitê, indo para 6,75% ao ano. No documento, o Copom diz que seria apropriado sinalizar que poderá haver nova redução moderada na próxima reunião, sob a perspectiva atual. Mas [os membros do Copom] avaliaram que cabia advertir que essa visão é mais suscetível a mudanças na evolução do cenário e seus riscos que nas reuniões anteriores, diz a ata. O Copom destacou que "houve consenso em manter liberdade de ação, mas sinalizar que o atual estágio do ciclo [de cortes na taxa básica] recomenda cautela na condução da política monetária [decisões sobre a Selic]". Segundo o comitê, a continuidade da redução da Selic depende da evolução da atividade econômica e das expectativas de inflação. O Copom também destacou que a aprovação da reforma da Previdência é fundamental para manter a inflação baixa. Todos os membros do comitê voltaram a enfatizar que a aprovação e a implementação das reformas, notadamente as de natureza fiscal, e de ajustes na economia brasileira, são fundamentais para a sustentabilidade do ambiente com inflação baixa e estável, para o funcionamento pleno da política monetária e para a redução da taxa de juros estrutural da economia, com amplos benefícios para a sociedade, enfatizou. Inflação abaixo da meta Na ata, o Copom cita a alta dos preços administrados, como gás, energia e gasolina. Mas destaca, que na direção oposta, em magnitude substancialmente maior, há redução dos preços de alimentos. Com a perspectiva de redução de preços da ordem de 5% no ano, o componente de alimentação no domicílio medido pelo [Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo] IPCA explica grande parte do desvio da inflação em relação à meta de 4,5% vigente para o ano corrente, diz o BC. A meta de inflação tem como centro 4,5%, limite inferior de 3% e superior de 6%. O mercado financeiro projeta o IPCA a inflação oficial do país - abaixo do piso da meta, em 2,88% neste ano . Se a estimativa se confirmar, será a primeira vez que a meta será descumprida por ficar abaixo do piso. A meta ficou acima do teto quatro vezes: 2001, 2002, 2003 e 2015. Na última sexta-feira (8), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que, de janeiro a novembro, o IPCA chegou a 2,5%, o menor resultado acumulado em 11 meses desde 1998 (1,32%). Atividade econômica Para o Copom, a economia segue em trajetória de recuperação gradual, com avanços no emprego mesmo nessa fase inicial do processo. Essa conjuntura tem produzido elevação das projeções de crescimento para o ano corrente e para 2018, consistente com diagnóstico de que a retomada mostra-se mais consolidada, destacou o Copom. (*) Texto alterado às 11h11 para acréscimo de informações



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/bc-sinaliza-que-pode-fazer-novo-corte-na-taxa-de-juros-em-fevereiro







Orquestra Clássica do Centro celebra 16 anos de vida

12-Dezembro-2017 - noticiasdecoimbra.pt



A Orquestra Clássica do Centro (OCC) celebra, no dia 13 de dezembro, 1 6 anos de atividade ininterrupta. O dia 13 de dezembro de 2001 assinala a primeira atuação pública desta orquestra profissional que insiste[...] O post Orquestra Clássica do Centro celebra 16 anos de vida aparece primeiro no Notícias de Coimbra .



Link para o texto completo:
 
https://www.noticiasdecoimbra.pt/orquestra-classica-do-centro-celebra-16-anos-vida/







Manuel Delgado diz que já tinha posto lugar à disposição do ministro

12-Dezembro-2017 - sapo.pt



Ministro do Trabalho e da Segurança Social terá considerado não haver razões para que o secretário de Estado se demitisse. Esta terça-feira demitiu-se mesmo.



Link para o texto completo:
 
http://rr.sapo.pt/noticia/100617/manuel-delgado-diz-que-ja-tinha-posto-lugar-a-disposicao-do-ministro?utm_source=rss







Volkswagen só melhora condições com acordo laboral na Autoeuropa

12-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



A Autoeuropa vai mesmo avançar com o trabalho ao sábado no final de Janeiro. A comissão de trabalhadores rejeita a decisão e anuncia a realização de plenários. A administração avisa que a sede na Alemanha só autoriza melhores condições com um acordo laboral.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/automovel/detalhe/volkswagen-so-melhora-condicoes-com-acordo-laboral-na-autoeuropa







Sindicato rejeita imposições da administração da Autoeuropa

12-Dezembro-2017 - feeds.tsf.pt



Em reunião com a administração da empresa, o SITE Sul apresentou propostas alternativas ao modelo de trabalho comunicado aos trabalhadores esta terça-feira.



Link para o texto completo:
 
http://feeds.tsf.pt/~r/TSF-Ultimas/~3/l0wicKIKANE/sindicato-rejeita-imposicoes-da-administracao-da-autoeuropa-8979682.html







Combinação vencedora do concurso 99/2017

12-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/1goDwFI6RE8/321850-combinacao-vencedora-do-concurso-992017







Santander suprime 1.100 postos de trabalho em Espanha com compra do Popular

12-Dezembro-2017 - destak.pt





Link para o texto completo:
 
http://feeds.destak.pt/~r/DestakRSS/~3/1RtgQMD6JHU/321844-santander-suprime-1.100-postos-de-trabalho-em-espanha-com-compra-do-popular







CVM abre novo processo administrativo contra JBS e Wesley Batista

12-Dezembro-2017 - ebc.com.br



A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) instaurou um novo processo administrativo contra a JBS e um de seus controladores, Wesley Batista. O processo, instaurado no último dia 8, está na Coordenação de Controle de Processos Administrativos (CCP) da CVM, que aguarda a apresentação de defesa por parte dos acusados da JBS. De acordo com comunicado da CVM, Wesley Batista é investigado por compra de dólares no mercado futuro dias antes de ser noticiada a delação premiada de executivos da JBS. Ele é investigado por ter ordenado a compra de "contratos derivativos de dólar com uso de práticas não equitativas", entre os dias 5 e 17 de maio deste ano. As compras foram feitas em nome da JBS, da Seara Alimentos e da Eldorado Brasil Celulose, todas investigadas. Em nota distribuída hoje (12), a JBS disse que não irá se manifestar. A companhia esclarece que se mantém à disposição da CVM para quaisquer informações e esclarecimentos que se façam necessários em linha com as melhores práticas de governança e observando o interesse de seus acionistas e demais 'stakeholders' (público estratégico). Ao todo, a CVM tem sete processos administrativos em análise contra a JBS, três processos administrativos sancionadores com acusação formulada e dois processos administrativos de fiscalização externa ou inspeções.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/cvm-abre-novo-processo-administrativo-contra-jbs-e-wesley-batista







Meirelles admite que votação da reforma da Previdência fique para 2018

12-Dezembro-2017 - ebc.com.br



O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, admitiu hoje (12) a possibilidade de que a reforma da Previdência possa ser votada no início do ano que vem, apesar de reafirmar que o governo federal continua seus trabalhos para que haja aprovação ainda este ano. A declaração foi dada no almoço anual da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Certamente estamos preparados para, qualquer necessidade, votar [a reforma] no início do próximo ano, disse. O esforço do governo, o esforço de todos, o compromisso e esforço do presidente da República, do presidente da Câmara, da equipe econômica, dos líderes, é que seja votada na semana que vem. Agora é o que eu estou dizendo, se porventura, por alguma razão, isso não for viável, certamente começo de 2018 é uma hipótese. Sobre o número de votos para aprovação da reforma, o ministro não respondeu se há a quantidade de votos necessária, mas disse que há uma avaliação diária da situação pelo governo federal. Meirelles acredita que existem riscos caso a reforma não seja aprovada. Se a reforma da Previdência fosse, o que não acreditamos, derrotada, certamente haveria aí uma redução da nota de crédito do Brasil, teria consequências importantes para o custo de financiamento ao Brasil e, em consequência, para empresas, famílias e etc, na medida em que aumenta o risco país, avaliou. Se não houver uma votação agora, há uma expectativa, no entanto, muito forte, de que de fato será votada e aprovada logo no início do ano, aí vamos ver exatamente qual será a reação das agências, mas não há dúvida de que o que está claro é que a não aprovação tem um efeito de fato negativo. O ministro foi questionado por jornalistas sobre os custos nas contas do governo devido às concessões realizadas a parlamentares para garantir a aprovação da reforma. Segundo Meirelles, a reforma terá um ganho significativo em uma perspectiva de dez anos, que pode chegar a R$ 600 bilhões, e que as concessões são apenas uma fração desse benefício. Ele acrescentou que qualquer mudança orçamentária decorrente disso deverá ser alocada dentro do limite do teto de gastos, juntamente a todas as outras despesas do governo federal. Esse ganho [com a reforma da Previdência] é substancial, decisivo e necessário para o equilíbrio das contas públicas brasileiras. Eventuais projetos [concessões a parlamentares] que sejam aprovados, que levem à redução de arrecadação ou eventual aumento de despesa - levando em conta que aumento de despesa tem o limite do teto -, isso já estabelece um limite muito rígido para 2018 e para os próximos anos, disse, acrescentado, portanto qualquer mudança que for feita na despesa ela tem que estar dentro do teto.



Link para o texto completo:
 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-12/meirelles-admite-que-votacao-da-reforma-da-previdencia-fique-para-2018







Continente do Seixal celebra 23 anos

12-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há 23 anos que o Seixal recebeu o Continente. Desde 12 de dezembro de 1994 que a população do Seixal conta com o Continente no Rio Sul Shopping e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 328 colaboradores. José Martins,  diretor da Loja Continente do Seixal, refere que “desde 1994 que acreditamos no investimento no Seixal e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora 23 anos, o que traduz a forte presença que temos na localidade, que muito nos



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-do-seixal-celebra-23-anos,c636485976260000000







Continente Modelo Águeda celebra duas décadas

12-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há 20 anos que Águeda recebeu o Continente Modelo. Desde 12 de dezembro de 1997 que a população de Águeda conta com o Continente no Local da Alagoa e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 83 colaboradores. Maria Alberta Costa,  diretora da Loja Continente Modelo de Águeda, refere que “assinar duas décadas é sem dúvida um grande marco para a nossa equipa. desde 1997 que acreditamos no investimento em Águeda e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-modelo-agueda-celebra-duas-decadas,c636485967900000000







Como podem os senhorios pedir o desconto do IMI

12-Dezembro-2017 - jornaldenegocios.pt



Para saber se a sua autarquia lhe concede desconto de IMI, deve contactar os respectivos serviços. No caso da Câmara de Lisboa, além de preencher um formulário que está no site, os proprietários têm de entregar um conjunto de documentos, como a caderneta predial e cópia do contrato.



Link para o texto completo:
 
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/como-podem-os-senhorios-pedir-o-desconto-do-imi







Continente Bom Dia Caneças celebra quatro anos

12-Dezembro-2017 - cision.com



Foi há quatro anos que Caneças, em Odivelas, recebeu o Continente Bom Dia. Desde 12 de dezembro de 2013 que a população de Caneças conta com o Continente na Rua Coronel João Brás de Oliveira, no Alto das Caneças, e com uma equipa de profissionais altamente qualificada, composta por 50 colaboradores. Pedro Santos diretor da Loja Continente Bom Dia Caneças, refere que “desde 2013 que acreditamos no investimento em Caneças e, desde então, procurámos ter um importante papel na economia local, porque acreditamos no enorme potencial de crescimento desta região. Festejamos agora quatro anos, o



Link para o texto completo:
 
http://news.cision.com/pt/continente/r/continente-bom-dia-canecas-celebra-quatro-anos,c636485977830000000